O Valhalla em São Paulo | Digestivo Cultural

busca | avançada
70300 visitas/dia
2,6 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Samir Yazbek e Marici Salomão estão à frente do ciclo on-line “Pensando a dramaturgia hoje”
>>> Chá das Cinco com Literatura recebe Luís Fernando Amâncio
>>> Shopping Granja Vianna de portas abertas
>>> Teatro do Incêndio lança Ave, Bixiga! com chamamento público para grupos artistas e crianças
>>> Amantes do vinho celebram o Dia Mundial do Malbec
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Poética e política no Pântano de Dolhnikoff
>>> A situação atual da poesia e seu possível futuro
>>> Um antigo romance de inverno
>>> O acerto de contas de Karl Ove Knausgård
>>> Assim como o desejo se acende com uma qualquer mão
>>> Faça você mesmo: a história de um livro
>>> Da fatalidade do desejo
>>> Cuba e O Direito de Amar (3)
>>> Isto é para quando você vier
>>> 2021, o ano da inveja
Colunistas
Últimos Posts
>>> Hemingway by Ken Burns
>>> Cultura ou culturas brasileiras?
>>> DevOps e o método ágil, por Pedro Doria
>>> Spectreman
>>> Contardo Calligaris e Pedro Herz
>>> Keith Haring em São Paulo
>>> Kevin Rose by Jason Calacanis
>>> Queen na pandemia
>>> Introducing Baden Powell and His Guitar
>>> Elon Musk no Clubhouse
Últimos Posts
>>> Patrulheiros Campinas recebem a Geração#
>>> Curtíssimas: mostra virtual estreia sexta, 16.
>>> Estreia: Geração# terá sessões virtuais gratuitas
>>> Gota d'agua
>>> Forças idênticas para sentidos opostos
>>> Entristecer
>>> Na pele: relação Brasil e Portugal é tema de obra
>>> Single de Natasha Sahar retrata vida de jovem gay
>>> A melancolia dos dias (uma vida sem cinema)
>>> O zunido
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> La Guerra del Fin del Mundo
>>> Parangolé: anti-obra de Hélio Oiticica
>>> Alfredo Bosi e a dignidade da crítica
>>> Pi, o [fi]lme, e o infinito no alfa
>>> Sábia, rubra, gorda (e gentil)
>>> Sol sem luz
>>> Letícia Sabatella #EuMaior
>>> Réquiem reloaded
>>> Fábio Porchat no Comedia em Pé
Mais Recentes
>>> A Senhora do Jogi de Sidney Sheldon pela Record (2010)
>>> A Palavra Perdida de Lino de Albergaria pela Atual (1991)
>>> O Desafio Amazonico de Samuel Murgel Branco pela Moderna (1989)
>>> Alguém Para Amar a Vida Inteira de Roniwalter Jatobá pela Positivo (2015)
>>> O Céu está caindo de Sidney Sheldon pela Record (2000)
>>> Alquimistas e Quimicos de Vanin Jose Atilio pela Moderna (1994)
>>> Trafico de Anjos de Luiz Puntel pela Atica (1992)
>>> O Plano Perfeito de Sidney Sheldon pela Record (2012)
>>> As Aventuras do Marujo Verde de Glaucia Lemos pela Atual (1990)
>>> Posso Te Dar Meu Coração? de Ganymedes José pela Moderna (1989)
>>> O Segredo do ídolo de Barro de Elisabeth Loibl pela Melhoramentos (1987)
>>> O Elefante Assassino de Pedro Bandeira pela Atual (1987)
>>> Lover in the rough de Elizabeth Lowell pela Avon books (1994)
>>> O Passado Esteve Aqui de Stella Carr pela Moderna (1988)
>>> O Guarani - de José de Alencar pela Reddiel (1997)
>>> A Maldição da Fabrica de José Americo de Lima pela Atual (1989)
>>> Vinda Com a Neve de Odette de Barros Mott pela Moderna (1982)
>>> Qual é a Minha de Marcia Leite pela Scipione (1990)
>>> Um Cadáver Ouve Rádio de Marcos Rey pela Atica (1984)
>>> O Caso da Ilha de Odette de Barros Mott pela Atual (1987)
>>> Literatura Comentada de Mário Quintana pela Abril Educação (1982)
>>> Literatura Comentada de José Lins do Rego pela Abril Educação (1982)
>>> Literatura Comentada de Graciliano Ramos pela Abril Educação (1981)
>>> Literatura Comentada de Camilo Castelo Branco pela Abril Educação (1980)
>>> Literatura Comentada de Antonio Callado pela Abril Educação (1982)
BLOG >>> Posts

Terça-feira, 22/10/2013
O Valhalla em São Paulo

+ de 2500 Acessos

Na mitologia nórdica, o Valhalla era o paraíso para onde a alma dos guerreiros mortos em combate eram levadas, conduzidas pelas Valkyrias. Nesse fim de semana, tal paraíso desceu aos palcos da Sala São Paulo para aqueles que foram ouvir a Orquestra Sinfônica Finlandesa de Lahti, em sua primeira apresentação no Brasil, e sua solista, a violinista Elina Vähälä.

