Da casa grande para a senzala | Blog do Carvalhal

busca | avançada
41138 visitas/dia
1,3 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Rinoceronte, poemas em prosa de Ronald Polito
>>> A forca de cascavel — Angústia (FUVEST 2020)
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
Colunistas
Últimos Posts
>>> Revisores de Texto em pauta
>>> Diogo Salles no podcast Guide
>>> Uma História do Mercado Livre
>>> Washington Olivetto no Day1
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> Karnal, Cortella e Pondé
>>> Canal Livre com FHC
>>> A história de cada livro
>>> Guia Crowdfunding de Livros
>>> Crise da Democracia
Últimos Posts
>>> Uma crônica de Cinema
>>> Visitação ao desenho de Jair Glass
>>> Desiguais
>>> Quanto às perdas I
>>> A caminho, caminhemos nós
>>> MEMÓRIA
>>> Inesquecíveis cinco dias de Julho
>>> Primavera
>>> Quando a Juventude Te Ferra Economicamente
>>> Bens de consumo
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Ser intelectual dói
>>> O Tigrão vai te ensinar
>>> O hiperconto e a literatura digital
>>> Aberta a temporada de caça
>>> Se for viajar de navio...
>>> Incompatibilidade...
>>> Alguns Jesus em 10 anos
>>> Blogues: uma (não tão) breve história (II)
>>> Picasso e As Senhoritas de Avignon (Parte I)
>>> Asia de volta ao mapa
Mais Recentes
>>> O Livro da moda de Alexandra Black pela Publifolha (2015)
>>> Rejuvelhecer a saude como prioridade de Sergio Abramoff pela Intrinseca (2017)
>>> O livro das evidencias de John Banville Tradução Fabio Bonillo pela Biblioteca Azul - globo (2018)
>>> O futebol explica o Brasil de Marcos Guterman pela Contexto (2014)
>>> O Macaco e a Essencia de Aldous Huxley pela Globo (2017)
>>> BATISTAS, Sua Trajetória em Santo Antônio de Jesus: o fim do monopólio da fé na Terra do Padre Mateus de Jorgevan Alves da Silva pela Fonte Editorial (2018)
>>> Playboy Bárbara Borges de Diversos pela Abril (2009)
>>> Sarah de Theresa Michaels pela Nova Cultural (1999)
>>> A Bela e o Barão de Deborah Hale pela Nova Cultural (2003)
>>> O estilo na História. Gibbon & Ranke & Macaulay & Burckhardt de Peter Gay pela Companhia das Letras (1990)
>>> Playboy Simony de Diversos pela Abril (1994)
>>> Invasão no Mundo da Superfície de Mark Cheverton pela Galera Junior (2015)
>>> José Lins Do Rego- Literatura Comentada de Benjamin Abdala Jr. pela Abril Educação (1982)
>>> A modernidade vienense e as crises de identidade de Jacques Le Rider pela Civilização Brasileira (1993)
>>> Machado De Assis - Literatura Comentada de Marisa Lajolo pela Abril Educação (1980)
>>> A Viena de Wittgenstein de Allan Janik & Stephen Toulmin pela Campus (1991)
>>> O Velho e o Mar de Ernest Hemingway pela Círculo do livro (1980)
>>> Veneno de Alan Scholefield pela Abril cultural (1984)
>>> O Livreiro de Cabul de Asne Seierstad pela Record (2007)
>>> Os Dragões do Éden de Carl Sagan pela Francisco Alves (1980)
>>> O Espião que sabia demais de John Le Carré pela Abril cultural (1984)
>>> Administração de Materiais de Jorge Sequeira de Araújo pela Atlas (1981)
>>> Introdução à Programação Linear de R. Stansbury Stockton pela Atlas (1975)
>>> Como lidar com Clientes Difíceis de Dave Anderson pela Sextante (2010)
>>> As 3 Leis do Desempenho de Steve Zaffron e Dave Logan pela Primavera (2009)
>>> Curso de Educação Mediúnica 1º Ano de Vários Autores pela Feesp (1996)
>>> Recursos para uma Vida Natural de Eliza M. S. Biazzi pela Casa Publicadora Brasileira (2001)
>>> Jesus enxuga minhas Lágrimas de Elza de Almeida pela Fotograma (1999)
>>> As Aventuras de Robinson Crusoé de Daniel Defoe pela LPM Pocket (1997)
>>> Bulunga o Rei Azul de Pedro Bloch pela Moderna (1991)
>>> Menino de Engenho de José Lins do Rego pela José Olympio (1982)
>>> Terra dos Homens de Antoine de Saint-Exupéry pela Nova Fronteira (1988)
>>> O Menino de Areia de Tahar Ben Jelloun pela Nova Fronteira (1985)
>>> Aspectos Endócrinos de Interesse à Estomatologia de Janete Dias Almeida pela Unesp (1999)
>>> Nociones de Historia Linguística y Estetica Literaria de Antonio Vilanova- Nestor Lujan pela Editorial Teide/ Barcelona (1950)
>>> El Estilo: El Problema y Su Solucion de Bennison Gray pela Editorial Castalia/ Madrid (1974)
>>> El Cuento y Sus Claves de Raúl A. Piérola/ Alba Omil (profs. Univ. Tucumán pela Editorial Nova, Buenos Aires (1955)
>>> Las Fuentes de La Creacion Literaria de Carmelo M. Bonet pela Libr. del Collegio/ B. Aires (1943)
>>> As Hortaliças na Medicina Doméstica/ Encadernado de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar (1976)
>>> A Flora Nacional na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Arlington Park de Rachel Cusk pela Companhia das Letras (2007)
>>> Muitas Vidas, Muitos Mestres de Brian L Weiss pela Salamandra (1991)
>>> As Frutas na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Coleção Agatha Christie - Box 8 de Agatha Christie; Sonia Coutinho; Archibaldo Figueira pela HarperCollins (2019)
>>> As Irmãs Aguero de Cristina García pela Record (1998)
>>> Não Faça Tempestade Em Copo Dágua no Amor de Richard Carlson pela Rocco (2001)
>>> Um Estudo Em Vermelho - Edição De Bolso de Arthur Conan Doyle pela Zahar (2013)
>>> Eu, Dommenique de Dommenique Luxor pela Leya (2011)
>>> Os Cavaleiros da Praga Divina de Marcos Rey pela Global (2015)
>>> O Futuro da Filosofia da Práxis de Leandro Konder pela ExpressãoPopular (2018)
BLOGS >>> Posts

