Impacto no escuro | Blog de Cassionei Niches Petry

busca | avançada
101 mil/dia
2,4 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Povo Fulni-ô Encontra Ponto BR
>>> QUEÑUAL
>>> Amilton Godoy Show 70 anos. Participação especial de Proveta
>>> Bacco’s promove evento ao ar livre na Lagoa dos Ingleses, em Alphaville
>>> Vera Athayde é convidada do projeto Terreiros Nômades em ação na EMEF Ana Maria Benetti sobre Cavalo
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> O Big Brother e a legião de Trumans
>>> Garganta profunda_Dusty Springfield
>>> Susan Sontag em carne e osso
>>> Todas as artes: Jardel Dias Cavalcanti
>>> Soco no saco
>>> Xingando semáforos inocentes
>>> Os autômatos de Agnaldo Pinho
>>> Esporte de risco
>>> Tito Leite atravessa o deserto com poesia
>>> Sim, Thomas Bernhard
Colunistas
Últimos Posts
>>> Rodrigão Campos e a dura realidade do mercado
>>> Comfortably Numb por Jéssica di Falchi
>>> Scott Galloway e as Previsões para 2024
>>> O novo GPT-4o
>>> Scott Galloway sobre o futuro dos jovens (2024)
>>> Fernando Ulrich e O Economista Sincero (2024)
>>> The Piper's Call de David Gilmour (2024)
>>> Glenn Greenwald sobre a censura no Brasil de hoje
>>> Fernando Schüler sobre o crime de opinião
>>> Folha:'Censura promovida por Moraes tem de acabar'
Últimos Posts
>>> A insanidade tem regras
>>> Uma coisa não é a outra
>>> AUSÊNCIA
>>> Mestres do ar, a esperança nos céus da II Guerra
>>> O Mal necessário
>>> Guerra. Estupidez e desvario.
>>> Calourada
>>> Apagão
>>> Napoleão, de Ridley de Scott: nem todo poder basta
>>> Sem noção
Blogueiros
Mais Recentes
>>> The Matrix Reloaded
>>> Por que as curitibanas não usam saia?
>>> Jobim: maestro ou compositor?
>>> 7 de Outubro #digestivo10anos
>>> A insignificância perfeita de Leonardo Fróes
>>> Soco no saco
>>> De Siegfried a São Jorge
>>> O Paulinho da Viola de Meu Tempo é Hoje
>>> Pelas curvas brasileiras
>>> A pintura admirável de Glória Nogueira
Mais Recentes
>>> Ao Redor do Mundo de Fernando Dourado Filho pela Fernando Dourado Filho (2000)
>>> O Administrador do Rei - coleção aqui e agora de Aristides Fraga Lima pela Scipione (1991)
>>> Memória do Cinema de Henrique Alves Costa pela Afrontamento (2024)
>>> Os Filhos do Mundo - a face oculta da menoridade (1964-1979) de Gutemberg Alexandrino Rodrigues pela Ibccrim (2001)
>>> Arranca-me a Vida de Angeles Mastretta pela Siciliano (1992)
>>> Globalizacão, Fragmentacão E Reforma Urbana: O Futuro Das Cidades Brasileiras Na Crise de Luiz Cezar de Queiroz Ribeiro; Orlando Alves dos Santos Junior pela Civilização Brasileira (1997)
>>> Movimento dos Trabalhadores e a Nova Ordem Mundial de Clat pela Clat (1993)
>>> Falso Amanhecer: Os Equívocos Do Capitalismo Global de John Gray pela Record (1999)
>>> Os Colegas de Lygia Bojunga pela Casa Lygia Bojunga (1986)
>>> Amazonas um Rio Conta Historias de Sergio D. T. Macedo pela Record (1962)
>>> A História de Editora Sextante pela Sextante (2012)
>>> Villegagnon, Paixaƒo E Guerra Na Guanabara: Romance de Assis Brasil pela Rio Fundo (1991)
>>> A Política de Aristóteles pela Ediouro
>>> A Morte no Paraíso a tragédia de Stefan Zweig de Alberto Dines pela Nova Fronteira (1981)
>>> Rin Tin Tin a vida e a lenda de Susan Orlean pela Valentina (2013)
>>> Estudos Brasileiros de População de Castro Barretto pela Do Autor (1947)
>>> A Origem do Dinheiro de Josef Robert pela Global (1989)
>>> Arquitetos De Sonhos de Ademar Bogo pela Expressão Popular (2024)
>>> Desafio no Pacífico de Robert Leckie pela Globo (1970)
>>> O Menino do DedoVerde de Maurice Druon pela José Olympio (1983)
>>> A Ciencia Da Propaganda de Claude Hopkins pela Cultrix (2005)
>>> Da Matriz Ao Beco E Depois de Flavio Carneiro pela Rocco (1994)
>>> Testemunho de Darcy Ribeiro pela Edições Siciliano (1990)
>>> Tarzan e o Leão de Ouro de Edgar Rice Burroughs pela Record (1982)
>>> Viagem de Graciliano Ramos pela Record (1984)
BLOGS >>> Posts

Quinta-feira, 29/10/2015
Impacto no escuro
Cassionei Niches Petry
+ de 1000 Acessos

(Resenha originalmente publicada em janeiro de 2010.)

