INTUIÇÃO | Blog de Gilberto Antunes Godoi

busca | avançada
31131 visitas/dia
1,3 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Rinoceronte, poemas em prosa de Ronald Polito
>>> A forca de cascavel — Angústia (FUVEST 2020)
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
Colunistas
Últimos Posts
>>> Revisores de Texto em pauta
>>> Diogo Salles no podcast Guide
>>> Uma História do Mercado Livre
>>> Washington Olivetto no Day1
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> Karnal, Cortella e Pondé
>>> Canal Livre com FHC
>>> A história de cada livro
>>> Guia Crowdfunding de Livros
>>> Crise da Democracia
Últimos Posts
>>> Uma crônica de Cinema
>>> Visitação ao desenho de Jair Glass
>>> Desiguais
>>> Quanto às perdas I
>>> A caminho, caminhemos nós
>>> MEMÓRIA
>>> Inesquecíveis cinco dias de Julho
>>> Primavera
>>> Quando a Juventude Te Ferra Economicamente
>>> Bens de consumo
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Asia de volta ao mapa
>>> Civilizado?
>>> Um Cântico para Rimbaud, de Lúcia Bettencourt
>>> Dar títulos aos textos, dar nome aos bois
>>> Na CDHU, o coração das trevas
>>> Acordei que sonhava
>>> Rinoceronte, poemas em prosa de Ronald Polito
>>> Rinoceronte, poemas em prosa de Ronald Polito
>>> Um Furto
>>> Nasi in blues no Bourbon
Mais Recentes
>>> O Livro da moda de Alexandra Black pela Publifolha (2015)
>>> Rejuvelhecer a saude como prioridade de Sergio Abramoff pela Intrinseca (2017)
>>> O livro das evidencias de John Banville Tradução Fabio Bonillo pela Biblioteca Azul - globo (2018)
>>> O futebol explica o Brasil de Marcos Guterman pela Contexto (2014)
>>> O Macaco e a Essencia de Aldous Huxley pela Globo (2017)
>>> BATISTAS, Sua Trajetória em Santo Antônio de Jesus: o fim do monopólio da fé na Terra do Padre Mateus de Jorgevan Alves da Silva pela Fonte Editorial (2018)
>>> Playboy Bárbara Borges de Diversos pela Abril (2009)
>>> Sarah de Theresa Michaels pela Nova Cultural (1999)
>>> A Bela e o Barão de Deborah Hale pela Nova Cultural (2003)
>>> O estilo na História. Gibbon & Ranke & Macaulay & Burckhardt de Peter Gay pela Companhia das Letras (1990)
>>> Playboy Simony de Diversos pela Abril (1994)
>>> Invasão no Mundo da Superfície de Mark Cheverton pela Galera Junior (2015)
>>> José Lins Do Rego- Literatura Comentada de Benjamin Abdala Jr. pela Abril Educação (1982)
>>> A modernidade vienense e as crises de identidade de Jacques Le Rider pela Civilização Brasileira (1993)
>>> Machado De Assis - Literatura Comentada de Marisa Lajolo pela Abril Educação (1980)
>>> A Viena de Wittgenstein de Allan Janik & Stephen Toulmin pela Campus (1991)
>>> O Velho e o Mar de Ernest Hemingway pela Círculo do livro (1980)
>>> Veneno de Alan Scholefield pela Abril cultural (1984)
>>> O Livreiro de Cabul de Asne Seierstad pela Record (2007)
>>> Os Dragões do Éden de Carl Sagan pela Francisco Alves (1980)
>>> O Espião que sabia demais de John Le Carré pela Abril cultural (1984)
>>> Administração de Materiais de Jorge Sequeira de Araújo pela Atlas (1981)
>>> Introdução à Programação Linear de R. Stansbury Stockton pela Atlas (1975)
>>> Como lidar com Clientes Difíceis de Dave Anderson pela Sextante (2010)
>>> As 3 Leis do Desempenho de Steve Zaffron e Dave Logan pela Primavera (2009)
>>> Curso de Educação Mediúnica 1º Ano de Vários Autores pela Feesp (1996)
>>> Recursos para uma Vida Natural de Eliza M. S. Biazzi pela Casa Publicadora Brasileira (2001)
>>> Jesus enxuga minhas Lágrimas de Elza de Almeida pela Fotograma (1999)
>>> As Aventuras de Robinson Crusoé de Daniel Defoe pela LPM Pocket (1997)
>>> Bulunga o Rei Azul de Pedro Bloch pela Moderna (1991)
>>> Menino de Engenho de José Lins do Rego pela José Olympio (1982)
>>> Terra dos Homens de Antoine de Saint-Exupéry pela Nova Fronteira (1988)
>>> O Menino de Areia de Tahar Ben Jelloun pela Nova Fronteira (1985)
>>> Aspectos Endócrinos de Interesse à Estomatologia de Janete Dias Almeida pela Unesp (1999)
>>> Nociones de Historia Linguística y Estetica Literaria de Antonio Vilanova- Nestor Lujan pela Editorial Teide/ Barcelona (1950)
>>> El Estilo: El Problema y Su Solucion de Bennison Gray pela Editorial Castalia/ Madrid (1974)
>>> El Cuento y Sus Claves de Raúl A. Piérola/ Alba Omil (profs. Univ. Tucumán pela Editorial Nova, Buenos Aires (1955)
>>> Las Fuentes de La Creacion Literaria de Carmelo M. Bonet pela Libr. del Collegio/ B. Aires (1943)
>>> As Hortaliças na Medicina Doméstica/ Encadernado de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar (1976)
>>> A Flora Nacional na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Arlington Park de Rachel Cusk pela Companhia das Letras (2007)
>>> Muitas Vidas, Muitos Mestres de Brian L Weiss pela Salamandra (1991)
>>> As Frutas na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Coleção Agatha Christie - Box 8 de Agatha Christie; Sonia Coutinho; Archibaldo Figueira pela HarperCollins (2019)
>>> As Irmãs Aguero de Cristina García pela Record (1998)
>>> Não Faça Tempestade Em Copo Dágua no Amor de Richard Carlson pela Rocco (2001)
>>> Um Estudo Em Vermelho - Edição De Bolso de Arthur Conan Doyle pela Zahar (2013)
>>> Eu, Dommenique de Dommenique Luxor pela Leya (2011)
>>> Os Cavaleiros da Praga Divina de Marcos Rey pela Global (2015)
>>> O Futuro da Filosofia da Práxis de Leandro Konder pela ExpressãoPopular (2018)
BLOGS >>> Posts

