Comentários de Pedro C. de Melo | Digestivo Cultural

busca | avançada
98069 visitas/dia
2,3 milhões/mês
Mais Recentes
>>> 7ª edição do Fest Rio Judaico acontece no domingo (16 de junho)
>>> Instituto SYN realiza 4ª edição da campanha de arrecadação de agasalhos no RJ
>>> O futuro da inteligência artificial: romance do escritor paranaense Roger Dörl, radicado em Brasília
>>> Cursos de férias: São Paulo Escola De Dança abre inscrições para extensão cultural
>>> Doc 'Sin Embargo, uma Utopia' maestro Kleber Mazziero em Cuba
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> A pulsão Oblómov
>>> O Big Brother e a legião de Trumans
>>> Garganta profunda_Dusty Springfield
>>> Susan Sontag em carne e osso
>>> Todas as artes: Jardel Dias Cavalcanti
>>> Soco no saco
>>> Xingando semáforos inocentes
>>> Os autômatos de Agnaldo Pinho
>>> Esporte de risco
>>> Tito Leite atravessa o deserto com poesia
Colunistas
Últimos Posts
>>> Jensen Huang, da Nvidia, na Computex
>>> André Barcinski no YouTube
>>> Inteligência Artificial Física
>>> Rodrigão Campos e a dura realidade do mercado
>>> Comfortably Numb por Jéssica di Falchi
>>> Scott Galloway e as Previsões para 2024
>>> O novo GPT-4o
>>> Scott Galloway sobre o futuro dos jovens (2024)
>>> Fernando Ulrich e O Economista Sincero (2024)
>>> The Piper's Call de David Gilmour (2024)
Últimos Posts
>>> O mais longo dos dias, 80 anos do Dia D
>>> Paes Loureiro, poesia é quando a linguagem sonha
>>> O Cachorro e a maleta
>>> A ESTAGIÁRIA
>>> A insanidade tem regras
>>> Uma coisa não é a outra
>>> AUSÊNCIA
>>> Mestres do ar, a esperança nos céus da II Guerra
>>> O Mal necessário
>>> Guerra. Estupidez e desvario.
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Por que votei nulo
>>> A polêmica dos quadrinhos
>>> Parodiando a autoajuda
>>> Quase milionário
>>> Noel Rosa
>>> O dia em que a Terra parou
>>> Roubalheira vai parar o Brasil
>>> Tom Zé por Giron
>>> 21 de Outubro #digestivo10anos
>>> Um mundo além do óbvio
Mais Recentes
>>> Livro Literatura Estrangeira Sprint O Método Usado No Google Para Testar E Aplicar Novas Ideias Em Apenas Cinco Dias de Jake Knapp; John Zeratsky; Braden Kowitz pela Intrínseca (2017)
>>> A morte não toca violino de Kignel, Luiz pela Palameda (2017)
>>> Procura-se Lobo de Ana Maria Machado pela Ática (2010)
>>> Geração Alpha Geografia 7 Ed 2019 - Bncc de Fernando Dos Santos Sampaiomarlon Clovis Medeiros pela Sm (2019)
>>> Livro Ciência Politica O Triunfo de John Kenneth Galbraith pela Nova Fronteira (1968)
>>> Caminhar Juntos Religião 7 Ed 2020 de Humberto Herrera pela Sm (2019)
>>> Caminhar Juntos Religião 6 Ed 2020 de Humberto Herrera pela Sm (2019)
>>> Livro Filosofia Cibercultura de Pierre Lévy pela 34 (2010)
>>> Panoramas Matemática - 6º Ano de Joamir Souza. pela Ftd (2019)
>>> Livro Gibis Turma Da Mônica Jovem Primeira Série Volume 32 de Mauricio de Souza pela Panini Comics, Planet Manga (2020)
>>> Flores de Afonso Cruz pela Companhia das Letras (2016)
>>> No nosso ritmo gressus 5 de Poliedro pela Poliedro (2023)
>>> Livro Esoterismo O Poder dos Números Todas as Combinações Numéricas Que Vão Mudar Sua Vida de Glynis Mc Cants pela Arx (2006)
>>> Dentro Do Escuro Mora Um Segredo de Alessandra Roscoe pela Gaivota (2019)
>>> Livro Literatura Brasileira Olhai os Lírios do Campo de Eurico Verissimo pela Globo (1978)
>>> Livro Literatura Brasileira Para Viver um Grande Amor de Ailton Amélio pela Gente (2005)
>>> Araribá Plus Arte - 6º Ano de Vários Autores pela Moderna (2018)
>>> As Possibilidades da Política de Marco Aurélio Nogueira pela Paz e Terra (1998)
>>> Livro Esoterismo Escutando Sentimentos A Atitude de Amar Nos Como Merecemos Série Harmonia Interior de Wanderley S. Oliveira pela Dufaux (2006)
>>> Box Conecte Quimica - Volume Unico de Joao Usberco pela Saraiva (didaticos) - Grupo Saraiva (2024)
>>> Assim É Que Se Fala: Como Organizar A Fala E Transmitir Ideias + Como Falar Corretamente e Sem Inibições de Reinaldo Polito pela Saraiva (2005)
>>> Florencia : Simbolo Universal de Civilizacion de Bonechi pela Bonechi
>>> Livro Literatura Brasileira Macunaíma O Herói Sem Nenhum Caráter de Mario de Andrade pela Circulo do Livro
>>> Livro Auto Ajuda Como Ser Feliz Sem Dar Certo de Carlos Moraes pela Record (2001)
>>> A República das Milícias : dos Esquadrões da Morte À era Bolsonaro de Bruno Paes Manso pela Todavia (2020)
COMENTÁRIOS >>> Comentadores

