Sobre queda de ministros | Digestivo Cultural

busca | avançada
86234 visitas/dia
2,1 milhões/mês
Mais Recentes
>>> ZapMusic, primeiro streaming de músicos brasileiros, abre inscrições para violonistas
>>> Espetáculo de dança em homenagem à Villa-Lobos estreia nesta sexta
>>> Filó Machado comemora 70 anos de vida e 60 de carreira em show inédito com sexteto
>>> Série 8X HILDA tem sessões com leitura das peças As Aves da Noite e O Novo Sistema
>>> Festival Digital Curta Campos do Jordão chega a todo o território nacional com 564 filmes inscritos
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Um antigo romance de inverno
>>> O acerto de contas de Karl Ove Knausgård
>>> Assim como o desejo se acende com uma qualquer mão
>>> Faça você mesmo: a história de um livro
>>> Da fatalidade do desejo
>>> Cuba e O Direito de Amar (3)
>>> Isto é para quando você vier
>>> 2021, o ano da inveja
>>> Pobre rua do Vale Formoso
>>> O que fazer com este corpo?
Colunistas
Últimos Posts
>>> Queen na pandemia
>>> Introducing Baden Powell and His Guitar
>>> Elon Musk no Clubhouse
>>> Mehmari, Salmaso e Milton Nascimento
>>> Gente feliz não escreve humor?
>>> A profissão de fé de um Livreiro
>>> O ar de uma teimosia
>>> Zuza Homem de Mello no Supertônica
>>> Para Ouvir Sylvia Telles
>>> Van Halen ao vivo em 1991
Últimos Posts
>>> Tiro ao alvo
>>> A TETRALOGIA BUARQUEANA
>>> Bom de bico
>>> Diário oxigenado
>>> Canção corações separados
>>> Relógio de pulso
>>> Centopéia perambulante
>>> Fio desemcapado
>>> Verbo a(fiado)
>>> Janelário
Blogueiros
Mais Recentes
>>> A Literatura na poltrona
>>> Eduardo Arcos en el EBE 2008
>>> Nasce um imortal: José Saramago
>>> Diogo Salles no podcast Guide
>>> Coração generoso
>>> Música Discreta
>>> Cada dia mais jovem - um retrato de minha mãe
>>> Sobre Sherlock Holmes
>>> 7 de Setembro
>>> Onde moram as crônicas
Mais Recentes
>>> Discours sur l'origine et les fondements de l'inégalité parmi les hommes de Jean-Jacques Rousseau pela Le Livre de Poche (2006)
>>> Une Politique de la langue: La Révolution française et les patois : l'enquête de Grégoire de Michel de Certeau; Dominique Julia; Jacques Revel pela Gallimard (2002)
>>> Aux bords du politique de Jacques Rancière pela Gallimard (2004)
>>> La dissertation de Aude Lemeunier pela Hatier (2002)
>>> Le symbole et son interprétation I - Comprendre et interpréter de Françoise Raffin pela Delagrave (2004)
>>> Cuca Fundida de Woody Allen pela L&pm (1978)
>>> Gestão Democrática na Escola Pública de Vitor Henrique Paro pela Ática (2003)
>>> Terra de Peixes Volume II - Memórias de Rio das Ostras de Selma Rocha e Outros pela Fundação R. O. de Cultura (1997)
>>> Celebração de Ismênia Sales Pires pela Litteris Kroart (1997)
>>> Topázio de Leon Uris pela Record (1983)
>>> Palácio Tiradentes - Lugar de Memória do Parlamento Brasileiro de Alerj pela Fgv (1997)
>>> O Remorso de Baltazar Serapião V. Hugo Mãe de Valter Hugo Mãe pela Biblioteca Azul (2018)
>>> A Vida e Obra de Willian Shakespeare de Morgana Gomes pela Minuano Cultural (2001)
>>> Mensagens do P.Marcelo Rossi - Momentos da Fé de Padre Marcelo Rossi pela Gold (2000)
>>> Efeito Colateral - Maternidade: Produção Independente de Vittorio Fulchignoni pela Zem (2012)
>>> Martin Luther King, O Pacificador de Fernanda Cury pela Minuano Cultural (2006)
>>> A Cura pela Missa de Robert Degrandis, SSj e Linda Schubert pela Loyola (2004)
>>> O Poder da Mãe que Ora de Stormie Omartian pela Mundo Cristão (2012)
>>> Santos de Calça Jeans de Adriano Gonçalves pela Canção Nova (2010)
>>> Manual de Exames Diagnósticos de Diana Nicoll pela Artmed (2006)
>>> Marketing como Realizar uma Reengenharia Antecipada de Marcos Cobra pela Marcos Cobra (1995)
>>> Manual de Sobreviência de Eng. Manoel Henrique Campos Botelho pela Pini (1992)
>>> Versos e Reversos da Educação de Claudemiro Godoy do Nascimento pela Puc (2010)
>>> Use as Leis a Seu Favor de Ray Castle pela Reader's Digest (2005)
>>> Instalações Elétricas & Serviços Gerais de Editora Escala pela Escala (2013)
BLOG >>> Posts

Terça-feira, 2/12/2014
Sobre queda de ministros

+ de 2100 Acessos

(Sou do tempo em que ministros caíam)

Antigamente, os ministros "caíam".

Eu lembro de ouvir a expressão. Eu era criança, ou adolescente. "Caiu o ministro".

Não é que alguém "derrubava". Não era "golpe" (como é moda falar hoje). O ministro "caía" sozinho.

Não é que caía "de maduro". Caía porque chegava uma hora em que a coisa se tornava insustentável. O ministro precisava sair. E saía ("caía").

