Edvaldo Pereira Lima | Digestivo Cultural

busca | avançada
59113 visitas/dia
1,1 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Rinoceronte, poemas em prosa de Ronald Polito
>>> A forca de cascavel — Angústia (FUVEST 2020)
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
Colunistas
Últimos Posts
>>> Revisores de Texto em pauta
>>> Diogo Salles no podcast Guide
>>> Uma História do Mercado Livre
>>> Washington Olivetto no Day1
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> Karnal, Cortella e Pondé
>>> Canal Livre com FHC
>>> A história de cada livro
>>> Guia Crowdfunding de Livros
>>> Crise da Democracia
Últimos Posts
>>> Uma crônica de Cinema
>>> Visitação ao desenho de Jair Glass
>>> Desiguais
>>> Quanto às perdas I
>>> A caminho, caminhemos nós
>>> MEMÓRIA
>>> Inesquecíveis cinco dias de Julho
>>> Primavera
>>> Quando a Juventude Te Ferra Economicamente
>>> Bens de consumo
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Ser intelectual dói
>>> O Tigrão vai te ensinar
>>> O hiperconto e a literatura digital
>>> Aberta a temporada de caça
>>> Se for viajar de navio...
>>> Incompatibilidade...
>>> Alguns Jesus em 10 anos
>>> Blogues: uma (não tão) breve história (II)
>>> Picasso e As Senhoritas de Avignon (Parte I)
>>> Asia de volta ao mapa
Mais Recentes
>>> O Livro da moda de Alexandra Black pela Publifolha (2015)
>>> Rejuvelhecer a saude como prioridade de Sergio Abramoff pela Intrinseca (2017)
>>> O livro das evidencias de John Banville Tradução Fabio Bonillo pela Biblioteca Azul - globo (2018)
>>> O futebol explica o Brasil de Marcos Guterman pela Contexto (2014)
>>> O Macaco e a Essencia de Aldous Huxley pela Globo (2017)
>>> BATISTAS, Sua Trajetória em Santo Antônio de Jesus: o fim do monopólio da fé na Terra do Padre Mateus de Jorgevan Alves da Silva pela Fonte Editorial (2018)
>>> Playboy Bárbara Borges de Diversos pela Abril (2009)
>>> Sarah de Theresa Michaels pela Nova Cultural (1999)
>>> A Bela e o Barão de Deborah Hale pela Nova Cultural (2003)
>>> O estilo na História. Gibbon & Ranke & Macaulay & Burckhardt de Peter Gay pela Companhia das Letras (1990)
>>> Playboy Simony de Diversos pela Abril (1994)
>>> Invasão no Mundo da Superfície de Mark Cheverton pela Galera Junior (2015)
>>> José Lins Do Rego- Literatura Comentada de Benjamin Abdala Jr. pela Abril Educação (1982)
>>> A modernidade vienense e as crises de identidade de Jacques Le Rider pela Civilização Brasileira (1993)
>>> Machado De Assis - Literatura Comentada de Marisa Lajolo pela Abril Educação (1980)
>>> A Viena de Wittgenstein de Allan Janik & Stephen Toulmin pela Campus (1991)
>>> O Velho e o Mar de Ernest Hemingway pela Círculo do livro (1980)
>>> Veneno de Alan Scholefield pela Abril cultural (1984)
>>> O Livreiro de Cabul de Asne Seierstad pela Record (2007)
>>> Os Dragões do Éden de Carl Sagan pela Francisco Alves (1980)
>>> O Espião que sabia demais de John Le Carré pela Abril cultural (1984)
>>> Administração de Materiais de Jorge Sequeira de Araújo pela Atlas (1981)
>>> Introdução à Programação Linear de R. Stansbury Stockton pela Atlas (1975)
>>> Como lidar com Clientes Difíceis de Dave Anderson pela Sextante (2010)
>>> As 3 Leis do Desempenho de Steve Zaffron e Dave Logan pela Primavera (2009)
>>> Curso de Educação Mediúnica 1º Ano de Vários Autores pela Feesp (1996)
>>> Recursos para uma Vida Natural de Eliza M. S. Biazzi pela Casa Publicadora Brasileira (2001)
>>> Jesus enxuga minhas Lágrimas de Elza de Almeida pela Fotograma (1999)
>>> As Aventuras de Robinson Crusoé de Daniel Defoe pela LPM Pocket (1997)
>>> Bulunga o Rei Azul de Pedro Bloch pela Moderna (1991)
>>> Menino de Engenho de José Lins do Rego pela José Olympio (1982)
>>> Terra dos Homens de Antoine de Saint-Exupéry pela Nova Fronteira (1988)
>>> O Menino de Areia de Tahar Ben Jelloun pela Nova Fronteira (1985)
>>> Aspectos Endócrinos de Interesse à Estomatologia de Janete Dias Almeida pela Unesp (1999)
>>> Nociones de Historia Linguística y Estetica Literaria de Antonio Vilanova- Nestor Lujan pela Editorial Teide/ Barcelona (1950)
>>> El Estilo: El Problema y Su Solucion de Bennison Gray pela Editorial Castalia/ Madrid (1974)
>>> El Cuento y Sus Claves de Raúl A. Piérola/ Alba Omil (profs. Univ. Tucumán pela Editorial Nova, Buenos Aires (1955)
>>> Las Fuentes de La Creacion Literaria de Carmelo M. Bonet pela Libr. del Collegio/ B. Aires (1943)
>>> As Hortaliças na Medicina Doméstica/ Encadernado de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar (1976)
>>> A Flora Nacional na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Arlington Park de Rachel Cusk pela Companhia das Letras (2007)
>>> Muitas Vidas, Muitos Mestres de Brian L Weiss pela Salamandra (1991)
>>> As Frutas na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Coleção Agatha Christie - Box 8 de Agatha Christie; Sonia Coutinho; Archibaldo Figueira pela HarperCollins (2019)
>>> As Irmãs Aguero de Cristina García pela Record (1998)
>>> Não Faça Tempestade Em Copo Dágua no Amor de Richard Carlson pela Rocco (2001)
>>> Um Estudo Em Vermelho - Edição De Bolso de Arthur Conan Doyle pela Zahar (2013)
>>> Eu, Dommenique de Dommenique Luxor pela Leya (2011)
>>> Os Cavaleiros da Praga Divina de Marcos Rey pela Global (2015)
>>> O Futuro da Filosofia da Práxis de Leandro Konder pela ExpressãoPopular (2018)
BLOG >>> Posts

