Diário de Bordo: Festival Doces Palavras | Blog do Carvalhal

busca | avançada
50141 visitas/dia
1,8 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Infantil com a Companhia de Danças de Diadema tem sessão presencial em Ilhabela e Caraguatatuba
>>> Teatro do Incêndio realiza roda de conversa na Rua 13 de Maio sobre carnaval e identidade do Bixiga
>>> Mauro Mendes Dias lança Entre Baratas e Rinocerontes no encerramento da Semana da Estupidez
>>> FAAP discute Semana de Arte Moderna de 22
>>> Toda Quinta retoma 1ª edição no Teatro Vivo com menção a Dominguinhos
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Eleições na quinta série
>>> Mãos de veludo: Toda terça, de Carola Saavedra
>>> A ostra, o Algarve e o vento
>>> O abalo sísmico de Luiz Vilela
>>> A poesia com outras palavras, Ana Martins Marques
>>> Lourival, Dorival, assim como você e eu
>>> O idiota do rebanho, romance de José Carlos Reis
>>> LSD 3 - uma entrevista com Bento Araujo
>>> Errando por Nomadland
>>> É um brinquedo inofensivo...
Colunistas
Últimos Posts
>>> Michael Dell on Play Nice But Win
>>> A história de José Galló
>>> Discoteca Básica por Ricardo Alexandre
>>> Marc Andreessen em 1995
>>> Cris Correa, empreendedores e empreendedorismo
>>> Uma história do Mosaic
>>> Uma história da Chilli Beans
>>> Depeche Mode no Kazagastão
>>> Uma história da Sambatech
>>> Uma história da Petz
Últimos Posts
>>> Mundo Brasil
>>> Anônimos
>>> Eu tu eles
>>> Brasileira muda paisagens de Veneza com exposição
>>> Os inocentes do crepúsculo
>>> Inação
>>> Fuga em concerto
>>> Unindo retalhos
>>> Gente sem direção
>>> Além do ontem
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Mulheres à beira de um ataque de nervos
>>> Cansei de ser atropelado!
>>> Da Biografia de Lima Barreto
>>> O dinossauro de Augusto Monterroso
>>> La Guerra del Fin del Mundo
>>> Predadores humanos
>>> Tout le reste est littérature
>>> Minha segunda vez
>>> Clássicos para a Juventude
>>> 40 belas atrizes
Mais Recentes
>>> Harry potter e a criança amaldiçoada de J.K. Rowling pela Rocco (2016)
>>> English pronunciation for brazilians de Sonia m. baccari de godoy pela Disal (2006)
>>> O poder do pensamento positivo de Norman Vincent Peale pela Cultrix (2006)
>>> Defesa da Juventude Contra Males Venéreos e Outras Doenças de José I. Abbadia pela Gráfica Condor (1949)
>>> The Rule of Four de Dustin Thomason pela Random House Inc. (2004)
>>> Manual mínimo do ator de Dario fo pela Senac (2004)
>>> Uma breve história do cristianismo de Georffrey Blainey pela Fundamento (2012)
>>> O Senhor dos Ladrões de Cornelia Funke pela Companhia das Letras (2004)
>>> Ícaro redimido de Gilson teixeira freire pela Inede (2006)
>>> A Revolução dos Bichos de George Orwell pela Lafonte (2020)
>>> O duelo de John lukacs pela Jorge Zahar (2002)
>>> Arte de enriquecer de José Antonio Pinotti pela Sapienza (2005)
>>> A força da convicção de Jean Claude Carriére pela Bertrand Brasil (2007)
>>> Pense e enriqueça de Napoleon Hill pela Best Seller (2014)
>>> Virtudes para um Outro Mundo Possível 3 de Leonardo Boff pela Vozes (2006)
>>> Arqueologia de madalena de Fernanda De Camargo Moro pela Record (2004)
>>> A linguagem clássica da arquitetura de John Summerson pela Martins Fontes (1999)
>>> Materializações luminosas de Rafael A. Ranieri pela Lake (2003)
>>> O mundo mágico do candomblé de Afra marluce guedes portugual pela Eco
>>> Curso de maestria e ascensão de Carmen Balhestero pela Madras
>>> Submundo mundo e supra mundo de Figanière pela Três (1984)
>>> O silêncio das montanhas de Khaled Hosseini pela Globo Livros (2013)
>>> Michael jackson a magia e a loucura de J. Randy Taraborrelli pela Globo (2009)
>>> Fundamentos de matemática elementar 8 de Gelson Iezzi pela Atual (1993)
>>> A linguagem corporal dos líderes de Carol Kinsey Goman pela Vozes (2014)
BLOGS >>> Posts

Quinta-feira, 24/9/2015
Diário de Bordo: Festival Doces Palavras
Guilherme Carvalhal

+ de 1600 Acessos



(Crédito da foto: Thais Tostes)

Participei nessa quinta-feira, dia 24 de setembro de 2015, de uma mesa de discussões com o tema "Literatura de Facebook - Os impactos das redes sociais na produção literária". Essa mesa fez parte da programação do Festival Doces Palavras, que está sendo realizado de 23 a 27 de setembro na cidade de Campos dos Goytacazes, tendo como tema discutir e promover a literatura, sendo realizada na sede da OAB de Campos dos Goytacazes. Também participou do debate a escritora Paula Vigneron e a mediação foi feita pelo jornalista Maurício Xexéo.

Essa mesa foi interessante para promover uma discussão referente aos impactos que as redes sociais tem causado na literatura, tanto no âmbito de quem produz quanto no de quem lê, e, de igual importância, na maneira como ocorre a intermediação entre esses dois elementos.

