A cegueira de Adão e Eva. | Contubérnio Ideocrático, o Blog de Raul Almeida

busca | avançada
47273 visitas/dia
1,3 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Rinoceronte, poemas em prosa de Ronald Polito
>>> A forca de cascavel — Angústia (FUVEST 2020)
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
Colunistas
Últimos Posts
>>> Diogo Salles no podcast Guide
>>> Uma História do Mercado Livre
>>> Washington Olivetto no Day1
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> Karnal, Cortella e Pondé
>>> Canal Livre com FHC
>>> A história de cada livro
>>> Guia Crowdfunding de Livros
>>> Crise da Democracia
>>> Banco Inter É uma BOLHA???
Últimos Posts
>>> Uma crônica de Cinema
>>> Visitação ao desenho de Jair Glass
>>> Desiguais
>>> Quanto às perdas I
>>> A caminho, caminhemos nós
>>> MEMÓRIA
>>> Inesquecíveis cinco dias de Julho
>>> Primavera
>>> Quando a Juventude Te Ferra Economicamente
>>> Bens de consumo
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Meu Telefunken
>>> Meu Telefunken
>>> Vida Virtual? Quase 10 anos de Digestivo
>>> Sombras Persas (X)
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
>>> Atmosphere
>>> O Segredo do Vovô Coelhão
>>> Separações é Amores II
>>> 10 de Abril #digestivo10anos
>>> Não presta, mas vá ver
Mais Recentes
>>> Pra discutir... e gerar boas conversas por aí de Donizete Soares pela Instituto GENS (2015)
>>> Educomunicação - o que é isto de Donizete Soares pela Projeto Cala-boca já morreu (2015)
>>> Ficções fraternas de Livia Garcia-Roza - organizadora pela Record (2003)
>>> Prisioneiras de Drauzio Varella pela Companhia das Letras (2017)
>>> O diário de Myriam de Myriam Rawick pela Dark Side Books (2018)
>>> Contos de Rubem Fonseca pela Nova Fronteira (2015)
>>> Notícias - Manual do usuário de Alain de Botton pela Intrínseca (2015)
>>> Um alfabeto para gourmets de MFK Fisher pela Companhia das Letrs (1996)
>>> Os Mitos Celtas de Pedro Paulo G. May pela Angra (2002)
>>> A vida que ninguém vê de Eliane Brum pela Arquipélago Editorial (2006)
>>> As Cem Melhores Crônicas Brasileiras de Joaquim Ferreira dos Santos - organizador pela Objetiva (2007)
>>> O tigre na sombra de Lya Luft pela Record (2012)
>>> Elza de Zeca Camargo pela Casa da Palavra (2018)
>>> Sexo no cativeiro de Esther Perel pela Objetiva (2007)
>>> O clube do filme de David Gilmour pela Intrínseca (2009)
>>> Coisa de Inglês de Geraldo Tollens Linck pela Nova Fronteira (1986)
>>> As mentiras que os mulheres contam de Luis Fernando Veríssimo pela Objetiva (2015)
>>> Equilíbrio e Recompensa de Lourenço Prado pela Pensamento
>>> Cadernos de História e Filosofia da Ciência de Fátima R. R. Évora (org.) pela Unicamp (2002)
>>> Revista Internacional de Filosofia de Jairo José da Silva (org.) pela Unicamp (2000)
>>> Dewey um gato entre livros de Vicki Myron pela Globo (2008)
>>> Ilha de calor nas metrópoles de Magda Adelaide Lombardo pela Hucitec (1985)
>>> Sua santidade o Dalai Lama de O mesmo pela Sextante (2000)
>>> Meninas da noite de Gilberto Dimenstein pela Ática (1992)
>>> Paulo de Bruno Seabra pela Três (1973)
>>> Grandes Enigmas da Humanidade de Luiz C. Lisboa e Roberto P. Andrade pela Círculo do livro (1969)
>>> A História de Fernão Capelo Gaivota de Jonathan Seagull pela Nórdica (1974)
>>> Os Enigmas da Sobrevivência de Jacques Alexander pela Edições 70 (1972)
>>> Mulheres visíveis, mães invisíveis de Laura Gutman pela Best Seller (2018)
>>> Construir o Homem e o Mundo de Michel Quoist pela Duas cidades (1960)
>>> Vida Positiva de Olavinho Drummond pela Olavinho Drummond (1985)
>>> Força para Viver de Jamie Buckingham pela Arthur S. DeMoss (1987)
>>> Consumidos de David Cronemberg pela Alfaguara (2014)
>>> Viver é a melhor opção de André Trigueiro pela Correio Fraterno (2015)
>>> O Caso da Borboleta Atíria de Lúcia Machado de Almeida pela Ática (1987)
>>> Cânticos de Cecília Meireles pela Moderna (1995)
>>> Caminho a Cristo de Ellen G. White pela Cpb - Casa Publicadora Brasileira (2019)
>>> Um Estranho no Espelho de Sidney Sheldon pela Nova Cultural (1986)
>>> Le Divorce de Diane Johnson pela Record (1999)
>>> Trajetória do Silêncio de Maria do Céu Formiga de Oliveira pela Massao Ohno-Roswitha Kempf (1986)
>>> Zezinho, o Dono da Porquinha Preta de Jair Vitória pela Ática (1992)
>>> Aconselhamento Psicológico de Ruth Scheeffer pela Atlas (1981)
>>> Razão e Revolução de Herbert Marcuse pela Paz e Terra (1978)
>>> A Doutrina de Buda de Bukkyo Dendo Kyokai pela Círculo do livro (1987)
>>> Somos Todos Inocentes de Zíbia Gasparetto pela Vida&consciência (1997)
>>> Luzia-Homem de Domingos Olímpio pela Escala (1980)
>>> Vida e Obra de Anália Franco de Maria Cândida Silveira Barros pela Copidart (1982)
>>> O Sentido da Vida de Bradley Trevor Greive pela Sextante (2002)
>>> A Luz que Cura - Oração Pelos Doentes de Agnes Sandford pela Loyola (1985)
>>> O Mundo Assombrado Pelos Demônios de Carl Sagan pela Companhia das Letras (1998)
BLOGS >>> Posts

