Digestivo nº 303 | Julio Daio Borges | Digestivo Cultural

busca | avançada
58188 visitas/dia
2,0 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Unil oferece abordagem diferenciada da gramática a preparadores e revisores de texto
>>> Conversas no MAB com Sergio Vidal e Ana Paula Lopes
>>> Escola francesa de Design, Artes e Comunicação Visual inaugura campus em São Paulo
>>> TEATRO & PODCAST_'Acervo e Memória', do Célia Helena, relembra entrevista com Nydia Licia_
>>> Projeto Cultural Samba do Caxinha cria arrecadação virtual para gravação de seu primeiro EP
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Aos nossos olhos (e aos de Ernesto)
>>> Carol Sanches, poesia na ratoeira do mundo
>>> O fim dos livros físicos?
>>> A sujeira embaixo do tapete
>>> Moro no Morumbi, mas voto em Moema
>>> É breve a rosa alvorada
>>> Alameda de água e lava
>>> Entrevista: o músico-compositor Livio Tragtenberg
>>> Cabelo, cabeleira
>>> A redoma de vidro de Sylvia Plath
Colunistas
Últimos Posts
>>> Gente feliz não escreve humor?
>>> A profissão de fé de um Livreiro
>>> O ar de uma teimosia
>>> Zuza Homem de Mello no Supertônica
>>> Para Ouvir Sylvia Telles
>>> Van Halen ao vivo em 1991
>>> Metallica tocando Van Halen
>>> Van Halen ao vivo em 2015
>>> Van Halen ao vivo em 1984
>>> Chico Buarque em bate-papo com o MPB4
Últimos Posts
>>> O poder da história
>>> Caraminholas
>>> ETC. E TAL
>>> Acalanto para a alma
>>> Desde que o mundo é mundo
>>> O velho suborno
>>> Normal!
>>> Os bons companheiros, 30 anos
>>> Briga de foice no escuro
>>> Alma nua
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Prêmio Nobel de Literatura para um brasileiro - II
>>> Delicado, vulnerável, sensível
>>> De Kooning em retrospectiva
>>> O Tigrão vai te ensinar
>>> Aquele apoio
>>> A forca de cascavel — Angústia (Fuvest)
>>> Pouca gente sabe
>>> O chilique do cabeleireiro diante da modelo
>>> Paradiso por Metheny
>>> A nova propaganda anda ruim
Mais Recentes
>>> Curso Básico de Teologia de Antônio Mesquita Galvão pela Pão e Vinho (2003)
>>> Guia politicamente incorreto da História do Mundo de Leandro Narloch pela Leya (2013)
>>> Síndrome do Estrangeiro de Málu Balona pela Editares (2006)
>>> Geographia Sentimental de Plínio Salgado pela José Olympio (1937)
>>> Chama Crística de Norberto Peixoto pela Do Conhecimento (2001)
>>> Obra Escolhida de Descartes pela Difusão Europeia do Livro (1962)
>>> O Lado Difícil Das Situações Difíceis de Ben Horowitz pela WMF Martins Fontes (2020)
>>> Medida provisória 1 6 1 de Ademir Antonio Bacca pela Toazza (1990)
>>> Autenticidade Consciencial de Tony Musskopf pela Editares (2012)
>>> Perdão: Opção Cosmoética de Seguir em Frente de Vera Tanuri pela Editares (2016)
>>> Criação de Delores Pires pela Do autor (1989)
>>> O castelo nos Pirineus de Jostein Gaarder pela Companhia das Letras (2010)
>>> Um Caso Muito Sujo de Shirley Souza pela Paulus (2011)
