Como viver junto | Digestivo Cultural

busca | avançada
69048 visitas/dia
2,0 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Ambulantes faz show de seu novo disco na Casa de Cultura Chico Science
>>> SESI São José dos Campos apresenta a exposição J. BORGES - O Mestre da Xilogravura
>>> Festival gratuito, diurno, 8o.Festival BB Seguros de Blues e Jazz traz grandes nomes internacionais
>>> Bruno Portella ' Héstia: A Deusa do Fogo ' na Galeria Alma da Rua I
>>> Pia Fraus comemora 40 anos com estreia de espetáculo sobre a vida dos Dinossauros do Brasil
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Garganta profunda_Dusty Springfield
>>> Susan Sontag em carne e osso
>>> Todas as artes: Jardel Dias Cavalcanti
>>> Soco no saco
>>> Xingando semáforos inocentes
>>> Os autômatos de Agnaldo Pinho
>>> Esporte de risco
>>> Tito Leite atravessa o deserto com poesia
>>> Sim, Thomas Bernhard
>>> The Nothingness Club e a mente noir de um poeta
Colunistas
Últimos Posts
>>> Metallica homenageando Elton John
>>> Fernando Schüler sobre a liberdade de expressão
>>> Confissões de uma jovem leitora
>>> Ray Kurzweil sobre a singularidade (2024)
>>> O robô da Figure e da OpenAI
>>> Felipe Miranda e Luiz Parreiras (2024)
>>> Caminhos para a sabedoria
>>> Smoke On the Water (2024)
>>> Bill Ackman no Lex Fridman (2024)
>>> Jensen Huang, o homem por trás da Nvidia (2023)
Últimos Posts
>>> Mestres do ar, a esperança nos céus da II Guerra
>>> O Mal necessário
>>> Guerra. Estupidez e desvario.
>>> Calourada
>>> Apagão
>>> Napoleão, de Ridley de Scott: nem todo poder basta
>>> Sem noção
>>> Ícaro e Satã
>>> Ser ou parecer
>>> O laticínio do demônio
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Cinema em Atibaia (III)
>>> Jornalismo de todos para todos
>>> Das boas notícias
>>> Sociologia de um gênio
>>> A arqueologia secreta das coisas
>>> Mahalo
>>> O iPad não é coisa do nosso século
>>> O prazer, origem e perdição do ser humano
>>> William Faulkner e a aposta de Pascal
>>> Os Estertores da Razão
Mais Recentes
>>> Psicologia e Dilema Humano de Rollo May pela Zahar (1977)
>>> Cher de Josiah Howard pela Nversos (2014)
>>> empreendedorismo de João Carlos Assis Dornelas pela elsevier Campus (2008)
>>> Metodologia Científica de Amado Luiz Cervo; Roberto da Silva pela Prentice Hall Brasil (2006)
>>> Cher de Josiah Howard pela Nversos (2014)
>>> Java 2 Ensino Didático Desenvolvendo e Implementando Aplicações 6ªed de Sérgio Furgeri pela Érica (2002)
>>> Tomografia computadorizada do corpo em correlação com ressonância magnética de Joseph K T Lee e outros pela Guanabara Koogan (2008)
>>> Cher de Josiah Howard pela Nversos (2014)
>>> Cher de Josiah Howard pela Nversos (2014)
>>> Metodologia Científica de Amado Luiz Cervo; Roberto da Silva pela Prentice Hall Brasil (2006)
>>> Os Arquivos dos Campeonatos Brasileiros de José Renato Sátiro Santiago Jr. pela Panda Books (2006)
>>> Dicionário Socioambiental Brasileiro de Luciano Pizzatto pela Ambientebrasil (2009)
>>> Metodologia Científica de Amado Luiz Cervo; Roberto da Silva pela Prentice Hall Brasil (2006)
>>> Dicionário Socioambiental Brasileiro de Luciano Pizzatto pela Ambientebrasil (2009)
>>> empreendedorismo de João Carlos Assis Dornelas pela elsevier Campus (2009)
>>> Dicionário Socioambiental Brasileiro de Luciano Pizzatto pela Ambientebrasil (2009)
>>> Cinzeiro 17 Obras de João Fabio Cabral de João Fabio Cabral pela Nversos (2013)
>>> As Crianças Aprendem o Que Vivenciam de Dorothy Law Nolte; Rachael Harris; Maria Luiza pela Sextante (2009)
>>> Metodologia Científica de Amado Luiz Cervo; Roberto da Silva pela Prentice Hall Brasil (2006)
>>> Cinzeiro 17 Obras de João Fabio Cabral de João Fabio Cabral pela Nversos (2013)
>>> Sociologia Geral de Reinaldo Dias pela Alínea (2010)
>>> Cinzeiro 17 Obras de João Fabio Cabral de João Fabio Cabral pela Nversos (2013)
>>> Metodologia Científica de Amado Luiz Cervo; Roberto da Silva pela Prentice Hall Brasil (2006)
>>> Cinzeiro 17 Obras de João Fabio Cabral de João Fabio Cabral pela Nversos (2013)
>>> Cinzeiro 17 Obras de João Fabio Cabral de João Fabio Cabral pela Nversos (2013)
BLOG >>> Posts

