Muitos amores | Digestivo Cultural

busca | avançada
86234 visitas/dia
2,1 milhões/mês
Mais Recentes
>>> ZapMusic, primeiro streaming de músicos brasileiros, abre inscrições para violonistas
>>> Espetáculo de dança em homenagem à Villa-Lobos estreia nesta sexta
>>> Filó Machado comemora 70 anos de vida e 60 de carreira em show inédito com sexteto
>>> Série 8X HILDA tem sessões com leitura das peças As Aves da Noite e O Novo Sistema
>>> Festival Digital Curta Campos do Jordão chega a todo o território nacional com 564 filmes inscritos
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Um antigo romance de inverno
>>> O acerto de contas de Karl Ove Knausgård
>>> Assim como o desejo se acende com uma qualquer mão
>>> Faça você mesmo: a história de um livro
>>> Da fatalidade do desejo
>>> Cuba e O Direito de Amar (3)
>>> Isto é para quando você vier
>>> 2021, o ano da inveja
>>> Pobre rua do Vale Formoso
>>> O que fazer com este corpo?
Colunistas
Últimos Posts
>>> Queen na pandemia
>>> Introducing Baden Powell and His Guitar
>>> Elon Musk no Clubhouse
>>> Mehmari, Salmaso e Milton Nascimento
>>> Gente feliz não escreve humor?
>>> A profissão de fé de um Livreiro
>>> O ar de uma teimosia
>>> Zuza Homem de Mello no Supertônica
>>> Para Ouvir Sylvia Telles
>>> Van Halen ao vivo em 1991
Últimos Posts
>>> Tiro ao alvo
>>> A TETRALOGIA BUARQUEANA
>>> Bom de bico
>>> Diário oxigenado
>>> Canção corações separados
>>> Relógio de pulso
>>> Centopéia perambulante
>>> Fio desemcapado
>>> Verbo a(fiado)
>>> Janelário
Blogueiros
Mais Recentes
>>> A Literatura na poltrona
>>> Eduardo Arcos en el EBE 2008
>>> Nasce um imortal: José Saramago
>>> Diogo Salles no podcast Guide
>>> Coração generoso
>>> Música Discreta
>>> Cada dia mais jovem - um retrato de minha mãe
>>> Sobre Sherlock Holmes
>>> 7 de Setembro
>>> Onde moram as crônicas
Mais Recentes
>>> Segurança e Medicina do Trabalho - Normas Regulamentadoras de Roberto Salvador Reis pela Yendis (2007)
>>> Segurança e Medicina do Trabalho - Normas Regulamentadoras de Roberto Salvador Reis pela Yendis (2007)
>>> Espaços fechados e cidades de Maria encarnação beltrão sposito pela Unesp (2013)
>>> Novo Michaelis - Dicionário Ilustrado Vol 2 English-portuguese de Fritz Pietzschke pela Melhoramentos (1976)
>>> Novo Michaelis - Dicionário Ilustrado Vol 1 Inglês-português de Fritz Pietzschke pela Melhoramentos (1976)
>>> Ame e Dê Vexame de Roberto Freire pela Guanabara (1990)
>>> A Mulher Só de Harold Robbins pela Record (1973)
>>> O Neto do Chefão de George William Rae pela Record (1972)
>>> O Advogado do Diabo de Morris West pela Civilização Brasileira (1963)
>>> Ldb Interpretada - Diversos Olhares Se Entrecruzam de Iria Brzezinski Org pela Cortez (2000)
>>> Discours sur l'origine et les fondements de l'inégalité parmi les hommes de Jean-Jacques Rousseau pela Le Livre de Poche (2006)
>>> Une Politique de la langue: La Révolution française et les patois : l'enquête de Grégoire de Michel de Certeau; Dominique Julia; Jacques Revel pela Gallimard (2002)
>>> Aux bords du politique de Jacques Rancière pela Gallimard (2004)
>>> La dissertation de Aude Lemeunier pela Hatier (2002)
>>> Le symbole et son interprétation I - Comprendre et interpréter de Françoise Raffin pela Delagrave (2004)
>>> Cuca Fundida de Woody Allen pela L&pm (1978)
>>> Gestão Democrática na Escola Pública de Vitor Henrique Paro pela Ática (2003)
>>> Terra de Peixes Volume II - Memórias de Rio das Ostras de Selma Rocha e Outros pela Fundação R. O. de Cultura (1997)
>>> Celebração de Ismênia Sales Pires pela Litteris Kroart (1997)
>>> Topázio de Leon Uris pela Record (1983)
>>> Palácio Tiradentes - Lugar de Memória do Parlamento Brasileiro de Alerj pela Fgv (1997)
>>> O Remorso de Baltazar Serapião V. Hugo Mãe de Valter Hugo Mãe pela Biblioteca Azul (2018)
>>> A Vida e Obra de Willian Shakespeare de Morgana Gomes pela Minuano Cultural (2001)
>>> Mensagens do P.Marcelo Rossi - Momentos da Fé de Padre Marcelo Rossi pela Gold (2000)
>>> Efeito Colateral - Maternidade: Produção Independente de Vittorio Fulchignoni pela Zem (2012)
BLOG >>> Posts