Quarta-feira, 15/7/2015
A cegueira de Adão e Eva.
Raul Almeida

+ de 800 Acessos

-Na próxima semana continuaremos abordando a teoria da evolução. Quero que façam um resumo para discutirmos o assunto.

- Professor, lá em casa e na Igreja que é dona deste Colégio, acreditamos nas sagradas escrituras. Aprendemos que a vida começou a partir de Adão. Deus fez o homem, depois a mulher. O casal pecou e povoou o mundo. Daí o Pecado Original. Somos filhos de Adão. O senhor está nos ensinando errado!

A lição de historia natural recém terminada, prolongou-se durante os cinco minutos de intervalo. Nenhum aluno levantou-se ou pediu para sair. Ficaram esperando a resposta ao colega que argüira, com audácia, arrogância e firmeza ao professor, talvez o mais querido entre todos.

- Ouvimos e acreditamos que D'us criou o Universo a partir da treva.

A luz chegou dando forma, destacando os relevos, permitindo o reconhecimento de cada detalhe e a visualização das diversas criaturas, arvores, flores, rios, cascatas, montanhas e mares.
Penso em outra possibilidade. Primeiro por que D'us não tem antes nem depois e luz e treva sempre fizeram parte da absoluta verdade que é a sua existência.

O professor, um dos poucos laicos do corpo docente do respeitável e tradicional colégio, respondia tranqüila e pausadamente, no momento em que o mestre da aula seguinte entrava para aproveitar o intervalo e arrumar o lugar. Ao escutar a resposta ficou parado e atento, olhando para o outro que nem notou a sua chegada.

-Achar que um Adão-homem veio primeiro, é próprio do machismo dos mitos primitivos.

Adão e Eva foram criados juntos, no mesmo momento e da mesma matéria sutil. Os dois lados de uma mesma moeda, os dois pólos de uma mesma esfera, as duas formas para uma mesma verdade. O ativo e o passivo. Continuou.

