As Expectativas de um Recrutador e um Desempregado | Blog de Camila Oliveira Santos

busca | avançada
51542 visitas/dia
1,8 milhão/mês
Mais Recentes
>>> “É Hora de Arte” realiza oficinas gratuitas de circo, grafite, teatro e dança
>>> MOSTRA DO MAB FAAP GANHA NOVAS OBRAS A PARTIR DE JUNHO
>>> Ibevar e Fia-Labfin.Provar realizam uma live sobre Oportunidades de Carreira no Mercado de Capitais
>>> PAULUS Editora promove a 6º edição do Simpósio de Catequese
>>> Victor Arruda, Marcus Lontra, Daniela Bousso e Francisco Hurtz em conversa na BELIZARIO Galeria
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> As maravilhas do modo avião
>>> A suíte melancólica de Joan Brossa
>>> Lá onde brotam grandes autores da literatura
>>> Ser e fenecer: poesia de Maurício Arruda Mendonça
>>> A compra do Twitter por Elon Musk
>>> Epitáfio do que não partiu
>>> Efeitos periféricos da tempestade de areia do Sara
>>> Mamãe falhei
>>> Sobre a literatura de Evando Nascimento
>>> Velha amiga, ainda tão menina em minha cabeça...
Colunistas
Últimos Posts
>>> Fabio Massari sobre Um Álbum Italiano
>>> The Number of the Beast by Sophie Burrell
>>> Terra... Luna... E o Bitcoin?
>>> 500 Maiores Álbuns Brasileiros
>>> Albert King e Stevie Ray Vaughan (1983)
>>> Rush (1984)
>>> Luiz Maurício da Silva, autor de Mercado de Opções
>>> Trader, investidor ou buy and hold?
>>> Slayer no Monsters of Rock (1998)
>>> Por que investir no Twitter (TWTR34)
Últimos Posts
>>> Parei de fumar
>>> Asas de Ícaro
>>> Auto estima
>>> Jazz: 10 músicas para começar
>>> THE END
>>> Somos todos venturosos
>>> Por que eu?
>>> Dizer, não é ser
>>> A Caixa de Brinquedos
>>> Nosferatu 100 anos e o infamiliar em nós*
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Mais espetáculo que arte
>>> teu filho, teu brilho
>>> O Medium e o retorno do conteúdo
>>> A Poli... - 10 anos (e algumas reflexões) depois
>>> Web-based Finance Application
>>> Pensando sozinho
>>> Aventuras pelo discurso de Foucault
>>> Chega de Escola
>>> Hipermediocridade
>>> A luta mais vã
Mais Recentes
>>> O Destino De Perseu (Aventuras Mitológicas) de Luiz Galdino pela Ftd (2004)
>>> New Headway Beginner Workbook with Key de John and Liz Soares pela Oxford (2013)
>>> Ivy. Ensina-me a Sentir - Volume 1 de S. Quinn pela Fundamento (2014)
>>> Dossiê Peixotinho: Uma biografia do mais famoso médium de materializações do Brasil de Lamartine Palhano Jr.; Walace Fernando Neves pela Lachâtre (1997)
>>> Seu Corpo Fala no Trabalho de Sharon Sayler pela Vozes (2010)
>>> New Headway Beginner Students Book Third Edition de John and Liz Soares pela Oxford (2011)
>>> Comunicação Global - Aumentando Sua Inteligencia Interpessoal 8 Edição de Lair Ribeiro pela Rosa dos Tempos (1992)
>>> O homem que calculava de Malba Tahan pela Record (2016)
>>> A Aposta de Vanessa Bosso pela Novas Páginas (2015)
>>> O Dia de Ver Meu Pai de Vivina de Assis Viana pela Formato (2005)
>>> Practice Tests for First Certificate with Key de J. C. Templer pela Heinemann (2022)
>>> A Câmara Clara: Notas sobre a fotografia de Roland Barthes pela Nova Fronteira (1984)
>>> Um Amor Além do Tempo de Leila Renttroia Lannone pela Moderna (1991)
>>> Skyline 5 - Teachers Guide de Carol Lethaby pela Macmillan (2006)
>>> Memórias de um Sargento de Milícias de Manuel Antônio de Almeida pela Atica (2004)
>>> Homossexulidade de Fagner Brandão pela Fonte (2015)
>>> Ready for First Certificate Workbook de Roy Norris pela Macmillan (2005)
>>> The Hound of the Baskervilles & the Valley of Fear de Sir Arthur Conan Doyle pela Collectors Library (2011)
>>> Fim de Fernanda Torres pela Companhia das Letras (2013)
>>> Campo de Batalha da Mente de Joyce Meyer pela Bello (2009)
>>> Lenda azul Voluma 2 de GeneralWalter de Menezes Paes pela Bibliex (1992)
>>> Summit 2 Take Home de Joan Saslow + Allen Ascher pela Pearson (2006)
>>> Vantage Point 3 - Workbook + CD de Patricia McKay Aronis pela Cel Lep (2006)
>>> El Ahorcamiento Inesperado y Otros Entretenimientos Matematicos de Martin Gardner pela Alianza Editorial (2007)
>>> Marisa: a escolha sexual da menina de Rosine e Robert Lefort pela Jorge Zahar (1997)
BLOGS >>> Posts

Segunda-feira, 15/4/2019
As Expectativas de um Recrutador e um Desempregado
Camila Oliveira Santos

+ de 2100 Acessos


Nem todo mundo tem a oportunidade na vida de conhecer os 2 lados de um processo seletivo à uma vaga de emprego. Geralmente, a maioria fica no lado de entrevistado da mesa, sem perceber antes de criticar, como é difícil também para o recrutador tomar a decisão de contratação.

