Para quem compara PSDB e PT... | Digestivo Cultural

busca | avançada
80332 visitas/dia
2,6 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Canto dos Recuados - espetáculo musical mergulha na cultura afrobarroca
>>> Primeiro Roteiro
>>> Festival Cine Inclusão abre inscrições de curtas-metragens com o tema terceira idade
>>> Musical Guerra de Papel estreia dia 3 de setembro no Teatro Viradalata
>>> Monólogo Te Falo com Amor e Ira de Branca Messina ganha nova temporada
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Errando por Nomadland
>>> É um brinquedo inofensivo...
>>> Poesia como Flânerie, Trilogia de Jovino Machado
>>> O mundo é pequeno demais para nós dois
>>> Ao pai do meu amigo
>>> Paulo Mendes da Rocha (1929-2021)
>>> 20 contos sobre a pandemia de 2020
>>> Das construções todas do sentir
>>> Entrevista com o impostor Enrique Vila-Matas
>>> As alucinações do milênio: 30 e poucos anos e...
Colunistas
Últimos Posts
>>> Unchained by Sophie Burrell
>>> Deep Purple em Nova York (1973)
>>> Blue Origin's First Human Flight
>>> As últimas do impeachment
>>> Uma Prévia de Get Back
>>> A São Paulo do 'Não Pode'
>>> Humberto Werneck por Pedro Herz
>>> Raquel Cozer por Pedro Herz
>>> Cidade Matarazzo por Raul Juste Lores
>>> Luiz Bonfa no Legião Estrangeira
Últimos Posts
>>> O cheiro da terra
>>> Vivendo o meu viver
>>> Secundário, derradeiro
>>> Caminhemos
>>> GIRASSÓIS
>>> Biombos
>>> Renda Extra - Invenção de Vigaristas ou Resultado
>>> Triste, cruel e real
>>> Urgências
>>> Ao meu neto 1 ano: Samuel "Seu Nome é Deus"
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Por que as curitibanas não usam saia?
>>> Incubus - Circles
>>> Citizen Kane
>>> Da vitrola ao microchip
>>> De onde vem a carne que você come?
>>> (Re)masterizados e (Re)mixados
>>> Um mundo além do óbvio
>>> Anarchy in the U.K.
>>> História do Ganesha
>>> A sombra de Saramago
Mais Recentes
>>> Como Cuidar do Seu Meio Ambiente de Desconhecido pela Bei (2002)
>>> Esposa 22 de Melanie Gideon pela Intrinseca (2012)
>>> Você, Líder do Seu Sucesso de Inácio Dantas pela Clube dos Autores (2018)
>>> Mundo Em Transformação de Antonio Cabral; Leonardo Coelho pela Autêntica (2006)
>>> Nós Dois na Madrugada de Sanne Munk Jensen e Ringtve pela Suma (2018)
>>> O Videogame do Rei de Ricardo Silvestrin pela Record (2009)
>>> Cinema Transcendental: um Guia de Filmes Sobre a Vida Após a Morte de Lyn, Tom Davis Genelli pela Pensamento (2014)
>>> Histórias para o Coração da Mãe de Alice Gray pela United Press (2005)
>>> Lua Nova - Formato Menor de Stephenie Meyer pela Intrinseca (2009)
>>> O Mar de Monstros - Percy Jackson e os Olimpianos Livro Dois de Rick Riordan pela Intrinseca (2009)
>>> Amanhecer de Stephenie Meyer pela Intrinseca (2009)
>>> Os Lusíadas de Luís de Camões pela Estadão (1995)
>>> Lua Nova de Stephenie Meyer pela Intrinseca (2008)
>>> Revista do Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro Volume 321 de Vários Autores pela Imprensa Nacional (1978)
>>> Guia do Servidor Linux Edição Servidor 3 de Conectiva pela Conectiva (1999)
>>> Introdução a Teoria das Linhas de Transmissão de José Thomaz Senise pela Mauá (1979)
>>> Feijoada na Copa de Chico Anísio pela Círculo do Livro (1976)
>>> Espinhos do Tempo de Zibia Gasparetto pela Os Caminheiros (1990)
>>> Os Insaciáveis de Harold Robbins pela Record (1978)
>>> Catálogo Antunes 87/8 de José Manuel Antunes pela Do Autor (1988)
>>> Biologia de los Microelementos y Su Funcion de Karl H. Schutte pela Tecnos (1966)
>>> Dicionário do Antiquariato de Codex pela Codex (1968)
>>> Relais & Chateaux 2001 de Relais pela Relais (2001)
>>> Guatemala Kunst Der Maya de I. Bolz-augenstein pela Greven (1966)
>>> Julie Ou La Nouvelle Heloise de Rousseau pela Flammarion (1967)
BLOG >>> Posts

Quinta-feira, 9/10/2014
Para quem compara PSDB e PT...

+ de 11600 Acessos

...em matéria de corrupção:

Quem não acompanha política, embaralha tudo em época de eleição.

Nem todos os políticos são corruptos. Nem todos os *partidos* são corruptos.

Quando vejo "comparações" entre PSDB e PT, a primeira coisa que me chama a atenção é a generalização apressada segundo a qual "ambos são igualmente corruptos".

Não são "igualmente" corruptos. O PT é *infinitamente* mais corrupto. Isso se o PSDB pode ser chamado de "corrupto".

Deixa eu te contar a história do Mensalão. O Mensalão ficou conhecido - e vai completar 10 anos -, mas muita gente ainda não entendeu direito o que foi o Mensalão.

Corrupção pontual existe. Lembremos Lord Acton: "O poder corrompe".

Outra coisa é corrupção sistêmica. De novo, Lord Acton: "O poder absoluto corrompe absolutamente".

