No banco | Digestivo Cultural

busca | avançada
63075 visitas/dia
1,8 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Rinoceronte, poemas em prosa de Ronald Polito
>>> A forca de cascavel — Angústia (FUVEST 2020)
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
Colunistas
Últimos Posts
>>> Revisores de Texto em pauta
>>> Diogo Salles no podcast Guide
>>> Uma História do Mercado Livre
>>> Washington Olivetto no Day1
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> Karnal, Cortella e Pondé
>>> Canal Livre com FHC
>>> A história de cada livro
>>> Guia Crowdfunding de Livros
>>> Crise da Democracia
Últimos Posts
>>> Uma crônica de Cinema
>>> Visitação ao desenho de Jair Glass
>>> Desiguais
>>> Quanto às perdas I
>>> A caminho, caminhemos nós
>>> MEMÓRIA
>>> Inesquecíveis cinco dias de Julho
>>> Primavera
>>> Quando a Juventude Te Ferra Economicamente
>>> Bens de consumo
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Ser intelectual dói
>>> O Tigrão vai te ensinar
>>> O hiperconto e a literatura digital
>>> Aberta a temporada de caça
>>> Se for viajar de navio...
>>> Incompatibilidade...
>>> Alguns Jesus em 10 anos
>>> Blogues: uma (não tão) breve história (II)
>>> Picasso e As Senhoritas de Avignon (Parte I)
>>> Asia de volta ao mapa
Mais Recentes
>>> O Livro da moda de Alexandra Black pela Publifolha (2015)
>>> Rejuvelhecer a saude como prioridade de Sergio Abramoff pela Intrinseca (2017)
>>> O livro das evidencias de John Banville Tradução Fabio Bonillo pela Biblioteca Azul - globo (2018)
>>> O futebol explica o Brasil de Marcos Guterman pela Contexto (2014)
>>> O Macaco e a Essencia de Aldous Huxley pela Globo (2017)
>>> BATISTAS, Sua Trajetória em Santo Antônio de Jesus: o fim do monopólio da fé na Terra do Padre Mateus de Jorgevan Alves da Silva pela Fonte Editorial (2018)
>>> Playboy Bárbara Borges de Diversos pela Abril (2009)
>>> Sarah de Theresa Michaels pela Nova Cultural (1999)
>>> A Bela e o Barão de Deborah Hale pela Nova Cultural (2003)
>>> O estilo na História. Gibbon & Ranke & Macaulay & Burckhardt de Peter Gay pela Companhia das Letras (1990)
>>> Playboy Simony de Diversos pela Abril (1994)
>>> Invasão no Mundo da Superfície de Mark Cheverton pela Galera Junior (2015)
>>> José Lins Do Rego- Literatura Comentada de Benjamin Abdala Jr. pela Abril Educação (1982)
>>> A modernidade vienense e as crises de identidade de Jacques Le Rider pela Civilização Brasileira (1993)
>>> Machado De Assis - Literatura Comentada de Marisa Lajolo pela Abril Educação (1980)
>>> A Viena de Wittgenstein de Allan Janik & Stephen Toulmin pela Campus (1991)
>>> O Velho e o Mar de Ernest Hemingway pela Círculo do livro (1980)
>>> Veneno de Alan Scholefield pela Abril cultural (1984)
>>> O Livreiro de Cabul de Asne Seierstad pela Record (2007)
>>> Os Dragões do Éden de Carl Sagan pela Francisco Alves (1980)
>>> O Espião que sabia demais de John Le Carré pela Abril cultural (1984)
>>> Administração de Materiais de Jorge Sequeira de Araújo pela Atlas (1981)
>>> Introdução à Programação Linear de R. Stansbury Stockton pela Atlas (1975)
>>> Como lidar com Clientes Difíceis de Dave Anderson pela Sextante (2010)
>>> As 3 Leis do Desempenho de Steve Zaffron e Dave Logan pela Primavera (2009)
>>> Curso de Educação Mediúnica 1º Ano de Vários Autores pela Feesp (1996)
>>> Recursos para uma Vida Natural de Eliza M. S. Biazzi pela Casa Publicadora Brasileira (2001)
>>> Jesus enxuga minhas Lágrimas de Elza de Almeida pela Fotograma (1999)
>>> As Aventuras de Robinson Crusoé de Daniel Defoe pela LPM Pocket (1997)
>>> Bulunga o Rei Azul de Pedro Bloch pela Moderna (1991)
>>> Menino de Engenho de José Lins do Rego pela José Olympio (1982)
>>> Terra dos Homens de Antoine de Saint-Exupéry pela Nova Fronteira (1988)
>>> O Menino de Areia de Tahar Ben Jelloun pela Nova Fronteira (1985)
>>> Aspectos Endócrinos de Interesse à Estomatologia de Janete Dias Almeida pela Unesp (1999)
>>> Nociones de Historia Linguística y Estetica Literaria de Antonio Vilanova- Nestor Lujan pela Editorial Teide/ Barcelona (1950)
>>> El Estilo: El Problema y Su Solucion de Bennison Gray pela Editorial Castalia/ Madrid (1974)
>>> El Cuento y Sus Claves de Raúl A. Piérola/ Alba Omil (profs. Univ. Tucumán pela Editorial Nova, Buenos Aires (1955)
>>> Las Fuentes de La Creacion Literaria de Carmelo M. Bonet pela Libr. del Collegio/ B. Aires (1943)
>>> As Hortaliças na Medicina Doméstica/ Encadernado de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar (1976)
>>> A Flora Nacional na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Arlington Park de Rachel Cusk pela Companhia das Letras (2007)
>>> Muitas Vidas, Muitos Mestres de Brian L Weiss pela Salamandra (1991)
>>> As Frutas na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Coleção Agatha Christie - Box 8 de Agatha Christie; Sonia Coutinho; Archibaldo Figueira pela HarperCollins (2019)
>>> As Irmãs Aguero de Cristina García pela Record (1998)
>>> Não Faça Tempestade Em Copo Dágua no Amor de Richard Carlson pela Rocco (2001)
>>> Um Estudo Em Vermelho - Edição De Bolso de Arthur Conan Doyle pela Zahar (2013)
>>> Eu, Dommenique de Dommenique Luxor pela Leya (2011)
>>> Os Cavaleiros da Praga Divina de Marcos Rey pela Global (2015)
>>> O Futuro da Filosofia da Práxis de Leandro Konder pela ExpressãoPopular (2018)
BLOG >>> Posts

