Uma seleção de fracassados | Digestivo Cultural

busca | avançada
69435 visitas/dia
2,6 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Shopping Granja Vianna de portas abertas
>>> Teatro do Incêndio lança Ave, Bixiga! com chamamento público para grupos artistas e crianças
>>> Amantes do vinho celebram o Dia Mundial do Malbec
>>> Guerreiros e Guerreiras do Mundo pelas histórias narradas por Daniela Landin
>>> Conheça Incêndio no Museu. Nova obra infantil da autora Isa Colli fala sobre união e resgate cultura
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Poética e política no Pântano de Dolhnikoff
>>> A situação atual da poesia e seu possível futuro
>>> Um antigo romance de inverno
>>> O acerto de contas de Karl Ove Knausgård
>>> Assim como o desejo se acende com uma qualquer mão
>>> Faça você mesmo: a história de um livro
>>> Da fatalidade do desejo
>>> Cuba e O Direito de Amar (3)
>>> Isto é para quando você vier
>>> 2021, o ano da inveja
Colunistas
Últimos Posts
>>> Hemingway by Ken Burns
>>> Cultura ou culturas brasileiras?
>>> DevOps e o método ágil, por Pedro Doria
>>> Spectreman
>>> Contardo Calligaris e Pedro Herz
>>> Keith Haring em São Paulo
>>> Kevin Rose by Jason Calacanis
>>> Queen na pandemia
>>> Introducing Baden Powell and His Guitar
>>> Elon Musk no Clubhouse
Últimos Posts
>>> Patrulheiros Campinas recebem a Geração#
>>> Curtíssimas: mostra virtual estreia sexta, 16.
>>> Estreia: Geração# terá sessões virtuais gratuitas
>>> Gota d'agua
>>> Forças idênticas para sentidos opostos
>>> Entristecer
>>> Na pele: relação Brasil e Portugal é tema de obra
>>> Single de Natasha Sahar retrata vida de jovem gay
>>> A melancolia dos dias (uma vida sem cinema)
>>> O zunido
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Gilberto Gil: Cultura Viva
>>> Histórias Extraordinárias, de Edgar Allan Poe
>>> 2006, o ano dos livros
>>> Na toca dos leões
>>> O nome da morte
>>> 7 de Setembro
>>> Sobre Paraíso Tropical
>>> Bernardo Carvalho e a arte da fuga
>>> Uma feira (in)descritível
>>> Quem tem medo do Besteirol?
Mais Recentes
>>> Guia paris - key guides de Aa Publishing pela Publifolha (2008)
>>> O Quinze 64ªed. de Rachel de Queiroz pela Siciliano (1998)
>>> A Mina de Françoise Gange pela Rocco (1994)
>>> Uma Utopia Militante - Repensando o socialismo de Paul Singer pela Vozes (1998)
>>> O Amador de Diego Pansani pela Urutau (2018)
>>> Walkscapes - O caminhar como estética de Francesco Careri pela Gustavo Gili (2016)
>>> O pior médico do mundo de Gerson Salvador pela Ciclo Contínuo (2014)
>>> Na minha pele de Lázaro Ramos pela Objetiva (2017)
>>> Negrhúmus líricos de Luiz Silva (Cuti) pela Ciclo Contínuo (2017)
>>> A Menina Que Conversava Com as Roupas de Paula Acioli e Jana Magalhaes pela Memoria Visual (2009)
>>> Raiz de um negro brasileiro - esboço autobiográfico de Oswaldo de Camargo pela Ciclo Contínuo (2015)
>>> O viajante imóvel: Machado de Assis e o Rio de Janeiro de seu tempo de Luciano Trigo pela Record (2001)
>>> Terça Afro território de afetos de Ana Caroline da Silva e Whellder Guelewar (Orgs) pela Ciclo Contínuo (2016)
>>> Nova Lusitânia, História da Guerra Brasílica (box Com Cd) de Francisco de Brito Freire pela Beca (2021)
>>> Guia O melhor de Orlando e parques da Flórida de Marisa Adan Gil pela Abril (2009)
>>> Planeta Deagostini de Contos de Magic - the Gathering - Juramento das Sentinelas - N. 5 pela Planeta Deagostini (2019)
>>> Vale dos Atalhos de Sonia Regina Bischain pela Sundermann, (2013)
>>> Contos de Magic: the Gathering - Batalha por Zendikar V 2 - N. 4 de Planeta Deagostini pela Planeta Deagostini (2019)
>>> The essential guide to customs & culture : Chile de Caterina Perrone pela Kuperard (2021)
>>> Viandante labirintos entressonhos de Sonia Regina Bischain pela Ciclo Contínuo (2017)
>>> Contos de Magic: the Gathering - Batalha por Zendikar V 1 - N. 3 de Planeta Deagostini pela Planeta Deagostini (2019)
>>> 15 Minutos Francês de Caroline Lemoine pela Publifolha (2006)
>>> Contos de Magic: the Gathering - Prólogo da Batalha por Zendikar -v 2 de Planeta Deagostini pela Planeta Deagostini (2019)
>>> Contos de Magic the Gathering - Origens de Planeta de Agostini pela Planeta de Agostini (2019)
>>> A Luftwaffe na Guerra de Karl Bartz pela Flamboyant (1967)
BLOG >>> Posts