O único sentido que tinham era o tato. Assim não teriam condições de repetirem aquele momento exclusivo de D'us, que se fazia representar sem se multiplicar.

Os alunos estavam petrificados, ouvindo a resposta com atenção e surpresa.

-Sendo Uno, Absoluto, D'us não falou nada nem escutou nada daquelas criaturas surdas, mudas, sem olfato ou visão, mas inteligentes. Capacidade a eles atribuída em maior quantidade, do que às outras, igualmente, recém criadas.

Ambos foram criados após e para a complementação do Paraíso.
O Paraíso não se restringia a um lugarzinho qualquer do Oriente Médio. Essa conversa serviu, apenas, para facilitar a compreensão dos indivíduos que por ali viveram e escutaram uma das versões da história da criação do mundo. Os gregos, também tinham a sua versão, assim como os asiáticos e os hindus. Desde os velhos tempos, os povos procuravam entender de onde tinham vindo, porque estavam ali, porque sofriam. No caso específico de Adão e Eva, a tradição dos hebreus antigos, um povo inteligente, brioso, mas humilde, tosco e ingênuo.

Muito mais do que o mundinho da velha história, o Universo é a obra criada por D'us mais próxima de nós. O universo é parte do Paraíso.

Há muito mais alem do Universo, dos mundos e dimensões. Há D'us. Aquele que é Maior.

Éden e Paraíso são distintos. Continuou o professor.
O Éden é uma pequena parte do Universo. Paraíso é toda a criação, O Éden é a parte que se primeiro imaginou. É o visível, o desejável, o conhecido, o que se quer, com o que se sonha.

Apesar de terem capacidade para percorrer todo o Universo, a cegueira não lhes permitia ver o céu, ou o firmamento repleto de estrelas. Dotados apenas do tato, Adão e Eva perambulavam por ali orientados pela vontade de D'us.
No momento da criação da luz, um único raio ficou preso na treva e deu vida a serpente.
Um murmúrio indefinido percorreu a sala.

- A serpente é uma criatura onde um resquício da treva, se impregnou de luz o suficiente para participar daquele momento de criação divina.

A serpente não tinha conseguido entender o que era nem para que servia a Arvore da Sabedoria. E, era a única criatura curiosa o bastante para especular porque nenhum outro ser tinha interesse em experimentar seus frutos. Tudo, de todos os reinos, animal, vegetal, mineral, já tinha sido tocado, revolvido, ou explorado em sua natureza, por todas as criaturas.

Observando Adão e Eva que vagavam, cada um para seu lado, sempre longe daquela arvore, a serpente se deu conta de que eles poderiam resolver o enigma. Cega, mas sensível ao calor e ao frio, recurso herdado da treva foi esgueirando-se e fazendo tudo para aproximá-los o bastante até que se tocassem. Finalmente, conseguiu. Como não enxergavam, ouviam ou sentiam nada alem do tato, a formidável descoberta ensinou-lhes a surpresa.

O ranger das cadeiras mostrava a inquietação dos alunos, procurando mais conforto enquanto fixavam os olhos e ouvidos na figura e nas palavras do professor.

-Tocando aqui e ali, foram conhecendo suas semelhanças e diferenças e passaram a viver juntos.

Andavam para todo lado, mas não tinham nada mais do que as afinidades, semelhanças e diferenças já descobertas.
Usando do mesmo estratagema, a serpente os fez sentir a presença e a forma do fruto da Arvore da Sabedoria.
Já contaminados pela curiosidade da serpente, o levaram à boca e, no mesmo instante começaram a ver e a sentir os maravilhosos aromas, os sabores, perfumes e beleza do ambiente à sua volta. Também começaram a falar e ouvir um ao outro. A escutar o canto dos pássaros, o farfalhar das folhas, o ruído das cascatas e cachoeiras, as vozes sem palavras dos outros animais.

D'us então, limitou-os a capacidade de ir e vir apenas ao Éden. O Universo não estava mais ao seu alcance.

Aqui começa a humanidade. Aqui começa o mundo material. Antes tudo era sutil, etéreo. Agora o espírito ganha corpo, cada individuo do Éden se materializa, tal como entendemos a matéria, a Terra, o nosso mundo.

