A Decisão | O Equilibrista

busca | avançada
54626 visitas/dia
1,3 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Rinoceronte, poemas em prosa de Ronald Polito
>>> A forca de cascavel — Angústia (FUVEST 2020)
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
Colunistas
Últimos Posts
>>> Diogo Salles no podcast Guide
>>> Uma História do Mercado Livre
>>> Washington Olivetto no Day1
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> Karnal, Cortella e Pondé
>>> Canal Livre com FHC
>>> A história de cada livro
>>> Guia Crowdfunding de Livros
>>> Crise da Democracia
>>> Banco Inter É uma BOLHA???
Últimos Posts
>>> Uma crônica de Cinema
>>> Visitação ao desenho de Jair Glass
>>> Desiguais
>>> Quanto às perdas I
>>> A caminho, caminhemos nós
>>> MEMÓRIA
>>> Inesquecíveis cinco dias de Julho
>>> Primavera
>>> Quando a Juventude Te Ferra Economicamente
>>> Bens de consumo
Blogueiros
Mais Recentes
>>> 10 de Abril #digestivo10anos
>>> Não presta, mas vá ver
>>> Sobre o Jabá
>>> Crise da Democracia
>>> Bill Gates e o Internet Explorer
>>> LEM na TV Cronópios
>>> Não Aguento Mais a Empiricus
>>> Poesia para jovens
>>> São Paulo, que dá nome à nossa cidade
>>> Viagem a 1968: Tropeços e Desventuras (3)
Mais Recentes
>>> Cálculo Aplicado à Gestão e aos Negócios de Nelson Pereira pela Intersaberes (2016)
>>> O Último Teorema de Fermat de Simon Singh pela Record (1999)
>>> Três Autos (Alma / Barca do Inferno / /Mofina Mendes de Gil Vicente pela Ediouro (1997)
>>> Corpo a corpo com a mulher. Pequena história das transformações do corpo feminino no Brasil de Mary del Priore pela Senac SP (2000)
>>> Ao Sul do Corpo. Condição feminina, maternidades e mentalidades no Brasil Colônia de Mary del Priore pela Edunb/José Olympio (1993)
>>> História do amor no Brasil de Mary del Priore pela Contexto (2006)
>>> História das crianças no Brasil de Mary del Priore. Organização pela Contexto (1999)
>>> Lançamento Col Eu Gosto Mais Caderno de Letras V1 Ed Inf do Professor de Jorge Yunes (dir. Sup) pela IBEP (2015)
>>> Lançamento Coleção Eu Gosto Mais Caderno de Letras V 2 Ed. Infantil de Jorge Yunes pela IBEP (2015)
>>> Coleção Eu Gosto Mais - Caderno de Alfabetização - Lançamento de Célia Passos e Zeneide Silva / Livro do Professor pela IBEP (2015)
>>> XIARARIBÓIACINE - MEMÓRIAS de Ministério da Cultura pela Festival de Niterói (2012)
>>> Tempo de Matemática 6ª série - LIVRO DO MESTRE de Miguel Asis Name pela do Brasil (1996)
>>> Matemática - Conceitos e Histórias 8ª série - EXEMPLAR DO PROFESSOR de Di Pierro Netto pela Scipione (1995)
>>> Interdisciplinar - Estação Criança 1 - Educação Infantil - Trenzinho de atividades- do Professor de Júnia La Scala e Outros pela Quinteto (2015)
>>> História das mulheres no Brasil de Mary del Priore. Organização pela Contexto/Unesp (1997)
>>> Moderna de Geografia vol. 1 - Noções Básicas de Geografia Geral e do Brasil - Primeiro Grau pela Moderna (1995)
>>> Ley Nº 393 - Ley de Servicios Financeiros de Ministério de Economía y Finanzas Públicas pela M.E.F.P
>>> Marco de Referência de Educação Alimentar e Nutricional para as Políticas Públicas de Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome pela SNSAN (2012)
>>> PDE Prova Brasil - Plano de Desenvolvimento de Educação - Ensino Fundamental de Ministério da Educação Secretária de Educação Básica pela PDE (2009)
>>> Secretaria de Programas Regionais - Desenvolver as regiões para reduzir as desigualdades de Ministério da Integração Nacional pela M.I.N
