O Adultério | Contubérnio Ideocrático, o Blog de Raul Almeida

busca | avançada
54626 visitas/dia
1,3 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Rinoceronte, poemas em prosa de Ronald Polito
>>> A forca de cascavel — Angústia (FUVEST 2020)
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
Colunistas
Últimos Posts
>>> Diogo Salles no podcast Guide
>>> Uma História do Mercado Livre
>>> Washington Olivetto no Day1
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> Karnal, Cortella e Pondé
>>> Canal Livre com FHC
>>> A história de cada livro
>>> Guia Crowdfunding de Livros
>>> Crise da Democracia
>>> Banco Inter É uma BOLHA???
Últimos Posts
>>> Uma crônica de Cinema
>>> Visitação ao desenho de Jair Glass
>>> Desiguais
>>> Quanto às perdas I
>>> A caminho, caminhemos nós
>>> MEMÓRIA
>>> Inesquecíveis cinco dias de Julho
>>> Primavera
>>> Quando a Juventude Te Ferra Economicamente
>>> Bens de consumo
Blogueiros
Mais Recentes
>>> 10 de Abril #digestivo10anos
>>> Não presta, mas vá ver
>>> Sobre o Jabá
>>> Crise da Democracia
>>> Bill Gates e o Internet Explorer
>>> LEM na TV Cronópios
>>> Não Aguento Mais a Empiricus
>>> Poesia para jovens
>>> São Paulo, que dá nome à nossa cidade
>>> Viagem a 1968: Tropeços e Desventuras (3)
Mais Recentes
>>> Cálculo Aplicado à Gestão e aos Negócios de Nelson Pereira pela Intersaberes (2016)
>>> O Último Teorema de Fermat de Simon Singh pela Record (1999)
>>> Três Autos (Alma / Barca do Inferno / /Mofina Mendes de Gil Vicente pela Ediouro (1997)
>>> Corpo a corpo com a mulher. Pequena história das transformações do corpo feminino no Brasil de Mary del Priore pela Senac SP (2000)
>>> Ao Sul do Corpo. Condição feminina, maternidades e mentalidades no Brasil Colônia de Mary del Priore pela Edunb/José Olympio (1993)
>>> História do amor no Brasil de Mary del Priore pela Contexto (2006)
>>> História das crianças no Brasil de Mary del Priore. Organização pela Contexto (1999)
>>> Lançamento Col Eu Gosto Mais Caderno de Letras V1 Ed Inf do Professor de Jorge Yunes (dir. Sup) pela IBEP (2015)
>>> Lançamento Coleção Eu Gosto Mais Caderno de Letras V 2 Ed. Infantil de Jorge Yunes pela IBEP (2015)
>>> Coleção Eu Gosto Mais - Caderno de Alfabetização - Lançamento de Célia Passos e Zeneide Silva / Livro do Professor pela IBEP (2015)
>>> XIARARIBÓIACINE - MEMÓRIAS de Ministério da Cultura pela Festival de Niterói (2012)
>>> Tempo de Matemática 6ª série - LIVRO DO MESTRE de Miguel Asis Name pela do Brasil (1996)
>>> Matemática - Conceitos e Histórias 8ª série - EXEMPLAR DO PROFESSOR de Di Pierro Netto pela Scipione (1995)
>>> Interdisciplinar - Estação Criança 1 - Educação Infantil - Trenzinho de atividades- do Professor de Júnia La Scala e Outros pela Quinteto (2015)
>>> História das mulheres no Brasil de Mary del Priore. Organização pela Contexto/Unesp (1997)
>>> Moderna de Geografia vol. 1 - Noções Básicas de Geografia Geral e do Brasil - Primeiro Grau pela Moderna (1995)
>>> Ley Nº 393 - Ley de Servicios Financeiros de Ministério de Economía y Finanzas Públicas pela M.E.F.P
>>> Marco de Referência de Educação Alimentar e Nutricional para as Políticas Públicas de Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome pela SNSAN (2012)
>>> PDE Prova Brasil - Plano de Desenvolvimento de Educação - Ensino Fundamental de Ministério da Educação Secretária de Educação Básica pela PDE (2009)
>>> Secretaria de Programas Regionais - Desenvolver as regiões para reduzir as desigualdades de Ministério da Integração Nacional pela M.I.N