Havia outro senso de dignidade. Um belo dia, o ministro se olhava no espelho e concluía que não dava mais. Ou alguém lhe dava "um toque". Um presidente? (Alguém do partido?)

Mesmo o suicídio de Getúlio Vargas. Ele não tinha mais saída. Era o tal "mar de lama"...

Mesmo Jânio Quadros. Renunciou por causa das tais "forças ocultas"...

Hoje, eu fico olhando e parece que ninguém mais liga pra nada.

Os escândalos agora se sucedem e as pessoas ficam lá, impávidas. Como se não lhes dissesse respeito.

A presidente da Petrobras, por exemplo. A Graça Foster. Ela foi na CPI da Petrobras e, em juízo, disse que não sabia de nada. Mas acabamos de descobrir que ela sabia. Por causa das investigações na Holanda. Ela havia sido notificada. Ou seja: ela mentiu na CPI. Mas nem ficou vermelha. Ela não se abala. Estão desviando recursos da Petrobras desde 2006 (agora dizem que desde 2004). 10 bilhões de reais, segundo estimam. Mas a Graça Foster finge que não é com ela. Até criou uma diretoria para "fiscalizar". É mole?

A Gleisi Hoffmann, outro exemplo. Foi ministra-chefe da Casa Civil. Descobriu-se que sua campanha para o Senado, em 2010, foi supostamente abastecida pelo mesmo "petrolão". Agora pergunte se ela está preocupada. Ela aparece em Brasília com a mesma cara. E ainda sobe na tribuna...

O Lindberg Farias. É aquele que se lançou como "cara-pintada", na época do impeachment de Fernando Collor, depois apareceu numa foto, confraternizando-se com o próprio, no Senado. Não faz nem um mês que Paulo Roberto Costa revelou supostas doações, de empresas investigadas na operação Lava Jato, para a campanha de Lindberg Farias, para o governo do Rio de Janeiro. Você acha que Lindberg ficou preocupado? Além de não ficar, ele foi, recentemente, discursar no Senado, atacando Aécio Neves e dizendo que ele havia "passado dos limites" na entrevista que deu a Roberto D'Ávila. Você assistiu à entrevista? Não tem nada de mais. Ou seja: Lindberg, além de estar supostamente implicado no escândalo do petrolão, teve cara de pau de atacar alguém que falou a verdade: mensalão e petrolão foram "obras" de uma "organização criminosa". (É, inclusive, a conclusão do Supremo.)

Por último, o Humberto Costa. Líder do PT no Senado. Não é que ele também aparece na lista de Paulo Roberto Costa, tendo, supostamente, recebido R$ 1 milhão do petrolão? Além de fingir que não é com ele, Humberto Costa fez coro com Lindberg Farias e chamou o senador Aécio de "irresponsável", por, na mesma entrevista a Roberto D'Ávila, associar o PT à tal "organização criminosa". Ou seja: Humberto Costa, supostamente beneficiado pela "organização criminosa", além de não dar nenhuma satisfação, *acusou* quem associou o PT ao mensalão e ao, suposto, "petrolão". É mole?

Além de estarem, supostamente, implicados no maior esquema de corrupção desde o "mensalão", além não se envergonharem disso, vêm à luz do dia e ainda *acusam*. Como dizia uma certa candidata, é estarrecedor.

Depois se espantam com quem vai às ruas pedir "intervenção militar". Não estou defendendo a "intervenção militar". Mas parece que vem crescendo uma percepção geral de que a tal "organização criminosa" só vai largar o poder pela força. De novo: não estou defendendo nenhum tipo de "golpe", mas acredito só vão abandonar o poder se forem *obrigados* a tal.

A cara de pau não vai diminuir. Provavelmente, à medida que os escândalos se desdobrarem, só vai aumentar. Porque eles não vão se mexer. Não vão sair. Vão fingir que não é com eles. Vão fingir que nada está acontecendo. E vão *acusar*. Até não poderem mais. Até serem *impedidos* de continuar.

É por essas e por outras que o "impeachment" vai deixando de ser uma "tentativa de golpe" para se afirmar como o desdobramento natural de "crimes de responsabilidade", cada vez maiores, cometidos por gente que não tem a mínima dignidade - nem para renunciar.

Saudosos os ministros que "caíam" outrora. Tinham um mínimo de dignidade que nem essa, hoje, se encontra mais...


Postado por Julio Daio Borges
Em 2/12/2014 às 16h36


Mais Julio Daio Borges no Blog
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




ÁGAPE
PADRE MARCELO ROSSI
Globo
(2013)
R$ 5,00



Abc de Castro Alves
Jorge Amado
Martins
R$ 6,90



Passe na Oab. 1ª Fase Fgv 5. 193 Questões Comentadas 6ºedição
Marcelo Hugo da Rocha
Saraiva
(2014)
R$ 34,87



Historia del Drama Musical - 4777
Schure
Editorial Calomino
(1946)
R$ 60,00



Memorial De Aires
machado de assis adapt.
Rideel
(1994)
R$ 5,99



Desastres do Pós-guerra Civil Espanhola: uma leitura de Nada, de Carmen Laforet e Tiempo de silêncio, de Luís Martin-Santos
Margareth Santos
Humanitas
(2012)
R$ 36,00



Ritual
Mo Hayder
Record
(2011)
R$ 30,00



O Garatuja
José de Alencar
Melhoramentos
R$ 14,96



Surrealismo e Anarquismo
Vários
Imaginário
(2001)
R$ 25,00



O espadachim de carvão
Affonso Solano
Leya
(2013)
R$ 20,00





busca | avançada
86234 visitas/dia
2,1 milhões/mês