Sexta-feira, 8/4/2005
Muitos amores

+ de 1600 Acessos

Sabino, Pellegrino, Resende e Mendes Campos

Hélio Pellegrino foi um furacão. Em 64 anos de uma vida apaixonada, sempre a mil, desarrumou certezas em psicanálise, política e poesia. Tinha um único objetivo, quase obsessão: lutar pela libertação de tudo o que, sendo imposto ao Homem, o faz sofrer e apequena sua vida. Da Igreja, exaltava seus valores fundadores e descartava o moralismo clerical. Na política, recusava com a mesma veemência a opressão social e o dogmatismo dos partidos. Da poesia, na qual não se realizou plenamente, queria o ímpeto e o derramamento, jamais a glória besta da vida literária. Na psicanálise, finalmente, tentava a síntese de tudo isso, com a idéia de abrir o divã a rico e pobre, unidos na sua generosa convicção de que libertar-se interiormente não é privilégio, mas direito fundamental, passo decisivo para um existência digna.

Na carteira de trabalho, o doutor Hélio Pellegrino era médico psiquiatra, formado na Belo Horizonte em que nasceu em 1924. Na vida pública brasileira, foi dos poucos que pôde realmente ser chamado de intelectual - que se entende aqui como aquele cidadão que, destacando-se em suas atividades profissionais ou artísticas, usa prestígio e autoridade pessoais na defesa de causas coletivas. Na tradição brasileira, é posto reservado tradicionalmente a escritores, jornalistas e políticos e, dos anos 1960 para cá, a professores universitários. Na comissão que, formada na Passeata dos Cem Mil, foi recebida pelo ditador Costa e Silva num dos momentos mais críticos da repressão, os intelectuais eram representados, pela primeira vez, por um psicanalista, que logo seria preso por sua petulância e, anos mais tarde, se rebelaria até mesmo contra seus pares, denunciando autoritarismo e elitismo dos que ficariam conhecidos como "barões da psicanálise".

O inconformismo radical, que mateve até morrer, em 1988, vítima de enfarto, é a chave da [sua] vida (...). Beneficiados pelo tempo, que dá sentido e coerência ao passado, temos a certeza de que a convulsão permanente de Hélio Pellegrino faz todo o sentido. Para seus contemporâneos, no entanto, o homem-comício, como o apelidou o historiador Francisco Iglésias, era puro sobressalto. Por isso, é melhor deixar de lado a serenidade para acompanhar momentos de uma vida sempre um tom acima, com tambores ribombando, risos e choros compulsivos e uma tempestade daquelas que Nelson Rodrigues, seu grande amigo, imaginou para um inexistente quinto ano do Rigoleto.

Paulo Roberto Pires, em maravilhosa minibiografia de Hélio Pellegrino (igualmente dentro do "Arquivinho").


Postado por Julio Daio Borges
Em 8/4/2005 às 17h52


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Retomada do crescimento de Julio Daio Borges
02. Por que voto em Aécio de Julio Daio Borges
03. La Cañada de Julio Daio Borges
04. Eumeswil, de Ernst Jünger de Yuri Vieira
05. Um papo muito estranho de Yuri Vieira


Mais Julio Daio Borges no Blog
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Inventário da produção pública no Brasil entre 1930 e 1964
Nabil Bonduki e Ana Paula Koury
Unesp; Sesc São Paulo
(2014)
R$ 168,00



Oeuvres Poetiques Completes
Charles Peguy
De La Pleiade
(1954)
R$ 90,00



Rupturas: Poemas em busca de um eixo - Ana Maria Amaral (Poesia brasileira)
Ana Maria Amaral
Ateliê Editorial
(2011)
R$ 15,00



O Amigo
Giorgio Agamben
Argos
(2014)
R$ 40,00



Pai
Darcio Valente
Edições Galo Branco
(2010)
R$ 9,42



Les Pauvres En Esprit
S. Légasse
Cerf (paris)
(1974)
R$ 27,28



E a Bíblia Tinha Razão
Werner Keller
Melhoramentos
(1964)
R$ 6,90



Uma Professora Muito Maluquinha
Ziraldo
Melhoramentos
(1995)
R$ 15,00



Topologia
Armando Machado
Universidade Aberta
(1995)
R$ 48,77



Posso Te Dar Meu Coração?
Ganymédes José
Moderna
(2007)
R$ 33,00





busca | avançada
86234 visitas/dia
2,1 milhões/mês