Sexta-feira, 10/11/2006
Como viver junto
+ de 4000 Acessos
+ 1 Comentário(s)

Inspirado numa série de seminários do pensador Roland Barthes, o tema proposto para esta 27ª edição da Bienal de Artes de São Paulo é pretensioso e audaz, intitulado: "Como viver junto".

Confesso que me causou muita curiosidade, ainda mais quando se pensa num país em "constante" subdesenvolvimento como o Brasil. A intenção de mostrar algo tão positivo e merecedor de respeito muito me intrigou.

Com a curadoria de Lisette Lagnado, a mostra traz em sua diversidade de culturas e artistas o contemporâneo que pretende refletir sobre a vida coletiva, sobre as diferenças, a polêmica entre respeitar e conviver, entre compactuar e interagir, entre guerra e paz, entre compartilhar e dividir; "refletindo a falta de diálogo e horizontes que vemos nos dias de hoje", afirma Lisette.

Recheada do contemporâneo de vários países, além das obras, a mostra conta com inúmeras vídeo-instalações e muitas fotografias de grande porte, que nos remetem às grandes telas pintadas no passado.

Para que possamos nos "situar" é preciso observar alguns aspectos e nos perguntar: qual a origem desse artista? Como é a cultura de seu país? Como vive e pensa a sociedade daquele lugar?

É daí que vem todo o contexto sem texto, toda a dúvida remota e perene que me fez questionar: até que ponto o público é capaz de fruir desse jeito? Essas pessoas que fazem fila para visitar a Bienal teriam a capacidade de pensar assim? Consegue essa "linguagem da arte contemporânea" realmente transmitir algo tão positivo, porém tão subjetivo, como se propôs? Ou será que isso tudo não passa de mais um momento dessa "sociedade de espetáculo" na qual estamos inseridos, que se preocupa em "ver porque todos estão vendo", em viver de modismos e superficialidades?

Eu me pergunto como poderemos "viver junto" num país tão decadente como este, onde a intolerância e o desrespeito ainda são forças maiores, onde o governo apóia excursões para grandes mostras de arte sem antes dar ao professor um mínimo de orientação para monitoria, onde um Cirque du Soleil é aberto à população mostrando-lhes tantos sonhos, quando o menor deles, simplesmente ter a água e o pão em casa, pela maioria sequer pode ser suprido.