A escolha do ponto de vista é muito importante para o desenvolvimento de qualquer narrativa, seja um filme ou uma história em quadrinhos, por exemplo. Nas narrativas literárias muito mais ainda, pois pode revelar ou esconder fatos, instigando o leitor e, principalmente, prendendo-o até a última página. Em Dom Casmurro, um dos mais importantes romances da literatura brasileira, Machado de Assis opta pelo narrador em 1ª pessoa, pois quem conta a história é Bentinho, o protagonista. Devido a isso, ficamos sabendo dos fatos só pelo ponto de vista dele e, consequentemente, não sabemos se Capitu realmente o traiu ou não com seu amigo Escobar, apesar de ele afirmar isso o tempo todo, inclusive achando seu filho idêntico ao outro. Não poderia estar imaginando coisas? É o conhecido "enigma de Capitu", que até hoje provoca debates nos meios literários.

Altair Martins escreveu A parede no escuro (Record, 253 páginas) para tentar entender os mecanismos do narrador, servindo até como base para sua dissertação de mestrado na UFRGS sobre o tema. Para tanto, utiliza vários pontos de vista ao contar a história de Adorno, padeiro que mora em uma cidade próxima de Porto Alegre, que é atropelado em uma manhã chuvosa. O acidente é só o ponto de encontro entre as vidas que vão se cruzar. Logo vem à mente do leitor com mais bagagem literária romances como Caminhos cruzados, de Érico Veríssimo. Mas a história do consagrado escritor é toda em 3ª pessoa, focando diferentes personagens e se espraiando em capítulos longos. O mais próximo do romance de Altair seria Enquanto agonizo, de Willian Faulkner, em que cada capítulo é narrado por uma personagem diferente. No romance de estreia de Altair Martins, os personagens contam os fatos na 1ª pessoa, porém as mudanças de narrativa ocorrem na mesma página de forma abrupta, requerendo um leitor atento às vozes de cada personagem, cada uma com características peculiares, tiques de falas ou repetições de determinadas expressões, relatando uma mesma cena em perspectivas diferentes.

Além da fatalidade ocorrida com o padeiro, outras questões humanas são abordadas na história. Sentimos as angústias religiosas de sua mulher, Onilda, sempre invocando a Jesus Cristo. A tentativa da filha, Maria do Céu, de se acostumar a viver fora de casa e encarar sua escolha sexual. Outros personagens acabam se cruzando, mas o mais importante é Emanuel, um típico professor de Ensino Médio em uma escola particular, vivendo os problemas da profissão, as relações conflituosas com seus alunos e os pais deles. Acompanhamos sua angústia por um ato grave que cometeu. Ele, que era tão preocupado pela ordem das coisas (tinha mania de arrumar tudo que estava fora de lugar), acaba tendo que se deparar com a culpa dostoievskiana pelo ato ilícito.

Não é um romance que facilita a leitura. Aliás, Altair Martins nunca quis ser um escritor fácil, como já demonstravam seus livros de contos Como se moesse ferro e Se choverem pássaros. Não fossem essas reflexões existenciais dos personagens, o romance se perderia no emaranhado das técnicas narrativas propostas pelo autor, pois a boa literatura não é apenas o trabalho elaborado da palavra, mas também uma reflexão sobre os dramas humanos. A sensação ao terminar a leitura? Parece que fui atropelado ou dei de cara em uma parede no escuro.


Postado por Cassionei Niches Petry
Em 29/10/2015 às 14h55

Mais Blog de Cassionei Niches Petry
Mais Digestivo Blogs
Ative seu Blog no Digestivo Cultural!

* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Livro Biografias Vinicius sem Ponto Final
João Carlos Pecci
Saraiva
(1994)



Livro Infanto Juvenis A Chata Daquela Gorda Coleção Navegar
Regina Drummond
Cortez
(2005)



Usar a Mídia a Seu Favor
Paulo Piratininga
Cla
(2008)



Livro Direito Financeiro na Constituição de 1988
José Mauricio Conti
Oliveira Mendes
(1998)



Gestão florestal sustentável- Um diagnóstico no Espírito Santo
Luiz Fernando Schettino
Ed. do Autor
(2000)



O Hobbit
J. R. R. Tolkien
Martins Fontes
(2003)



Enquanto a Banda Tocava Um Blues
Wander Porto
Wp
(2019)



Amar, Verbo Intransitivo
Mário de Andrade
Agir
(2008)



Férias De Natal
W. Somerset Maugham
Globo
(1957)



Turismo Religioso - Ensaios Antropológicos Sobre Religião e Turismo
Edin Sued Abmanssur
Papirus
(2018)
+ frete grátis





busca | avançada
101 mil/dia
2,4 milhões/mês