Bowie, David | Julio Daio Bl°g

busca | avançada
56367 visitas/dia
1,8 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Clube do Disco - Clube da Esquina
>>> MONSTRA exibe filmes feitos por e com crianças nos dias 25 e 26/5
>>> Tão Somente Meninos
>>> Festa junina no Teatro do Incêndio busca continuidade do projeto SOL.TE
>>> Céu se apresenta no Sesc Guarulhos
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> A suíte melancólica de Joan Brossa
>>> Lá onde brotam grandes autores da literatura
>>> Ser e fenecer: poesia de Maurício Arruda Mendonça
>>> A compra do Twitter por Elon Musk
>>> Epitáfio do que não partiu
>>> Efeitos periféricos da tempestade de areia do Sara
>>> Mamãe falhei
>>> Sobre a literatura de Evando Nascimento
>>> Velha amiga, ainda tão menina em minha cabeça...
>>> G.A.L.A. no coquetel molotov de Gerald Thomas
Colunistas
Últimos Posts
>>> The Number of the Beast by Sophie Burrell
>>> Terra... Luna... E o Bitcoin?
>>> 500 Maiores Álbuns Brasileiros
>>> Albert King e Stevie Ray Vaughan (1983)
>>> Rush (1984)
>>> Luiz Maurício da Silva, autor de Mercado de Opções
>>> Trader, investidor ou buy and hold?
>>> Slayer no Monsters of Rock (1998)
>>> Por que investir no Twitter (TWTR34)
>>> Como declarar ações no IR
Últimos Posts
>>> Parei de fumar
>>> Asas de Ícaro
>>> Auto estima
>>> Jazz: 10 músicas para começar
>>> THE END
>>> Somos todos venturosos
>>> Por que eu?
>>> Dizer, não é ser
>>> A Caixa de Brinquedos
>>> Nosferatu 100 anos e o infamiliar em nós*
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Cartas Pônticas, de Ovídio
>>> Suicídio da grande imprensa
>>> A máquina de escrever.
>>> Retrato edulcorado de uma rainha
>>> Existe público, sim
>>> Solidão Moderna
>>> Tecnologia de Minority Report
>>> Sabemos pensar o diferente?
>>> Do Surrealismo
>>> Milagres não existem
Mais Recentes
>>> Maze Runner: a Cura Mortal de James Dashner pela V&r (2022)
>>> A Sombra do Batman 35 - Robin Vive de Panini Comics pela Dc (2015)
>>> O Jogo das Marcas de Fernando Jucá; Francisco Tortorelli pela Cultrix (2008)
>>> A Sombra Batman Nº 21 de Dc Comics pela Panini Comics (2012)
>>> Um Antropólogo Em Marte de Oliver Sacks pela Companhia das Letras (1996)
>>> Arlequina - Vol. 1 - uma Estranha no Ninho - os Novos 52! de Varios Autores pela Dc Comics
>>> O socialismo de Ari Herculano de Souza pela Do Brasil (1989)
>>> Maze Runner: Correr Ou Morrer de James Dashner pela V&r (2010)
>>> Building Social Business de Muhammad Yunus pela Perseus Books (2010)
>>> Quem Conta um Conto Aumenta um Ponto de Paulo Afonso Caruso Ronca pela Esplan (1996)
>>> A Criança Difícil de Stanley Turechi e Leslie Tonner pela Maltese (1990)
>>> o Que é Corpo(Latria) Sebo Tradição de Wanderley Codo pela Brasiliense (1985)
>>> Maze Runner: Prova de Fogo de James Dashner pela V&r (2011)
>>> The Science Of Stable Wisdom de Brahmrishi Vishwatma Bawra pela Divine Radiance (1998)
>>> Adultos índigo de Ingrid Cañete pela Novo Seculo (2008)
>>> Ontem à Noite era Sexta-feira de Roberto Drumond pela Siciliano (1991)
>>> Globalização - o Que e Isso Afinal? de Cristina Strazzacappa pela Moderna (2007)
>>> Maze Runner: Ordem de Exterminio de James Dashner pela V&r (2013)
>>> Código Civil - Constituição Federal - Legislação Civil de Obra coletiva da editora pela RT (2013)
>>> Voltaire Cândido de Martins Fontes pela Do Autor (2003)
>>> Casei-me Com Você de Walter Trobisch pela Edições Loyola (1979)
>>> Cooking Trough the Year de Audrey Ellis pela Hamlyn
>>> C T N - Centro de Tradições Nordestinas de Cristina Abreu pela Mza Comunicação (2007)
>>> No coração do mundo de Denilson Lopes pela Rocco (2012)
>>> Medo de Windows Nunca Mais de Danny Goodman pela Makron Books (1994)
BLOGS >>> Posts

