Livre como um táxi | Digestivo Cultural

busca | avançada
74501 visitas/dia
2,0 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Péricles Cavalcanti - lançamento de SALTANDO COMPASSOS
>>> Espetáculo “Canções Para Pequenos Ouvidos” chega ao Teatro Clara Nunes, em Diadema
>>> (Abre 11/10) Mostra BAÚ DA DGT_curadores Francisco Gaspar,Tuna Dwek, Donny Correia e Diego da Costa
>>> Escrever outros Corpos - Criar outras Margens || BELIZARIO Galeria
>>> SESC 24 DE MAIO RECEBE EVENTO DE LANÇAMENTO DA COLEÇÃO ARQUITETOS DA CIDADE
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Rodolfo Felipe Neder (1935-2022)
>>> A pior crônica do mundo
>>> O que lembro, tenho (Grande sertão: veredas)
>>> Neste Momento, poesia de André Dick
>>> Jô Soares (1938-2022)
>>> Casos de vestidos
>>> Elvis, o genial filme de Baz Luhrmann
>>> As fezes da esperança
>>> Quem vem lá?
>>> 80 anos do Paul McCartney
Colunistas
Últimos Posts
>>> Agnaldo Farias sobre Millôr Fernandes
>>> Marcelo Tripoli no TalksbyLeo
>>> Ivan Sant'Anna, o irmão de Sérgio Sant'Anna
>>> A Pathétique de Beethoven por Daniel Barenboim
>>> A história de Roberto Lee e da Avenue
>>> Canções Cruas, por Jacque Falcheti
>>> Running Up That Hill de Kate Bush por SingitLive
>>> Oye Como Va com Carlos e Cindy Blackman Santana
>>> Villa candidato a deputado federal (2022)
>>> A história do Meli, por Stelleo Tolda (2022)
Últimos Posts
>>> Universos paralelos
>>> Deseduquei
>>> Cuidado com a mentira!
>>> E agora? Vai ter pesquisa novamente?
>>> Cabelos brancos
>>> Liberdade
>>> Idênticos
>>> Bizarro ou sem noção
>>> Sete Belo
>>> Baby, a chuva deve cair. Blade Runner, 40 anos
Blogueiros
Mais Recentes
>>> perversão sexual
>>> Trailer do Fim do Mundo
>>> Uísque ruim, degustador incompetente
>>> O bom e velho jornalismo de sempre
>>> Apresentação
>>> Sabemos pensar o diferente?
>>> A fragilidade dos laços humanos
>>> Anomailas, por Gauguin
>>> Felicidade
>>> Ano novo, vida nova.
Mais Recentes
>>> A Jornada Para Casa Uma Parabola De Kryon - A Historia De Michael Thomas E Os Sete Anjos de Lee Carroll pela Madras (2011)
>>> No Vale Dos Suicidas - Madras de Evaristo Humbertto De Araujo pela Madras (2009)
>>> Os Segredos Do Karate Shotokan de Robin L Rielly pela Madras (2011)
>>> História social da criança e da família de Philippe Ariés pela Guanabara (1981)
>>> A revolução da palavra - Uma visão do homo loquens de Pedro Paulo Filho pela Siciliano (1987)
>>> A Sombra de uma Paixão de Tanya Oliveira pela Lúmen (2007)
>>> A evolução da consciência de Robert Ornstein pela Best Seller (1991)
>>> Iracema de José de Alencar pela L&Pm Pocket (2009)
>>> Ciência e fé: O reencontro pela- Física quântica de Bispo Rodovalho pela Lua de mel (2013)
>>> A ponte clandestina - Teorias de cinema na América Latina de José Carlos Avelar pela 34 (1995)
>>> As Fortunas do Cortesão de Peter Burke pela Unesp (1997)
>>> O barão das árvores de Italo Calvino pela Companhia Das Letras (1991)
>>> Cultura Brasileira - Temas e Situações de Alfredo Bosi pela Atica (1992)
>>> Poemas de Rainer Maria Rilke pela Companhia Das Letras (1993)
>>> A Feira das Vaidades - I e II Volume de William Makepeace Thackeray pela Civilização Brasileira (1963)
>>> Cinema marginal (1968/1973) - A representação em seu limite de Fernão Ramos pela Brasiliense (1987)
>>> O Circo da Noite de Erin Morgenstern pela Intrínseca (2012)
>>> A vida viaja na luz de Carlos A. Baccelli Inácio Ferreira pela Leepp (2011)
>>> Por que perdeu ?: Dez desfiles derrotados que fizeram história de Marcelo de Mello pela Record (2018)
>>> Cultura de Massa e Cultura Popular de Ecléa Bosi pela Vozes (1973)
>>> Antes de dormir de S. J. Watson pela Record (2012)
>>> História da Civilização - Idade Média, Moderna e Contemporânea de António G. Mattoso pela Lisboa - Livraria Sá da Costa (1956)
>>> Uma história da república de Lincoln de Abreu Penna pela Nova Fronteira (1989)
>>> Adestramento de Cães para Leigos de Jack Volhard / Wendy Volhard pela Alta Books (2005)
>>> Capitalismo, trabalho e educação de José Claudinei Lombardi pela Autores Associados (2004)
DIGESTIVOS >>> Notas >>> Imprensa

