Sobre a vida no campo | Digestivo Cultural

busca | avançada
28584 visitas/dia
1,0 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
>>> Leminski, estações da poesia, por R. G. Lopes
>>> Crônica em sustenido
>>> Do inferno ao céu
>>> Meninos, eu vi o Bolsonaro aterrando
>>> Manual para revisores novatos
>>> A Copa, o Mundo, é das mulheres
Colunistas
Últimos Posts
>>> 100 nomes da edição no Brasil
>>> Eu ganhei tanta coisa perdendo
>>> Toda forma de amor
>>> Harvard: o que não se aprende
>>> Pedro Cardoso em #Provocações
>>> Homenagem a Paulo Francis
>>> Arte, cultura e democracia
>>> Mirage, um livro gratuito
>>> Lançamento de livro
>>> Jornada Escrita por Mulheres
Últimos Posts
>>> João Gilberto: o mito
>>> Alma em flor
>>> A mão & a luva
>>> Pesos & Contra-pesos
>>> Grito primal II
>>> Calcanhar de Aquiles
>>> O encanto literário da poesia
>>> Expressão básica II
>>> Expressão básica
>>> Minha terra, a natureza viva.
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Toda forma de amor
>>> O filósofo da contracultura
>>> Oderint Dum Metuant
>>> Beleza e barbárie, ou: Flores do Oriente
>>> A fragilidade dos laços humanos
>>> A fragilidade dos laços humanos
>>> Melhores Blogs
>>> Dilbert
>>> Entrevista com Paulo Polzonoff Jr.
>>> Olavo de Carvalho: o roqueiro improvável
Mais Recentes
>>> Tudo valeu a pena de Zibia Gasparetto pela Vida e consciencia (2003)
>>> Concurso de Credores de Sylvio Martins Teixeira pela Jacintho (1936)
>>> Manual de Direito Processual Civil Vol.4 (Processo de Execução Processo Cautelar Parte Geral) de José Frederico Marques pela Saraiva (1976)
>>> Manual de Direito Processual Civil Vol.3 ( Processo de Conhecimento) 2ª Parte de José Frederico Marques pela Saraiva (1976)
>>> Codigo do processo Civil e Commercial do Estado de São Paulo (Annotações) de João Evangelista Rodrigues pela Revista dos Tribunais (1930)
>>> Traité Des Preuves En Droit Civil Et En Drit Criminel de Édouard Bonnier pela Librairie Plon (1888)
>>> Embargos de Nulidade e Infringentes do Julgado de E.D. Moniz de Aragão pela Saraiva (1965)
>>> Introdução ao estudo do processo Civil de Eduardo J. Couture pela José Bushatsky (1951)
>>> Estudo sobre o processo civil Brasileiro de Enrico Tullio Liebman pela Saraiva (1947)
>>> Processão de Execução de Enrico Tullio Liebman pela Saraiva (1946)
>>> Eficácia e Autoridade da Sentença e ouros escritos sobre a coisa Julgada. de Enrico Tullio Liebman pela Forense (1984)
>>> Princípios Gerais do Direito Processual de Anésio de Lara Campos Junior pela José Bushatsky (1964)
>>> Doutrina das Acções de José Homem Corrêa Telles pela H. Garnier (1902)
>>> Como Requer em Juízo ( Formulário Cível) de Yara Muller Leite pela Freitas Bastos (1967)
>>> Decisões de Decio Cesario Alvim pela Officinas do Centro da Boa Imprensa (1930)
>>> O Procedimento Sumaríssimo de Domingos Sávio Brandão Lima pela José Bushatsky (1977)