Domingo, 7/2/2010
Comentários
Pedro C. de Melo

Sobre chatices: que fazer?
Muito chato o texto do Julio, mas redondamente bom. Era necessário que alguém tocasse nessa questão (a do "chato literário"). Julio foi no cerne dela. Cássia e Yuri aludem pertinentemente ao caso do "chato cultural" ou "culturaholic". Sou um tipo de "culturaholic", pois nada crio; só com uma diferença: minha cultura universal é paupérrima. Falo sem modéstia. Mas, devido ao interesse que tenho pela leitura, esporadicamente me chegam, de pessoas conhecidas, livros de contos, de poesias, romances e até de História para que eu comente. Como em nada disso sou autoridade, isso eu alego, mas há sempre os insitentes por uma opinião. Aí é onde está o problema: se disser que não gostei, é a vez do chato ser eu; se disser o contrário, posso não estar sendo muito sincero. Que fazer?

[Sobre "Edmund Wilson e os chatos da literatura"]

por Pedro C. de Melo
7/2/2010 às
13h13 189.71.26.143
 
O papel será destronado...
Escrever livros em papel ou nas páginas da web: eis a questão. Aliás, uma questão que envolve gosto. E gosto não se... Além disso, conforme você disse, tem também a vaidade que... Bom, Rafael, torço para que seu projeto de escrever livros em papel seja coroado de êxito. Para quem tem, igual a mim, o hábito de ler deitado, em filas, em ônibus, no banheiro e em muitos outros lugares e circunstâncias, certamente que o computador não oferece a mesma comodidade que o livro em papel. Pelos menos atualmente! E estou certo de que este não se extinguirá tão cedo. Mas não tenho a menor dúvida: num futuro mais distante,os tentáculos da informática alcaçarão darwinisticamente o invento de Gutemberg (aliás, já "evoluído" para o linotipo, a rotativa e o off-set). A extinção não será dinossáurica, porquanto continuará existindo nichos ao qual o papel está melhor adaptado.

[Sobre "Obsessão por livros"]

por Pedro Cordeiro
18/6/2007 às
11h19 201.79.169.203
 
livro ruim não eterniza nada
O desejo de deixar algum registro de nossa efêmera existência na Terra, de ver nosso nome numa capa de livro numa livraria, enfim a vaidade parece nos mover rumo a uma decisão arriscada: a de publicar um livro. Ante as autorizadas e sensatas ponderações de Julio Daio, se nosso fito fosse o de levar nossas idéias (ou nossos pretensos pendores literários) ao grande público, as páginas da web seriam o meio mais prudente, econômico, direto e eficaz. Funcionariam, inclusive, como laboratório para aventuras mais ousadas. Além disso, livro ruim não eterniza nome algum e é ecologicamente incorreto. Se é pra gastar celulose com porcaria, que o destinemos aos banheiros. O papel,aqui, cumprirá melhor um de seus papéis.

