Meu nome é Gavião... | Félix Maier | Digestivo Cultural

busca | avançada
61941 visitas/dia
1,8 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Rinoceronte, poemas em prosa de Ronald Polito
>>> A forca de cascavel — Angústia (FUVEST 2020)
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
Colunistas
Últimos Posts
>>> Revisores de Texto em pauta
>>> Diogo Salles no podcast Guide
>>> Uma História do Mercado Livre
>>> Washington Olivetto no Day1
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> Karnal, Cortella e Pondé
>>> Canal Livre com FHC
>>> A história de cada livro
>>> Guia Crowdfunding de Livros
>>> Crise da Democracia
Últimos Posts
>>> Uma crônica de Cinema
>>> Visitação ao desenho de Jair Glass
>>> Desiguais
>>> Quanto às perdas I
>>> A caminho, caminhemos nós
>>> MEMÓRIA
>>> Inesquecíveis cinco dias de Julho
>>> Primavera
>>> Quando a Juventude Te Ferra Economicamente
>>> Bens de consumo
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Ser intelectual dói
>>> O Tigrão vai te ensinar
>>> O hiperconto e a literatura digital
>>> Aberta a temporada de caça
>>> Se for viajar de navio...
>>> Incompatibilidade...
>>> Alguns Jesus em 10 anos
>>> Blogues: uma (não tão) breve história (II)
>>> Picasso e As Senhoritas de Avignon (Parte I)
>>> Asia de volta ao mapa
Mais Recentes
>>> O Livro da moda de Alexandra Black pela Publifolha (2015)
>>> Rejuvelhecer a saude como prioridade de Sergio Abramoff pela Intrinseca (2017)
>>> O livro das evidencias de John Banville Tradução Fabio Bonillo pela Biblioteca Azul - globo (2018)
>>> O futebol explica o Brasil de Marcos Guterman pela Contexto (2014)
>>> O Macaco e a Essencia de Aldous Huxley pela Globo (2017)
>>> BATISTAS, Sua Trajetória em Santo Antônio de Jesus: o fim do monopólio da fé na Terra do Padre Mateus de Jorgevan Alves da Silva pela Fonte Editorial (2018)
>>> Playboy Bárbara Borges de Diversos pela Abril (2009)
>>> Sarah de Theresa Michaels pela Nova Cultural (1999)
>>> A Bela e o Barão de Deborah Hale pela Nova Cultural (2003)
>>> O estilo na História. Gibbon & Ranke & Macaulay & Burckhardt de Peter Gay pela Companhia das Letras (1990)
>>> Playboy Simony de Diversos pela Abril (1994)
>>> Invasão no Mundo da Superfície de Mark Cheverton pela Galera Junior (2015)
>>> José Lins Do Rego- Literatura Comentada de Benjamin Abdala Jr. pela Abril Educação (1982)
>>> A modernidade vienense e as crises de identidade de Jacques Le Rider pela Civilização Brasileira (1993)
>>> Machado De Assis - Literatura Comentada de Marisa Lajolo pela Abril Educação (1980)
>>> A Viena de Wittgenstein de Allan Janik & Stephen Toulmin pela Campus (1991)
>>> O Velho e o Mar de Ernest Hemingway pela Círculo do livro (1980)
>>> Veneno de Alan Scholefield pela Abril cultural (1984)
>>> O Livreiro de Cabul de Asne Seierstad pela Record (2007)
>>> Os Dragões do Éden de Carl Sagan pela Francisco Alves (1980)
>>> O Espião que sabia demais de John Le Carré pela Abril cultural (1984)
>>> Administração de Materiais de Jorge Sequeira de Araújo pela Atlas (1981)
>>> Introdução à Programação Linear de R. Stansbury Stockton pela Atlas (1975)
>>> Como lidar com Clientes Difíceis de Dave Anderson pela Sextante (2010)
>>> As 3 Leis do Desempenho de Steve Zaffron e Dave Logan pela Primavera (2009)
>>> Curso de Educação Mediúnica 1º Ano de Vários Autores pela Feesp (1996)
>>> Recursos para uma Vida Natural de Eliza M. S. Biazzi pela Casa Publicadora Brasileira (2001)
>>> Jesus enxuga minhas Lágrimas de Elza de Almeida pela Fotograma (1999)
>>> As Aventuras de Robinson Crusoé de Daniel Defoe pela LPM Pocket (1997)
>>> Bulunga o Rei Azul de Pedro Bloch pela Moderna (1991)
>>> Menino de Engenho de José Lins do Rego pela José Olympio (1982)
>>> Terra dos Homens de Antoine de Saint-Exupéry pela Nova Fronteira (1988)
>>> O Menino de Areia de Tahar Ben Jelloun pela Nova Fronteira (1985)
>>> Aspectos Endócrinos de Interesse à Estomatologia de Janete Dias Almeida pela Unesp (1999)
>>> Nociones de Historia Linguística y Estetica Literaria de Antonio Vilanova- Nestor Lujan pela Editorial Teide/ Barcelona (1950)
>>> El Estilo: El Problema y Su Solucion de Bennison Gray pela Editorial Castalia/ Madrid (1974)
>>> El Cuento y Sus Claves de Raúl A. Piérola/ Alba Omil (profs. Univ. Tucumán pela Editorial Nova, Buenos Aires (1955)
>>> Las Fuentes de La Creacion Literaria de Carmelo M. Bonet pela Libr. del Collegio/ B. Aires (1943)
>>> As Hortaliças na Medicina Doméstica/ Encadernado de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar (1976)
>>> A Flora Nacional na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Arlington Park de Rachel Cusk pela Companhia das Letras (2007)
>>> Muitas Vidas, Muitos Mestres de Brian L Weiss pela Salamandra (1991)
>>> As Frutas na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Coleção Agatha Christie - Box 8 de Agatha Christie; Sonia Coutinho; Archibaldo Figueira pela HarperCollins (2019)
>>> As Irmãs Aguero de Cristina García pela Record (1998)
>>> Não Faça Tempestade Em Copo Dágua no Amor de Richard Carlson pela Rocco (2001)
>>> Um Estudo Em Vermelho - Edição De Bolso de Arthur Conan Doyle pela Zahar (2013)
>>> Eu, Dommenique de Dommenique Luxor pela Leya (2011)
>>> Os Cavaleiros da Praga Divina de Marcos Rey pela Global (2015)
>>> O Futuro da Filosofia da Práxis de Leandro Konder pela ExpressãoPopular (2018)
COLUNAS