>>> Ritmos da História 6º ano - DO PROFESSOR de Flavio de Campos se Outros pela Escala Educacional (2009)
>>> Matemática 2 - DO PROFESSOR de Ênio Silveira e Cláudio Marques pela Moderna (2010)
>>> Porta Aberta - História e Geografia 5º ano - DO PROFESSOR de Mirna Lima pela FTD (2009)
>>> Novo História 8º ano - Conceitos e Procedimentos - DO PROFESSOR de Ricardo Dreguer e Eliete Toledo pela Atual (2009)
>>> Geografia - Rio de Janeiro 3ª série - DO PROFESSOR de Siomara Sodré Spinola pela Ática (2006)
>>> Sociologia em Movimento -1º 2º e 3º anos do Ensino Médio - DO PROFESSOR de Afrânio Silva e Outros pela Moderna (2014)
>>> Práticas Pedagógicas Em Educação Física: Espaço, Tempo e Corporei de Fernando Jaime Gonzalez; M Simone / do Professor pela Edelbra Ltda (2012)
>>> Pensar, Refletir e Filosofar 5º ano - MANUAL DO EDUCADOR de Maria Amélia Vieira e Rute de Souza Galvão pela Construir
>>> Pensar, Refletir e Filosofar 4º ano - MANUAL DO EDUCADOR de Maria Amélia Vieira e Rute de Souza Galvão pela Construir
>>> Pensar, Refletir e Filosofar 2º ano - MANUAL DO EDUCADOR de Maria Amélia Vieira e Rute de Souza Galvão pela Construir
>>> Pensar, Refletir e Filosofar 1º ano - MANUAL DO EDUCADOR de Maria Amélia Vieira e Rute de Souza Galvão pela Construir
>>> Coleção Integralis História 1º Ano - do Professor de Divalte Garcia Figueira pela IBEP (2013)
>>> Ciências - Entendendo a Natureza 8ª - DO PROFESSOR de César, Sezar e Bedaque pela Saraiva (2001)
>>> Ciências - A Vida na Terra 7º ano - DO PROFESSOR de Fernando Gewandsznajder pela Ática (2011)
>>> Com Direito à Palavra: Dicionários em sala de aula de Ministério da Educação pela Ministério da Educação (2012)
>>> Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa - Alfabetização Matemática - Caderno 1 de Ministério da Educação pela Ministério da Educação (2014)
>>> Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa - Alfabetização Matemática - Educação Inclusiva de Ministério da Educação pela Ministério da Educação (2014)
>>> Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa - Alfabetização Matemática - Jogos na Alfabetização Matemática de Ministério da Educação pela Ministério da Educação (2014)
>>> Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa - Alfabetização Matemática -Educação Matemática do Campo de Ministério da Educação pela Ministério da Educação (2014)
>>> Orpheus Histoire Générale des Religions - 1909 de Salomon Reinach pela Motterz et Martinet (1909)
>>> Vontade de Saber Matemática 8º ano - DO PROFESSOR de Joamir Souza e Patricia Moreno Pataro pela FTD (2009)
>>> Cartas - Tomo I - 1856 de Alexandre Herculano pela Bertrand (1856)
>>> Projeto Teláris - Geografia 7 - o espaço social e o espaço brasileiro - DO PROFESSOR de J. William Vesentini e Vânia Vlach pela Ática (2013)
>>> Les Liaisons Dangereuses volumes I e II de De Laclos pela Librairie Grund (1936)
>>> Epitome de Historia Universal - 1931 de Jonathas Serrano pela Livr. Francisco Alves (1931)
>>> Gli Eroi Del Cielo, Della Terra e Del Mare de Socrate Ciccarelli pela A.Mondadori (1927)
>>> Interagindo com a Matemática 2 - DO PROFESSOR de Adilson Longen pela do Brasil
>>> Coleção Eu Gosto Mais - Caligrafia vol. 1 - DO PROFESSOR de Déborah Pádua Mello Neves pela IBEP (2012)
>>> Noveau Formulaire Magistral de Thérapeutique Clinique... de Dr.Odilon Martin pela Librairie J.B.Baillière (1920)
>>> Facundo - 1942 de Domingo Faustino Sarmiento pela Editorial Losada (1942)
BLOGS >>> Posts