Terça-feira, 4/7/2006
Uma seleção de fracassados

+ de 5500 Acessos
+ 7 Comentário(s)

Sábado, quartas de final. Brasil perde o jogo e a Copa. Perde para uma das seleções mais desacreditadas da competição, a França de Zinedine Zidane, ou simplesmente, Zizou. Eu chorei ao final do jogo, não pela derrota, mas sim por constatar o que eu já sabia: que os jogadores não dão a mínima para a Copa e para os brasileiros. Tudo o que interessa são as propagandas e recordes individuais. Eu chorei de raiva ao ver nosso herói, Robinho, aquele que pedíamos tanto para ver como titular, todo feliz e sorridente abraçando Zidane após o final do jogo, como se nada grave tivesse acontecido. Jogadores do Brasil pareciam ter ganhado a Copa, todos sorrindo. Só faltaram pedir autógrafos, como fazem as seleções menores diante do Brasil. Os únicos que choraram foram Gilberto Silva e Zé Roberto, pelo menos os que eu vi, dois jogadores que a mídia nem dava bola e que além de chorarem, fizeram o jogo ser menos humilhante do que poderia ter sido.

No especial do mês passado, escrevi um artigo sobre a Copa do México de 1970, e critiquei os super craques da seleção atual, e foi publicado no dia do jogo contra Gana, logo após o Brasil ter vencido o Japão. Muitos disseram que o texto estava desatualizado e que os Ronaldos estavam com toda a força novamente, e o Fenômeno havia renascido das cinzas e seria o grande jogador da Copa. Ele bateu seu recorde, tornando-se o maior artilheiro em Copas de todos os tempos, mas foi só isso. Depois de alcançar seu objetivo, não fez mais esforço algum.

Que papelão, sr. Parreira, que ainda tenta justificar o injustificável. Dizer que os jogadores tiveram garra é caçoar de nossa cara e achar que ainda somos ingênuos e burros. Dessa vez não houve convulsões nem abalos psicológicos. O que aconteceu é que toda a equipe amarelou. Parreira devia estar assistindo a outro jogo, já que não dormiu, como eu, assistindo aquilo que obviamente não estava funcionando. Substituições tardias, e tudo isso por causa do planejamento tático de anos que ele insistia em sustentar. Ao ser questionado sobre Robinho, ele alegou que o jogador vinha de uma contusão e por isso só entrou nos minutos finais. Mas aquela era uma quarta de final, erros não são aceitos, e se os planos não estão dando certo, ele deve arriscar. Até eu, leiga do assunto, sei que ele devia ter feito substituições muito antes do primeiro gol da França.

Que falta de garra srs. Ronaldos & cia. Ao invés de uma revanche contra a França, o que tivemos foi um espetáculo de balé, onde Zizou foi a maior estrela, com seus chapéus belíssimos em cima dos maiores craques do planeta, inclusive sobre o "Fenômeno". Uma seleção morta assistia ao show do grande craque francês que está encerrando a carreira como ele merece: no topo!

O Brasil, além de não jogar bonito, perdeu com um futebol horroroso e vergonhoso. Parecia uma daquelas seleções que entraram por acaso na Copa e estavam admiradas com o adversário poderoso. Não consigo lembrar de um lance do Brasil que ficou para a história desta Copa. A seleção dos sonhos saiu e nem parece que participou da competição. Ninguém sentiu falta dos pentacampeões. Nem nós mesmos. Esta é uma seleção para ser esquecida. Que venha a renovação com jogadores que realmente amem aquela camiseta amarela que ainda possui algum peso e causa medo nos adversários. Chega de viver das vitórias do passado, os jogadores têm que entender que é preciso jogar bola para se alcançar a tal da sexta estrela. Que 2010 seja diferente na África do Sul.