Quinta-feira, 31/8/2006
Meu nome é Gavião...
Félix Maier

+ de 6000 Acessos
+ 2 Comentário(s)

Atualmente, a propaganda eleitoral dos partidos políticos é o melhor programa humorístico da TV. Nada de Zorra Total ou Casseta e Planeta. O riso está garantido diariamente por obra e arte de nossos futuros deputados. Pelo menos é assim em Brasília, onde há, p. ex., mais de 500 candidatos a uma das 24 vagas da Assembléia local.

Marcão da Rodoviária garante o espetáculo na TV, ao se apresentar com a cabeça virada para baixo, enquanto faz sua apresentação, com um maço de notas de dinheiro nas mãos encobrindo suas barbas de profeta do Antigo Testamento. Marcão, como o nome diz, é uma figura carimbada da Rodoviária de Brasília, de onde saem os ônibus para as cidades satélites.

Um outro candidato tem apenas o tempo de dizer "meu número é 1230, hora do almoço"...

Um candidato do PDT se apresenta como aquele "que pisca o olho pra você" ;)

Se tem loira burra, é porque sobra neguinha esperta. Uma candidata negra se apresenta como "mulher e negra" e pede para "não votar em branca".

Não se sabe se certo candidato é bombeiro, porém promete "apagar o incêndio da corrupção".