[Sobre "Publicar em papel? Pra quê?"]

por Pedro Cordeiro
20/5/2007 às
12h41 201.79.170.136
 
O Darwinismo Tecnológico
É o mundo digital fazendo suas vítimas no mundo analógico. E não tem jeito: o Darwinismo chegou com força no ecossistema da tecnologia. O grande predador foi responsável pela extinção de várias espécias, entre elas a máquina de datilografia (e suas idústrias e profissões a ela ligadas) e a figura do relojoeiro. E está direcionando suas garras para a tautológica "imprensa-impressa" e para o sistema de telefonia fixa. Como os milhões de dispendiosos feixes de cabos podem concorrer com as ondas e os satélites? Como os jornalistas profissionais viverão com pouquíssimos leitores e como suplantarão seus concorrentes amadores da internet? Texto muito bom o seu!

[Sobre "Digestivo nº 321"]

por pedro cordeiro de me
25/3/2007 às
11h50 201.79.181.113
 
Honestidade sem exageros
Honestidade significa ter honradez, mormente no que concerne à palavra e às relações jurídicas. Assim, o honesto só quer o que é seu, não mente, repudia a malandragem, a “esperteza” de querer levar vantagem em tudo. Se a praga da desonestidade se instalar nos órgãos públicos, estes se convertem no grande “buraco negro” da riqueza popular. E a nação, sobretudo se em regimes totalitários, estará fadada a um subdesenvolvimento sem fim. Daí você ter razão em desejar tão veementemente o império da honradez. Mas, propugnar pela sinceridade absoluta, é lutar por uma utopia desnecessária(e indesejável). Nem toda verdade é necessária que se diga. Há até um adágio oriental que diz: “é melhor a mentira que beneficia do que a verdade que prejudica”; evidentemente ele se refere à franqueza rude, que machuca sem construir. Do berço ao túmulo, a vida social repousa no “fingimento”, porque seria absolutamente anti-social alguém morbidamente franco.

[Sobre "Honestidade"]

por Pedro Cordeiro de Ml
11/3/2007 às
16h14 201.79.165.158
 
sinestesicamente saboroso
Minha profissão, empresário, exige uma “boa conversa" com clientes e credores. O êxito comercial depende dessa habilidade; a "boa escrita”, porém, é irrelevante. No entanto, por hábito, meu lazer é ler. E, depois do Orkut, também postar para minhas comunidades. Foi isso que me trouxe até o texto acima, que reputo boníssimo. É realista, prazeroso, faz recomendações sábias e honestas. O caso da diferença entre o texto literário e o jornalístico: criar personagens e histórias é mais difícil que escrever para jornais ou contar histórias escritas por outros. A ponderação de que é o escritor quem elege seus eleitores e que, para escrever bem, exige-se treino. A recomendação de que não se deve escrever sobre o que não se sabe. Tudo isso explica o juízo que emiti. Esse tipo de leitura nos deixa mais seguros ao escrever; e, "antenados", para evitar deslizes. Obrigado, Maroldi, por um texto tão sinestesicamente saboroso.

[Sobre "Como escrever bem — parte 2"]

por pedro cordeiro de me
4/3/2007 às
13h20 201.79.169.153
 
Julio Daio Borges
Editor

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




O Livro Dos Espíritos
Allan Kardec
Lake
(2004)



Sociedade por Ações - Jurisprudência Casos e Comentários
Paulo de Lorenzo Messina / Paula A. Forgioni
Rt
(1999)



A Política Mineral na Constituição de 1967
Ariadne da Silva Rocha Nodari
Mct
(1987)



O Forte
Adonias Filho
Civilização Brasileira
(1969)



Monica Teen - Full of Charm #10
Maurício de Souza
Panini
(2014)



Livro Artes Miniguías Parramón El Secreto de los Colores
Equipe Parramón
Parramón
(2009)



Livro Sociologia São Paulo Trabalhar e Viver Comissão Justiça e Paz de São Paulo
Vinícius Caldeira Brant
Brasiliense
(1989)



Latifúndio Midiota - Crimes, Crises e Trapaças
Leonardo Wexell Severo
Papiro
(2012)



Sistemas de Avaliação e Qualidade
Humberto Stadle; Robson Seleme
Curitiba
(2007)



Livro Linguística Léxico, Produção e Criatividade Processos do Neologismo
Maria Aparecida Barbosa
Global
(1981)





busca | avançada
98069 visitas/dia
2,3 milhões/mês