Porta dos Fundos | Digestivo Cultural

busca | avançada
35483 visitas/dia
862 mil/mês
Mais Recentes
>>> Em agosto, o Largo do Machado receberá a segunda edição do Hoje é dia de comer na rua
>>> ÀTMA - De que tamanho é o teu deserto?
>>> Vivo EnCena traz Paulo Betti a São Paulo com Autobiografia Autorizada
>>> EAS, novo filme de ação brasileiro tem toque de Hollywood
>>> Memória da Eletricidade realiza a terceira edição do Preserva.ME
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Apontamentos de inverno
>>> Literatura, quatro de julho e pertencimento
>>> O Abismo e a Riqueza da Coadjuvância
>>> Os Doze Trabalhos de Mónika. 4. Museu Paleológico
>>> Um caso de manipulação
>>> Brasil, o buraco é mais embaixo
>>> Nós que aqui estamos pela ópera esperamos
>>> Os Doze Trabalhos de Mónika. 3. Um Jogo de Poker
>>> Retratos da ruína
>>> Notas confessionais de um angustiado (VI)
Colunistas
Últimos Posts
>>> Stayin' Alive 2017
>>> Mehmari e os 75 anos de Gil
>>> Cornell e o Alice Mudgarden
>>> Leve um Livro e Sarau Leve
>>> Pulga na praça
>>> No Metrópolis, da TV Cultura
>>> Fórum de revisores de textos
>>> Temporada 3 Leve um Livro
>>> Suplemento Literário 50 anos
>>> Ajudando um amigo
Últimos Posts
>>> Ponto cruz
>>> Elevador divino
>>> Na hora do rush
>>> Cubica(mente)
>>> Adentrando o mundo humano - Pensamento
>>> Modelar(mente)
>>> Trans(corrente)
>>> Quanto às perdas III
>>> O pão nosso de cada dia
>>> Os opostos se atraem
Blogueiros
Mais Recentes
>>> O Conselheiro também cozinha (e come)
>>> Os Doze Trabalhos de Mónika. 3. Um Jogo de Poker
>>> Asno que me leve, quero, e não cavalo folião
>>> O rei nu do vestibular
>>> Telemarketing, o anti-marketing dos idiotas
>>> Suplemento Literário 50 anos
>>> Entrevista com João Pereira Coutinho
>>> Mehmari e os 75 anos de Gil
>>> Capacidade de expressão X capacidade linguística
>>> Na hora do batismo
Mais Recentes
>>> O Problema do Ser e outros ensaios
>>> Antropologia Filosófica
>>> Merleau-Ponty na Sorbonne. Resumo de Cursos Filosofia e Linguagem
>>> Merleau-Ponty na Sorbonne. Resumo de Cursos Psicossociologia e Filosofia
>>> O Muro
>>> A Anarquia dos Valores. Será o Relativismo Fatal?
>>> Ética & Direito, Moral e Religião no Mundo Moderno
>>> Um Lugar para os Excluídos
>>> Chico Buarque
>>> Literatura comentada Oswald de Andrade
>>> Pensamentos de Freud
>>> Compreder a história da vida. Do átomo ao pesamento humano
>>> O Homem à procura de si mesmo
>>> Matrizes do Pensamento Psicológico
>>> A Natureza da inteligência
>>> O que é Vida? 50 anos depois. Especulações sobre o futuro da Biologia
>>> O que é Vida? O aspecto físico da célula viva. Seguido de Mente e Matéria e Fragmentos Autobiográficos
>>> Os Métodos De Administração De Jesus
>>> Manhã, Tarde E Noite
>>> Conte-me Seus Sonhos
>>> Cultura Pós-Moderna - Introdução às teorias do contemporâneo
>>> A Anatomia da Destrutividade humana
>>> Ter ou Ser
>>> O Espírito de Liberdade
>>> O Dogma de Cristo
>>> O mistério do homem na obra de Drummond
>>> Revista Super Interessante edição 201 - junho 2004
>>> A propriedade intelectual e as novas leis autorais - 2ª ed. revista e ampliada
>>> Vivenciando Erickson
>>> Teoria da Cultura de Massa
>>> O morro dos ventos uivantes
>>> Pecado Original
>>> História das teorias da comunicação
>>> Sobre a televisão
>>> Chatô, o rei do Brasil
>>> Estrela Solitária - um brasileiro chamado Garrincha
>>> Feira de Versos - para Gostar de Ler (vol. 36)
>>> Sementes de sol
>>> O homem que matou Getúlio Vargas
>>> Dona Benta - Comer Bem
>>> A questão judaica
>>> AION - Estudos sobre o simbolismo do Si-Mesmo
>>> Psicologia e Religião Oriental
>>> Psicologia e Religião
>>> Resposta a Jó
>>> Interpretação Psicológica do Dogma da Trindade
>>> Os símbolos da transformação na missa
>>> Mysteryum Coniunctionis
>>> Mysteryum Coniunctionis
>>> Um Judeu sem Deus
DIGESTIVOS >>> Notas >>> Internet