>>> Astronauta de Brinquedo de Marcelo Miguel pela Paulista (1995)
>>> A Vida Cética de Pirro de Gabriela G. Gazzinelli pela Loyola (2009)
>>> Karl Marx - Biografia de P. N. Fedosseiev (e outros) pela Avante (Lisboa) e Progresso (Moscou) (1983)
>>> Meus devaneios poéticos de Darcy Arruda Miranda pela Do Autor (1984)
>>> Poeta, mostra a tua cara de Berecil Garay pela Toazza (1992)
>>> Nós Nus de Ione França pela Do autor (1989)
>>> Evolução de Alejandro Roldán pela Editorial Atlântida S. A. (1958)
>>> O bom filho a casa torra de Leila Miccolis pela Edicon (1992)
>>> Grandes Frases (Pocket) de Zibia Gasparetto pela Evd/ Vida e Consciência (2017)
>>> Sexo das Flores de Pedro Jofre Marodin pela Ermitagem (1989)
>>> O Brazil em face do Prata de Gustavo Barroso pela Imprensa Nacional (1930)
>>> Coreto de papel de Noel Nascimento pela Vicentina (2003)
>>> Projeto de Ensino de Geografia: Geografia Geral de Demétrio Magnoli; Regina Araujo pela Moderna (2004)
>>> A Serpente de Nelson Rodrigues pela Nova Fronteira (1980)
>>> Reencontro com Voce - Psicologia Aplicada de Julia Blanque pela Romero Santiago (2010)
>>> Ontem Agora = Poemas inéditos de Helena Kolody pela Regina Benitez (1991)
>>> Contabilidade Aplicada ao Setor Público de Francisco Glauber Lima Mota pela Brasília (2009)
>>> Mentes Perigosas o psicopata mora ao lado - Psicologia de Ana beatriz Barbosa Silva pela Fontanar (2008)
>>> Código Penal Comentado de Guilherme de Souza Nucci pela Revista dos Tribunais (2008)
>>> Asas de Jaime Vieira pela Edicon (1989)
>>> "Pássaro sem Asas" de Maria do Karmo Santos pela Tudo Novo
>>> Privatize Já: Pare de Acreditar em Intrigas Eleitorais e Entenda Como a Privatização Fará do Brasil um País Melhor de Rodrigo Constantino pela Leya (2012)
>>> O Filho de Netuno de Rick Riodan pela Intrinseca (2012)
>>> Les fleurs du mal de Baudelaire pela Didier (1961)
>>> Poetas contemporâneos Brasileiros = vol 4 de Diversos autores pela Toazza (1990)
>>> A Cauda Longa a Nova dinamica de Marketing- Administração de Chris Anderson pela Campus (2006)
>>> O Outro Lado de Mim de Sidney Sheldon pela Record (2005)
>>> Poetas contemporâneos Brasileiros = vol 3 de Diversos autores pela Toazza (1990)
>>> Em Busca de Respostas (Versão Pocket) de Zibia Gasparetto pela Evd/ Vida e Consciência (2017)
>>> Poetas contemporâneos Brasileiros = vol. 2 de Diversos autores pela Toazza (1990)
>>> O Mar de Monstros de Rick Riodan pela Intrinseca (2009)
>>> Poetas contemporâneos Brasileiros = vol. 1 de Diversos autores pela Toazza (1990)
>>> Como Organizar sua vida Financeira - Administração de Gustavo Cerbasi pela Campus (2009)
>>> Viagem no Espelho de Helena Kolody pela Criar (1988)
>>> As Luzes de Setembro de Carlos Ruiz Zafón pela Objetiva (2013)
>>> Fuja Logo e Demora para Voltar de Fred Vargas pela Companhia das Letras (2004)
>>> O Menino Sem Imaginação de Carlos Eduardo Novaes pela Ática (2008)
DIGESTIVOS

