Digestivo nº 22 | Julio Daio Borges | Digestivo Cultural

busca | avançada
70192 visitas/dia
2,2 milhões/mês
Mais Recentes
>>> “Um pé de biblioteca” estimula imaginação e ajuda a criar novas bibliotecas pelo Brasil
>>> Diálogos na Web FAAP: Na pauta, festivais de cinema e crítica cinematográfica
>>> Pauta: E-books de Suspense Grátis na Pandemia!
>>> Hugo França integra a mostra norte-americana “At The Noyes House”
>>> Sesc 24 de Maio apresenta programação de mágica para toda família
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Meu malvado favorito
>>> A pintura do caos, de Kate Manhães
>>> Nem morta!
>>> O pai tá on: um ano de paternidade
>>> Prêmio Nobel de Literatura para um brasileiro - I
>>> Contentamento descontente: Niketche e poligamia
>>> Cinemateca, Cinemateca Brasileira nossa
>>> A desgraça de ser escritor
>>> Um nu “escandaloso” de Eduardo Sívori
>>> Um grande romance para leitores de... poesia
Colunistas
Últimos Posts
>>> A última performance gravada de Jimmi Hendrix
>>> Sebo de Livros do Seu Odilon
>>> Sucharita Kodali no Fórum 2020
>>> Leitura e livros em pauta
>>> Soul Bossa Nova
>>> Andreessen Horowitz e o futuro dos Marketplaces
>>> Clair de lune, de Debussy, por Lang Lang
>>> Reid Hoffman sobre Marketplaces
>>> Frederico Trajano sobre a retomada
>>> Stock Pickers ao vivo na Expert 2020
Últimos Posts
>>> Três tempos
>>> Matéria subtil
>>> Poder & Tensão
>>> Deu branco
>>> Entre o corpo e a alma
>>> Amuleto
>>> Caracóis me mordam
>>> Nome borrado
>>> De Corpo e alma
>>> Lamentável lamento
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Relationships Matter
>>> Apesar da democracia
>>> Onze pontos sobre literatura
>>> A maçã de Isaac Newton
>>> É Julio mesmo, sem acento
>>> Lucas vs. Spielberg
>>> Morando sozinha II
>>> É Julio mesmo, sem acento
>>> Washington Olivetto no Day1
>>> O Tigrão vai te ensinar
Mais Recentes
>>> Pequot de Vitor Ramil pela Artes e Ofícios (1995)
>>> Quando o espiritual domina de Simone de Beauvoir pela Record (1979)
>>> O resto é silêncio de Érico Veríssimo pela Globo (1998)
>>> Angústia de Graciliano Ramos pela Globo (2013)
>>> O Recurso de John Grisham pela Rocco (2015)
>>> Os doze mandamentos de Sidney Sheldon pela Record (2020)
>>> Direito Ambiental Positivo de Fabrício Gaspar Rodrigues pela Campus (2012)
>>> Mandado de Segurança de Luiz Fux pela Dir (2011)
>>> Lula: A opção mais que o voto de Cândido Mendes pela Garamond (2006)
>>> Latinomérica de Marcus Accioly pela Topbooks (2015)
>>> Levando a vida leve de Laura Medioli pela Justo Junior (2005)
>>> Les Filles du Feu / Les Chimères de Gérard de Nerval pela Garnier-Flammarion (1965)
>>> Revolucione sua qualidade de vida - Navegando nas ondas da emoção de Augusto Cury pela Sextante (2002)
>>> Mulheres certas que amam homens errados de Kristina Grish pela Gente (2007)
>>> Pequenos Poemas em Prosa de Charles Baudelaire pela Nova Fronteira (1981)
>>> E de Evidência de Sue Grafton pela Ediouro (1999)
>>> M - O Homem Sensual de Record pela Record (1997)
>>> Verdura? Não! de Claire Llewellyn; Mike Gordon pela Scipione (2011)
>>> @s [email protected] de [email protected] York - as Senhoritas de Nova York de Daniel Piza pela Ftd (1999)
>>> 1 Real de Federico Delicado pela Pulo do Gato (2014)
>>> 1 Real de Federico Delicado pela Pulo do Gato (2014)
>>> 10 Anos Brasil MTV de MTV pela Mtv
>>> 10 Contos de Natal de Gilberto de Nichile pela Scortecci (2015)
>>> 100 Jogos para Grupos de Ronaldo Yudi K. Yozo pela Agora (1996)
>>> 100 Magias para Aumentar Sua Autoconfiança - os Livros Secretos Witch de Disney pela Edelbra (2004)
>>> 100 Magias para Ter um Supergrupo - os Livros Secretos Witch de Disney pela Edelbra (2002)
>>> 100 Magias para Ter um Supergrupo - os Livros Secretos Witch de Disney pela Edelbra (2002)
>>> 100 Segredos das Pessoas de Sucesso de David Niven pela Sextante (2002)
>>> 1000 Formas de Interpretar o Seu Horoscopo de Girassol Edicoes pela Girassol (2006)
>>> 1000 Lugares para Conhecer Antes de Morrer de Patricia Schultz pela Sextante (2006)
>>> 1000 Lugares para Conhecer Antes de Morrer de Patricia Schultz pela Sextante (2006)
>>> 1000 Melhores Segredos Rapidos e Faceis para Voce de Jamie Novak pela Arx (2007)
>>> 1001 E-mails de Cynthia Dornelles pela Record (2003)
>>> 1001 Fantasmas de Heloisa Prieto pela Companhia das Letras (2002)
>>> 1001 Fantasmas de Heloisa Prieto pela Companhia das Letras (2002)
>>> 1001 Fantasmas de Heloisa Prieto pela Companhia das Letras (2002)
>>> 1001 Maneiras de Enriquecer (livro Muito Raro!) de Joseph Murphy pela Record (1966)
>>> 1001 Maneiras de Enriquecer (livro Muito Raro!) de Joseph Murphy pela Record (1966)
>>> 101 Brasileiros Que Fizeram História de Jorge Caldeira pela Estação Brasil (2016)
>>> 101 Experiências de Filosofia Cotidiana de Roger Pol Droit pela Sextante (2002)
>>> 101 Livros Que Mudaram a Humanidade - Coleção Super Essencial de Superinteressante pela Superinteressante (2005)
>>> 101 Lugares para Fazer Sexo Antes de Morrer de Marsha Normandy; Joseph St. James; Alexandre Rosas pela Best Seller (2010)
>>> 102 Minutos: a História Inédita da Luta de Outros; Jim Dwyer pela Jorge Zahar (2005)
>>> 111 Poemas para Crianças de Sérgio Capparelli pela L&pm (2009)
>>> 117 Maneiras de Enlouquecer um Homem na Cama de Margot Saint-loup pela Ediouro (2005)
>>> 12 Anos de Escravidão de Solomon Northup pela Lafonte (2019)
>>> 12 Fábulas de Esopo de Fernanda Lopes de Almeida; Hans Gartner; pela Atica (2000)
>>> 12 Horas de Terror de Marcos Rey pela Global (2012)
>>> 12 Lições para Ser o Pai Ideal de Kevin Leman pela Portico (2015)
>>> 120 Minutos para Blindar Seu Casamento de Renato Cardoso; Cristiane Cardoso pela Thomas Nelson Brasil (2013)
DIGESTIVOS