Domingo, 22/2/2015
Edvaldo Pereira Lima

+ de 10500 Acessos



"Gostaria de convidar os leitores para navegarmos juntos, em meu blog, por histórias, personagens da vida real (e ficcional) e temas cruciais do nosso momento histórico, que nos remetem ao diálogo em torno da cultura como um processo fundamental para o nosso desenvolvimento pleno como seres humanos. E para a possibilidade de criamos, juntos, como espécie, uma realidade nova, em resposta urgente, sadia e eficaz ao caos destruidor que ameaça nossa civilização."

1. Qual é a sua história com o Digestivo? (Como conheceu; há quanto tempo lê; por que acredita na iniciativa do Digestivo Blogs.)

Tornei-me leitor do Digestivo em 2009, como parte do meu processo de me manter atualizado sobre cultura, por razão profissional e pessoal. Em um certo momento, contratei o serviço de divulgação do Digestivo para a promoção de um livro meu. Agora em 2015, com a iniciativa de criação do "Digestivo Blogs" e o convite para participar, tomei coragem de ir adiante, tornando-me blogueiro nesta altura do campeonato, veterano da comunicação que sou.

2. Qual é o seu "background" (sua formação)? De onde vem; o que estudou; quais trabalhos seus citaria etc.

Sou escritor, jornalista, professor universitário, profissional de títulos acadêmicos convencionais (doutorado em Ciências da Comunicação pela USP, pós-doutorado em Educação pela Universidade de Toronto). Vários livros publicados, com destaque, no setor acadêmico, para Páginas Ampliadas: O Livro-Reportagem Como Extensão do Jornalismo e da Literatura (Editora Manole), e para o público geral Maestro de Voo - Pedro Janot e Azul - Uma Vida em Desafios (também Manole). Vale mencionar ainda Escrita Total, publicado pelo sistema sob demanda Clube de Autores, que é meu método próprio de escrita criativa configurado em livro.

Contudo, não sou um autor e pesquisador convencional, um intelectual clássico, digamos assim. Adoto mais um leque de interesses e estudos de base transdisciplinar. Estou mais focado na vanguarda cultural de ascensão de novos paradigmas e modelos de compreensão da realidade do que na tradição.

3. Sobre quais temas vai falar/tratar no seu blog?

Planejo abordar a cultura sob uma ótica diferenciada, não restrita ao entretenimento e à produção da indústria cultural. Vejo a cultura como um campo de conhecimento geral, integrado, que nos faz perceber o mundo e com ele interagir. Isto abrange a arte, mas também a ciência, a filosofia, o conhecimento tradicional dos povos, a religião (que é igualmente um modo de se procurar dar sentido ao mundo) e conhecimento espiritualista não sectário.