Algumas das ideias expostas no debate foram referentes ao aspecto ainda um tanto quanto nublado de como as redes sociais afetam a literatura. Um dos pontos que abordei seria o de que não existem grandes impactos estéticos, mas principalmente de mediação. Não há inovações na maneira de se escrever, pelo menos não na literatura que recebe maior destaque pela crítica (e que tende a funcionar como um norte para a produção literária). O diferencial tem ocorrido no contato entre o leitor e seu público, havendo uma maior possibilidade de se quebrar o modelo editorial através de um contato direto.

Entretanto, pensar a internet enquanto uma revolução na maneira como se consome literatura não é uma realidade completa. As casas editoriais ainda estão de pé e muitas de suas publicações são as que caem no gosto do público. Ou então o escritor que começa a se destacar via internet acaba aportando dentro de uma editora. Esquema de jogador de futebol: começa na várzea, mas quando um olheiro descobre seu talento, leva para um time grande. Tudo muda para continuar como está.

Novamente caímos no fator mediação. O público leitor ainda necessita de figuras com maior conhecimento literário (caso do jornalista cultural) que sirvam como referências para o que vale a pena ler ou não. E com o fechamento de tantas mídias dessa área, como a Bravo e o caderno Prosa e Verso, esse processo acaba caindo nas mãos de blogueiros. Novo caso de redes sociais mediando, sendo que existe uma necessidade de autoridade ao se falar desse assunto. Ou um blogueiro anônimo tem maior relevância ao falar do tema do que José Castello?

Um dos pontos mais relevantes desse debate é entender o impacto que as redes sociais produzem no acesso das pessoas à literatura e à leitura. Abordei a ideia de que existe um maior contato do público com a literatura, porém esse contato carece de qualidade. O modelo que encontramos atualmente tende a propulsar autores de literaturas muito próximas a um modelo pop, com temas muitas vezes simplórios e previsíveis, matando um aspecto da arte que é o de abalar o leitor.

Não se pode culpar o modelo de redes sociais como se ele tornasse a relação com a literatura pouco complexa ou rasa. Somos historicamente um país de baixa leitura, de altas taxas de analfabetismo completo há até pouco tempo e com altíssimas taxas de analfabetismo funcional hoje em dia. Então o modelo de democratização acabou levando uma grande quantidade de pessoas com uma base de educação fragilizada a ter contato com a literatura, de onde surge essa aproximação que carece de qualidade.

Esse posicionamento não é uma questão de elitismo nem de querer reduzir a importância desses autores que conseguem envolver leitores que estariam fora do ciclo da leitura, algo que é de suma importância. Esse posicionamento visa a atingir um panorama educacional que permita às pessoas conseguir apreciar modelos mais sofisticados de literatura, da mesma maneira como é desejável que as pessoas conheçam sobre qualquer outro tipo de ciência.

Uma outra intervenção se referia ao impacto das redes sociais esteticamente na literatura contemporânea. Mais do que isso, se havia um processo lento de influências que aos poucos produziriam um novo modelo textual, formando uma linguagem diferente ao longo do tempo.

A literatura hoje em dia tem sido bastante influenciada pela globalização. Um efeito lógico do mundo, tendo em vista que a arte, por mais abstrata e fantasiosa que possa ser, está relacionada com seu mundo. Basta lembrar a ficção científica da década de 1960: é uma história de fantasia que mostra como aquele período imaginou o futuro. Essas relações sempre são intrínsecas à arte.

Ao pegarmos livros de hoje em dia, vemos como termos em inglês são corriqueiros, juntamente a referências culturais, como música e seriados. A influência de um autor não se limita apenas a autores brasileiros, sendo corriqueiro ver entrevistas de autores que citam Cormac McCarthy, Philip Roth e Karl Ove Knausgård como referência. Outro fator importante é o peso da linguagem cinematográfica na literatura, o que muitas vezes torna um livro semelhante a um roteiro de cinema. Ou seja, a linguagem literária atual não é meramente um derivativo das redes sociais, mas de toda uma influência da globalização e da cultura de massas na qual as redes sociais se inserem.

A mesa foi bastante produtiva para essa troca de ideias, sendo formada basicamente por autores de cidades de interior, em um evento que visa justamente promover o fomento da produção e do acesso das pessoas à literatura. O Festival Doces Palavras é uma realização da Academia Campista de Letras (ACL), da Associação de Imprensa de Campista (AIC) e da Prefeitura de Campos.


Postado por Guilherme Carvalhal
Em 24/9/2015 às 22h59


Mais Blog do Carvalhal
Mais Digestivo Blogs
Ative seu Blog no Digestivo Cultural!

* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Concreto Armado - Eu Te Amo - Vai para a Obra - 1ª Edição
Manoel Henrique Campos Botelho
Edgard Blucher
(2016)



Current Pediatric Diagnosis And Treatment
William W Hay
Mcgraw Hill T P & R
(2002)



A Descoberta da Beleza - Bem Estar, Estar Bem
Antonio Luiz da Cunha Seabra
Natura



Abraão Sua Grande Prova - Biblia Sonora 7
Poliana R. Ramos
Casa Publicadora Brasileira
(1974)



Diários de Jack Kerouac
Kerouac, Jack
L& Pm
(2006)



O Infante Imortal
Mauro Lopes Lima
Caravellas
(1966)



Nietzsche - 2 Volumes
Martin Heidigger
Forense
(2007)



Matemática 2º Série Livro Ensino Fundamental livro 1 Pitágoras
Jane Elizabeth Castro Ellis - Lauren Nogueira Barbosa
Pitágoras Coleção
(2007)



A Laranja Mecânica
Anthony Burgess
ArteNova
(1972)



Comentário Bíblico Matthew Henry - Obra Completa
O mesmo
Cpad
(2010)





busca | avançada
50141 visitas/dia
1,8 milhão/mês