Terça-feira, 12/5/2015
INTUIÇÃO
Gilberto Antunes Godoi

+ de 900 Acessos

Intuição frequentemente se ouve falar nela.O novelista Gilberto Braga disse a mais de 30 anos que era mais intuitivo que um racional.A mesma declaração a menos tempo do ator prestigiado em Hollywood Morgan Freeman que fez no cinema Nelson Mandela.Ela existe realmente?OU é só um daqueles pressupostos de dons do ser humano?Como somos bastante espirituais,ou uma natureza emocional, é como fosse um atributo digamos sagrado.Com uma sensação de ser crendice ou superstição remanescente do homem primitivo pouco ou nada ver com a Idade da Razão.O homem Sapiens,o grandioso racional dos tempos modernos.Se diz que as mulheres são mais intuitivas que os homens.Que algumas vezes mo mumdo dos negócios um homem acha absurdo quando numa reunião a colega executiva na sua frente na mesa quer tomar uma decisão porque está tendo um intuição...Intuição não teria uma explicação cientifica ou racional!Como fosse um um sexto sentido...simplesmente se aceita.Como consiste de fatores subjetivos vem a dúvida e nada de consenso.E precisando talvez de crença.Aí complica mesmo...somos um emaranhado de sentimentos,misturado...e quando passamos por um conflito ou problemas,frustrações, aí fica confuso por excelência.E dependendo da maior vulnerabilidade de cada um ou sensibilidade para muitas emocionadas dizerem que estavam sentindo...que algo ia acontecer ou tiveram um aviso... Intuição sempre pareceu que para mim nunca funcionou.E, que ficar pensando nisso poderia perder o tempo de fazer coisas e beirar a alienação.Em junho de 2014 estava com o computador ligado, conectado na internet,fui fui até o mercado próximo da minha uns 2 minutos.Ao me ausentar deixei a porta da frente aberta achando que não teria problema.ao voltar que susto!O meu Notebook havia sido roubado por um ladrão oportunista naquele momento que eu tinha saído.Não é preciso dizer...como me senti...Entretanto,me veio uma sensação que tudo estava sob controle,nada tinha se alterado,e tudo ia ficar bem apesar do contratempo ou apenas um pequeno contratempo...Aquele revez devia ser ignorado e tudo voltaria ao normal como que por encanto...senti tudo isso, mas não fui nada receptivo,afinal estava muito grandinho,para prestar atenção a algo tão frontal à lógica e ao racional.Dar sentido aqueles sentimentos fortes era inútil, como uma regressão à minha maneira adulta de encarar a realidade,decaindo para fantasias infantis.E, no mesmo dia tive reforço e confirmação do que eu pensava da situação.Não quero te desiludir mas teu computador você não recupera nunca mais..me diziam as pessoas que conversei.Eu concordava.No momento do boletim de ocorrência a escrivã muito simpática me preveniu que era muito dificil eu reaver o aparelho.E me perguntou se era locutor?Por quê? Perguntei com um sorriso.Pela sua voz,disse ela.Respondi que sim.Ah,acrescentei que também sou escritor, romancista,a principio não de romances policiais(Riso).Na rua algum tempo depois, pensei que aquela observação da escrivã seria a única satisfação do dia. Três dias depois,comentei com uma amiga numa rua próxima a minha casa que tinha sido lesado pelo roubo do meu computador. _O que foi que você disse?_Perguntou ela com curiosidade. _Que roubaram da minha casa um notebook quando ausentei por pouco tempo. _Quando foi?_Perguntou bem interessada _No último dia 10_disse, eu _Quanto tempo faz?_insistia em perguntas para certificar se da data. _Dia 10, terça-feira, faz três dias, hoje._Exclareci. _Já sei onde está teu computador,_declarou ela me deixando surpreso. Pegou o celular e fez uma ligação. _Sabe de quem é aquele computador de suspeita de roubo?_Falando com uma pessoa no outro lado da linha. E, continuou: _É do nosso amigo Gilberto_falava com a filha dela. Depois de desligar o celular me exclareceu: _Eu conversei com minha filha que trabalha numa loja aqui perto.Ela tinha dito a três dias atrás que um ladrãzinho da área passava na frente da loja onde ela é vendedora, e dono do estabelecimento desconfiou,encarou o ladrão e arrancou o Notebook por achar que tinha feito mais um roubo. E, me orientou para buscá-lo no local.Em resumo voltou o meu notebook.Este texto estou escrevendo nele. Confesso que no meio do contentamento,estava inusitadamente perplexo...Pois,dentro do meu ceticismo,do qual pensava estar livre de algumas inconsistências,para ser mais exato as baboseiras,usadas por espertos da autoajuda e talvez apenas um vestigio do tempo em que o homem na sua evolução não distinguia a lógica da magia.Suplantado pela Revolução Cientifica, e os ventos libertadores do Iluministas com o Racionalismo.E, a agora essa experiência?Mesmo sem provas incontestáveis ou testes de laboratório.Mas uma experiência subjetiva, intensa e significativa...embora a ausêncoa de tangibilidade para externamente demonstrar.Me senti semelhante a Eistein,quando a sua descoberta parecia que tinha perdido o chão sob seus pés?Antes de mais nada, sendo forçado a rever critérios que eram como da minha puberdade intelectual.Uma desarrumação em conceitos.Ou uma desconstrução para usar clichês(Risos).Perturbador realmente! A intuição tem sentido?Algumas explicações dizem que o homem moderno se desligou tanto dos seus instintos naturais,como o avanço técnológico lhe tantos recursos e suporte que algo referente aos seus alertas ou voz de dentro um dos signicados da intuição foram de tal maneira destreinados que qualquer eventual tentativa soa como uma incoerência incabivel e absurda.Temos os exemplos do Tsunâme ocorrido na Ásia em dezembro de 2004.Nenhum animal morreu,exceto os que estavam amarrados.Um tempo antes das águas do oceano chegar ao continente os animais correram para distâncias mais seguras.Houve um caso relatado que um número de cavalos corriam em disparadas e os homens que viram resolver fazer o mesmo.E assim escaparam estar na estatisca de 300 mil mortos do catrástrófico terremoto.Antes de um panfleto distrbuído por aí convidando para descobrirem seus poderes ocultos,dá para dizer que algo existe...Como identificá-los?Como acontecem?Em que ocasiões essas in-tui-ções nos visitam?Como podemos usar para nosso bem ou projetos?Como não confundir intuição como medos derivados do stress como um aviso importante.Não misturar fobia,pânico, ansiedade com intuição?Vira um filme de comédia como do ator Nielsen(Risos).Ah, e não achar simplesmente que é uma intuição não gostar de uma pessoa,que elaé falsa ou perigosa,pressupondo que é um alerta, quando na realidade não passa de um puro condicionamento nosso, como não passando de um preconceito...