>>> Ritmos da História 6º ano - DO PROFESSOR de Flavio de Campos se Outros pela Escala Educacional (2009)
>>> Matemática 2 - DO PROFESSOR de Ênio Silveira e Cláudio Marques pela Moderna (2010)
>>> Porta Aberta - História e Geografia 5º ano - DO PROFESSOR de Mirna Lima pela FTD (2009)
>>> Novo História 8º ano - Conceitos e Procedimentos - DO PROFESSOR de Ricardo Dreguer e Eliete Toledo pela Atual (2009)
>>> Geografia - Rio de Janeiro 3ª série - DO PROFESSOR de Siomara Sodré Spinola pela Ática (2006)
>>> Sociologia em Movimento -1º 2º e 3º anos do Ensino Médio - DO PROFESSOR de Afrânio Silva e Outros pela Moderna (2014)
>>> Práticas Pedagógicas Em Educação Física: Espaço, Tempo e Corporei de Fernando Jaime Gonzalez; M Simone / do Professor pela Edelbra Ltda (2012)
>>> Pensar, Refletir e Filosofar 5º ano - MANUAL DO EDUCADOR de Maria Amélia Vieira e Rute de Souza Galvão pela Construir
>>> Pensar, Refletir e Filosofar 4º ano - MANUAL DO EDUCADOR de Maria Amélia Vieira e Rute de Souza Galvão pela Construir
>>> Pensar, Refletir e Filosofar 2º ano - MANUAL DO EDUCADOR de Maria Amélia Vieira e Rute de Souza Galvão pela Construir
>>> Pensar, Refletir e Filosofar 1º ano - MANUAL DO EDUCADOR de Maria Amélia Vieira e Rute de Souza Galvão pela Construir
>>> Coleção Integralis História 1º Ano - do Professor de Divalte Garcia Figueira pela IBEP (2013)
>>> Ciências - Entendendo a Natureza 8ª - DO PROFESSOR de César, Sezar e Bedaque pela Saraiva (2001)
>>> Ciências - A Vida na Terra 7º ano - DO PROFESSOR de Fernando Gewandsznajder pela Ática (2011)
>>> Com Direito à Palavra: Dicionários em sala de aula de Ministério da Educação pela Ministério da Educação (2012)
>>> Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa - Alfabetização Matemática - Caderno 1 de Ministério da Educação pela Ministério da Educação (2014)
>>> Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa - Alfabetização Matemática - Educação Inclusiva de Ministério da Educação pela Ministério da Educação (2014)
>>> Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa - Alfabetização Matemática - Jogos na Alfabetização Matemática de Ministério da Educação pela Ministério da Educação (2014)
>>> Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa - Alfabetização Matemática -Educação Matemática do Campo de Ministério da Educação pela Ministério da Educação (2014)
>>> Orpheus Histoire Générale des Religions - 1909 de Salomon Reinach pela Motterz et Martinet (1909)
>>> Vontade de Saber Matemática 8º ano - DO PROFESSOR de Joamir Souza e Patricia Moreno Pataro pela FTD (2009)
>>> Cartas - Tomo I - 1856 de Alexandre Herculano pela Bertrand (1856)
>>> Projeto Teláris - Geografia 7 - o espaço social e o espaço brasileiro - DO PROFESSOR de J. William Vesentini e Vânia Vlach pela Ática (2013)
>>> Les Liaisons Dangereuses volumes I e II de De Laclos pela Librairie Grund (1936)
>>> Epitome de Historia Universal - 1931 de Jonathas Serrano pela Livr. Francisco Alves (1931)
>>> Gli Eroi Del Cielo, Della Terra e Del Mare de Socrate Ciccarelli pela A.Mondadori (1927)
>>> Interagindo com a Matemática 2 - DO PROFESSOR de Adilson Longen pela do Brasil
>>> Coleção Eu Gosto Mais - Caligrafia vol. 1 - DO PROFESSOR de Déborah Pádua Mello Neves pela IBEP (2012)
>>> Noveau Formulaire Magistral de Thérapeutique Clinique... de Dr.Odilon Martin pela Librairie J.B.Baillière (1920)
>>> Facundo - 1942 de Domingo Faustino Sarmiento pela Editorial Losada (1942)
BLOGS >>> Posts

