Desigualdades | Contubérnio Ideocrático, o Blog de Raul Almeida

busca | avançada
62339 visitas/dia
1,8 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Projetos culturais e acessibilidade em arte-educação em cursos gratuitos
>>> Indígenas é tema de exposição de Dani Sandrini no SESI Itapetininga
>>> SESI A.E. Carvalho recebe As Conchambranças de Quaderna, de Suassuna, em sessões gratuitas
>>> Sesc Belenzinho recebe cantora brasiliense Janine Mathias
>>> Natália Carreira faz show de lançamento de 'Mar Calmo' no Sesc Belenzinho
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Lá onde brotam grandes autores da literatura
>>> Ser e fenecer: poesia de Maurício Arruda Mendonça
>>> A compra do Twitter por Elon Musk
>>> Epitáfio do que não partiu
>>> Efeitos periféricos da tempestade de areia do Sara
>>> Mamãe falhei
>>> Sobre a literatura de Evando Nascimento
>>> Velha amiga, ainda tão menina em minha cabeça...
>>> G.A.L.A. no coquetel molotov de Gerald Thomas
>>> O último estudante-soldado na rota Lisboa-Cabul
Colunistas
Últimos Posts
>>> The Number of the Beast by Sophie Burrell
>>> Terra... Luna... E o Bitcoin?
>>> 500 Maiores Álbuns Brasileiros
>>> Albert King e Stevie Ray Vaughan (1983)
>>> Rush (1984)
>>> Luiz Maurício da Silva, autor de Mercado de Opções
>>> Trader, investidor ou buy and hold?
>>> Slayer no Monsters of Rock (1998)
>>> Por que investir no Twitter (TWTR34)
>>> Como declarar ações no IR
Últimos Posts
>>> Auto estima
>>> Jazz: 10 músicas para começar
>>> THE END
>>> Somos todos venturosos
>>> Por que eu?
>>> Dizer, não é ser
>>> A Caixa de Brinquedos
>>> Nosferatu 100 anos e o infamiliar em nós*
>>> Sexta-feira santa de Jesus Cristo.
>>> Fé e dúvida
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Mistério em Moscou
>>> Sideways Rain: Pausa, Choque, Fluxo e Corpo
>>> Capitu, a melhor do ano
>>> Bowie, David
>>> A guerra das legendas e o risco da intolerância
>>> À beira do caminho
>>> Monteiro Lobato, a eugenia e o preconceito
>>> Vale Emprego
>>> Lourival, Dorival, assim como você e eu
>>> internet jornalismo revolução
Mais Recentes
>>> Novo Código de Processo Civil: Modificações Substanciais de Misael Montenegro Filho pela Atlas (2015)
>>> Como Combater o Fracasso e Cultivar o Sucesso de Francisco Fernandes de Araújo pela Komedi
>>> Caderno de Sábado: Páginas Escolhidas de Maria do Carmo Alves de Campos pela Educs (2008)
>>> Aragog de Jody Revenson pela Incredibuilds (2016)
>>> O Brasil no mundo: abertura e responsabilidade - escritos de diplomacia presidencial (2016-2018) de Michel Temer pela Fundação Alexandre de Gusmão (2018)
>>> Estradas de Marcos Maia pela Do Autor (2014)
>>> Decor Years Book Vol 1 de G&a pela G&a
>>> O Sequestro do Metrô de John Godey pela Circulo do Livro (1975)
>>> O Menino da Mala de Lene Kaaberbøl; Agnete Friis pela Arqueiro (2013)
>>> 40 Anos de Educação Sanitária e Ambiental no Saneamento de Wanderley da Silva / Outros pela Sabesp
>>> Aqui Quem Fala é Albert Einstein de R. J. Gadney pela Intrínseca (2021)
>>> Migrações internacionais no plano multilateral de Maria Rita Fontes Faria pela Fundação Alexandre de Gusmão (2015)
>>> Novo Testamento - Nova Tradução na Linguagem de Hoje de Centro Assistencial Cruz de Malta pela Cruz de Malta
>>> O Fator Humano de Graham Greene pela Record
>>> Ruling the Waves de Debora Spar pela Harcourt (2001)
>>> Política externa e participação social: trajetória e perspectivas de Vanessa Dolce de Faria pela Fundação Alexandre de Gusmão (2017)
>>> Memórias de um Sargento de Milícias de Manuel Antônio de Almeida pela Ciranda Cultural
>>> Paixões Perigosas de Barbara Delinsky pela Bertrand Brasil
>>> Ao Encontro de Deus de Richard Carlson e Outros pela Sextante (2002)
>>> 79 Park Avenue de Harold Robbins pela Abril Cultural (1984)
>>> A Menina Que Não Sabia Ler de John Harding pela Leya Casa da Palavra (2010)
>>> Moll Flanders - os Imortais da Literatura Universal 30 de Daniel Defoe pela Abril
>>> Primórdios da Literatura Brasileira de Pero Vaz de Caminha pela Escala Educacional (2012)
>>> Estranho Irresistível de Christina Lauren; Felipe C. F. Vieira pela Universo dos Livros (2013)
>>> A Dieta das Chocólatras de Carole Matthews pela Bertrand Brasil (2010)
BLOGS >>> Posts