Sexta-feira, 22/4/2016
A Decisão
Heberti Rodrigo

+ de 500 Acessos


www.desenhoswiki.com


"Tomando a decisão e realmente querendo, os próprios pés o conduzem para a realização." Talmude babilónico


Foi num domingo que tomou uma daquelas decisões que definem um caráter e seu destino. Àquela hora, não somente em sua casa, mas em toda a rua, todos ainda dormiam quando ele ergueu-se da cama decidido a tirar a velha bicicleta do pai da garagem. Se quisesse descobrir – e ele queria – como seu pai realmente se sentia nas aventuras que lhe narrou repetidas vezes, e com um entusiasmo que sempre o contagiava, teria de seguir em frente com aquilo. Cresceu ouvindo coisas como “Há dias, meu filho, em que as nuvens encobrem as montanhas e pedalamos em seu interior. Quando isso acontece, tudo o que me move é o desejo de avançar entre elas para ver o mundo do ponto mais alto. Nesses momentos não penso nem no esforço, nem no cansaço, nem nas dores. É como se os pneus deixassem de tocar o solo. Eu me sinto como se fosse pura vontade. Um dia você entenderá o que estou dizendo e verá como é indescritível a vista do mundo e da vida que se descortina diante de nós quando atingimos semelhantes alturas!”. Estas frases não lhe saíam da cabeça. Queria desvendar o seu real significado, e para isso sabia que deveria dar o primeiro passo.

Quando entrou na garagem, surpreendeu-se ao ver como a bicicleta era grande e pesada. Nunca haviam estado tão próximos. Ao menos, nunca a havia sentido tão próxima de si. Sempre adiou aquele encontro porque se habituou a pensar que não tinha idade suficiente. Na verdade, quem desejava convencê-lo disso era a mãe, sobretudo depois do acidente sofrido pelo pai. Ele, no fundo, mas lá no fundo mesmo, há algum tempo sabia que a idade não era mais um obstáculo. Não que até ali houvesse mentido para si mesmo quanto a isso, pois bastava vê-lo ao lado da única bicicleta da casa para abolir qualquer dúvida: ele era pequeno para ela. Naquele momento, entretanto, de um modo que jamais soube explicar, sentia que não era assim tão pequeno. Por isso, se bem que assustado, resolveu não tornar ao seu quarto.

Respirou fundo buscando se acalmar e ganhar ânimo enquanto se esforçava em rememorar os preparativos do pai antes de pedalar: verificou a pressão dos pneus, ajustou a altura do selim, lubrificou a corrente e os cabos do freio e, certificando-se que estava tudo em ordem, levou-a para a rua com muito cuidado para não fazer barulho. Temia que sua mãe descobrisse o que planejava. Ela sempre descobria o que se passava em sua cabeça. Como ela era capaz disso, ele nunca soube.