Sexta-feira, 10/11/2006
Digestivo nº 303
Julio Daio Borges

+ de 2900 Acessos
+ 4 Comentário(s)




Imprensa >>> Todo mês será assim?
Não era bravata, a Rolling Stone brasileira chegou. Mais de trinta anos separada de sua antecessora, que tratava sobretudo de MPB, sob a chuva ácida da ditadura. A RSB de agora chega meio contaminada pelas pautas comportamentais que a MTV Brasil introduziu no jornalismo musical brasileiro, desde os anos 90, quando ascendeu enquanto a Bizz antiga declinou. Então, é sintomático que a capa da Rolling Stone atual seja dedicada a Gisele Bündchen – segundo a chamada, a “nossa maior popstar” – e, não, a um músico, seja de MPB, seja de rock ou do que sobrou. Em tempos menos “monolíticos”, conforme colocou Philip Gourevitch na Flip, fica cada vez mais difícil eleger um “ídolo” que mereça uma capa de revista. Melhor apostar na capa de todas, ou quase todas, as publicações estreantes: Gisele (quando dá pra pagar o cachê) Bündchen. No aspecto musical propriamente dito, uma boa mistura entre o consagrado (“Bob Dylan”, “Jack Nicholson”...) e o “novo” (“Mariana Ximenes”, “Cansei de Ser Sexy”...). E o pessoal da Bizz reloaded deveria se preocupar, porque a sensação é de que há muito mais matéria pra ler – mesmo considerando-se que 50% da RSB vem de fora, de tradução. Dentro da nova moda das reportagens, e de “contar boas histórias” (alguém aí falou em jornalismo literário?), Claudio Tognolli foi escalado para “cobrir” Brasília e Marcelo Rubens Paiva, para perfilar a eterna musa de O Invasor. Fora isso, resenhas de discos meio em cima do muro (resquício do tempo das majors?), o mesmo “formatão” (e o mesmo papel) que consagrou a publicação, e alguns “heróis” musicais da cena brasuca de décadas atrás, como New Order e Slayer (!). O desafio de emplacar é o mesmo da versão recauchutada da Bizz: ultrapassar os 5 mil pagantes que a última vem angariando mensalmente. Pouco para um país musical como o Brasil. E nenhuma das duas está pensando em internet a sério ainda... [Comente esta Nota]
>>> Rolling Stone Brasil
 



Música >>> Construção de um sonho
O apogeu das temporadas de concertos em 2006 tem, pelo menos, um antecedente: as temporadas de concertos da Sociedade de Cultura Artística. A SCA, na abreviatura, começou suas atividades em 1912. Já em 1916, os 650 sócios estouravam a cota de convites e acenavam com a necessidade de uma sede. Do terreno, em 1919, até os concertos de estréia com Villa-Lobos e Camargo Guarnieri, em 1950, a Sociedade de Cultura Artística atravessou uma grande guerra, uma crise do café (outra de 29) e uma revolução (a de 32), para chegar ao teatro que todos, em São Paulo, conhecemos, na rua Nestor Pestana. Quem conta essa história é Gioconda Bordon, que, além de comandar o Estação Cultura (na rádio Cultura FM), é diretora artística da SCA. No livreto de encerramento da temporada 2006, o melômano ainda contava com os comentários de J. Jota de Moraes – isso se não trombasse, na platéia, com Arthur Nestrovski (e sua Inês), e com Hélio Goldsztejn (do literariamente badalado Entrelinhas, na TV Cultura). Por ser a mais tradicional, a temporada da Sociedade de Cultura Artística é a única considerada imperdível pelo who’s who da música (e da crítica de música) na capital paulista. Em 2006, fechou-se com chave de ouro graças a Les Musiciens du Louvre (de Grenoble), sob a direção de Marc Minkowski, tocando Mozart. Muito brilho na execução do balé final da ópera Idomeneo e muito fôlego (e músculo) na execução das Sinfonias 40 e 41 (Júpiter). Para quem sempre associou o Teatro Cultura Artística ao teatro propriamente dito, e a campeões de bilheteria como Marco Nanini, Marieta Severo e Paulo Autran, o som de uma sinfônica a todo vapor poderia, de início, estranhar um pouco. Na verdade, era apenas um “choque de realidade”, pois Minkowski e Les Musiciens du Louvre estavam devolvendo o teatro da SCA à sua vocação original. Que as próximas temporadas continuem servindo assim de referência para as demais. [Comente esta Nota]
>>> Sociedade de Cultura Artística
 