Domingo, 13/12/2015
O Adultério
Raul Almeida

+ de 400 Acessos

A minha intenção era espairecer, divagar um pouco, aproveitar o dia sem aquele calorão típico do Rio de Janeiro. Assim, peguei a barca logo depois do movimento da manhã, ali pelas 10 horas, quando um assento perto da janela é quase garantido.

Atravessei a Praça Quinze caminhando pela lateral do prédio dos Correios, outrora Paço Imperial e segui pela rua São José, com o objetivo escancarado de encontrar o meu amigo, frequentador assíduo daqueles bares com cadeiras na calçada. Então dei conta de que era muito cedo.

Antes de meio-dia ninguém fica ali olhando para nada, tomando chope, fumando e deixando a vida passar.

As mesas e cadeiras continuavam empilhadas, os empregados dos restaurantes e assemelhados, começando as rotinas pré-funcionamento, os fornecedores mais atrasados descarregando seus triciclos. Aquela bagunça organizada, com gente passando para lá e para cá.

Segui em frente e fui até o largo da Carioca, hoje um acampamento de marreteiros e camelôs, melhor dizendo, "comerciantes independentes".

Apertei o passo ao notar as mudanças do lugar que conheci na minha juventude. Tive a impressão de um cenário medieval com o majestoso convento acima da vila, formada pelas tendas dos mercadores de qualquer coisa.

Fui para os lados da rua Uruguaiana. Procurei o largo do Rosário, depois o Mercado das Flores e segui perambulando, tentando buscar referências do meu tempo de rapaz. Atingi a avenida Rio Branco e segui em direção a Cinelândia.

Fiquei quase quarenta anos fora e agora estava tudo mudado.

Lojas, prédios, bancos, quase nada sobrou. Novas marcas, letreiros, edifícios e muito buraco nas calçadas. O Museu de Belas Artes assim como o Teatro Municipal, passando por reformas. A Biblioteca, com sua fachada de quartel francês, impávida e cheia de dignidade, o Tribunal e suas portas de madeira de lei magnificamente entalhadas.

Senti alguma coisa faltando: O palácio Monroe, o antigo Senado. O prédio quase um monumento, foi transformado em jardim com um chafariz e um estacionamento embaixo.

Constatei o fim dos cinemas, travestidos em templos de igrejas milagreiras.

O Cordão da Bola Preta, um dos clubes carnavalescos de maior tradição, despejado, leiloado, sei lá. O Amarelinho de cara nova, parecendo bar de boulevard francês. Novidades, novidades. Novamente a paisagem mutilada para a realidade que eu tinha na memória.

Voltei e fui almoçar no Restaurante Ulrich, na rua São Jose. Estiquei o almoço para que meu amigo chegasse no seu escritório vespertino. Paguei a conta e sai, lembrando dos companheiros do passado.

Deu certo. Caminhei uns passos para a esquerda, olhei para o outro lado do calçadão e lá estava ele, de costas, olhando em direção a estação das barcas.

Cheguei e, como de costume, puxei a cadeira, na certeza da recepção favorável. Meu amigo ameaçou levantar-se para o abraço, esticou a mão, sorriu e disse:

-Parece mentira, mas desde cedo que estou pensando em você e, eis que apareces!

-Transmissão de pensamento, respondi. Vim, para te encontrar, bater um papo, trocar idéias. Já estava com saudades das tuas tiradas e historias!

Ele sorriu, chamou o atendente, pediu o tradicional chope, perguntou se eu queria comer algo, e começou:

-Você nem imagina o que aconteceu.

-Um amigo meu matou a mulher, depois de uma união de décadas! Uma coisa horrível, impressionante. Um drama terrível, uma desgraça total.

Fiquei surpreso com tanta dor, assim, logo de cara, sem qualquer preparação, fora do seu estilo.

-Rapaz! Que tristeza, como foi, perguntei.

-Imagine só, a mulher era uma pessoa tranquila, recatada, suave, dedicada a família e aos afazeres domésticos, uma pessoa simples, muito séria. Bem, até que ele escutou dela, dela mesma, que tinha um namorado.

-Mas deixa eu te falar dele: O cara era boa gente, trabalhador, esforçado, lutador. Entretanto, boêmio, bregueiro, aquela coisa que não é novidade para ninguém.
Trabalhava, depois dava uma esticada, tomava umas e outras, vez por outra chegava em casa de manhã.

- Então, matou a mulher assim sem mais nem menos. Por certo era uma pessoa violenta.

-Não! Nada disso. O cara era uma moça, nunca vi dizer um palavrão, nunca vi metido em confusão, escaramuça, gritaria, empurra-empurra, nada. Manso, calmo, conciliador.