Quarta-feira, 30/9/2015
Da casa grande para a senzala
Guilherme Carvalhal

+ de 1000 Acessos



Não é nenhuma novidade que as artes brasileiras sempre tiveram um pé (os dois, para ser mais preciso) fincado no interesse de levantar discussões referentes ao país. E dentro dessa aspecto as divisões sociais e a pobreza são temas principais e que sempre serviram de base pra grandes obras. Aluísio Azevedo começou mostrando as agruras de uma sociedade que se construiu em cima de ampla desigualdade e os conflitos que advinham dessa situação em O Cortiço. Alguns anos depois Euclides da Cunha retratou os conflitos do arraial de Canudos e Candido Portinari usou a pobreza como um dos principais temas de seus quadros.

Essa visão social continua nas obras dos dias de hoje. O livro Passageiro do Fim do Dia, de Rubens Figueiredo, é um exemplo moderno das condições sociais do país, sendo uma das melhores descrições da miséria reinante nas cidades grandes do Brasil. Os dois filmes da série Tropa de Elite foram mais um caso, apesar da presença do capitão Nascimento e sua alçada ao posto de super-herói brasileiro acabar reduzindo um pouco a proposta crítica.

O filme Casa Grande entra para esse grupo, sendo uma análise de relações sociais tendo o ponto de vista de dentro de uma casa de classe alta. É uma clara alusão à obra de Gilberto Freire, sendo que a atual relação entre casa grande e senzala está nas diferenças entre moradores de bairros nobres e periferia.

A história centra no adolescente Jean, um garoto de 17 anos, filho de um pai investidor e que estuda no colégio São Bento. Sua rotina de vestibulando é quebrada pelos típicos feitos de um adolescente, como sair para festas ao fim de semana e namoros.

O dia a dia de um rapaz de classe alta se mostra por um lado vantajoso pelo poder aquisitivo possuído por ele junto às muitas restrições. Um tanto quanto sonhador, Jean deseja estudar produção musical na faculdade, enquanto seus pais querem que ele estude direito e economia em uma faculdade pública, sendo assombrados pelo fantasma da reserva de vagas. Quando deseja sair, o garoto tem horários limitados, assim como seus trajetos. Querendo escapar dessa rigidez familiar, ele fala que voltará de ônibus para casa após uma balada, mas seu pai insiste em buscá-lo de carro.

Durante a noite, Jean sempre comparece escondido ao quarto de Rita, a empregada nordestina que reside em um anexo da casa. Sempre tentando partir para cima, ela o corta, apesar de provocá-lo constantemente, como na ocasião de pedir para que ele passe creme em suas pernas. Jean também mantém uma relação curiosa com Severino, motorista da família que o leva diariamente à escola. Se com o pai o rapaz sempre encontra resistência para conversar, é Severino a pessoa que o escuta e o aconselha, sendo o referencial paterno.