Atrelado a tudo isso está a questão fundamental da consciência, do desenvolvimento humano e do dramático momento histórico que vivemos, a civilização contemporânea em risco, pelos efeitos colaterais ameaçadores de uma visão de mundo (uma ótica cultural) que já não responde aos desafios desta nossa complexa era. É necessário um salto de qualidade urgente para encararmos a realidade e a vida sob uma perspectiva integral, dinamicamente abrangente, complexa, dentro da diversidade múltipla que é a existência. Há casos e iniciativas transformadoras em várias frentes de ação, propostas de vanguarda cujo benefício potencial está aí para todos nós, cidadãos comuns, no nosso dia a dia.

Por exemplo, o conceito de neuroplasticidade assinala possibilidades revolucionárias na área educacional e médica (quem sabe o caminho para a cura do Alzheimer, num futuro nem tão distante). As formas alternativas de energia podem ajudar a vencermos a crise dramática que nos cerca. A questão da água nos faz encontrar outras atitudes possíveis de relacionamento do homem com a natureza. Todos esses temas estarão atrelados a um fio comum que é a questão das mentalidades, da consciência, do desenvolvimento humano e do conflito instalado na nossa sociedade entre a possibilidade de evolução - isto é, de um salto de consciência - e a ameaça real da estagnação e portanto extinção da vida neste planeta.

Quero mostrar uma linha comum de histórias humanas e questões básicas que unem tudo isso, tirando esses temas dos campos especializados e fragmentados dos especialistas de vanguarda, trazendo-os para o nosso alcance diário. Planejo abordar um tema específico por mês, desse quadro amplo de fundo único, alinhando às reflexões e histórias humanas associadas a abordagem de produtos culturais - livros e filmes, especialmente - que têm a ver com o conteúdo em foco no mês.

4. Você já teve blog? Se sim, qual (ou quais), e com que repercussão?

Não. É um desafio interessante, sendo um profissional de comunicação de uma era convencional, partir para o experimento desse tipo de meio, que há muito pouco tempo nem existia. Não sou nostálgico, porém; nem temo as inovações. Acho que o blog é um extraordinário novo canal que multiplica e democratiza a comunicação pública.

5. Qual é sua relação com a escrita? Já escreveu em outros veículos/sites? Já publicou? Como foi a sua experiência nesse sentido (de colaborar e/ou publicar)?

Como comentei, sou profissional da comunicação e da educação. Além de livros, como jornalista já produzi muito conteúdo para revistas impressas e - um pouco menos - para jornais.

6. Como é se interessar por cultura, ou ter uma atividade intelectual, ou simplesmente ler o Digestivo, num país como o Brasil, ou sendo brasileiro (a)? É uma profissão de fé? Ou é um desafio que te motiva (no dia a dia)?

Sim, todos que atuam no campo cultural e também no educacional enfrentam um desafio pessoal de proporções gigantescas, neste país. Nossa sociedade é muito materialista e concreta, gira muito em torno do mundo objetivo e factual. Valoriza esse lado da existência, mas tem uma relação esquizofrênica de amor e ódio pelo lado subjetivo, simbólico, não palpável, que é a cultura.

A cultura procura dar sentido ao que fazemos e somos, mas seu caminho pode não ser tangível, pois está mais associada ao ser do que ao fazer das coisas. A nossa sociedade é muito do corpo, da mente concreta e lógica e da realidade física, menos da mente sutil, dos sentimentos, das emoções e da sensibilidade. Acontece que para darmos significado ao mundo material precisamos da habilidade para navegarmos pelo mundo subjetivo a ele conectado. O sentido vem do símbolo, não do fato concreto.

Ao mesmo tempo, a sensibilidade necessária para se conhecer o mundo na sua plenitude integrada, onde o lado sutil e o objetivo estão juntos, remete à necessária tarefa do autoconhecimento. Mas nem todo o mundo quer se olhar e se conhecer. A maioria prefere estar alienada de si, mergulhada nas ilusões atraentes do fantástico mundo de apelos e prazeres sensórios da nossa sociedade multi-midiática globalizada de consumo.

A falta de foco, a dispersão mental e o apelo para o lado concreto das coisas torna a cultura algo desejável, mas ao mesmo tempo desprezado (de certa forma). Quem trabalha com cultura tem de enxergar e sentir um pouco além do horizonte, pois do contrário a barra pesa e o desânimo toma conta.

7. Você acha que, através da internet, podemos mudar esse cenário (de pouca cultura, pouco interesse pela vida intelectual, parca discussão de ideias etc.)?

Há uma probabilidade. Vai depender muito de como aprendermos, como espécie, a usar as extraordinárias possibilidades novas que o meio traz. Temos de experimentar, errar e acertar, na procura de resposta eficiente ao grande desafio de aliarmos o prazer do ato da comunicação ampla e irrestrita que a internet oferece ao compartilhar de conteúdos de profundidade.

