O Sortilégio de Edson Cruz | Digestivo Cultural

busca | avançada
75359 visitas/dia
2,6 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Cia Fragmento de Dança lança seminário “Amor Mundi – Pensando com Hannah Arendt”
>>> Realidade e ficção na Terça Aberta na Quarentena de agosto
>>> OBMJazz: OBMJ lança primeiro clipe de novo projeto
>>> Serginho Rezende é entrevistado por Zé Guilherme na série EntreMeios
>>> TOGETHER WE RISE TRAZ UMA HOMENAGEM ÀS PESSOAS QUE FIZERAM PARTE DA HISTÓRIA DO GREEN VALLEY
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> A desgraça de ser escritor
>>> Um nu “escandaloso” de Eduardo Sívori
>>> Um grande romance para leitores de... poesia
>>> Filmes de guerra, de outro jeito
>>> Meu reino por uma webcam
>>> Quincas Borba: um dia de cão (Fuvest)
>>> Pílulas Poéticas para uma quarentena
>>> Ficção e previsões para um futuro qualquer
>>> Freud explica
>>> Alma indígena minha
Colunistas
Últimos Posts
>>> Uma aula com Thiago Salomão do Stock Pickers
>>> MercadoLivre, a maior empresa da América Latina
>>> Víkingur Ólafsson toca Rameau
>>> Philip Glass tocando Mad Rush
>>> Elena Landau e o liberalismo à brasileira
>>> O autoritarismo de Bolsonaro avança
>>> Prelúdio e Fuga em Mi Menor, BWV 855
>>> Blooks Resiste
>>> Ambulante teve 3 mil livros queimados
>>> Paul Lewis e a Sonata ao Luar
Últimos Posts
>>> Coincidência?
>>> Gabbeh
>>> Dos segredos do pão
>>> Diário de um desenhista
>>> Uma pedra no caminho...
>>> Sustentar-se
>>> Spiritus sanus
>>> Num piscar de olhos
>>> Sexy Shop
>>> Assinatura
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Nelson Freire em DVD e Celso Furtado na Amazônia
>>> Um caos de informações inúteis
>>> Asia de volta ao mapa
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> Aberta a temporada de caça
>>> Parei de fumar
>>> Ford e Eastwood: cineastas da (re)conciliação
>>> Amor à segunda vista
>>> O Gmail (e o E-mail)
>>> Diogo Salles no podcast Guide
Mais Recentes
>>> Em Meu Próprio Caminho de Allan Watts pela Siciliano (1992)
>>> Cama de Gato de Kurt Vonnegut pela Record (1991)
>>> A História Secreta de Donna Tartt pela Companhia das Letras (1995)
>>> Os Invictos de William Faulkner pela Arx (2003)
>>> Paralelo 42 de John dos Passos pela Rocco (1987)
>>> Para onde você vai com Tanta Pressa de Christiane Singer pela Martins Fontes (2005)
>>> Carta Sobre o Comércio do Livro de Denis Diderot pela Casa da Palavra (2002)
>>> Rimas da Vida e da Morte de Amos Óz Amós Oz pela Companhia das Letras (2008)
>>> Uma Desolação de Yasmina Reza pela Rocco (2001)
>>> O Fio Perigoso Das Coisas de Michelangelo Antonioni pela Nova Fronteira (1990)
>>> Hacia un Teatro Pobre de Jerzy Grotowski pela Siglo Veintuno (1970)
>>> Este é Orson Welles de Peter Bogdanovich pela Globo (1995)
>>> À Espera do Tempo Filmando Com Kurosawa de Teruyo Nogami pela Companhia das Letras (2010)
>>> Invisible Man de Ralph Ellison pela Penguin (2009)
>>> The Plot Against America de Philip Roth pela Vintage (2005)
>>> Vida, o Filme. Como o Entretenimento Conquistou a Realidade de Neal Gabler pela Companhia das Letras (1999)
>>> Rituais de Sofrimento de Silvia Viana pela Boitempo (2012)
>>> Um Sussuro nas trevas de H. P. Lovecraft pela Francisco Alves (1983)
>>> O Aleph de Jorge Luis Borges pela Globo (1992)
>>> O Deslumbramento (le Ravissement de Lol. V. Stein) de Marguerite Duras pela Nova Fronteira (1986)
>>> O Segredo do Padre Brown de G. K. Chesterton pela Círculo do Livro (1986)
>>> Se Não Agora, Quando? de Primo Levi pela Companhia das Letras (1999)
>>> O compromisso da fé de Emmanuel Mounier pela Duas Cidades (1971)
>>> A Doutrina Secreta - Vol. 6 de Helena Petrovna Blavatsky pela Pensamento (1989)
>>> A Doutrina Secreta - Vol. 2 de Helena Petrovna Blavatsky pela Pensamento (1989)
>>> O Livro Tibetano Dos Mortos de Hans Evans-Wentz pela Pensamento (1989)
>>> Milarepa de Hans Evans-Wentz pela Pensamento (1990)
>>> A Jornada do Herói Vida - Obra Joseph Campbell de Phil Cousineau pela Saraiva (1994)
>>> O Tarô Mitológico - uma Nova Abordagem para a Leitura do Tarô de Juliet Sharman-burke e Liz Greene pela Siciliano (2002)
>>> Curso De Psicologia Geral Vol. IV de A. R. Luria pela Civilização Brasileira (1979)
>>> Breton - Trotski: por uma Arte Revolucionaria Independente de Valentim Facioli (org) pela Paz e Terra (1985)
>>> Manifestos do Surrealismo de André Breton pela Moraes (1969)
>>> Os Cantos de Maldoror de Conde de Lautréamont pela Moraes (1970)
>>> Escritos de Antonin Artaud de Artaud e Claudio Willer (org.) pela Lpm (1983)
>>> Memória de um Amnésico de Erik Satie pela Hiena (1992)
>>> Contos Cruéis de Villiers de Lisle-adam pela Iluminuras (1987)
>>> A Cruzada das Crianças de Marcel Schwob pela Iluminuras (1987)
>>> Moralidades Lendárias Fábulas Filosóficas de Jules Laforgue pela Iluminuras (1989)
>>> Caos - Crônicas Políticas de Pier Paolo Pasolini pela Brasiliense (1982)
>>> Os Jovens Infelizes - Antologia de Ensaios Corsários de Pier Paolo Pasolini pela Martins Fontes (2013)
>>> A Maçã no Escuro de Clarice Lispector pela Francisco Alves (1992)
>>> As Ultimas Palavras do Herege de Pier Paolo Pasolini pela Brasiliense (1983)
>>> Triângulo das Águas de Caio Fernando Abreu pela Siciliano (1997)
>>> Romanceiro da Inconfidência de Cecília Meireles pela Nova Fronteira (1989)
>>> A Importância do Ato de Ler de Paulo Freire pela Cortez (1989)
>>> As Idades da Vida de Romano Guardini pela Quadrante (1997)
>>> Cruz E Sousa E Baudelaire Satanismo Poético de Márie Helene Catherine Torres pela Ufsc (1998)
>>> A Morte dos Deuses de Michel Henry pela Jorge Zahar (1985)
>>> Vida Emocional dos Civilizados de Melanie Klein / Joan Riviere pela Zahar (1962)
>>> Um Simples Livro De Culinária Para As Classes Trabalhadoras de Charles Elmé Franvatelli pela Angra (2001)
BLOG >>> Posts