Segunda-feira, 6/5/2013
Porta dos Fundos
Julio Daio Borges

+ de 5900 Acessos




Digestivo nº 491 >>> Os vídeos, na internet, têm uma história. No princípio, era o verbo. E, graças à Web, os links. Graças ao Mosaic ― o primeiro "navegador", de Marc Andreessen ―, chegaram as imagens. Depois do advento da Netscape ― do mesmo Andreessen, em sociedade com Jim Clark ―, a internet se popularizou como nunca. E Bill Gates entrou na guerra, com o Internet Explorer. Embuti-lo no Windows lhe custou uma condenação, na virada do século. Mas, mesmo assim, a Netscape nunca mais foi a mesma. Nesse meio tempo, surgiram players como a Amazon, e portais, como o Yahoo!. No Brasil, quando o Terra entrou na briga com o UOL ― turbinado pela Telefônica ―, alguns pensaram que a internet seria a nova televisão. E dá-lhe montar estúdios. E dá-lhe contratar Lillian Witte Fibe. Em vão. Ainda reinava a conexão discada. (Tirem as crianças da sala.) Os vídeos eram produzidos, mas jamais carregavam na tela do usuário final. 1 (um) megabyte era "uma loucura" para transmitir via linhas telefônicas. Surgiu a "banda larga" no horizonte. Em meados dos anos 2000, nascia o YouTube. Originalmente uma inspiração no Hot or Not, que "ranqueava" fotos. O YouTube queria "ranquear" vídeos que os usuários "postavam". Ledo engano. Os rankings ficaram para trás. Graças à sua tecnologia, em flash, o YouTube se converteu na plataforma para o vídeo na Web. Começou um nova era. O YouTube se popularizou de tal maneira que: ou era adquirido por um dos gigantes da internet; ou quebrava ― tamanhos eram os custos de "hospedagem" e streaming ("transmissão"). O Google, depois de desistir do próprio Google Vídeo, adquiriu o YouTube. E ele deu prejuízos milionários durante anos. Até dar lucro. Para o Google? Talvez. Mas, certamente, para um novo tipo de arrivista. Não era, como nos primórdios da internet, o detentor de uma homepage. Também não era, ao longo dos anos 2000, o blogueiro ou blogger. (Nem o detentor de um fotolog.) Era o videomaker ― apenas para utilizar uma expressão fora deste contexto ―, que usava a hegemonia do audiovisual para se lançar... só que na Web. No Brasil, como sempre, demorou mais do que nos EUA. Só agora, na década dos 2010, temos gente como Felipe Neto. Famoso por criticar a série Crepúsculo e por merecer a ira de uma adolescente do Sul do Brasil. (Talvez ela fosse até melhor do que ele.) Enfim, todo este prelúdio para falar trupe do Porta dos Fundos. Na clareira aberta por Felipe Neto ― e quejandos ―, um grupo talentoso de comediantes se estabeleceu, no YouTube ".com.br", com episódios semanais, para milhares de assinantes. OK, poderíamos ainda falar dos comediantes "stand-up". Dos Danilos Gentilis da vida, dos Rafinhas Bastos, dos CQCs, das Terças Insanas, da MTV e dos Marcelos Adnets. Mas isso tudo mundo já sabe. A novidade, digamos assim, do Porta dos Fundos é, justamente, não recorrer à fórmula gasta do "stand-up comedy". Praticamente, não há monólogos. São cenas ou, melhor, situações, com roteiro muito bem elaborado, produção cuidadosa, diálogos bem encenados e atuação profissional. Podemos arriscar que, além de todo este "pano de fundo" da internet, há uma inspiração que vai desde os esquetes, clássicos, do grupo Monty Python até a melhor fase da TV Pirata (Casseta & Planeta é, igualmente, uma fórmula desgastada). Com tanta inteligência e originalidade, aliás, seria uma pena se a trupe do Porta dos Fundos se rendesse ao apelo fácil da TV comercial. Queiramos que não. Dizem que as receitas do YouTube, para o tipo de audiência que eles alcançam, é satisfatória. Esperamos que seja mesmo. Caso contrário, vale assistir ao Porta dos Fundos enquanto eles ainda não se renderam à MTV ou à TV Bandeirantes ou à própria TV Globo. Nossa sorte, no fim das contas, é que o YouTube não foi adquirido pelas Organizações Globo.
>>> Porta dos Fundos
 
Julio Daio Borges
Editor

Quem leu esta, também leu essa(s):
01. Gênio, de Harold Bloom (Literatura)


Mais Notas Recentes
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




ALGUNS ASPECTOS DA COMÉDIA NOVA DE MENANDRO (TEATRO GREGO)
MARIA DO CARMO LAPIDO DE ABREU
MARÂNUS
(1946)
R$ 25,00



A VIDA SECRETA DAS ABELHAS
SUE MONK KIDD
EDIOURO
(2004)
R$ 14,00



L'APPROCHE ACTIONNELLE DANS L'ENSEIGNEMENT DES LANGUES
VÁRIOS
MAISON DES LANGUES
(2003)
R$ 80,00



A FÚRIA DOS REIS
GEORGE R. R. MARTIN
LEYA
(2011)
R$ 15,00



TEILHARD DE CHARDIN, O SANTO TOMÁS DO SÉCULO XX
J. PAULO NUNES
LOYOLA
(1977)
R$ 21,30



BARTLEBY, O ESCRIVÃO
HERMAN MELVILLE
JOSÉ OLYMPIO
(2007)
R$ 20,00



HINDUÍSMO - SÉRIE CONHECENDO AS RELIGIÕES
VÁRIOS AUTORES
TODOLIVROS / BRASILLEITURA
(2012)
R$ 5,00



NAS ASAS DO TEMPO- ATIVAÇÃO DO SISTEMA IMUNOLÓGICO
SONIA AMARAL
AGORA
(1991)
R$ 12,00



O PRAZER DA LEITURA - COMO A ADAPTAÇÃO DE CLÁSSICOS AJUDA A FORMAR LEITORES
MÁRIO FEIJÓ
ÁTICA
(2010)
R$ 26,00



CATEGORIAS DEL MATERIALISMO DIALECTICO
M.M.ROSENTAL E G.M. STRAKS
GRIJALBO
(1954)
R$ 95,00





busca | avançada
35483 visitas/dia
862 mil/mês