Se apenas usarmos a internet fascinados pela forma cosmeticamente atraente que oferece - onde podemos unir texto, áudio, imagem, cor, movimento, interação, portais de intertextos -, sem nos preocuparmos com a profundidade e com a arte de pensar, refletir e compreender, teremos dado um passo muito pequeno adiante. A esperança é que a internet possa ser um canal de comunicação que nos impulsione um grau a mais, pelo menos, em direção à consciência, e que não fiquemos seduzidos pela forma, mas estagnados na inconsciência pelo seu uso raso.

8. Quais foram suas maiores influências? (Não precisa, necessariamente, ser alguém conhecido ou "famoso". Pode citar obras e/ou experiências também.) Quais "modelos" pretende seguir (ou te servem de referência)?

Na área literária, como autora de grande visão futurista aplicada artisticamente, Doris Lessing em seu romance Shikasta. Como mestre da capacidade fabulosa de pesquisa histórica para transformação em enredo ficcional, James Michener em seus romances históricos. No jornalismo literário, Gay Talese. No retrato bem humorado de questões sociais, Mario Vargas Llosa de Pantaleão e as Visitadoras. Na coragem em traduzir conteúdos científicos polêmicos de vanguarda para uma linguagem acessível ao grande público, Fritjof Capra de O Ponto de Mutação.

Na tradução de conceitos e enredos existenciais profundos em narrativas de entretenimento e ao mesmo tempo conteúdo simbólico significativo, Steven Spielberg, especialmente em Indiana Jones e a Última Cruzada. No conhecimento existencial e no compartilhar da sabedoria espiritual em comunicação clara e acessível, Yogananda, particularmente em seus livros sobre Jesus e o Cristo interno que habita, como consciência a ser despertada, o interior de todos nós.

9. Mais alguma coisa que os Leitores precisam saber de você (mais alguma coisa que você gostaria de falar e eu não te perguntei)?

Gostaria de convidar os leitores para navegarmos juntos, em meu blog, por histórias, personagens da vida real (e ficcional) e temas cruciais do nosso momento histórico, que nos remetem ao diálogo em torno da cultura como um processo fundamental para o nosso desenvolvimento pleno como seres humanos. E para a possibilidade de criamos, juntos, como espécie, uma realidade nova, em resposta urgente, sadia e eficaz ao caos destruidor que ameaça nossa civilização.

Em lugar da sociedade algo adormecida e de pensamento fragmentado em que nos transformamos, temos de ousar aprender a abrir o nosso potencial total para a integralidade unificada em que o nosso intelecto, a nossa intuição e a nossa emoção trabalham juntos em alto nível para a jornada da humanidade neste planeta se transformar numa história de amor à vida, não uma tragédia de cultivo da morte.

10. Onde mais a gente pode te encontrar? (Links ou referências, na internet, que você quiser/puder passar...)

Meu site e a fanpage de um curso de pós-graduação (em jornalismo literário) que dirijo e onde estou muito presente (mas apenas tratando desse tema). E o canal de vídeos desse curso, onde também apareço com frequência.

Nota do Editor
Edvaldo Pereira Lima compõe o novo grupo de blogueiros do Digestivo Cultural ;-)


Postado por Julio Daio Borges
Em 22/2/2015 às 13h09


Mais Julio Daio Borges no Blog
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




O GUARDA- NOTURNO
CLEUNICE ORLANDI DE LIMA
DO BRASIL
(1985)
R$ 8,00



MERO CRISTIANISMO
C. S. LEWIS
QUADRANTE
(1997)
R$ 110,00



DONA ROSINHA - A SOLTEIRA LORCA
FEDERICO GARCÍA LORCA
ESTAMPA
(1973)
R$ 10,00



SEIZE THE NIGHT
SHERRILYN KENYON
ST MARTINS (EUA)
(2005)
R$ 17,82



ASTROPHYSIK 2 AUFLAGE
HELMUT SAUTTER
UTB
(1984)
R$ 24,00



THE INNOVATION SUPERHIGHWAY
DEBRA M. AMIDON
BUTTERWORTH HEINEMANN
(2003)
R$ 90,00



A MANILHA E O LIBAMBO
ALBERTO DA COSTA E SILVA
NOVA FRONTEIRA
(2002)
R$ 390,00



SIMPLESMENTE AMOR / ADMIRADOR SECRETO
LEANNE BANKS
HARLEQUIN
(2012)
R$ 4,30



ONCE MINUTOS
PAULO COELHO
PLANETA
(2006)
R$ 30,00



JARDIM MARÍTIMO
ASCENDINO LEITE
EDA EDIT
(1995)
R$ 4,90





busca | avançada
59113 visitas/dia
1,1 milhão/mês