O Brasil na capa da Economist | Digestivo Cultural

busca | avançada
86234 visitas/dia
2,1 milhões/mês
Mais Recentes
>>> ZapMusic, primeiro streaming de músicos brasileiros, abre inscrições para violonistas
>>> Espetáculo de dança em homenagem à Villa-Lobos estreia nesta sexta
>>> Filó Machado comemora 70 anos de vida e 60 de carreira em show inédito com sexteto
>>> Série 8X HILDA tem sessões com leitura das peças As Aves da Noite e O Novo Sistema
>>> Festival Digital Curta Campos do Jordão chega a todo o território nacional com 564 filmes inscritos
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Um antigo romance de inverno
>>> O acerto de contas de Karl Ove Knausgård
>>> Assim como o desejo se acende com uma qualquer mão
>>> Faça você mesmo: a história de um livro
>>> Da fatalidade do desejo
>>> Cuba e O Direito de Amar (3)
>>> Isto é para quando você vier
>>> 2021, o ano da inveja
>>> Pobre rua do Vale Formoso
>>> O que fazer com este corpo?
Colunistas
Últimos Posts
>>> Queen na pandemia
>>> Introducing Baden Powell and His Guitar
>>> Elon Musk no Clubhouse
>>> Mehmari, Salmaso e Milton Nascimento
>>> Gente feliz não escreve humor?
>>> A profissão de fé de um Livreiro
>>> O ar de uma teimosia
>>> Zuza Homem de Mello no Supertônica
>>> Para Ouvir Sylvia Telles
>>> Van Halen ao vivo em 1991
Últimos Posts
>>> Tiro ao alvo
>>> A TETRALOGIA BUARQUEANA
>>> Bom de bico
>>> Diário oxigenado
>>> Canção corações separados
>>> Relógio de pulso
>>> Centopéia perambulante
>>> Fio desemcapado
>>> Verbo a(fiado)
>>> Janelário
Blogueiros
Mais Recentes
>>> A Literatura na poltrona
>>> Eduardo Arcos en el EBE 2008
>>> Nasce um imortal: José Saramago
>>> Diogo Salles no podcast Guide
>>> Coração generoso
>>> Música Discreta
>>> Cada dia mais jovem - um retrato de minha mãe
>>> Sobre Sherlock Holmes
>>> 7 de Setembro
>>> Onde moram as crônicas
Mais Recentes
>>> Penso e Acontece de Bob Proctor pela CDG Grupo Editorial (2014)
>>> A Escada para o triunfo de Napoleon Hill pela CDG Grupo Editorial (2016)
>>> O Pajé de Cristo de Homer E. Dowdy pela Sepal (1997)
>>> A Verdadeira Religião Christã 2 Volumes de Emanuel Swedenborg pela Freitas Bastos S/A (1964)
>>> Direito Previdenciário em Tempos de Crise de Ana Paula Fernandes, Roberto de Carvalho Santos, Marco Aurélio Serau Júnior pela Ieprev (2019)
>>> História Geral da Civilização Brasileira - III o Brasil Republicano de Boris Fausto Diretor pela Difel (1981)
>>> Rumo a uma Civilização Solar de Omraam Mikhaël Aïvanhov pela Prosveta (1982)
>>> O Simbolismo das Religiões de Mario Roso de Luna pela Siciliano (1990)
>>> Os manuscritos do mar morto de Geza Vermes pela Mercuryo (1997)
>>> Estrutura e Origem das Paisagens Tropicais e Subtropicais de João José Bigarella pela Ufsc (2003)
>>> Jogos Radicais de Teresa M. G. Jardim pela Assírio & Alvim (2010)
>>> Brusque - Cidade Schneeburg de Saulo Adami/Tina Rosa pela S&t (2021)
>>> Psicología Y Alquimia (em Espanhol) de Carl G Jung pela Santiago Rueda (1957)
>>> The Beatles - a Biografia de Bob Spitz pela Larrousse (2007)
>>> Enciclopédia De Dificuldades Bíblicas de Gleason Archer pela Vida
>>> Wagner, Mitologo Y Ocultista de Mario Roso De Luna pela Glem (1958)
>>> Impactando cidades - 4 estratégias de batalha espiritual para avançar na conquista de sua cidade de Martin Scott pela Danprewan (2005)
>>> Cavalo de Troia 7 - Nahum de J.J. Benítez pela Mercuryo (2006)
>>> Harry Potter and the Half Blood Prince de J. K. Rowling pela Bloomsbury (2005)
>>> Cidades médias- espaços em transição de Maria encarnação beltrão sposito pela Expressão popular (2007)
>>> Amor É Tudo Que Nós Dissemos Que Não Era de Charles Bukowski pela 7 Letras (2012)
>>> Juliette Society de Sasha Grey pela Leya (2013)
>>> Oeuvres Complètes de Rabelais pela Biblioteque de la Pleiade NRF (1938)
>>> A lei e ilegalidade na produção do espaço urbano de Edesio fernandes pela Del rey (2021)
>>> O espaço público na cidade comtemporânea de Angelo serpa pela Contexto (2009)
DIGESTIVOS >>> Notas >>> Imprensa

