Heróis improváveis telefonam... | Blog de Aden Leonardo Camargos

busca | avançada
70300 visitas/dia
2,6 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Samir Yazbek e Marici Salomão estão à frente do ciclo on-line “Pensando a dramaturgia hoje”
>>> Chá das Cinco com Literatura recebe Luís Fernando Amâncio
>>> Shopping Granja Vianna de portas abertas
>>> Teatro do Incêndio lança Ave, Bixiga! com chamamento público para grupos artistas e crianças
>>> Amantes do vinho celebram o Dia Mundial do Malbec
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Poética e política no Pântano de Dolhnikoff
>>> A situação atual da poesia e seu possível futuro
>>> Um antigo romance de inverno
>>> O acerto de contas de Karl Ove Knausgård
>>> Assim como o desejo se acende com uma qualquer mão
>>> Faça você mesmo: a história de um livro
>>> Da fatalidade do desejo
>>> Cuba e O Direito de Amar (3)
>>> Isto é para quando você vier
>>> 2021, o ano da inveja
Colunistas
Últimos Posts
>>> Hemingway by Ken Burns
>>> Cultura ou culturas brasileiras?
>>> DevOps e o método ágil, por Pedro Doria
>>> Spectreman
>>> Contardo Calligaris e Pedro Herz
>>> Keith Haring em São Paulo
>>> Kevin Rose by Jason Calacanis
>>> Queen na pandemia
>>> Introducing Baden Powell and His Guitar
>>> Elon Musk no Clubhouse
Últimos Posts
>>> Patrulheiros Campinas recebem a Geração#
>>> Curtíssimas: mostra virtual estreia sexta, 16.
>>> Estreia: Geração# terá sessões virtuais gratuitas
>>> Gota d'agua
>>> Forças idênticas para sentidos opostos
>>> Entristecer
>>> Na pele: relação Brasil e Portugal é tema de obra
>>> Single de Natasha Sahar retrata vida de jovem gay
>>> A melancolia dos dias (uma vida sem cinema)
>>> O zunido
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> La Guerra del Fin del Mundo
>>> Parangolé: anti-obra de Hélio Oiticica
>>> Alfredo Bosi e a dignidade da crítica
>>> Pi, o [fi]lme, e o infinito no alfa
>>> Sábia, rubra, gorda (e gentil)
>>> Sol sem luz
>>> Letícia Sabatella #EuMaior
>>> Réquiem reloaded
>>> Fábio Porchat no Comedia em Pé
Mais Recentes
>>> A Senhora do Jogi de Sidney Sheldon pela Record (2010)
>>> A Palavra Perdida de Lino de Albergaria pela Atual (1991)
>>> O Desafio Amazonico de Samuel Murgel Branco pela Moderna (1989)
>>> Alguém Para Amar a Vida Inteira de Roniwalter Jatobá pela Positivo (2015)
>>> O Céu está caindo de Sidney Sheldon pela Record (2000)
>>> Alquimistas e Quimicos de Vanin Jose Atilio pela Moderna (1994)
>>> Trafico de Anjos de Luiz Puntel pela Atica (1992)
>>> O Plano Perfeito de Sidney Sheldon pela Record (2012)
>>> As Aventuras do Marujo Verde de Glaucia Lemos pela Atual (1990)
>>> Posso Te Dar Meu Coração? de Ganymedes José pela Moderna (1989)
>>> O Segredo do ídolo de Barro de Elisabeth Loibl pela Melhoramentos (1987)
>>> O Elefante Assassino de Pedro Bandeira pela Atual (1987)
>>> Lover in the rough de Elizabeth Lowell pela Avon books (1994)
>>> O Passado Esteve Aqui de Stella Carr pela Moderna (1988)
>>> O Guarani - de José de Alencar pela Reddiel (1997)
>>> A Maldição da Fabrica de José Americo de Lima pela Atual (1989)
>>> Vinda Com a Neve de Odette de Barros Mott pela Moderna (1982)
>>> Qual é a Minha de Marcia Leite pela Scipione (1990)
>>> Um Cadáver Ouve Rádio de Marcos Rey pela Atica (1984)
>>> O Caso da Ilha de Odette de Barros Mott pela Atual (1987)
>>> Literatura Comentada de Mário Quintana pela Abril Educação (1982)
>>> Literatura Comentada de José Lins do Rego pela Abril Educação (1982)
>>> Literatura Comentada de Graciliano Ramos pela Abril Educação (1981)
>>> Literatura Comentada de Camilo Castelo Branco pela Abril Educação (1980)
>>> Literatura Comentada de Antonio Callado pela Abril Educação (1982)
BLOGS >>> Posts

Quarta-feira, 21/11/2018
Heróis improváveis telefonam...
Aden Leonardo Camargos

+ de 1300 Acessos



Roça do Vó Manoel, óleo sobre tela dessa neta.



Heróis improváveis ligam de número que você nunca imaginaria atender. Claro, de outro Estado que não o seu. Claro que em um dia de nada, de chuva, sem passarinhada (só as loucas das andorinhas) e chuva daquelas que você reza para jogar as mangas Doce de Leite do vizinho no seu chão. Se você acha que chuva é para encher os rios, engana-se. É pra manga cair. Principalmente a Doce de Leite, um bebezinho. Cai.