>>> Aspectos Fundamentais das Medidas Liminares de R. Reis Friede pela Forense (1993)
>>> Curso de Direito Processual Civil Volume 3 de Humberto Theodoro Júnior pela Forense (1995)
>>> Curso de direito Processual Civil Volume 1 de Humberto Theodoro Júnior pela Forense (1995)
>>> Estudo sobre o processo civil Brasileiro de Enrico Tullio Liebman pela José Bushatsky (1976)
>>> Processão de Execução de Enrico Tullio Liebman pela Saraiva (1980)
>>> Consultor Civil Acerca de Todas as Acções Seguidas no Fôro Civil de Carlos Antonio Cordeiro e Oscar de Macedo Soares pela H. Garnier (1910)
>>> O Brasil na vidão do artista. O país e sua cultura de Frederico Morais pela Prêmio (2003)
>>> Um certo ponto de vista. Pietro Maria Bardi 100 anos de Emanoel Araújo. Curadoria pela Burti (2000)
>>> A riqueza de um vale. A richly endowed valley de Ricardo Martins pela Kongo (2011)
>>> Tomie Ohake de Ana Paula Cavalcanti Simioni pela Folha de S.Paulo (2013)
>>> Bez Batti. Esculturas de Instituto Moreira Salles pela Ims (2006)
>>> Responsabilidade Civil - Doutrina e Jurisprudência de Yussef Said Cahali (Coordenador) pela Saraiva/ SP. (1984)
>>> O Problema da Língua Brasileira de Homero Senna (Entrev. c/ Prof. Souza da Silveira) pela Dep. Imprensa Nacional/ RJ. (1953)
>>> A Trégua de Mario Benedetti pela Alfaguara (2007)
>>> Divalndo Franco Responde Vol 1 de Divaldo Franco pela Intelitera (2010)
>>> Sonhos de J. J. Benitez pela Record (1995)
>>> Hora de Poesia de Ivan Luís Corrêa da Silva pela Modelo (2008)
>>> (In) Quietude Narrativas de Mim de Walkiria Helena pela Catalão em Prosa e Verso (2010)
>>> O Diário das Bruxas Parte I de F. A. F. Melo pela Catalão em Prosa e Verso (2008)
>>> Resgatando o Capital Humano de Roberto Boclin pela Folha Dirigida (2015)
>>> Personas Sexuais de Camille Paglia pela Companhia das Letras (1994)
>>> Uma Vida com Karol de Cardeal Stanislaw Dziwisz pela Objetiva (2007)
>>> Quem Me Roubou de Mim? de Pe. Fábio de Melo pela Canção Nova (2008)
>>> Saúde de Miramez João Nunes Maia pela Fonte Viva (2016)
>>> Ataque do Comando P. Q. Descobrindo os Clássicos de Moacyr Scliar pela Ática (2004)
>>> Divalndo Franco Responde Vol 2 de Divaldo Franco pela Intelitera (2013)
>>> The Colour Of Memory de Geoff Dyer pela Canongate (2012)
>>> Dark Places de Gillian Flynn pela Phoenix (2009)
>>> O Livro que Ninguém Leu de Owen Gingerich pela Record (2008)
>>> Coisas que Todo Professor de Português Precisa Saber a Teoria na Prática de Luciano Amaral Oliveira pela Parábola (2010)
>>> Políticas da Norma e Conflitos Linguísticos de Xoán Carlos Lagares Marcos Bagno pela Parábola (2011)
>>> Robinson Crusoe de Daniel Defoe pela Barnes & Noble Classics (2003)
>>> Sense And Sensibility de Jane Austen pela Barnes & Noble Classics (2004)
>>> Muito Antes de 1500 de Epiága R. T. pela Madras (2005)
BLOG >>> Posts