Quarta-feira, 7/3/2001
Digestivo nº 22
Julio Daio Borges

+ de 1200 Acessos




Além do Mais >>> Sou funk da periferia
Como não poderia deixar de ser, o verão trouxe mais uma onda (que passa junto com o carnaval). Desta vez, o Funk Carioca - que os grandes grupos insistem em elevar à categoria de fenômeno. Em comum com as manifestações musicais mais recentes, o ritmo tem também sua coleção de danças, de expressões e de vocábulos chulos. Como novidade, atrela um certo apelo racial e as raízes que remontam à favela. Os criadores, para variar, não são reconhecidos, e nem tem seus ganhos contabilizados proporcionalmente. Como de costume, o grosso dos rendimentos é desviado para o bolso de empresários, animadores e conjuntos que rapidamente trocam de bandeira. A juventude, transbordando de energia eternamente, se deixa embalar pelos movimentos, pelos dizeres e pela indumentária dos funkeiros. Faz parte. O que não dá para entender é essa raça de intelequituais ditos letrados que agora se esforça para, de repente, desaprender o português. [Comente esta Nota]
>>>
 



Cinema >>> O tigre e o dragão
Quase todas as tentativas ocidentais de retratar o Oriente resultaram em simplificações e em falsificações de culturas milenares. Não foi diferente com o filme de Ang Lee. Embora taiwanês, o celebrizado diretor não fez mais que reduzir à pantomima e à filosofia de almanaque algumas das lendas populares que há séculos circulam pela China. Atacado pela síndrome de Roberto Benigni, tratou de empacotar suas tradições de modo a satisfazer as platéias de Hollywood e de Cannes, resumindo uma saga e uma busca existencial ao dualismo mocinho-bandido e aos efeitos de videogame. Ainda que disponha de belas paisagens e dos ases que montaram Matrix, Ang Lee apostou suas fichas no evidente e no óbvio, carregando no sentimentalismo e pintando a mulher oriental como uma figura submissa, ou então como uma rebelde desorientada que, sem o seu homem, está condenada a uma existência vazia. [Comente esta Nota]
>>> O Tigre e o Dragão
 