Quarta-feira, 29/8/2007
O Sortilégio de Edson Cruz

+ de 2000 Acessos

Recebi, há pouco tempo, o livro Sortilégio, de Edson Cruz. Um livro de poemas, seu primeiro livro de poemas. Edson é editor do site Cronópios, também uma revista cultural da rede. O livro é dividido em quatro partes, distribuindo os poemas por coesão temática e/ou formal. A capa é bonita, vermelha. Gosto particularmente do pequeno desenho do selo da editora, Demônio Negro. O livro é um produto artesanal, ou semi-artesanal, me parece. Se for, é um artesanato de primeira, diga-se logo. Traz uma novidade interessante no fato de ser bilíngue; cada poema é traduzidos para o espanhol por Luis Benítez e Adriana de Almeida.

Eduardo Milán, "poeta e crítico uruguaio", conforme consta num pequeno posfácio, comenta sobre "... una ironía controlada que a veces, saludablemente, desbarra en ira". Não pude deixar de celebrar a argúcia do crítico uruguaio, mesmo porque estou sempre em busca dessa ira poética. Há poetas de todos os naipes - os lamurientos, os reflexivos, os sarcásticos, os céticos - e, evidentemente, nenhum deles limita suas produções a uma expressão monocórdia, no conjunto da obra. No entanto, existem as tendências, particularidades em cada um e julguei encontrar, no livro de Edson Cruz, traços do que eu chamo de "ira poética".