Internet >>> Naked Conversations
Depois de uma ediçãozinha mixuruca sobre a Web 2.0, a maioria das publicações nacionais abandonou o assunto. Não porque a Web 2.0 – ou o que quer que ela seja – tenha perdido o fôlego, mas porque – como todos sabemos – os jornalistas brasileiros não acompanham o que acontece na internet (mesmo quando, teoricamente, estão nela). Enfim: se Michael Arrington já tinha o melhor blog do mundo para quem queria acompanhar as start-ups que surgem todos os dias, no embalo do novo boom, agora ele se superou. Do TechCrunch, o blog, Arrington derivou o TalkCrunch, um podcast. São mais de seis meses de investidas em áudio, em mais de quinze programas, fazendo o trabalho que nem os jornalistas dos Estados Unidos estão fazendo mais: reportando o que acontece – hoje – na internet. Pelos microfones do TalkCrunch, já passaram o pessoal do Digg (na época, ultrapassando o New York Times na Web), o CEO do novíssimo Wikia (disponibilizando, amplamente, a tecnologia da Wikipedia) e a turma do Google Calendar (mais uma investida, junto com o Gmail, para dar cabo do Outlook, da Microsoft). A diferença das entrevistas de Michael Arrington – para a cobertura burocrática que um jornalista normal faria – é que ele participa do processo ativamente, como blogger. Arrington talvez seja criticado por não ter isenção, e por se colocar radicalmente em algumas discussões, mas jamais pode ser acusado de não cumprir com sua obrigação de entrevistador. Na venda do Reddit, inquiriu incansavelmente sobre o valor da negociação; no bate-papo com os idealizadores do Pageflakes, não sossegou enquanto não obteve números aproximados dos usuários; e na controversa idéia por trás do PayPerPost, levantou considerações éticas com as quais os blogueiros brasileiros ainda nem sonham... Ninguém precisa esperar mais a cobertura sensacionalista das revistas de informática, nem o tom de auto-ajuda dos cadernos de tecnologia dos jornais, Michael Arrington está disponível em nova versão: falada. [Comente esta Nota]
>>> TalkCrunch
 
>>> EVENTOS QUE O DIGESTIVO RECOMENDA

O Viandier, Casa de Gastronomia, convida, nesta semana, os Leitores do Digestivo Cultural para o curso "Descobrindo os Sabores do Brasil", com Ricardo Maranhão, professor de história da gastronomia, da USP, que acontece nos dias 7, 9 e 14 de novembro, sempre às 19h30. (O Viandier fica na alameda Lorena, nº 558, nos Jardins e o telefone, para reservas, é: 11 3057-2987 ou 3887-2943 – ou ainda pelo e-mail).



>>> Palestras
* O Grande Jogo: política, cultura e idéias em tempo de barbárie
Heródoto Barbeiro, Demétrio Magnoli, Roberto Romano e Gilson Schwartz
(Sáb., 11/11, 15h00, VL)
* O ano em que meus pais saíram de férias (making-off)
Cao Hamburger
(Ter., 14/11, 19h30, VL)

>>> Autógrafos
* Moderno de Nascença: figurações do Brasil
Benjamin Abdala Jr. e Salete de Almeida Cara (org.)
(Seg., 13/11, 18h30, CN)
* Sushi: sabor milenar - Sergio Neville Holzmann
(Seg., 13/11, 19h00, MP)
* Cultura e Vida Cotidiana no Jornal - Terezinha Tagé
(Qui., 16/11, 18h30, CN)
* Diário de um Cavaleiro Templário - Orlando Paes Filho
(Sáb., 18/11, 15h00, VL)