Fora de casa, olhou à sua volta à procura de um lugar onde apoiar a bicicleta com segurança para que pudesse subir nela. Encontrou apoio num bloco de pedra. Quando conseguiu sentar no selim, um de seus pés não mais tocava o chão. Dali a instantes, o outro também deixaria de tocá-lo. Sem dar por isso, atingiria, então, aquele ponto em que não haveria como voltar atrás. Como não conseguiria equilibrar-se por muito tempo estando parado e não teria a segurança que havia encontrado no bloco de pedra, assustou-se ao ver que não teria onde se amparar. “Vou cair”, pensou, mas, no mesmo momento em que esse pensamento lhe assomou à mente, prendeu a respiração, contou “um, dois, três” e, num impulso decisivo, foi-se embora, ziguezagueando. Sentiu o coração disparar. Foi tomado por um medo terrível, um medo tão inerente àquilo que estava fazendo quanto o próprio oscilar de seu corpo e da bicicleta buscando desesperadamente encontrar o equilíbrio. Ao tirar os pés do chão, adentrara numa nova realidade. O medo de cair o fazia pensar, mas não havia mais tempo para pensar. Não poderia pensar, pelo menos não como antes. Chegara o momento de apenas sentir o movimento, de deixar-se ser e simplesmente pedalar, mas, para ele, não era nada simples. Naquele instante, pela primeira vez se deu conta de que coisas simples podem se tornar terrivelmente assustadoras quando temos a sensação de que nossas vidas estão em jogo. O pai, certa vez, lhe preveniu que alguma oscilação é natural, que o próprio medo e a incerteza são naturais e que aos poucos ele se habituaria a tudo aquilo. “Tem que aprender a conviver com o medo”, dizia seu pai, “O que não pode é parar. Se parar, você vai cair”. Como seu corpo, o medo e a coragem, sua confiança e desconfiança iam e vinham. Deliberavam, agitavam-se, confundiam-se dentro de si. Sentia tudo pender ora para um lado, ora para outro até que, após alguns insucessos, os músculos da face finalmente evidenciaram os primeiros sinais de confiança e não demorou a que um sorriso assomasse. Aprendera a andar de bicicleta.

Anos mais tarde, quando tomou outra decisão, desta vez de que se tornaria escritor, comparou o medo que sentia, diante de uma folha de papel em branco, de não conseguir escrever, e a sensação do indescritível por ter escrito a tudo aquilo que seu pai havia lhe descrito anos antes sobre ver o mundo e a vida das grandes alturas. Compreendeu que os anos passaram, mas algo nele não havia mudado. De algum modo, era ainda aquele menino, e escrever havia se tornado sua maneira de reviver aquela que talvez tenha sido a experiência mais significativa de sua infância.


Postado por Heberti Rodrigo
Em 22/4/2016 às 10h56


Mais O Equilibrista
Mais Digestivo Blogs
Ative seu Blog no Digestivo Cultural!

* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




QUE CLIMA É ESTE? COLEÇÃO RAP DA ATITUDE
LIA ZATZ - GABRIELA BRIOSCHI
CALLIS
(2012)
R$ 20,00



MAXIMAS E MINIMAS DA COMEDIA CORPORATIVA
MAX GEHRINGER
GENTE
R$ 10,00



PRÁTICA DE TEXTOS: LEITURA E REDAÇÃO
LUIZ ROBERTO DIAS DE MELO E OUTROS
W3
(2000)
R$ 20,00



A ADMINISTRAÇÃO NA PRÓXIMA SOCIEDADE - 8887
PETER DRUCKER
NOBEL
(2002)
R$ 10,00



DROIT CIVIL: PREMIÈRE ANNÉE
YVAINE BUFFELAN-LANORE

R$ 130,00



O LIVRO DOS AMULETOS
GABRIELA ERBETTA E MICHELLE SEDDIG JORGE
PUBLIFOLHA
(2004)
R$ 8,80



MÉTODO SONHADORA - TEÓRICO E PRÁTICO
P. E. AMSCO

R$ 17,28



NUTRIÇÃO TERAPÊUTICA
LISE GAGNON
INSTITUTO PIAGET
(2001)
R$ 50,00



BENÉ: A SAGA DE UM OBSTINADO - UMA VIDA DEDICADA A FORMAR ATLETAS
SÉRGIO DANTAS
DO AUTOR
(2005)
R$ 13,82



ESTRUTURA E FUNÇÃO NA SOCIEDADE PRIMITIVA
A. R. RADCLIFFE BROWN
VOZES
(2013)
R$ 95,90





busca | avançada
54626 visitas/dia
1,3 milhão/mês