Edson, numa troca de e-mails, me contou de suas leituras, de Drummond a Murilo Mendes; e a posterior descoberta de Manoel de Barros. O poeta do Mato Grosso, a despeito da enganosa simplicidade, do universo "rural" ou regionalista que cria à sua volta como uma nuvem de pó - pelo menos aos olhos das moças que praticam teses de mestrado em literatura -, é herdeiro direto de Walt Whitman, um dos que eu chamo de "grandes poetas irados". E não há, evidentemente, nenhum demérito nessa genealogia de poetas. Mais que qualquer outra forma literária, a poesia não se limita, geografica ou historicamente. A comunidade dos (bons) poetas é tão universal quanto é possível ser.

"As muito feias que me perdoem. Mas beleza é fundamental". A famosa frase de Vinícius de Morais sobre as mulheres - um tanto indelicada e um tanto discutível - se aplica perfeitamente à poesia. Esta, mais do que as mulheres, tem a obrigação da beleza. Um poema "feio", pra começar, não é poema. Não pretendo discutir a acepção dos termos "feio", ou "beleza"; apenas indicar que há vários belos poemas no livro de Edson Cruz.

Um dos mais pungentes, "Lágrimas Oceânicas", é de uma simplicidade formal que contrasta soberbamente com sua maturidade poética. Há outros como "Ouriço", "Sinal Verde", "A Vasta Nuvem", "talvez ela" (assim, em minúsculas) e aquele que, provavelmente, é meu preferido, "Gonfotérios na Paulista" (ainda que eu não goste muito do título. Tive, inclusive, de ir ao dicionário para me lembrar o que é um "gonfotério", mamíferos bicudos pré-históricos). O poema, relativamente curto, se lança à frente sem parar, recusando pausa, reflexão ou lugar-comum, de forma que, ao término, temos a impressão de ter lido um poema muito maior. Ouço, aqui, ecos de Neruda e seu estupendo "Caballero Solo"; ou mesmo de Cesar Vallejo, essas vozes de uma América desconhecida (e poeticamente irada), tão irmanada na poesia que fariam Simon Bolívar babar.

Evidentemente, são de minha preferência os poemas mais longos, ou mais articulados do que aqueles que a onda "minimalista" permite e que, já faz tempo, rolam por aí. Edson comete vários deles também, para gáudio de jovens leitoras e leitores, que propagam a onda. Poemas curtos, telegráficos, quase dísticos filosóficos mas que, graças à poesia que contêm (e não à idéia que encerram) estão bem inseridos no livro. É uma opinião pessoal, claro (a única que eu tenho). Mas, seguramente, para quem gosta de poesia, o livro de Edson Cruz é uma ótima - para não dizer extremamente necessária - pedida.


Postado por Guga Schultze
Em 29/8/2007 às 23h07


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Millôr no Vitrine de Julio Daio Borges
02. Melhores Clipes do AC/DC de Julio Daio Borges
03. Primeiro livro sobre o Twitter de Julio Daio Borges
04. Ter filhos é... de Julio Daio Borges
05. Loucos sistemas de blogs de Julio Daio Borges


Mais Guga Schultze no Blog
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




GENETICA MEDICA - MEDICINA
JAMES J. NORA E F.CLARKE FRASER
GUANABARA KOOGAN
(1989)
R$ 30,00



MÚSICA POSSÍVEL
FABIANO CALIXTO
COSAC NAIFY
(2006)
R$ 27,00



POR PARTE DE PAI
BARTOLOMEU CAMPOS DE QUEIRÓS
RHJ
(1995)
R$ 15,00



ENSINANDO COM MAGICA: O ILUSIONISMO COMO RECURSO DIDATICO
XUXO RUIZ DOMINGUEZ
VOZES
(2016)
R$ 38,95



HELLO KITTY EM TODO LUGAR ! FOTOS E HAICUS
VARIOS AUTORES
MADRAS
(2005)
R$ 55,56



O BRILHO DA VERDADE
ELIANA MACHADO COELHO
LUMEN
(2010)
R$ 11,00



CARTA A MINHA FILHA EM PRANTOS
JOSÉ GERALDO VIEIRA
BRASILIENSE
(1946)
R$ 80,00



ENTRE ASSASSINATOS
ARAVIND ADIGA
NOVA FRONTEIRA
(2010)
R$ 20,00



NETWORKING: DESENVOLVA SUA CARREIRA CRIANDO BONS RELACIONAMENTOS
DIANE DARLING
SEXTANTE
(2007)
R$ 9,00



TRANSAÇÕES EXTRAJUDICIAIS CÍVEIS E TRABALHISTAS NAS DEMISSÕES VOLUNTÁR
JOÃO CARLOS DA SILVA
JUAREZ DE OLIVEIRA
(2000)
R$ 12,00





busca | avançada
75359 visitas/dia
2,6 milhões/mês