Quinta-feira, 21/1/2016
Bowie, David
Julio Daio Borges

+ de 3000 Acessos

David Bowie não tinha fãs fanáticos. Li que era um artista conceitual. Eu prefiro pensar que era um artista completo. No sentido da "obra de arte total", de Wagner

Agora que morreu, surge toda a sua iconografia de uma vez - e é impressionante que tenha vivido tantas encarnações em uma só...

Fases dentro de fases. Cada uma com sua própria estética. David Bowie poderia ter sido artista plástico, se quisesse. Estilista de moda. Seus "looks" são parte de sua obra. Poderiam ser estudados "per se"

No rock, não lembro de ninguém com tanto estilo. Roqueiros se vestem mal. São descuidados, mal-ajambrados... De propósito. David Bowie, em suas aparições, humilhava a todos

Acho interessante sua androginia. Nunca me pareceu vulgar. Nunca soou agressiva. Não consta que tenha feito disso uma bandeira. Ele tinha muito bom gosto para se meter com política

Ouço que explorou, com humor, rumores de que fosse alienígena. "Space Oddity" foi seu primeiro hit. E "Ziggy Stardust", seu primeiro clássico. Disseram que não morreu, entrou numa espaçonave...

Em música, esteve entre os maiores de seu tempo. Cantou os Beatles e os Stones em "All the Young Dudes" - e gravou com eles. "Fame", com John Lennon. "Dancing in the Street", com Mick Jagger. Fez dueto com Freddy Mercury, em "Under Pressure". Foi homenageado pelo Nirvana, em seu acústico. E por Madonna, que o chamou de "gênio"

Sua esposa, Iman, foi Cleópatra, num clipe de Michael Jackson. Estava mais para Nefertiti. Até porque Cleópatra não era negra - como alardeiam. Era grega. Desde o nome. E branca

Apesar disso, não temos tantos escândalos "by" Bowie. Falam de drogas. Mas se for verdade, ele deve ter tido uma constituição "estilo" Keith Richards - porque produziu muito, e décadas a fio. Seu último álbum, lançado este ano, ainda soa interessante

Meu preferido ainda é "Let's Dance" - da minha adolescência; me marcou. Todo mundo da minha geração conhece, e canta, "Modern Love", "China Girl" - que, eu sei, é com Iggy Pop. Poderíamos explorar, ainda, suas relações com Lou Reed - e dizem que há um documentário, muito bom, sobre isso - mas meu texto não teria fim...

Para resumir: há uma coletânea muito boa, dos anos 90, "Sound & Vision". É de 1989, na verdade. Foi minha introdução ao Bowie. Sugiro fortemente para quem quiser começar. (Tem, inclusive, no Spotify.) É daquela época em que se faziam "caixas", na transição dos LPs para os CDs...

Felizmente, há muito David Bowie para se escutar ainda. Os grandes artistas são assim - inesgotáveis

Para ir além
Compartilhar


Postado por Julio Daio Borges
Em 21/1/2016 às 15h30


Mais Julio Daio Bl°g
Mais Digestivo Blogs
Ative seu Blog no Digestivo Cultural!

* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Preconceito linguístico
Marcos Bagno
Parábola Ed.
(2015)



Informatica Terminologia Basica Microsoft Windows Xp
Mario Gomes da Silva
Erica
(2008)



Osmar Rodrígues Cruz: uma Vida no Teatro
Osmar Rodrigues Cruz
Hucitec
(2001)



Um Socialismo Possível
Alexandre Hecker
Taq
(1989)



Educação para Segurança do Trabalho
Luis Hiromitsu Sasaki
Corpus
(2007)



O Caçador de Apóstolos (lacrado)
Leonel Caldela
Jambo
(2010)



Fundamentos de Marketing - Conceitos Básicos - Volume 1
Luciano Crocco e outros
Saraiva
(2006)



A ilíada
Homero
Ediouro
(1996)



Jean Christophe - I Tomo
Romain Rolland
Livraria do Globo
(1941)



Doce Vitória
Taylor Caldwell
Nova Cultural
(1987)





busca | avançada
56367 visitas/dia
1,8 milhão/mês