Mas, ainda assim, eu, participante de um número grande de pessoas que acreditam que a arte pode nos trazer boas coisas, pretendo ver com "bons olhos" algumas obras dessa Bienal, como a do argentino Léon Ferrari, que nos relembra Bosh e faz suas contemporâneas intervenções; a de Marilia Darot, com suas televisões expostas ao chão que nos propõe um belo jogo semântico, além da agradável sensação que nos oferecem os tantos guarda-chuvas pendurados pelo artista baiano Marepe, trazendo-nos a lembrança dos ready-made de Marcel Duchamp, entre tantas outras.

Para finalizar, recomendo que se vá munido de um bom par de tênis próprio para caminhadas e totalmente desprovido de pressa. Além disso, e não menos importante, uma boa disposição para saber enxergar, pensar, refletir e deixar-se contagiar pelas infinitas possibilidades que poderíamos ter se conseguíssemos a fórmula de "Como viver junto".

No frigir dos ovos, um "refinado" olhar questionador poderá proporcionar a descoberta de algumas pérolas. Mesmo que poucas.

Para ir além
27ª Bienal de São Paulo
Quando: de 7 de outubro a 17 de dezembro - De terça a sexta, das 9h às 21h. Sábados, domingos e feriados, das 10h às 22h - Onde: Pavilhão da Bienal (pq. do Ibirapuera, portão 3) - Quanto: grátis.

* Simone Oliveira é poeta e estudante de artes visuais da Faculdade Belas Artes de SP.


Postado por Simone Oliveira
Em 10/11/2006 às 08h37

Quem leu este, também leu esse(s):
01. Jealous Guy by Kevin Parker (2020) de Julio Daio Borges
02. Fernando Cirne sobre o e-commerce no pós-pandemia de Julio Daio Borges
03. Paco Entre Dos Aguas (1976) de Julio Daio Borges
04. O último de Bill Evans (1979) de Julio Daio Borges
05. Back To The Primitive de Julio Daio Borges


Mais Simone Oliveira no Blog
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

ENVIAR POR E-MAIL
E-mail:
Observações:
COMENTÁRIO(S) DOS LEITORES
24/11/2006
10h35min
Realmente: muitas pessoas que visitam a Bienal, e tantas outras exposições que a cidade oferece, não estão preparadas culturalmente para absorver o que lhes é proporcionado... Concordo tb. que, mesmo na falta de maiores esclarecimentos, é possível recolher algumas pérolas e assino embaixo quando você dá a dica do uso de um bom par de tênis para essa visita. Parabéns pelo ótimo texto, Simone!
[Leia outros Comentários de Elaine Poppelbaum]
COMENTE ESTE TEXTO
Nome:
E-mail:
Blog/Twitter:
* o Digestivo Cultural se reserva o direito de ignorar Comentários que se utilizem de linguagem chula, difamatória ou ilegal;

** mensagens com tamanho superior a 1000 toques, sem identificação ou postadas por e-mails inválidos serão igualmente descartadas;

*** tampouco serão admitidos os 10 tipos de Comentador de Forum.

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Babel - Entre a Incerteza e a Esperança
Zygmunt Bauman / Ezio Mauro
Zahar
(2015)



Livro Sociologia Ideologia e Utopia Biblioteca de Ciência Sociais
Karl Mannheim
Zahar
(1972)



The Herder Symbol Dictionary
Vários Autores
Chiron Publications
(1987)



Por Que Esses Padres Deixaram a Batina
Syr Oliveira Evangelista Martins
A. D. Santos
(2004)



Livro Sociologia Elitismo, Autonomia, Populismo
Milton Lahuerta
Andreato
(2014)



O Piano Das Cores
Massin
Companhia Nacional
(2022)



Quando o Amor é Eterno
Nelson Moraes
Wpaz
(2008)



As Consequências do Amor
Sulaiman Addonia
Record
(2009)



Oscar: Arquiteto de Sonhos - Infantil
Neide Duarte e Mércia M. Leitão
Scipione
(2004)



O Símbolo Perdido
Dan Brown
Arqueiro





busca | avançada
69048 visitas/dia
2,0 milhão/mês