Penso, logo existo | Digestivo Cultural

busca | avançada
73886 visitas/dia
2,1 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Projeto “Sala de Visita” recebe Mauricio Virgulino para falar sobre Educomunicação e arte
>>> ZapMusic, primeiro streaming de músicos brasileiros, abre inscrições para violonistas
>>> Espetáculo de dança em homenagem à Villa-Lobos estreia nesta sexta
>>> Filó Machado comemora 70 anos de vida e 60 de carreira em show inédito com sexteto
>>> Série 8X HILDA tem sessões com leitura das peças As Aves da Noite e O Novo Sistema
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Um antigo romance de inverno
>>> O acerto de contas de Karl Ove Knausgård
>>> Assim como o desejo se acende com uma qualquer mão
>>> Faça você mesmo: a história de um livro
>>> Da fatalidade do desejo
>>> Cuba e O Direito de Amar (3)
>>> Isto é para quando você vier
>>> 2021, o ano da inveja
>>> Pobre rua do Vale Formoso
>>> O que fazer com este corpo?
Colunistas
Últimos Posts
>>> Queen na pandemia
>>> Introducing Baden Powell and His Guitar
>>> Elon Musk no Clubhouse
>>> Mehmari, Salmaso e Milton Nascimento
>>> Gente feliz não escreve humor?
>>> A profissão de fé de um Livreiro
>>> O ar de uma teimosia
>>> Zuza Homem de Mello no Supertônica
>>> Para Ouvir Sylvia Telles
>>> Van Halen ao vivo em 1991
Últimos Posts
>>> Tiro ao alvo
>>> A TETRALOGIA BUARQUEANA
>>> Bom de bico
>>> Diário oxigenado
>>> Canção corações separados
>>> Relógio de pulso
>>> Centopéia perambulante
>>> Fio desemcapado
>>> Verbo a(fiado)
>>> Janelário
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Contra reforma ortográfica
>>> Para pecar, vá de manga
>>> Público, massa e multidão
>>> Vida de Estagiário II
>>> Biocyberdrama: quadrinhos pós-humanos
>>> Asia de volta ao mapa
>>> Suicídio on-line põe internet no banco dos réus
>>> O melhor presente que a Áustria nos deu
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> Desfazendo alguns mitos sobre 64
Mais Recentes
>>> O Barco - Coleção Gato e Rato de Mary França - Eliardo França pela Ática (1987)
>>> Clube da Luta de Chuck Palahniuk pela Leya (2019)
>>> O Pega-pega - Coleção Gato e Rato de Mary França - Eliardo França pela Ática (1987)
>>> 12 Anos de Escravidão de Solomon Northup pela Seoman (2014)
>>> Respeita os Teus Limites de Ricardo Peter pela Paulus (1999)
>>> Ponciá Vicêncio de Conceição Evaristo pela Pallas (2017)
>>> Antologia poética de Fernando Pessoa pela Bazar do Tempo (2016)
>>> Poesia Reunida de Orides Fontela pela Cosac & Naify (2012)
>>> Guerras Mundiais - Kit com 2 Livros - 1ª e 2ª Guerra Mundial de Claudio Blanc pela Camelot (2020)
>>> Tungstênio de Marcello Quintanilha pela Veneta (2014)
>>> Getúlio 3 (1945-1954) de Lira Neto pela Cia das Letras (2012)
>>> Getúlio (1930-1945): Do governo provisório à ditadura do Estado Novo de Lira Neto pela cia das Letras (2012)
>>> Getúlio 1 (1882-1930) de Lira Neto pela Cia das Letras (2012)
>>> Cabeça de porco de Luiz Eduardo Soares , Mv Bill, Celso Athayde pela Objetiva (2005)
>>> Poesia 1930-1962 de Carlos Drummond de Andrade pela Cosac & Naify (2012)
>>> Marcados de Claudia Andujar pela Cosac & Naify (2009)
>>> Viagem ao Centro da Terra de Julio Verne pela L&PM Pocket (2002)
>>> Atitude Mental Positiva de Napoleon Hill pela CDG Grupo Editorial (2014)
>>> Breaking the Silence: soldier's testimonies from the South Hebron Hills de Organization Breaking the Silence pela Onu (2021)
>>> Vicente Viciado de Renato Negrão pela Rótula (2012)
>>> Notas do Subsolo de Dostoiévski pela Pocket (2008)
>>> Capitão da minha alma, senhor do meu destino de Napoleon Hill pela CDG Grupo Editorial (2017)
>>> Odisseia de Homero pela Independentes (2008)
>>> Aula de Roland Barthes pela Cultrix (2015)
>>> Latino-americanos à procura de um lugar neste século de Nestor Garcia Canclini pela Iluminuras (2000)
BLOG >>> Posts

Quarta-feira, 6/6/2007
Penso, logo existo

+ de 7100 Acessos
+ 2 Comentário(s)

René Descartes era um homem metódico. Acreditava que o corpo humano e a natureza eram máquinas tão perfeitas quanto um relógio. Colocou ciência, razão e religião em seus respectivos lugares. O filósofo Maurício Marsola foi a fundo no seu legado durante o curso Os Pensadores, da Casa do Saber.