D'us queria medir até aonde seriam capazes de ir, de se sustentar e de representar a sua semelhança, tal como pensara no momento da criação.

Começaram as dificuldades: A primeira o medo, a segunda a fome, depois o frio e o calor, mais a diante a dor, em seguida a tristeza. Por ultimo, para aliviar um pouco, o prazer e o amor. D'us atribuiu maior quantidade de Prazer a Adão, e de Amor à Eva. Os dois tinham os dois sentimentos em medidas diferentes. A descoberta trouxe-lhes a impressão de que poderiam repetir a grande obra da criação, tal como D'us havia feito.
O mestre continuava seu raciocínio e a surpreendente resposta, enquanto a classe permanecia num silencio absolutamente glacial.
-Novamente o Todo Poderoso lhes colocou mais sentimentos: A inveja, a ira a maldade, a crueldade, o rancor, o ódio e o arrependimento.

A cada momento, desde a criação até hoje, D'us nos ensina a superar o mal e a desenvolver os bons sentimentos.

Ao nos dar a sublime capacidade de ter Fé, vencemos a incerteza, a fraqueza e a desconfiança. Com a inteligência, e o pensamento, desenvolvemos a capacidade de reconhecer e vencer as dificuldades. E vamos aprendendo uns com os outros sempre abaixo da vontade de D'us.
Mitos são mitos. Acreditar sem pensar pode não ser o caminho que nos leva a D'us, Único e Maior.

"Compreender para crer, crer para compreender".- Santo Agostinho concluiu citando o venerado Padre.

O aluno inquisidor ficou mudo e perplexo com a rapidez da resposta do professor. Lívido, desconcertado e surpreso nada mais disse.
A classe inteira escutou, em absoluto silencio, a inesperada versão para a historia de Adão e Eva. O outro professor, aquele que chegara bem no início da resposta, estava atônito. Entre deslumbrado e incomodado, esperava que o colega saísse para dar inicio ao seu trabalho.

-Bem, na próxima aula, como já determinei, continuaremos com a compreensão da Teoria da Evolução, segundo Darwin. Não deixem de fazer um resumo do que entenderam hoje.

E cumprimentando o colega, despediu-se dos alunos com o costumeiro:

-Até a semana, estudem!
E nada de radicalizar! Sempre haverá uma segunda opinião. Darwin conseguiu provar a dele.


Postado por Raul Almeida
Em 15/7/2015 às 09h22


Mais Contubérnio Ideocrático, o Blog de Raul Almeida
Mais Digestivo Blogs
Ative seu Blog no Digestivo Cultural!

* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




SMALL BUSINESS START-UP
BOB ADAMS
ADAMS MEDIA CORPORATION
(1995)
R$ 90,00



BEST KEPT SECRET
JEFFREY ARCHER
ST. MARTINS
(2013)
R$ 14,00



HORIZONTE PERDIDO
JAMES HILTON
ABRIL CULTURAL
(1980)
R$ 11,00
+ frete grátis



FACE2FACE INTERMEDIATE WORKBOOK WITH KEY
NICHOLAS TIMS
CAMBRIDGE
(2013)
R$ 130,00



DICIONÁRIO ENCICLOPÉDICO DE YOGA - AUTOGRAFADO.
SANDRA GARCIA
DO AUTOR
R$ 102,41



MULHERES SÓS, PRAZERES E SOMBRAS DE UMA MANEIRA DE VIVER
CARMEN ALBORCH
PRESENÇA
(2000)
R$ 26,08



INTELIJOGOS 1
DAVID G. WALKER
ISIS
R$ 28,60



STAR WARS - A ASCENSÃO E A QUEDA DE DARTH VADER
RYDER WINDHAM
UNIVERSO GEEK
(2016)
R$ 19,90



CONTRA TODOS OS INIMIGOS
RICHARD A. CLARKE
FRANCIS
(2004)
R$ 22,00



MACBETH
WILLIAM SHAKESPEARE
NOVA FRONTEIRA
(2015)
R$ 20,00





busca | avançada
47273 visitas/dia
1,3 milhão/mês