Oito Décadas do Folhão | Spacca | Digestivo Cultural

busca | avançada
205 mil/dia
2,9 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Espetáculo inspirado na vida cotidiana do Bixiga volta ao cartaz comemorando 28 anos do Teatro do In
>>> Semana Gastronômica do Granja
>>> Mulheres em meio ao conflito:sobre inclusão, acolhimento e sororidade incondicional
>>> Arsenal da Esperança faz ensaios de teatro com moradores em situação de rua
>>> Vem pra Feira do Pimp Estoque: Economia Circular com catadoras, catadores e artistas!
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Esporte de risco
>>> Tito Leite atravessa o deserto com poesia
>>> Sim, Thomas Bernhard
>>> The Nothingness Club e a mente noir de um poeta
>>> Minha história com o Starbucks Brasil
>>> O tipógrafo-artista Flávio Vignoli: entrevista
>>> Deixe-me ir, preciso andar, vou por aí a procurar
>>> Olimpíada de Matemática com a Catarina
>>> Mas sem só trapaças: sobre Sequências
>>> Insônia e lantanas na estreia de Rafael Martins
Colunistas
Últimos Posts
>>> Inteligência artificial e o fim da programação
>>> Temer fala... (2023)
>>> George Prochnik sobre Stefan Zweig (2014)
>>> Hoffmann e Khosla sobre inteligência artificial
>>> Tucker Carlson no All-In
>>> Keleti: de engenheiro a gestor
>>> LeCun, Bubeck, Harris e a inteligência artificial
>>> Joe Satriani tocando Van Halen (2023)
>>> Linger by IMY2
>>> How Soon Is Now by Johnny Marr (2021)
Últimos Posts
>>> Toda luz que não podemos ver: política e encenação
>>> Sarapatel de Coruja
>>> Culpa não tem rima
>>> As duas faces de Janus
>>> Universos paralelos
>>> A caixa de Pandora do século XX
>>> Adão não pediu desculpas
>>> No meu tempo
>>> Caixa da Invisibilidade ou Pasme (depois do Enem)
>>> CHUVA
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Defesa dos Rótulos
>>> A história de cada livro
>>> O poeta do pesadelo e do delírio
>>> Além do Mais em 2004
>>> Sites que mudaram o mundo
>>> Textos, contextos e pretextos
>>> Dicas da Semana
>>> 19 de Abril #digestivo10anos
>>> A Pathétique de Beethoven por Daniel Barenboim
>>> O perfeito cozinheiro das almas deste mundo
Mais Recentes
>>> Quintino Cunha e Outros: Antologia Cultural de Plautus Cunha (encontro das águas rios negro e solimões pela Angelo Accetti (1974)
>>> Química Geral Volume I de Ricardo Feltre pela Atual (1996)
>>> Piloto de Guerra - biblioteca do espírito moderno vol 15 de Antoine de Saint-Exupéry tradução de Monteiro Lobato pela Companhia das Letras (1943)
>>> Matemática - Ciência e Aplicações 1 Ensino Médio de Gelson Iezzi-osvaldo Dolce pela Atual (2001)
>>> Matemática Ciência e Aplicações 2 Ensino Médio de Gelson Iezzi-osvaldo Dolce pela Atual (2004)
>>> Biologia Segundo Grau e Vestibulares de Albino Fonseca pela Ática (1980)
>>> Economia - Micro e Macro de Marco Antonio Sandoval de Vasconcelos pela Atlas (2002)
>>> Estatística Aplicada Economia, Administração e Contabilidade de John E. Freund - Gary A. Simon pela Bookman (2000)
>>> Martini Seco - série rosa dos ventos de Fernando Sabino pela Ática (1987)
>>> Estatística - Coleção Schaum de Murray R. Spiegel pela McGraw-Hill do Brasil (1971)
>>> Administração de Recursos Humanos - Fundamentos Básicos de Idalberto Chiavenato pela Atlas (2003)
>>> Trabalhadores - Profissões do Brasil de Humberto Medeiros - Patrícia Henriques Mafra pela Aon (2008)
>>> A Polícia Que Queremos de João Carlos Pereira pela Do Autor (2011)
>>> Os 27 desafios que todo chefe deve enfrentar de Bruce Tulgan pela Sextante (2015)
>>> Design para crescer - aprenda com a Coca-Cola sobre escala e agilidade de David Butler - Linda Tischler pela Campus (2015)
>>> Implantando uma Empresa de Cesar Simões Salim e outros pela Elsevier - Campus (2011)
>>> Competências - conceitos e instrumentos para a gestão de pessoas na empresa moderna de Joel Souza Dutra pela Atlas (2013)
>>> Um novo jeito de trabalhar de Laszlo Bock pela Sextante (2015)
>>> Pipeline de Desempenho de Stephen Drotter pela Campus (2011)
>>> Nocaute - Como contar sua historia no disputado ringue das redes sociais de Gary Vaynerchuk pela Hsm (2016)
>>> Liderança - a inteligência emocional na formação do líder de sucesso de Daniel Goleman pela Objetiva (2015)
>>> Excelência em atendimento ao cliente de Alexandre Luzzi Las Casas pela M.books (2012)
>>> 100 Maneiras de motivar as pessoas de Steve Chandler - Scott Richardson pela Sextante (2008)
>>> Lições de Impacto e Inovação - O executivo transformador no jogo da indústria de Jeffrey J. Fox - Robert Reiss pela Rocco (2014)
>>> ( Re ) Descobrindo A Matriz Nine Box de Rogerio Leme pela Qualitymark (2013)
COLUNAS