Fernando Pedreira, que sempre ressurge nos anos eleitorais, promete, em campanha nos jornais, apresentar projeto contra os "falsos bispos". O título de "bispo", para ele, só deveria ser permitido para os religiosos da Igreja Católica. Até que ele tem certa razão, na medida em que muito picareta se apresenta como "bispo" sem ao menos pagar royalties à Igreja Católica pelo uso do nome...

Milagre: tem um candidato que se apresenta como "católico apostólico romano". O Brasil é um país estranho: a maioria do povo se considera de "direita", mas não assume a posição; a maioria se apresenta como "católico", porém tem vergonha de professar seu credo em público. Faz lembrar Lula, que nas primeiras aparições na TV, na atual campanha eleitoral, desvencilhou-se do símbolo petista (a estrela stalinista), como se fosse possível deixar de ser o chefe do mensalão, o Ali Babaca que comanda os "40 ladrões" denunciados pelo Procurador-Geral da República.

Um candidato do PSTU promete barrar o envio de dinheiro ao exterior, para que Bush deixe de "matar palestinos inocentes". Como diria o oráculo de Cucuí de las Palomas: o que é que o traseiro tem a ver com as calças?

Tem candidato que é apenas Gavião, outro que é o representante dos taxistas, mais outro que é o chefete de algum sindicato. Tem também um bom número de professores postulando o cobiçado cargo público.

Tem o DJ Macarrão, que faz rima com seu próprio nome: "com Jesus no coração".

Uma candidata talibã promete promover "ação social nas igrejas evangélicas". Por que a discriminação? O crente evangélico seria mais gente do que o não-evangélico? Aliás, no Distrito Federal, já tem rodeio à la Barretos promovido por essa distinta comunidade, em que as únicas canções permitidas são as gospel. Em vez de touros violentos, como Bandido, deveriam apresentar apenas cowboys montando jericos...

O PCO perde seus preciosos segundos na TV para mostrar o giro das engrenagens que seriam de uma máquina triturando os ossos dos trabalhadores. Com uma fábrica ao fundo do locutor, o Partido da Causa Operária não consegue sair do tempo em que se iniciou a Revolução Industrial, com as chaminés fumegantes das fábricas. Até parece que os "operários", atualmente, ainda trabalham 15 horas por dia, sem nenhum tipo de amparo social.

É grande o número de candidatos do DF que se apresentam como militares e pastores. De cabo a coronel, a escolha é infinita. Por isso nenhum dos militares consegue se eleger, com exceção do coronel Alberto Fraga, ex-PM, que encabeçou o NÃO no Parlamento durante o plebiscito do desarmamento, e que já emplacou vários mandatos para deputado federal. Além dos milicos, há uma infinidade de pastores, bispos, missionários e evangelistas loucos para passar a sacolinha, quero dizer, abocanhar uma cadeira de deputado, distrital ou federal. Até o bispo Rodovalho, da igreja Sara Nossa Terra, rendeu-se à paixão política, sendo candidato a deputado federal. Ao contrário dos milicos, a chance de termos no DF um certo número de talibãs evangélicos eleitos é bastante grande, apesar da baixa de pastores mensaleiros do PL, que renunciaram ao mandato e à reeleição, como o deputado federal Jorge Pinheiro, acusado de ter-se beneficiado da "máfia das sanguessugas".

Muitos candidatos não têm tempo sequer para se apresentarem ao distinto público. Enquanto um locutor de futebol lê o nome e o número dos candidatos, o máximo que os infelizes conseguem fazer para cativar o eleitor é mexer os olhos ou dar uma piscadela ;)

Enquanto Alckmin se apresenta como um sorvete derretido de chuchu, Lula plana nas alturas, aclamado por artistas autistas que minimizam a falta de ética do governo petista, pois, segundo Paulo Betti, o Lamarca do filme de Sérgio Rezende, não é possível fazer política "sem meter a mão na merda".