O Mensalão não foi um "caso isolado" de corrupção. O Mensalão foi um *esquema* de compra de votos, no Congresso Nacional, garantindo aprovação a projetos do governo federal, durante o primeiro mandato de Luiz Inácio Lula da Silva.

Se você já ouviu falar em Montesquieu, deve lembrar da teoria dos três poderes: Executivo, Legislativo e Judiciário. Compõem o famoso sistema de "freios e contrapesos" que garante o equilíbrio de forças entre quem governa, quem faz as leis e quem garante que as leis sejam respeitadas.

No sistema brasileiro, cuja constituição de 1988 privilegia o parlamentarismo, é fundamental que haja equilíbrio de forças entre governo e congresso. Para que, justamente, o governo não faça só o que bem entende (tirania ou, mais recentemente, ditadura).

Com o Mensalão, o PT corrompeu esse sistema. Não foi um episódio de corrupção isolado, repito. Como uma licitação fraudulenta, por exemplo: onde, para fazer uma obra pública, uma prestadora de serviços corrompe um representante do governo e "vence" a concorrência, pagando propina a esse agente do governo.

O Mensalão foi muito mais do que isso. O Mensalão foi uma *máquina* montada para compra - sistemática - de apoio do Congresso Nacional a projetos do primeiro governo do PT. Um esquema que foi denunciado em 2005, num mandato que havia começado em 2003.

O governo do PT não negociava mais apoio no congresso, como é normal acontecer. Ele *comprava*. Ele subornava parlamentares, da chamada "base aliada", com um "salário", uma *mensalidade* - um "mensalão" (até o nome é asqueroso).

Esse sistema de corrupção é muito mais sofisticado do que qualquer caso de corrupção de que se tenha notícia em toda a História do Brasil desde a Proclamação da República.

Dizem que PC Farias recebia porcentagens de todos os contratos fechados durante o governo Collor. Que ele era o "operador", digamos assim (como Marcos Valério).

Collor, vale lembrar, assumiu em 1990 e sofreu impeachment em 1992.

Por analogia, Lula merecia, no mínimo, um impeachment. Porque o Mensalão foi muito além de receber porcentagens em contratos governamentais, o Mensalão atentava contra as bases da República, onde o poder Executivo "comprava" o Legislativo, não em uma única votação mas sistematicamente.

Portanto, dizer que o PT "respeita" a democracia é, no mínimo, uma afirmação de quem não conhece a história recente. Um partido que, no governo, fez pouco caso do congresso, montando um sistema de compra sistemática de votos - desmoralizando-o no processo -, não tem vocação para o diálogo, passa por cima das leis e está muito mais próximo de uma ditadura do que de qualquer outro regime.

É de corrupção em nível institucional que estamos falando. É de um *partido* corrupto. Afinal, o presidente do partido, José Genoíno, o ministro-chefe da Casa Civil, José Dirceu, e o tesoureiro do partido, Delúbio Soares, para não falar de outras figuras menores, foram condenados pelo Supremo Tribunal Federal. E por *formação de quadrilha*.

Não estamos falando de uma prefeitura em uma cidadezinha esquecida, onde o prefeito subornava seus vereadores. Estamos falando do governo federal. Estamos falando do Congresso Nacional. Estamos falando do partido do governo. E estamos falando do Supremo Tribunal Federal.

Estamos falando das mais altas esferas da República. Estamos falando - lamentavelmente - da nossa História. E estamos falando do Brasil.

Por mais incrível que possa parecer, quem desaconselhou o impeachment de Lula foi Fernando Henrique Cardoso. Numa reunião em sua casa, com o então ministro da Justiça de Lula, Márcio Thomaz Bastos (o mesmo que, voltando a ser advogado, "defendeu" os réus do Mensalão em 2012).

Fernando Henrique Cardoso conteve a oposição, na instauração de um processo de impeachment, em 2005. Porque acreditava que um impeachment, naquele então, abalaria, mais uma vez, nossa incipiente democracia.

Assim, quando vierem falar que PSDB e PT "são a mesma coisa" em matéria de corrupção, evoque o escândalo do Mensalão. Conte do Mensalão. Refresque a memória de quem quer que seja sobre o Mensalão.

O Mensalão foi o Holocausto da nossa República, em matéria de corrupção.

E devemos lembrar dele sempre. Para que não haja mais confusão.


Postado por Julio Daio Borges
Em 9/10/2014 às 15h15


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Por trás dos protestos de Julio Daio Borges
02. Folia de Reis 2011 de Ricardo de Mattos
03. 9 de Agosto #digestivo10anos de Julio Daio Borges
04. Ana de Hollanda Ministra de Julio Daio Borges
05. 19 de Abril #digestivo10anos de Julio Daio Borges


Mais Julio Daio Borges no Blog
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




A 3ª Guerra
Robert J. Donovan
Nova Fronteira
(1967)



Español Sin Fronteras - Esf 1
Jesus Sanches Lobato
Sgel
(2007)



Orientação para as Mães
Seicho no Ie
Seicho-no-ie
(1988)



Liderazgo Emocional
Richard Boyatzis - Annie Mckee
Deusto
(2006)



Transpantaneira Passarela de Fauna e Flora
Marcos Vergueiro
Carlini Caniato
(2006)



Super-heróis do Cinema
Júlio Oliveira
Agir
(2015)



1000 Perguntas de Direito Tributário
Walter Garcia
Lumen Juris
(1994)



Manual do Gerente de Loja
Luiz Arnaldo de Moura Lopes
Senac
(1996)



Sociedade por Quotas de Responsabilidade Limitada
Maria do Carmo G. Drummond
Freitas Bastos
(1991)



Vida de Jesus
E. G. White
Casa Publicadora Brasileira





busca | avançada
80332 visitas/dia
2,6 milhões/mês