Segunda-feira, 5/3/2001
Oito Décadas do Folhão
Spacca
+ de 3000 Acessos
+ 1 Comentário(s)

O tapete vermelho conduziu-me ao interior da suntuosa Sala São Paulo, impecavelmente vestido para participar de um batizado em família. Jamais desejei tanto saber usar terno e gravata para me misturar ao ambiente. Mas não ensinam isto na Universidade de Cartum. Tento relaxar e imaginar que estou na ponte aérea, mas não vejo jeito de esconder o guarda-chuva.

Sou avistado por Angeli, também aliviado de ver um cidadão à paisana. Ops, ele não está à paisana, está vestindo um Angeli - jaqueta de roqueiro, camiseta, jeans, tudo preto, exceto as cãs.

A História passeia ao nosso lado: Sarney, Quércia, Maluf. Estes dois últimos cumprimentam Angeli, Quércia com um aceno, Maluf daquele jeito: "Méu caro cartoneeesta...".

Soam as trombetas. Não é campainha para entrar na sala de concerto, são trombetas, como no Jóquei ou num circo romano. Circulo mais um pouco e cumprimento Otavinho e Eleonora de Barros, minha última editora. Sou sincero quando retribuo os parabéns pelas oito décadas de Folha e digo que uma delas é minha. Ali perto, Cony é observado por algumas obras de arte. E aquele empresário que aparece na Caras, o Olacyr, irreconhecível com um homem ao lado.

Depois de rever alguns velhos conhecidos de redação, ao toque da última trombeta pego o meu lugar no mezzanino para assistir à solenidade.

Após o Hino Nacional executado pela Orquestra Jazz Sinfônica de São Paulo (num arranjo que lembra "America", de Bernstein) Clóvis Rossi discursa, ou palestra na sua informalidade elegante. Lamenta que o jornal traga muitos fatos e poucas esperanças; que a imprensa nasceu para defender bandeiras, partidos e personalidades, mas que hoje, tendo se tornado um ponto de encontro da sociedade civil, procura apresentar ao leitor "a melhor versão dos fatos", segundo a famosa definição de reportagem de um daqueles dois jornalistas do Washington Post que derrubaram o Nixon (o Robert Redford?...).

Depois de tantos fatos, nada menos que sete sacerdotes vieram trazer suas mensagens de esperança. O ato ecumênico foi entremeado por números musicais. Pudemos ver o rabino Henry Sobel bater palminha ao som do Coral de Resistência Negra cantando "Oh! Happy Day, / When Jesus washed / He washed my sins away!".

O babalorixá Pérsio de Xangô cativou a todos com a simplicidade de sua bênção caseira, simpático como uma tia velha. O pastor Rolf Schüneman iniciou com "Deus Pai e Mãe..." A monja budista Coen Murayama pareceu ter falado de improviso e deu um show de pluralismo e tolerância nova-era. Depois, na oração em conjunto, a Igreja Católica, na voz poderosa de Dom Fernando Figueiredo, encobriu a todos.

Fiquei aguardando ansioso a composição "A Folha", de Alexandre Mihanovich, em primeira audição. Otávio Pai ganhou uma partitura de lembrança. E se não for bonita? E se for um mico? Como é que se transforma jornal em música? "Parem as máquinas, parem as máquinas, lalala..."?