Essa relação familiar e com os empregados fazem uma clara ilusão a Casa Grande e Senzala, de onde vem a inspiração do título. Se no livro de Freire ele fala dos rapazes que visitam os leitos das negras ou das negras que amamentavam os filhos das senhoras, aqui vemos essa mesma relação adaptada aos tempos modernos. É a relação da carteira de trabalho e do salário o que fixa a dependência e a senzala se transforma no quartinho da empregada, tendo uma cena muito simbólica em que a família almoça na mesa e Rita come solitária em um canto, havendo um muro invisível a separá-los.

O trâmite de Jean da casa grande para a senzala vai se mostrando continuamente no filme. Além de ter essa convivência natural com os "de baixo", a relação freudiana com seu pai alimenta uma forte revolta. Seu pai está em processo de falência e isso serve de combustível para implicâncias na escola. A interferência dele em um relacionamento com a jovem Luiza é o ponto definitivo de conflito, mostrando que ele prefere o convívio com os pobres do que com seus iguais.

Um dos pontos principais de Casa Grande está nesse olhar por dentro das famílias de classe alta do Brasil, mostrando sua visão da pobreza. Se o habitual é vermos nas novelas a classe alta fechada em si mesma com suas idiossincrasias e seus dramas, aqui o foco está nesses contatos externos, na rede de relações existentes entre as múltiplas classes.

A análise de lugares comuns muitas vezes passa a impressão de ser um amontoado de clichês amarrados em um único fio narrativo. É o jovem criado no condomínio que não sabe sair sozinho de casa, a revolta dos que se consideram self made men contra a política de cotas raciais, o nordestino que vai ao forró, o garoto que é levado durante a adolescência para a zona para perder a virgindade, os trotes forjando sequestros e uma série de pontos do cotidiano popular que residem na obra. Porém, o talento do diretor quebra essa ideia de clichês pela maneira como conduz a filmagem, como nos momentos em que demonstra o medo da violência ou então as brigas dentro de casa por questões financeiras. Seu olhar é significativo para não deixar o filme soar como uma costura de ideias avulsas e sim como uma história forte e instigante.

As artes brasileiras andam em união carnal com a sociedade e com sua mazelas. O ambiente artístico sempre teve esse papel de mobilizar junto à sociedade determinados debates sobre esses problemas. Casa Grande cumpre esse papel, sem deixar de lado seu valor artístico. Foi uma das maiores obras do cinema nacional recente e merece seu lugar de destaque.


Postado por Guilherme Carvalhal
Em 30/9/2015 às 12h59


Mais Blog do Carvalhal
Mais Digestivo Blogs
Ative seu Blog no Digestivo Cultural!

* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




O GRANDE CONFLITO
ELLEN G. WHITE
CASA PUBLICADORA BRASILEIRA
(2010)
R$ 8,00



SOCIEDADE ISRAELENSE SOCIOLOGIA - ESTUDOS
S. N. EISENSTADT
PERSPECTIVA
(1977)
R$ 28,01



MULHERES NO ATAQUE - BATE BOLA NO CAMPO ADVERSÁRIO
CARLA RODRIGUES - MARTHA MENDONÇA
PLANETA
(2003)
R$ 7,96



VOCÊ SABIA?
READERS DIGEST
READER S DIGEST
(1999)
R$ 23,00



MEMÓRIAS DE UM DES-CASADO
ANTONIO LUIS FONTELA
EDICON
(2000)
R$ 7,00



A REVOLUÇÃO FALTOU AO ENCONTRO - OS COMUNISTAS NO BRASIL
DANIEL AARÃO REIS FILHO
BRASILIENSE
(1990)
R$ 310,00



O GRANDE DESAFIO
RICHARD SIMONETTI
ED. CEAC
(2013)
R$ 30,00



ECONOMIA DE EMPRESAS E ESTRATÉGIAS DE NEGÓCIOS - 6ª ED.
MICHAEL R. BAYE
AMGH
(2010)
R$ 160,00



ESTUDOS LITERARIOS E BIOGRAFICOS
ALCANTARA SILVEIRA
PIONEIRA
(1981)
R$ 10,00



DEZ ANOS DE ECONOMIA BRASILEIRA: DECIFRANDO ENIGMAS
PAULO PASSARINHO E REINALDO GONÇALVES (ORG)
CORECON
(2009)
R$ 9,00





busca | avançada
41138 visitas/dia
1,3 milhão/mês