Postado por Tatiana Cavalcanti
Em 4/7/2006 às 08h50


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Claudio Galeazzi sobre a crise de Julio Daio Borges
02. Mark Cuban for president 2020 de Julio Daio Borges
03. Entrevista com Cleudo Lima de Julio Daio Borges
04. Pedro Cardoso em #Provocações de Julio Daio Borges
05. Arte da Palavra em Pernambuco de Ana Elisa Ribeiro


Mais Tatiana Cavalcanti no Blog
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

ENVIAR POR E-MAIL
E-mail:
Observações:
COMENTÁRIO(S) DOS LEITORES
3/7/2006
17h01min
Pô, o Brasil podia perder p/ qualquer time q tivesse jogando, menos p/ França q não jogou nd, será q algm tm alguma dúvida do q acontceu???
[Leia outros Comentários de juliana ]
4/7/2006
01h28min
Muito oportuno o texto. A arrogância da seleção (técnico e jogadores) não os deixou perceber a realidade. Estavam acima de qualquer coisa, do cidadão, do Presidente da República, do repórter, do próprio país. Eles eram intocáveis. Eles eram de onde mesmo? (Muitos voltaram de Frankfurt diretamente para suas casas - em países europeus!!!)
[Leia outros Comentários de Nilmar Cavalcanti ]
10/7/2006
19h05min
Foram comprados... Com certeza... Vc viu a calma do Parreira??? E o Kaká e o Roberto Carlos que não impediram o defender?! Foram comprados!
[Leia outros Comentários de Eduardo]
12/7/2006
23h27min
EU SOU o princípio do universo. Quando esses caras entraram em campo (exceções: Lúcio e Dida), nenhum deles tinha, de fato, a consciência de ser Pentacampeão do Mundo. Muito menos a de ser brasileiro.
[Leia outros Comentários de Bernard Gontier]
13/7/2006
14h42min
Maldita seja essa seleção e essa Copa ridícula! Esse timinho midiático!!! E aquela final então?
[Leia outros Comentários de Maria]
15/7/2006
15h26min
So' queria saber uma coisa: sera' que o Ronaldinho Gaucho poderia cobrar de cada um dos brasileiros a mesma garra e dedicacao ao trabalho que se cobra dele? E' muito simples ficar transferindo comportamentos... No entanto, esses jogadores nada mais sao que seres humanos de uma determinada cultura: a nossa... Cada um deveria se perguntar: sera' que me dediquei tanto ao que faco e aos meus resultados (que interessam, sim, 'a sociedade) com a garra necessaria para vencer um Brasil e uma Franca? Ja' cansei de ler "os 200 milhoes em 11"... Isso e' a maior sandice que temos no nosso pais. Queria saber se todo mundo que digita, sua tanto e trabalha tanto quanto um destes jogadores...!
[Leia outros Comentários de Ram]
31/7/2006
11h08min
Esses jogadores vivem é no mundo da fantasia, da ilha encantada. Vão trabalhar na roça.
[Leia outros Comentários de carlos eduardo]
COMENTE ESTE TEXTO
Nome:
E-mail:
Blog/Twitter:
* o Digestivo Cultural se reserva o direito de ignorar Comentários que se utilizem de linguagem chula, difamatória ou ilegal;

** mensagens com tamanho superior a 1000 toques, sem identificação ou postadas por e-mails inválidos serão igualmente descartadas;

*** tampouco serão admitidos os 10 tipos de Comentador de Forum.



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Brasil Sociedade e Espaço
José Willian Visentini
Ática



A Crise dos 29 Como Ultrapassar a Barreira dos 30 Classe e Elegância
Julie Tilsner
M Books
(2008)



Violência do Mundo
Jean Baudrillard
Anima
(2004)



No Terceiro Dia
Piers Paul Read
Siciliano
(1992)



Código Civil: do Direito de Família 2ª Edição
Galdino Bordallo e Heloisa M D Leite (org)
Freitas Bastos
(2006)



A Evolução do Feminismo - Subsídios para a Sua História
Mariana Coelho
Coleção Brasil Diferente
(2002)



Um Conto de Natal
Charles Dickens
L&pm Pocket
(2007)



Peter Pum - o Menino Que Queria Crescer
Carlos Acselrad
Nórdica
(1999)



Luluzinha Teen e Sua Turma Número 12
Daniel Stycer
Ediouro
(2010)



O Guardião de Memórias
Kim Edwards; Kim Edwards
Sextante
(2008)





busca | avançada
69435 visitas/dia
2,6 milhões/mês