Sexta-feira, 28/7/2006
Sobre a vida no campo

+ de 16100 Acessos
+ 15 Comentário(s)

"Quem mora no campo emburrece com o passar do tempo e não percebe; durante um certo período, acredita que está sendo original e que está cuidando da própria saúde, mas a vida no campo não é nada original: para quem não nasceu no campo e para o campo, é puro mau gosto e só prejudica a saúde. As pessoas que vão para o campo se enterram ali, levando uma vida no mínimo grotesca, que as conduz primeiro ao emburrecimento e depois à morte ridícula. Recomendar a um sujeito da cidade que para sobreviver ele se mude para o campo é uma indignidade médica (...) Todos esses exemplos de pessoas que mudaram da cidade para o campo são exemplos medonhos (...)"

Thomas Bernhard, em O náufrago.


Postado por Julio Daio Borges
Em 28/7/2006 às 13h35


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Nova Busca do Twitter de Julio Daio Borges
02. 15 de Dezembro #digestivo10anos de Julio Daio Borges
03. Máxima metidez de Julio Daio Borges


Mais Julio Daio Borges no Blog
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

ENVIAR POR E-MAIL
E-mail:
Observações:
COMENTÁRIO(S) DOS LEITORES
31/7/2006
12h20min
Que horror, hein? Horror de texto, mal construído, sem pé nem cabeça, afirmações discutíveis. "Vida grotesca"... "Morte ridícula..." "Todos esses exemplos de pessoas que mudaram da cidade para o campo são exemplos medonhos". Meu Deus! O que é isso? Francamente... Pela amostra das primeiras linhas, desejo que O náufrago permaneça submerso e não venha à tona jamais.
[Leia outros Comentários de Ivan Gehara]
31/7/2006
14h37min
[Leia outros Comentários de Julio Daio Borges]
1/8/2006
08h01min
Será que o autor já viveu no campo? Viu o rítimo frenético da natureza do alvorecer ao entardecer? Ficou sob uma árvore frondosa num dia quente ouvundo o sabiá ou tomou banho de cachoeira? Pescou no riacho? Comeu fruta do pé ou fez comida em fogão a lenha? Sentiu o cheiro da terra molhada quando começa a chuver?
[Leia outros Comentários de Marco Manucci]
1/8/2006
08h10min
Perfeito. Exatamente o que penso: para quem foi criado e sempre viveu em cidades grandes, desfrutando das suas ofertas culturais, não há nada no campo. É a morte em vida. Campo: Um fim de semana e só.
[Leia outros Comentários de José Frid]
1/8/2006
11h55min
Um homem precisa de nutrientes que as "ofertas culturais" nao possuem. Conheço "campestres" mais vivos e sábios que a maioria dos intelectuais esverdeados e mofados das cidades.
[Leia outros Comentários de Hudson Malta]
1/8/2006
11h56min
Não dá para contestar Bernhard. A vida no campo emburrece mesmo. Reparem que ele, numa benevolência rara em sua permanente amargura, ainda deixou um abrigo: "para quem não nasceu no campo e para o campo".
[Leia outros Comentários de Gunnar Jorg Kelsch]
1/8/2006
17h24min
credo! que mal humor!!! o autor condena em cada um a sua origem? não é possível mudar, transformar, trocar??? francamente: será que é uma pegadinha? só prá checar se os leitores da coluna estão acordados?
[Leia outros Comentários de Vanice]
1/8/2006
17h39min
A vida no campo não emburrece o homem, mas o torna mais ligado com a natureza, com a luz das estrelas e com os cantos dos pássaros. A cidade sempre sufoca com sua poluição e quando o homem da cidade vai para o campo o primeiro sentimento é de liberdade. Depois pode até enjoar mas o sentimento de mudança de ambiente é muito saudável.
[Leia outros Comentários de Clovis Ribeiro]
2/8/2006
18h57min
esse texto seria irônico se nao fosse trágico, o autor desconhece diversos outros autores inteligentissimos que nasceram e produziram no campo, tendo que ir para cidade apenas para ganhar notoriedade, enfim: cada doido com suas artes, só espero que ele nao monte um movimento antirural
[Leia outros Comentários de taise de js]
5/8/2006
14h40min
Por um lado ele está certo, mas só é para quem nasceu no campo. Quem vai para o campo, é para aproveitar a natureza. Já está instruído e quer aprender com a natureza, ter novas experiências, aproveitar o tempo que lhe resta (independente do tempo). O que tem de mal morrer no campo? Não há mortes ridículas.
[Leia outros Comentários de Marina Amorim]
8/8/2006
12h30min
Some-se aos comentários anteriores pró-vida no campo, a dor que dilacera o autor, proveniente da petrificação que vive sua alma, comparável a uma engrenangem que nunca foi untada de óleo.
[Leia outros Comentários de Fernando Viana]
11/8/2006
19h21min
A gente tem que viver como a gente sabe viver (ambiente, trabalho). Quanto estamos diante de problemas difícieis ou insolúveis, idealizamos, via de regra, o campo. Morar no campo é bom, desde que com uma propriedade rentável, carros para locomoção, meios de comunicação disponíveis (TV, computador, etc). Aquele que mora no campo e tem que tirar de lá o seu sustento não deve notar toda a beleza ao seu redor que nós vemos ou idealizamos.
[Leia outros Comentários de Nilmar Cavalcanti de]
16/8/2006
09h41min
moro no campo a minha vida inteirinha. E moro muito mais feliz do que se eu morasse na cidade (meu gosto). tenho 9 anos e estou na 3ªserie. E se tivesse uma boa escola aqui na roça eu estudaria nela.
[Leia outros Comentários de maíra]
16/8/2006
11h51min
E, agora, senhores anti-campo? A Maíra mora lá, é uma criança, acessa (e lê) este site. Excessão à regra imposta ou confirmação do equívoco preconceituoso do autor? Sou mais a segunda opção.
[Leia outros Comentários de Hudson Malta]
2/2/2011
16h01min
Estou pensando em morar num lugar retirado, no campo, mas perto da cidade. Com conforto e meios de comunicação. Já criei meus filhos e agora quero curtir a liberdade de morar bem. Isso significaca, paz, qualidade de vida. Estou errada?
[Leia outros Comentários de Lilian]
COMENTE ESTE TEXTO
Nome:
E-mail:
Blog/Twitter:
* o Digestivo Cultural se reserva o direito de ignorar Comentários que se utilizem de linguagem chula, difamatória ou ilegal;