>>> Shows
* Luz da Lua - Alex Buck
(Qui., 16/10, 19h30, MP)
* Rock - Debate
(Dom., 19/10, 18h00, VL)

* Livraria Cultura Shopping Villa-Lobos (VL): Av. Nações Unidas, nº 4777
** Livraria Cultura Conjunto Nacional (CN): Av. Paulista, nº 2073
*** Livraria Cultura Market Place Shopping Center (MP): Av. Chucri Zaidan, nº 902
**** a Livraria Cultura é parceira do Digestivo Cultural

 
Julio Daio Borges
Editor

* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

ENVIAR POR E-MAIL
E-mail:
Observações:
COMENTÁRIO(S) DOS LEITORES
11/11/2006
00h27min
A Rolling Stone passou a ser sinônimo de estilo de vida, de mundo. E Gisele, nesse estilo, é simplesmente demais. Valeu mesmo!Sobre o site: chic demais.
[Leia outros Comentários de Manoel Messias Perei]
11/11/2006
10h54min
Estava na expectativa da revista nas bancas... como seria? Quando vi a Gisele e olhei dentro... fiquei decepcionada. Não é impactante, nem vale a grana que custa. Entre as inúmeras publicações expostas nas bancas atualmente - eu pelo menos acho - tem sido difícil levar alguma coisa pra casa que realmente valha a pena.
[Leia outros Comentários de Camaleoa]
18/11/2006
18h20min
Rolling Stone brasileira... Será que no Brasil não temos jornalistas capacitados para criar uma nova revista, com identidade própria? Temos que viver sempre à sombra de alguém?
[Leia outros Comentários de noe ferreira borges ]
23/11/2006
21h42min
Acredito que a Rolling Stone seja uma revista capaz de experimentar uma nova linguagem. Mas o problema é quando isso acaba virando clichê, o modo com as matérias são construídas não passa de frugalidade... Eu acredito na revista. Particularmente gosto de revistas que misturam Maisntream, Pop, Rock... Espero mais da revista brasileira e gostei da Gisele na capa. Sem dúvida. ela é a maior Pop Star Brasileira. Pop... gosto dessa palavra =)
[Leia outros Comentários de Camila Martucheli]

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




THE POETICAL WORKS OF RUPERT BROOKE
GEOFFREY KEYNES (EDITED)
FABER AND FABER (LONDRES)
(1946)
R$ 35,28



A ÁRVORE DOS SEXOS
SANTOS FERNANDO
CIRCULO DO LIVRO
(1974)
R$ 5,00



JESUS A PESSOA MAIS INTRIGANTE E INFLUENTE QUE JÁ VIVEU NESTE MUNDO
JUANRIBE PAGLIARIN
LANDSCAPE
(2006)
R$ 8,00



THE NEW UNIVERSE: HERE, NOW, AND BEYOND
NATIONAL GEOGRAPHIC SPECIAL PUBLICATION
NATIONAL GEOGRAPHIC WASHINGTON
(2010)
R$ 38,82



PANORAMA GEOGRÁFICO DO BRASIL-ASPECTOS FÍSICOS, HUMANOS E ECONOMICOS
MELHEM ADAS
MODERNA
(1989)
R$ 23,94



OS PRÊMIOS
JULIO CORTÁZAR
ABRIL
(1975)
R$ 13,00



PEQUENA HISTÓRIA DA PSICOLOGIA
MICHAEL WERTHEIMER
NICIONAL
(1976)
R$ 6,90



JUSCELINO & JANGO PSD&PTB
ABELARDO JUREMA
ARTENOVA
(1979)
R$ 18,00



NIETZSCHE E A VERDADE
ROBERTO MACHADO
PAZ & TERRA
(2017)
R$ 29,00



COMO CONQUISTAR UM ÓTIMO EMPREGO
THOMAS A. CASE
PEARSON
(1997)
R$ 5,00





busca | avançada
58188 visitas/dia
2,0 milhões/mês