Pois saiba que essa é uma difícil escolha para qualquer contratante, num país que anseia em se recuperar de uma crise e possui um grande número de mão de obra parada. Atualmente, qualquer anúncio de emprego recebe centenas de currículos com os mais variados perfis que se encaixam bem ou são totalmente alheios a vaga descrita.

Surpreendentemente, esse mercado de trabalho dispõe de perfis óbvios que não são a opção certa, como também de candidatos azarões que são a resposta a suas preces, mas em outra situação, jamais estariam livres ou dispostos a se candidatar ao trabalho anunciado.

Já na seleção, existem muitos candidatos que não sabem se vender, são pessoas sem foco que agem pela compreensiva necessidade do sustento, parecendo seres automáticos que já desistiram de seus objetivos e fazem tudo maquinalmente por obrigação.

A maioria é de jovens recém ingressados no mercado que pulam de emprego rapidamente, fazendo bicos ou como temporários da crise. Há ainda os mais velhos que foram obrigados a contribuir com a renda familiar, mas estão há anos sem trabalhar.

Pelos currículos, pode-se perceber que tratam-se de indivíduos que tem esperanças e expectativas, descendem de boas histórias de vida e que lutam anonimamente para se destacar numa pilha de papel. Assim, os recrutadores têm a função de optar por alguém, meio que decidindo pelo bem-estar daquele que será selecionado.

Mas há também a percepção de que alguns precisam claramente se qualificar, se encontrar num conjunto de vagas que exigem foco e aptidões específicas. Além de enfrentar um grande número de pessoas bem instruídas na expectativa de que seja dessa vez, convivendo diariamente na ansiedade de não saber o que está acontecendo em relação a seu destino profissional.

Um empregador possui a difícil obrigação de acertar na escolha, mesmo percebendo a urgência que muitos candidatos têm de se empregar. Mesmo que doa cerceá-los em detrimento de outros mais preparados, pois ele precisa lembrar que independente de quem contrate, seu ato resultará em menos um profissional nesse mar imenso aí fora.

É preciso lembrar também que nem sempre o mais qualificado fica com a vaga, porque existe o candidato certo para a vaga certa, é preciso olho apurado e feeling. Mas ainda, nem sempre o encaixe perfeito acontece, sendo necessário voltar atrás em uma nova busca. Pois mesmo na crise, há profissionais que são valorizados, ficam entediados ou são seduzidos por outras propostas e metas de vida. Por isso, a contratação é só o começo dessa relação profissional que pode resultar em crescimento e aprendizado para ambas as partes ou tédio e insatisfação.

Buscando uma conclusão, percebemos que o mercado de trabalho atual é um desafio que mistura sorte e competência, cujo foco e preparação diferencia dos demais, mas ao mesmo tempo fecha as portas para determinadas oportunidades menores que poderiam ser brevemente aproveitadas.

Quem atira para todos os lados pode atingir alguma coisa, porém algo que deverá sofrer ajustes enquanto se espera por um futuro melhor. O importante é não ficar parado e esperar acontecer. Outra sábia conclusão fica por conta de que o profissional é seu próprio produto, vivendo no despertar de um tempo que preza por ideias e engrenagens para sobreviver, abolindo cada vez mais a carteira de trabalho e os direitos, em favor do bom e velho “te vira” do empreendedorismo.

E para você que conseguiu a tão sonhada colocação, foi porque alguém o escolheu entre tantos e confiou na sua habilidade e seriedade como profissional. Alguém que precisa tomar uma boa decisão para o andamento de seu sonho e continuidade do negócio.

Então, passado o entusiasmo de estar trabalhando, é claro que ninguém deve bancar o escravo de alguém, mas uma boa relação entre as partes deve ser construída, sem o jeitinho brasileiro nem o sofrimento por desistência ou acomodação. Lembrando que cada caso é um caso, mas preservar o que foi tão difícil de conseguir exige dedicação e sacrifício.

Entretanto, fica o desejo que tanto o profissional quanto o recrutador, nessa época difícil, possam encontrar aquilo que buscam num duradouro relacionamento de trabalho com amizade e respeito.



Postado por Camila Oliveira Santos
Em 15/4/2019 às 14h35


Mais Blog de Camila Oliveira Santos
Mais Digestivo Blogs
Ative seu Blog no Digestivo Cultural!

* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Roleta Chilena
Alfredo Sirkis
Record
(1981)



Fit For Growth: a Guide to Strategic Cost Cutting, Restructuring, And
John Plansky - Vinay Couto - Deniz Caglar
Wiley
(2017)



Massas & Molhos - Coleção Dona Benta
Gold Editorial
Nacional e Gold
(2009)



Getting Financial Aid 2012
The College Board
College Board
(2012)



Previdência Social é Cidadania
Álvaro Sólon de França
Anfip
(1997)



Diários do Vampiro O Despertar
L. J. Smith
Galera Record
(2009)



A Farsa
Christopher Reich; Fernanda Abreu
Arqueiro
(2008)



Aprender e Criar - Ciencias 3
Edson Maria Helena Katia
Escala Educacional
(2014)



Sonho de Bailarina - o Mundo de Sonhos
Marcelle Silveira e Silva
Vale das Letras



O estrangulador
Sidney Sheldon
Record
(2018)





busca | avançada
51542 visitas/dia
1,8 milhão/mês