** mensagens com tamanho superior a 1000 toques, sem identificação ou postadas por e-mails inválidos serão igualmente descartadas;

*** tampouco serão admitidos os 10 tipos de Comentador de Forum.



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




O SENHOR AGORA VAI MUDAR DE CORPO
RAIMUNDO CARRERO
RECORD
(2015)
R$ 29,00



O MODELO DE MEDO E RAIVA - 6312
DIOGO LARA
REVOLUÇAO DE IDEIAS
(2006)
R$ 12,00



O ATENEU
RAUL POMPÉIA
ÁTICA
(1984)
R$ 5,00



ELAS ESTÃO DESCONTROLADAS
MARCELO AOUILA
LIVROS ILIMITADOS
R$ 34,90



TRANSPORTES E SEGUROS NO COMÉRCIO EXTERIOR
SAMIR KEEDI
ADUANEIRAS
(2003)
R$ 70,00



DIÁRIO DE LARISSA MANOELA
LARISSA MANOELA
CASA DOS LIVROS
(2016)
R$ 10,00



FÍSICA 2 - TERMOLOGIA - ÓPTICA - ONDULATÓRIA
BONJORNO, E OUTROS
FTD
(2013)
R$ 9,80



A HISTÓRIA DO PARTIDO COMUNISTA DA ÍNDIA (MAOÍSTA)
MATEUS RANZAN
NOVAS EDIÇÕES ACADÊMICAS
R$ 454,00



LETTERHEAD & LOGO DESIGN (BOOK 5)
CROSS COLOURS
ROCKPORT PUB
(1998)
R$ 50,00



ARTE CONTA HISTÓRIAS: BALÉ DOS SKAZKÁS
KATIA CANTON
NÃO CONSTA
(1996)
R$ 5,50





busca | avançada
28584 visitas/dia
1,0 milhão/mês