Presto atenção também em cores que não sei o nome, mas principalmente presto atenção em vento, nuvens, sabiás de setembro, sol, lua. Presto atenção para lembrar do que era bom, paz, sossego. Dos dias na roça, dos avós, das tramelas, cancelas, porteiras e palavras que não existem mais fisicamente por aqui. No meu mundo urbano cinza monstro.

Hoje o Chukichi Kurozawa me ligou. Eu fiquei com aquela cara de “peraí” mineiro. Isso tudo porque confessei prestar atenção na sua ausência do programa de domingo que assisto por afetividade guardada, o Globo Rural. Escrevi, conversando primeiramente com um robô, onde deixava minha dúvida. A dúvida não era como criar abelhas, como fazer muda de Cambuci. Era cadê o Chukichi. Que durante todos esses anos era chamado para resolver as dúvidas dos leitores e... pá, sumiu. Parecia até coisa de Minas mesmo: cadê isso que tava aqui? Sei não, sumiu. Sumiu é a explicação que mineiro aceita, se aparece, apareceu.

Carinhosamente recebi a resposta por e-mail, que ele ainda continua salvando as mais horríveis dúvidas com as mais lindas respostas. Se a planta é doce, comestível, da família de nome louco em latim... Já memorizo o preço da saca de café Arábica e Conilon. Latim ainda é difícil.

Não bastasse o orgulho que fiquei da resposta assim por e-mail, hoje me ligou! Eu que trago todas as férias na roça colada nas minhas melhores alegrias. Eu que tomo café olhando algum lugar porque lembra a cancela da cozinha e a gente olhando o quintal. Eu que fiquei presa no paiol porque esqueci de fechar a tramela e a Mimosa entrou (a vaca que meu avô amansou para seguir a gente). Aprendi que num palheiro não se acha agulha e muito menos a saída se uma vaca gorda entrar. Paiol aqui é onde se guarda palha, deixo claro. Ou era, já nem sei mais. Hoje em dia deve ser Straw Place, regulado certificado carimbado pela Anvisa.

Eu que já me perdi em planilhas do Excel e até para isso já imaginei, se meu amigo consultor do Globo Rural Chukichi Kurozawa respondesse o meu “queisso?”... Saberia! Ele que quando chamado, com uma simples fotografia, sabe... Ele que vem voando cheio de livros com desenhos de frutos e folhas, feitos à mão e pousa com sua resposta: pode comer que é bom. Ou isso veio da Índia... ou... Como pode alguém saber tudo?

Eu que quando triste de marré deci, em Belo Horizonte, olhando pela janela do vigésimo sexto andar, resolvi entre todas as opções da noite ir no show do Rolando Boldrin, no Minascentro. Sozinha na fila e pensando que estou fazendo aqui. Eu que soube. Eu que trouxe de volta aquela alegria simples da gente infância. Das prosas, dos cheiros, dos chamamentos das criações. Eu que um dia antes atravessando a Contorno esqueci do nada como era mesmo o mundo, não sabia atravessar a rua e o sinal vermelho me deu espanto e não soube ligar o telefone, discar, nem falar nada eu soube Esqueci como se lia. Porque o Excel surta a gente. Eu que triste, estava deixando de saber e acreditar. Eu que fui resgatada naquela noite pela simplicidade da roça.

Não sei quantas vezes o agro, a roça ainda vão me resgatar. Eu que hoje nem pedia resgate, voei. Desde o telefone tocar e eu desligar ainda com cara de “peraí”, estou cá pensando nas minhas referências, às somas que nos tornamos. E veio um cheiro de café, queijo, fogão à lenha, lamparina, chuveiro à serpentina, leite, quintal, açude. Hoje sei que o que vem da terra, entra no coração. Hoje sou aquele quintalzão cheio de folhas estalando debaixo dos meus pés, impossível brincar de pique-esconde. Quanto mais corre mais barulho faz. Tenho que contar, eu recebi um telefonema do Chukichi Kurozawa! Eu sou um barulho bom hoje...



Postado por Aden Leonardo Camargos
Em 21/11/2018 às 21h22


Mais Blog de Aden Leonardo Camargos
Mais Digestivo Blogs
Ative seu Blog no Digestivo Cultural!

* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Apocalipse 2012
Lawrence E. Joseph
Pensamento
(2007)



O Roubo dos Botões Iônicos - 1ª Edição
Wilson Rocha
Moderna
(1993)



Iudaica Brasiliensis
Marcos Margulies
Documentário
(1974)



The Caretakers
Dariel Telfer
Corgi
(1970)



Heaven and Earth - When Heaven and Earth Changed Places
Le Ly Hayslip
Pan Books (londres)
(1989)



Revista Planeta - Maha-ioga - a Verdade Universal
Vários Autores
Três
(1977)



Crise na Ásia: o Tufão e a Muralha de Papel
A P Beviláqua
Inverta
(1998)



Por Favor, Ignore Vera Dietz
A S King
Novo Século
(2015)



A Vida Sempre Vence
Marcelo Cezar
Vida e Consciencia
(2000)



Segundo Catecismo da Doutrina Cristã
Vozes
Vozes
(2012)





busca | avançada
70300 visitas/dia
2,6 milhões/mês