Quinta-feira, 25/11/2021
Desigualdades
Raul Almeida

+ de 3000 Acessos

Quem nasce burro, ou melhor, limitado intelectualmente, não será nunca igual aquele que nasce inteligente, Não há nenhuma formula, tratamento, feitiço, reza, simpatia que mude o padrão: Burro é burro.
Quem nasce vagabundo será vagabundo a vida inteira. É estigma. É defeito de fabricação
Quem nasce inteligente, com facilidade de entender os seus entornos, as situações e oportunidades que a vida vai apresentando no seu decorrer, será reconhecido como tal.
Inteligente é inteligente . Apesar de eventualmente comportar-se como um burro. Mas o inverso não acontece, Um burro pode ser prudente, mas inteligente nunca.
Quem tem sorte, é sortudo (a). Não tem erro. Quem não tem sorte é azarado.
Quem é inteligente e tem sorte vai dar certo, vai prosperar, vai progredir, vai encontrar objetivos a alcançar, vai vencer.
Quem é feio, mas inteligente e sortudo tem mais chances do que os que são bonitos mas burros e/ ou azarados.
Quem é bonito, inteligente, sortudo, prudente, focado, tem todas as condições de vencer, prosperar, realizar a vida com sucesso.
Quem é burro, feio, azarado, imprudente tem todas as indicações para um retumbante fracasso, limbo, derrota e tristeza.
E daí? Quanta besteira. Quanto raciocínio e tempo perdido, inútil.
Não. Apenas uma forma de escancarar a estupidez que é o conceito de igualdade.

Não existe igualdade. Não existem dois indivíduos iguais, nem nunca existiram.
A igualdade nega a realidade da vida. Raças, sexos, nacionalidades, capacidade intelectual, aptidões, ventura ou desventura, alegria e tristeza, prosperidade e miséria, fogo e água, luz e treva, anormais e normais. Ricos e pobres, céu e inferno D´us e Satan.

Os igualitários querem dividir o que não conquistaram.
Os invejosos querem compartilhar o que a vida não lhes concedeu. Os estroinas, satrapas, ladinos, igualitários, vagabundos e malandros querem manter o controle, reservando para si mesmos o que de melhor a desigualdade oferece.
Não existe igualdade senão na morte.
O enterro de primeira só interessa aos que estão fora do caixão. Ninguém quer ser visto num velório com um féretro simples, forrado com pano preto e alças de lata. Fica mal na foto.
Ser solidário, sem filantropo, ser condescendente, ser piedoso, não quer dizer ser socialista, comunista, sindicalista ou, o pior,politico. Basta ser inteligente, para entender a necessidade de ajudar aos que não o são.
O resto fica resolvido na igualdade bíblica que a todos favorece: Marcos 2-38 Todos serão perdoados.
Então, cada um no seu quadrado e segue o salão.

Raul Almeida


Postado por Raul Almeida
Em 25/11/2021 às 09h16


Mais Contubérnio Ideocrático, o Blog de Raul Almeida
Mais Digestivo Blogs
Ative seu Blog no Digestivo Cultural!

* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Literatura Português Ensino Médio 1ª Série
Antonio Medina Rodrigues Dácio Antônio de Castro
Anglo
(2002)



Cidade Solitária
Fernando Namora
Cdl
(1971)



Dossie 50: os Onze Jogadores Revelam os Segredos da Maior...
Geneton Moraes Neto
Objetiva
(2000)



Soberania e Integração Latino - Americana
Flavio Augusto Saraiva Straus
Forense
(2002)



Santa Teresa de Lisieux: Uma jovem doutora
Pedro Penna
Cassará
(2018)



A Jaçanã-col. o Contador de Historias e Outras Historias da Matematica
Egidio Trambaiolli Neto
Ftd
(1998)



Lagrimás do Sol
Gilvanize Balbino Pereira
Lachãtre
(2004)



Golem - um Jogo Incontrolável Vol 1
Lorris; Elvire; Marie
Arx
(2005)



Microeconomics
Michael Parkin
Addison W Longman
(1999)



Ser Protagonista Geografia Caderno de Revisão
Sm
Sm Didáticos
(2014)





busca | avançada
62339 visitas/dia
1,8 milhão/mês