Pois então, vive la merde! Não poderia ser diferente nessa República Socialista Bananeira, que não é mais o "país do futuro", porém o sempre atual "país dos futuros picaretas".


Félix Maier
São Paulo, 31/8/2006


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Literatura engajada de Marta Barcellos
02. Da indústria do sabor e do desgosto de Elisa Andrade Buzzo


Mais Félix Maier
Mais Acessadas de Félix Maier
01. Raul Gil e sua usina de cantores - 1/12/2005
02. A verdade sobre o MST - 4/3/2003
03. Sionismo e resistência palestina - 14/11/2002
04. Fome zero, malandragem dez - 28/11/2002
05. Bantustões brasileiros - 22/5/2002


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

ENVIAR POR E-MAIL
E-mail:
Observações:
COMENTÁRIO(S) DOS LEITORES
31/8/2006
09h41min
Você foi simplemente fantástico... Mas infelizmente esse discurso é o mesmo desde muito tempo atrás: "Todo mundo quer ficar rico através da Política". Penso que já passou da hora de resgatar e trabalhar a "ética", em todos os seus sentidos. Chega de "o Brasil foi colonizado pelos bandidos de Portugual". Nunca vamos deixar de ser imorais?
[Leia outros Comentários de Marcelo Telles]
1/9/2006
09h50min
Em tempo: tem um candidato em Brasília, veterinário, que, se eleito, promete "vacinar a cachorrada". Ou seja, botar os políticos na carrocinha... No Rio, o espetáculo também está garantido: tem uma candidata a deputada estadual que se apresenta como "Maria Chupetinha". Eta Brasilzão!!!
[Leia outros Comentários de Félix Maier]
COMENTE ESTE TEXTO
Nome:
E-mail:
Blog/Twitter:
* o Digestivo Cultural se reserva o direito de ignorar Comentários que se utilizem de linguagem chula, difamatória ou ilegal;

** mensagens com tamanho superior a 1000 toques, sem identificação ou postadas por e-mails inválidos serão igualmente descartadas;

*** tampouco serão admitidos os 10 tipos de Comentador de Forum.




Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




LE BOIS DE BOULOGNE: ELOGIO DA MIOPIA E OUTRAS VISÕES / ELOGE DE LA MYOPIE ET AUTRES VISIONS
CELSO GUTFREIND, LUIZ EDUARDO ROBINSON ACHUTTI
TOMO EDITORIAL
(2000)
R$ 31,00



EU NÃO CONSIGO EMAGRECER
DR. PIERRE DUKAN
BEST SELLER
(2013)
R$ 25,00



MINHAS MULHERES E MEUS HOMENS
MARIO PRATA
OBJETIVA
(1999)
R$ 5,00



MUNDO JOVEM
BEATRIZ PENTEADO LOMONACO
FUNDAÇÃO TIDE SETUBAL
(2008)
R$ 15,00



ARGONAUTAS DO PACÍFICO OCIDENTAL
BRONISLAW MALINOWSKI
UBU
(2018)
R$ 102,00



UM HÓSPEDE CHAMADO HANSEN - NOVELA E CONTOS
JORGE TUFIC
VALER
(2009)
R$ 25,00



ENCICLOPEDIA UNIVERSAL DE VINOS
ANTONIO BORLA
DEL SERBAL
(1995)
R$ 30,00



BLOGS: REVOLUCIONANDO OS MEIOS DE COMUNICAÇÃO - 8258
OCTÁVIO ROJAS ORDUÑA
THOMSON LERANING
(2007)
R$ 15,00



HISTÓRIA DA CIVILIZAÇÃO MUNDIAL - VOLUME 2
MAX SAVELLE
ITATIAIA
(1964)
R$ 11,00



A HISTÓRIA DE NICOLAS I, REI DO PARAGUAI E IMPERADOR DOS MAMELUCOS
FERNANDA VERISSIMO
UNESP
(2017)
R$ 25,00





busca | avançada
61941 visitas/dia
1,8 milhão/mês