Pois a peça, como representação sinfônica do mundo do jornal, é muito convincente. Vai ser difícil colocar letra. Há um tema frenético, persistente, que lembra a agitação de uma jornal, aquele mundo dinâmico, sei lá. E um contraponto de trompas e tímpanos que torna a peça grandiosa, épica, depois volta para o frenético miudinho. Assim: "fim-firirifim-finfim-fim-firirifim-finfim-POMMMM-POM-POMMMM-fim-firirifim-finfim-fim-firirifim-finfim..."

Quer dizer, está lá o nervosismo da prática jornalística e sua ambição, seu namoro com o Poder e a História. Em dois momentos da peça surge uma calmaria lânguida, melodiosa (seria depois do fechamento, presumo).

Eu queria ter sido mais crítico, por exemplo: notando que só se falou na polaridade Imprensa-Política como elementos do jogo de força no estabelecimento dos fatos (perdão, da "melhor versão"). Faltou falar, é claro, do Anunciante, este quinto poder, tão presente quanto discreto nos discursos.

Mas solenidade não é para isso. Não havia porque duvidar das promessas e do compromisso com a verdade. Não naquele momento. Aproveitei para sentir um orgulho sincero de ter feito parte daquela história, e rever com sorrisos pessoas que no stress da redação não sorriam tanto assim.

Aproveitei para sentir saudades da Arte instalada no meio do mar de máquinas de escrever, depois de micro-computadores; dos gritos de "Desce!" abolidos por um protesto de boys. E saudades do arte-finalista Pauli, morto na semana passada em um parque em Santo André, por assaltantes. Ele estava lá de prancheta ou caderno na mão, numa tarde ensolarada, desenhando, quando os fatos foram mais fortes do que a esperança.

Se não recebeu convite para o Paraíso da Imprensa, no Céu dos Desenhistas já reservei uma vaga para o Pauli.


Spacca
São Paulo, 5/3/2001

Quem leu este, também leu esse(s):
01. Cidades do Algarve de Elisa Andrade Buzzo
02. André Bazin e a crítica como militância de Humberto Pereira da Silva
03. Cinco Sugestões a Autores de Ficção Científica de Duanne Ribeiro
04. Os contistas puros-sangues estão em extinção de Luiz Rebinski Junior
05. Eu + Você = ? de Ana Elisa Ribeiro


Mais Spacca
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

ENVIAR POR E-MAIL
E-mail:
Observações:
COMENTÁRIO(S) DOS LEITORES
15/3/2002
13h56min
Excelente texto Spacca. Por acaso você estudou com minha filha Claudia Morra, no Othelo Franco? Quanta saudade que ela tem dessa época. Me responda se é o próprio. Mais uma vez parabéns pelo texto. Um abração Neusa
[Leia outros Comentários de Neusa]
COMENTE ESTE TEXTO
Nome:
E-mail:
Blog/Twitter:
* o Digestivo Cultural se reserva o direito de ignorar Comentários que se utilizem de linguagem chula, difamatória ou ilegal;

** mensagens com tamanho superior a 1000 toques, sem identificação ou postadas por e-mails inválidos serão igualmente descartadas;

*** tampouco serão admitidos os 10 tipos de Comentador de Forum.




Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Livro Literatura Estrangeira Inferno
Dan Browm
Arqueiro
(2016)



Livro Infanto Juvenis A Colcha de Retalhos
Conceil Correa da Silva e Nye Ribeiro Silva
Do Brasil
(1995)



A garota americana (Vol. 1)
Meg Cabot
Galera
(2004)



Construir o Homem e o Mundo
Michel Quoist
Livraria Duas Cidades
(1973)



Longe de Manaus
Francisco José Viegas
Record
(2007)



Se Eu Não Te Amasse Tanto Assim...
Paulo Sergio Valle
Litteris
(2008)



Histórias e Conversas de Mulher
Mary Del Priore
Planeta
(2013)



Livro Infanto Juvenis Novo Final da História
Mirna Pinsky
Companhia das Letras
(2004)



Contabilidade para Administradores
Helio de Paula Leite
Atlas
(1997)



O Legado de um Pai
João Rubens Fagundes; Michelle Werder
Meta
(2016)





busca | avançada
205 mil/dia
2,9 milhões/mês