Marsola observa que, em Meditações, Descartes alerta que não se pode confiar no mundo sensível. "Os sentidos enganam a mente", escreveu. Prova disso seriam os sonhos, durante os quais acreditamos serem reais. Portanto, a realidade poderia ser uma ilusão (uma espécie de Matrix), que legitimaria a dúvida em relação à própria existência.

Preocupado com a possibilidade de não existir, Descartes passa a duvidar de tudo. Até que conclui: não pode duvidar que duvida. E se duvida, pensa. Assim, o filósofo elege um princípio que acaba com seus tormentos momentâneos. "Cogito, ergo sum" (Penso, logo existo).

Essa afirmação seria o marco inicial do pensamento moderno. A filosofia não mais estaria vinculada à teologia, mas à ciência, soberana da razão. Começa uma nova era, seguida por Hobbes, Rousseau, Nietzsche e tantos outros.


Postado por Tais Laporta
Em 6/6/2007 às 15h12


Mais Tais Laporta no Blog
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

ENVIAR POR E-MAIL
E-mail:
Observações:
COMENTÁRIO(S) DOS LEITORES
8/6/2007
18h14min
Se você seguir a máxima de Descartes, corre o risco de entrar em outra ilusão, que é achar que só o que pensa existe. Um convite a revisar o conceito de pensar e o de existir. Exemplo: uma pedra não pensa (no sentido cartesiano mesmo), portanto ela não existe. Se nós a pensamos pedra, nós existimos, mas não ela. Mas ela está lá, existindo. Eu pergunto - como é possível que ela exista sem pensar. Talvez ela só exista em nós. Mas parece tão real! Ou: ela pode ter um pensar diferente do meu, tão excludente e preconceituoso, limitado à minha paupérrima percepção sensorial. A pergunta de Hamlet ricocheteia na cabeça - ser ou não ser! e faz a dobradinha - pensar ou não pensar! Sempre há uma pedra no meio do caminho... Cáspite!
[Leia outros Comentários de Marcia Rocha]
9/6/2007
20h13min
É muito difícil explicar Descartes em 1.000 toques, mas vou tentar. Descartes começa duvidando dos sentidos, duvida que a pedra exista, duvida até da matemática, mas não consegue duvidar de que duvida, portanto ele existe (primeira certeza). Daí ele deduz a si mesmo como substância pensante (alma, res cogitans). Em seguida, ele se depara com a idéia de perfeição, e acha que, sendo uma alma finita, imperfeita, essa idéia de perfeição deve vir de um ser mais perfeito, em suma, DEUS (segunda certeza). Da existência de Deus, nosso criador, Descartes deduz que devemos ser dotados de intelecto veraz, capaz de compreender a matemática. A seguir, o filósofo encontra a certeza das coisas (das pedras, do mundo). Cito: "Porque, por natureza considerada em geral, não entendo agora outra coisa a não ser o próprio Deus, ou a ordem e a disposição que Deus estabeleceu nas coisas criadas" (Sexta meditação). Ou seja, a pedra existe, pois, assim como nós, tem sua realidade assegurada por Deus.
[Leia outros Comentários de Renato Kinouchi]
COMENTE ESTE TEXTO
Nome:
E-mail:
Blog/Twitter:
* o Digestivo Cultural se reserva o direito de ignorar Comentários que se utilizem de linguagem chula, difamatória ou ilegal;

** mensagens com tamanho superior a 1000 toques, sem identificação ou postadas por e-mails inválidos serão igualmente descartadas;

*** tampouco serão admitidos os 10 tipos de Comentador de Forum.



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Serviço Social Em Tempo de Capital Fetiche: Capital Financeiro,..
Marilda Villela Iamamoto
Cortez
(2015)
R$ 68,95



Sou Karol Sevilla - Meus Sonhos, Minhas Loucurinhas
Universo dos Livros
Universo dos Livros
(2017)
R$ 27,74



Perda e Restauração da Bahia de Todos os Santos (Obra teatral do século XVII)
Juan Antonio Correa
Mec/Inl
(1961)
R$ 30,00



O que a dieta ortomolecularpode fazer por você
Heloisa Bernardes
Academia
(2009)
R$ 11,00



O Livro de Manuel
Julio Cortázar
Nova Fronteira
(1984)
R$ 20,00



E do Meio Mundo Prostituto Só Amores Guardei ao Meu Charuto
Rubem Fonseca
Companhia das Letras
(1997)
R$ 13,00



Graciliano Ramos: Em Palmeira dos Índios
Valdemar de Souza Lima
Civilização Brasileira
(1980)
R$ 40,00



Profetas e Profecias
Eliana Yunes; Maria Clara Lucchetti Bingemer
Loyola
(2010)
R$ 9,50



Direito Processual do Trabalho
Sergio Pinto Martins
Atlas
(2008)
R$ 30,09



Clube da Faixa Preta Cuidado com o Olho Fantasma
Dawn Barnes
Fundamento
(2012)
R$ 21,77





busca | avançada
73886 visitas/dia
2,1 milhões/mês