Literatura >>> Escrevo para não passar ao ato, para evitar uma crise
Cioran tem editados os seus "Exercícios de Admiração", pela Rocco. Impossível conter o prazer de ler seus ensaios e perfis. O livro fino reúne suas opiniões e impressões sobre Borges ("O azar de ser reconhecido se abateu sobre ele"), Fitzgerald ("É próprio de um espírito de segunda categoria não poder escolher entre a literatura e a 'verdadeira noite da alma'"), Beckett ("É um destruidor que amplia a existência, que a enriquece minando-a"), Valéry ("Em vez de deixar para os outros o trabalho de decifrá-lo, ele próprio o assumiu") e sobre outros autores que conheceu ou cultivou. Senhor de um estilo carregado e excessivo, Cioran não pretende ser imparcial. É veemente e altamente subjetivo. Romeno de origem, adotou o francês como língua e, prevendo o desaparecimento do idioma de Voltaire, sentenciou o seu próprio fim. [Comente esta Nota]
>>> Cioran, o grande pensador do século
 



Artes >>> A humanidade está em deslocamento urgente
Sebastião Salgado, o fotografo brasileiro mais reconhecido internacionalmente, está em exposição no Centro Cultural Fiesp. Tendo como tema os refugiados, perseguidos e excluídos do planeta, equaciona as misérias do mundo em termos de ricos e pobres, apenas. Embora tecnicamente irrepreensível, a orientação ideológica do artista acaba comprometendo a espontaneidade de seus retratos em branco e preto. Ainda que persiga as catástrofes e os desastres mais pungentes do nosso tempo, seus painéis - com mensagens prontas e acabadas - evocam as milionárias campanhas publicitárias que bem conhecemos. É natural que seja ovacionado em países como a França, em que a intelectualidade chique observa com horror e fingido interesse as mazelas da África, da América Latina e do Leste Europeu. [Comente esta Nota]
>>>
 



Televisão >>> A Alma Encantadora das Ruas
O GNT exibiu um bem realizado documentário acerca do maior cronista carioca do fim do século XIX, início do século XX. Hoje ignorado por alfabetizados e analfabetos, Paulo Barreto foi velado, em 1921, por uma multidão de 100 mil pessoas, num Rio de Janeiro de pouco mais de 1 milhão de habitantes. Dono de um lirismo que formou, para dizer o mínimo, Nélson Rodrigues e Rubem Braga, João do Rio mergulhou nas veias do popularesco, registrando movimentos que iriam desembocar na explosão do samba e no sincretismo religioso que permeia a alma do brasileiro. Homossexual, teve em Oscar Wilde um modelo, consolidando sua visão marginal e distanciada da sociedade que tanto amava. Sérgio Cabral, Bárbara Heliodora, Zuenir Ventura, dentre outros, entoaram suas loas a esse precursor do jornalismo, do teatro e do conto modernos. [Comente esta Nota]
>>> O Homem de Cabeça de Papelão
 
>>> MINHA PÁTRIA É MINHA LÍNGUA
"Seu filho duma... jaca!"
 
Julio Daio Borges
Editor

* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




MR. HOLMES
MITCH CULLIN
CANON GATE
(2015)
R$ 8,30



LEVANDO A VIDA LEVE
LAURA MEDIOLI
SOLER
(2005)
R$ 5,00



LIBERTE SE
DR. SANG LEE
NAO INFORMADO
(1994)
R$ 10,00



HULK: A ORIGEM DO GIGANTE VERDE
RICH THOMAS (ADP)
ABRIL
(2014)
R$ 19,00



PLATÃO E ARISTÓTELES, O FASCÍNIO DA FILOSOFIA
MARCO ZINGANO
ODYSSEUS
(2002)
R$ 30,00



TEEN2TEEN TWO
JOAN SASLOW ALLEN
OXFORD
(2014)
R$ 14,90



CLIQUE E DESCOMPLIQUE PROJETOS E APRESENTAÇÕES COM POWER POINT 2007
VÁRIOS AUTORES
INFORMÁTICA
(2008)
R$ 5,90



O DUETO DOS GATOS
JOÃO CARLOS MARINHO
GLOBAL
(2012)
R$ 25,00



MATEMÁTICA NOS NEGÓCIOS
LEO GOUGH
PUBLICAÇÕES EUROPA - AMÉRICA
(2001)
R$ 68,87



NOVO DICIONÁRIO BARSA DAS LÍNGUAS INGLÊSA E PORTUGUÊSA - VOL. 2
VÁRIOS AUTORES
APPLETON CENTURY CROFTS
(1969)
R$ 6,90





busca | avançada
70192 visitas/dia
2,2 milhões/mês