Quarta-feira, 29/8/2001
Livre como um táxi
Julio Daio Borges

+ de 2000 Acessos




Digestivo nº 47 >>> Em meio a altas e baixas do mundo virtual, alguns ases da palavra (e da imagem) mantêm o seu curso (inalterado) no mar da internet. Mobilizando uma audiência que lhes permite subir ao pódio dos websites mais visitados, provam que existe esperança para a Humanidade, e vida inteligente na Web. Embora esteja há pouco mais de um ano no ar, o Millôr Online é o exemplo maior (e o modelo mais copiado) de como explorar a fluidez da Rede, fazendo dela uma alternativa crítica ao establishment, sem fugir da realidade (palpável), sem sucumbir ao imediatismo (jornalístico) e à mesmice (do tempo presente). Também pudera. Como próprio Millôr já disse (quando da inauguração de seu "saite"), a internet foi inventada para ele. Artista renascentista (muito além do "humorismo"), manifestou seu gênio desde o inconfundível traço (indo da charge aos painéis, ao hai-kai) até a escrita em insuspeitadas modalidades (indo do frasismo, dos mais notáveis da língua, até a tradução de Shakespeare, até a dramaturgia). Paulo Francis ("bípede implume insuportavelmente sapiens") costumava dizer que se Millôr Fernandes tivesse nascido em idioma mais conhecido, teria para si a reputação de um Voltaire. E o Millôr Online sabe fazer uso de todas essas capacidades, desdobrando a obra do guru do Meyer em mais de 30 seções e 200 mil ítens. Estão lá: os Amigos (em Retratos 3x4), o Daily Míllor ("cada exemplar é um número, cada número é um exemplar"), o Sexo ("Podem fazer o sexo grupal que quiserem: filho vai ser sempre de duas pessoas."), a Economia ("O sistema bancário subsiste mesmo em países socialistas, por um motivo muito simples - é genial."), o Pasquim ("Apelando para as memórias de velhas amigas, cheguei à conclusão de que estou muito perto das 5.000"), The Cow ("Agora é que são elas: Now is that they are they"), os Uolpapers (Elefante diz para a elefanta: "Não adianta resistir, querida, esse sentimento é muito maior do que nós") e, logicamente, as Frases ("O homem é o único animal que ri. E é rindo que ele mostra o animal que é."). Não bastasse a singular condição que coloca Millôr Fernandes entre os grandes realizadores do século XX (e XXI), ele ainda estabelece diálogo com seus milhares de leitores, e cutuca o "País do Faturo", diariamente, com a mesma vitalidade (sem descansar sobre seu legado e sua reputação). É clicar e conferir.
>>> http://www.millor.com.br/
 
Julio Daio Borges
Editor

Quem leu esta, também leu essa(s):
01. A aquisição do Whatsapp, pelo Facebook, por 19 bilhões de dólares (Internet)
02. A morte da MTV Brasil (Televisão)
03. Caro Francis, documentário de Nelson Hoineff (Cinema)
04. Chamadas Telefônicas, de Roberto Bolaño (Literatura)
05. O Papel da Oposição, artigo de Fernando Henrique Cardoso (Além do Mais)


Mais Notas Recentes
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Encontro com o Mestre
DeRose
matrix
(2002)



Iluminação Interior
John White. Org
Cultrix
(1998)



O Sonhador a Fábrica de Sonhos
João Berbel
Farol das Três Colinas
(2014)



O Melhor da Cronica
Lindolfo Paoliello
Del Rey
(2003)



A Teia do Homem Aranha - Vol. 5
Marvel
Panini Comics
(2011)



Simpatias e Segredos Populares - 4ª Edição
Nivio Ramos Sales
Pallas
(2008)



Histórias "Animais" que as Pessoas Contam
Marcel Benedeti
mundo maior
(2006)



Brincando Com Colagens, Recortes e Dobraduras
Rosangela P. Nascimento
Global
(2002)



Livro - Série Bom Livro - o Alienista
Machado de Assis
Ática
(2002)



Sangue e Esplendor
Daniel Myerson
ediouro
(2003)





busca | avançada
74501 visitas/dia
2,0 milhão/mês