-Tinha amante! Exclamei e continuei: Sabe como é, mulher tem aquela coisa de dar o troco. Sofre calada, mas morde na canela, que nem cobra.

- Não, não tinha amantes, só que era mulherengo. Se fosse fazer um cadastro, quebrava os três dígitos. Boa aparência, boa charla, dançava bem, voz de locutor de rádio, vestia-se com elegância, e... Casado.

-Foi preso. Pegou um flagrante, perguntei.

-Pior, se matou.

Pendurou-se no cano do chuveiro, chutou o tamborete, e ficou de língua de fora.

-Que coisa horrível! Você não perde uma... Murmurei com cara de nojo.

Ele sorriu, pegou mais um cigarro, deu um gole, mantendo aquela gesticulação medida e ensaiada por anos a fio.

-A coisa foi muito triste mesmo.

Viajaram para uma pousada de praia no nordeste, aproveitando o feriadão. No segundo dia, foram para uma festa popular, e conheceram outras pessoas. Até aí, nada de errado, mas o capeta estava espreitando.

Tomaram bebidinhas, deram muita risada, etc., a mulher foi ao banheiro uma vez, duas, aquelas coisas e depois se recolheram. No meio da noite ele acordou, a procurou e nada.

Ainda havia barulho no local da festa e ele foi ate la dar uma olhada. Então a viu conversando, bem chegadinha, com um outro sujeito.

Não entendeu nada. Achou que estava bêbada Chamou-a, insistiu e terminou por leva-la de volta na marra. Ai a coisa desandou.

Ela debochou, disse que sabia das patifarias, da mulherada, da falta de respeito com ela e que ele pensava que era o bom, mas... Tome risadas.

Ele implorou, pediu que parasse, disse que era mentira o que ela estava dizendo, que a amava desesperadamente, que ela era a vida dele, mas nada adiantou.

Então, agarrou-a pelo pescoço e a esganou. Ela rindo e ele chorando.

- Mas pera aí! Como é que você sabe de tantos detalhes, parece até que estavas espiando.

Meu amigo pigarreou, cuspiu no chão, deu uma olhada para mim, outra para o maço de cigarros, pegou o copo deu mais um gole e respondeu:

- Foi nada.

Tive um pesadelo esta noite, e estou sem dormir até agora.

- Mas você nem é casado, respondi com espanto.

E, tomando o resto de chope quente do meu copo, dei um sorriso e me despedi, atordoado com humor tão sinistro.



Postado por Raul Almeida
Em 13/12/2015 às 10h17


Mais Contubérnio Ideocrático, o Blog de Raul Almeida
Mais Digestivo Blogs
Ative seu Blog no Digestivo Cultural!

* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




QUE CLIMA É ESTE? COLEÇÃO RAP DA ATITUDE
LIA ZATZ - GABRIELA BRIOSCHI
CALLIS
(2012)
R$ 20,00



MAXIMAS E MINIMAS DA COMEDIA CORPORATIVA
MAX GEHRINGER
GENTE
R$ 10,00



PRÁTICA DE TEXTOS: LEITURA E REDAÇÃO
LUIZ ROBERTO DIAS DE MELO E OUTROS
W3
(2000)
R$ 20,00



A ADMINISTRAÇÃO NA PRÓXIMA SOCIEDADE - 8887
PETER DRUCKER
NOBEL
(2002)
R$ 10,00



DROIT CIVIL: PREMIÈRE ANNÉE
YVAINE BUFFELAN-LANORE

R$ 130,00



O LIVRO DOS AMULETOS
GABRIELA ERBETTA E MICHELLE SEDDIG JORGE
PUBLIFOLHA
(2004)
R$ 8,80



MÉTODO SONHADORA - TEÓRICO E PRÁTICO
P. E. AMSCO

R$ 17,28



NUTRIÇÃO TERAPÊUTICA
LISE GAGNON
INSTITUTO PIAGET
(2001)
R$ 50,00



BENÉ: A SAGA DE UM OBSTINADO - UMA VIDA DEDICADA A FORMAR ATLETAS
SÉRGIO DANTAS
DO AUTOR
(2005)
R$ 13,82



ESTRUTURA E FUNÇÃO NA SOCIEDADE PRIMITIVA
A. R. RADCLIFFE BROWN
VOZES
(2013)
R$ 95,90





busca | avançada
54626 visitas/dia
1,3 milhão/mês