Sexta-feira, 27/11/2009
O Brasil na capa da Economist
Julio Daio Borges

+ de 8900 Acessos




Digestivo nº 442 >>> Números oficiais podem mentir, Copa do Mundo e Olimpíadas podem guardar um apelo de "pão e circo", mesmo os BRICs são uma previsão que poderia falhar, mas e a capa da melhor revista do mundo — a mais séria, a mais bem escrita, a mais respeitada (junto com a lendária New Yorker)? E não foi qualquer capa: "O Brasil decola", chamando para uma "reportagem especial", de 14 páginas, "sobre a história de maior sucesso da América Latina". Tudo bem que "América Latina" não é Europa, nem Ásia, nem muito menos América do Norte, mas o Brasil circulou, com o aval da publicação mais importante do mundo, durante uma semana, sendo vendido como a grande esperança, para a economia do planeta, entre a elite dos negócios globais... A Economist começa afirmando que o Brasil sempre teve "grande potencial", pois detém as maiores reservas de água do mundo, as maiores florestas, uma terra incrivelmente fértil (que permite até três colheitas por ano), fora uma grande riqueza mineral e de hidrocarbonetos. Sobre o atual momento, assinala que o Brasil já teve democracia antes, já teve inflação sob controle antes e já teve crescimento econômico antes, mas nunca teve "tudo ao mesmo tempo" (como agora). A revista espera que o povo brasileiro supere ainda as dúvidas, históricas, sobre o funcionamento do "livre mercado", a crença, perigosa, num governo que "diz que sabe" intervir na economia e nos negócios, e, de quebra, torce para que o País supere suas "escorchantes" taxas de juro. A Economist não esquece a alardeada sorte de Lula e lembra, com justiça, os feitos econômicos do governo FHC. Chama a atenção para a maior IPO do mundo, neste ano, a do grupo Santander, na bolsa de valores de São Paulo. Mas, sabiamente, não esquece de mencionar os spreads dos bancos brasileiros, que ninguém considera desprezíveis (nem os próprios), sendo os maiores entre os BRICs. Através de um gráfico, a revista mostra também que os investimentos explodiram a partir da consolidação do real e que o Brasil já é o maior destino dos investidores, entre os países em desenvolvimento, depois da China. Pela primeira fez, afirma a Economist, temos multinacionais de verdade, como Petrobras, Vale e Embraer (entre outras). A revista assinala, ainda, o boom das commodities que beneficiou o maior exportador de café, açúcar, frango, carne e suco de laranja do mundo (futuramente, também, de petróleo?). Contudo, alerta para a persistente sombra do atraso no estado brasileiro, graças a uma constituição que mais prevê gastos do que o modo como as instituições devem funcionar; sem falar numa arcaica legislação trabalhista, ainda da década de 1940, quando se imaginava que os trabalhadores se empregariam em grandes fábricas, numa economia sempre estável, e "para toda a vida". E a nova classe média não poderia ficar de fora, com a expansão da "classe C" de 42% (2004) para 52% (2008) da população, segundo a FGV; e com a diminuição dos miseráveis em 50%, de 2003 a 2008, segundo o Ipea. Por fim, a Economist compara o Brasil aos Estados Unidos, dizendo que o nosso "caldeirão de raças" (melting pot) é ainda mais rico que o deles e que o País do Futuro pode se tornar o País do Presente, se combater a criminalidade, se livrar de políticos corruptos, garantir saneamento básico, diminuir a impunidade e impedir a devastação... O ufanismo pós-Economist, no final das contas, se justifica? Só se fizermos, como dizem em inglês, a nossa "lição de casa" — e ela não é pouca. Nunca devemos esquecer que começamos a "acertar" há 15 anos, e que temos de reverter quase 500 anos de atraso.
>>> Brazil takes off
 
Julio Daio Borges
Editor

Quem leu esta, também leu essa(s):
01. Como os jornais vão sobreviver na era da internet?, por Hal Varian (Imprensa)
02. A revolução dos q-bits, de Oliveira e Vieira (Além do Mais)
03. Stones Scorsese Shine a Light (Música)
04. O Itaú Unibanco na Cultura (Além do Mais)
05. Yada yada yada (Artes)


Mais Notas Recentes
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




A Lenda da Paxiúba - Coleção Lendas Brasileiras
Terezinha Éboli
Universo dos Livros
(2012)
R$ 34,90
+ frete grátis



Visões da Rússia e do Mundo Comunista - 9632
Silveira Bueno
Saraya
(1961)
R$ 8,00



Uma vez em Paris
Diana Palmer
Best Seller
(1999)
R$ 21,00



Afrodescendientes en las Américas : Trayectorias sociales e identitarias : 150 años de la abolición de la esclavitud en Colombia
Claudia Mosquera; Mauricio Pardo; Odile Hoffman
Universidad Nacional de Colombia
(2012)
R$ 120,00



A Professora Jacira Pernilonga
Maria Heloisa Penteado
Scipione
(1990)
R$ 6,99



Os Mandarins
Simone de Beauvoir
Nova Fronteira
(2017)
R$ 43,50



Desejo - Receitas
Carla Pernambuco
Do Bispo
(2005)
R$ 85,00



Meu cliente não voltou, e agora?
Fátima Merlin
Poligrafia
(2014)
R$ 25,00



Varanda: o Cotidiano Carioca
Nisia Nobrega
Rio Fundo
(1995)
R$ 10,82



Praia de Manhattan
Jennifer Egan
Intrinseca
(2018)
R$ 35,00





busca | avançada
86234 visitas/dia
2,1 milhões/mês