Na noite de sábado, o programa iniciou com a abertura Manfredo, de Robert Schumann (1810-1856), música incidental sobre obra homônima de Lord Byron (1788-1824). De acordo com o programa, Schumann - filho de um livreiro que traduziu Byron para o alemão - chorou e passou noites em claro depois de ler Manfredo, peça escrita por Byron após a crise de seu casamento com Annabelle Milbanke, sob acusações de incesto com sua meio-irmã, Augusta Leigh. No texto byroniano, Manfredo, por coincidência, arde de amores por sua meio-irmã... Mad, bad and dangerous to know (Louco, mau e perigoso de conhecer), como a pessoa de Byron foi sintetizada por uma de suas amantes, Lady Caroline Lamb. A sonoridade da orquestra mostrou-se à altura do romantismo exasperado que inspirou a partitura.

Dando continuidade ao programa, o concerto para violino nº 1 em sol menor, op. 26, do compositor alemão Max Bruch (1838-1920). Só a poesia de Lord Byron é que estaria à altura para descrever a solista, Elina Vähälä, no palco da Sala São Paulo:She walks in beauty, like the night/Of cloudless climes and starry skies (Ela caminha em beleza, como a noite/De clima sem nuvens e céu estrelado). Linda e elegante, Vähälä trouxe consigo o paraíso - o nórdico Valhalla -, com sua interpretação magistral, carregada de expressão. Cada compasso com seus músculos, nervos e tendões. E a beleza edênica da música, da grande sala de concerto e da bela solista que se encarregou da interpretação.

Após o intervalo, a Sinfonia nº 5 em mi bemol maior, op. 82, de Jean Sibelius (1865-1957), o mais festejado compositor da Finlândia. Porém, por mais correta que estivesse a orquestra, em alguns ouvidos ainda ecoavam as notas do concerto de Bruch, com seus solos enérgicos de violino e o som da orquestra em tutti.

Fundada em 1910, apenas na década de 1990 a Orquestra Sinfônica Finlandesa de Lahti (cidadezinha a menos de uma hora de Helsinque) começou a excursionar de forma sistemática nos palcos internacionais. Atualmente, com mais de 60 CDs gravados, além de premiada, é um sucesso de crítica.

Por sua vez, a carreira de Elina Vähälä - nascida nos Estados Unidos, mas criada na Finlândia - está intimamente ligada à trajetória da orquestra. Tendo iniciado seus estudos aos três anos, aos 12 com ela tocou pela primeira vez. Pouco depois, foi chamada para ser sua jovem solista, dando início a uma parceria que dura até o presente.

A Orquestra Sinfônica Finlandesa de Lahti apresentou-se duas vezes na Sala São Paulo (sábado e domingo passados), como penúltima atração da série de concertos da Sociedade de Cultura Artística, temporada de 2013. Os concertos de encerramento, nos dias 2 e 6 de novembro, irão contar com a apresentação do grupo Combattimento Consort Amsterdam. No programa, obras do período clássico e barroco (Mozart, Rameau e Haydn).

A seguir, a gravação de trecho do concerto para violino nº 1 de Max Bruch (opus 26), na interpretação da Orquestra Sinfônica Finlandesa de Lahti, sob a regência de Okko Kamu, tendo como solista a mais que talentosa Elina Vähälä, que levou platéia paulistana às alturas. A gravação do trecho, disponibilizada pela própria orquestra, infelizmente é cortada de modo abrupto antes do final.





Postado por Eugenia Zerbini
Em 22/10/2013 à 00h03


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Entrevista com P. I. Andrade Livros Novos e Usados de Julio Daio Borges
02. Brazil, por Django Reinhardt de Julio Daio Borges
03. Nélson e Otto #Clássico de Julio Daio Borges
04. 14 de Julho #digestivo10anos de Julio Daio Borges
05. 27 de Abril #digestivo10anos de Julio Daio Borges


Mais Eugenia Zerbini no Blog
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Jorge Rachid Bussab - Autografado
Jacob Klintowitz
Marprint
(1983)



A Aposta de Luiz Ignácio Maranhão Filho
Maria Conceição Pinto de Góes
Ufrj - Revan
(1999)



Hospital São Francisco de Assis e Minhas Circunstâncias
Helio Aguinaga
Não Identificada
(2011)



Rostos Invisíveis da Violência Armada
Tatiana Moura
7letras
(2007)



Ils Étaient de Leur Village, Tome 1
Gérard Boutet
Jean-cyrille Godefroy
(1999)



Verena Matzen - a Cerimônia do Encontro - Bilíngue
Jacob Klintowitz
Instituto Olga Kos
(2016)



Kick Boxing o Início de Tudo
Prof. Sergio A. Silva
Blue Star
(2001)



Fisica I Analise Dimensional Estatica
Terezinha Jocelen Masson
Pleides
(2003)



Desafios e Enigmas dos Tronos
Tim Dedopulos
Coquetel



Mentes Felizes
Drª Tereza Aubele - Dr Stan Wenck - Susan Reynolds
Universo dos Livros
(2018)





busca | avançada
70300 visitas/dia
2,6 milhões/mês