Postado por Gilberto Antunes Godoi
Em 12/5/2015 às 22h25


Mais Blog de Gilberto Antunes Godoi
Mais Digestivo Blogs
Ative seu Blog no Digestivo Cultural!

* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




DE ALMA PARA ALMA
HUBERTO ROHDEN
ALVORADA
R$ 4,30



MUDANÇAS NO RELACIONAMENTO AFETIVO-SEXUAL
REGINA ISABEL NOGUEIRA
ESCUTA
(2003)
R$ 23,82



O AMOR ESTÁ NA REDE
ERICA QUEIROZ
MBOOKS
(2011)
R$ 8,80



O NOME DE JESUS
KENNETH E. HAGIN; CHOWN GORDON
GRAÇA EDITORIAL
(2008)
R$ 10,00



EXPEDIÇÃO BRASIL GASTRONÔMICO: VOL. 2
RUSTY MARCELLINI; RODRIGO FERRAZ
MELHORAMENTOS / BOCCATO
(2014)
R$ 40,00



EU TE DIREI AS GRANDES PALAVRAS - SELEÇÃO POÉTICA
AUGUSTO FREDERICO SCHMIDT
JOSÉ AGILAR
(1975)
R$ 39,00
+ frete grátis



TRÊS MULHERES E O VENTO
ELINE BARCHAN
LIS GRÁFICA
(1998)
R$ 8,00



MENS HEALTH 44 - COMA BEM E FIQUE ENXUTO
VARIOS AUTORES
ABRIL
(2009)
R$ 12,00



CÓDIGO PENAL MILITAR
VICENTE GREGO FILHO
SARAIVA
(1973)
R$ 35,00



PORTAL DO DESTINO
AGATHJA CHRISTIE
NOVA FRONTEIRA
(1973)
R$ 7,90





busca | avançada
31131 visitas/dia
1,3 milhão/mês