Segunda-feira, 18/2/2008
No banco

+ de 3100 Acessos
+ 2 Comentário(s)

O inferno são os outros, como disse Sartre. Às vezes a gente tende a concordar com ele e sua frase infernal. Os outros não somos nós, claro. São as outras pessoas.

Elas gritam, descontroladas, nos restaurantes. Conversam aos berros. Maltratam os garçons na sua frente. Ouvem suas músicas em alto e bom tom, dentro dos seus carros iguais. Ficam horas nos caixas eletrônicos dos bancos, filosofando profundamente enquanto teclam aqueles números. São muito cuidadosas: teclam um botão e olham pra tela, pra ver se teclaram corretamente. Ok, tudo certo. Teclam outro e conferem de novo. Uma senha de nove dígitos lentos, no Banco do Brasil.

Cada gerente de banco cria uma fila de espera de indivíduos confusos. Obviamente, esses esperam com paciência que o tal gerente acabe seu telefonema. Os gerentes vivem pendurados no telefone, atendendo minuciosamente um cliente que, ao contrário de você, nem se deu ao trabalho de ir até lá. O gerente de banco, enquanto telefona, nunca te olha. Eles devem ser treinados assim.

Algumas pessoas tentam entrar no banco, passando pela porta giratória. A porta não gira. O segurança pede que alguém volte atrás da linha amarela mas, antes de terminar a frase, a pessoa dá um único passo para trás, sem passar da linha amarela e já está voltando, lutando contra a porta giratória, que não vai girar a menos que essa pessoa fique, por um momento, parada atrás da linha amarela.

Essas pessoas nunca esvaziam as bolsas, ou os bolsos, do metal que carregam. Não da primeira vez. Botam um chaveiro na caçamba da porta. A porta não abre. Dão um passo curto pra trás, voltam e botam um celular. A porta não abre. Botam um relógio de pulso. A porta não abre. Botam um estojo de maquilagem, um anel, moedas. A porta não abre. Do lado de dentro alguém quer sair. Toda vez que um tenta entrar, o outro tenta sair.

As filas nunca estão formadas de acordo com as linhas desenhadas no chão, para orientação. Muitas e muitas pessoas entendem uma fila como algo que deve se estender a partir das costas de alguém. Não importa pra que lado a pessoa à sua frente, na fila, esteja virada. De forma que uma fila pode se estender em qualquer direção, no interior do banco.

O balcão de informações. Não tem ninguém trabalhando lá. Quando a fila, nos três caixas que estão trabalhando, começa a engrossar, dois deles imediatamente se levantam e somem pela portinha dos fundos, levando um monte de papéis, cada um. Fica só aquele, de óculos, meio abobado.

Aí chega um senhor bastante idoso e pouquíssimo amigável. Fura a fila (com todo direito) e quer saber quanto tem na sua conta, mas esqueceu a senha e pergunta pro caixa qual é a sua senha. O caixa sempre responde, primeiramente, que "o senhor deve se dirigir ao caixa eletrônico, para operações com senha". O senhor explica, rosnando, que se ele lembrasse a senha não precisaria de estar ali perguntando pela senha, "entendeu, meu filho?"

Na hora do pique máximo o pessoal da manutenção resolve trabalhar e inutiliza, por prazo indeterminado, três caixas eletrônicos, dos cinco que existem. Você está no meio da operação e lê na tela: "terminal em manutenção". Vai procurar as duas máquinas que ainda funcionam. Mas uma delas é só para emitir cheques.

Saio do banco e acendo um cigarro ali mesmo, na calçada. Um tomador-de-conta de carro vem pro meu lado e pede fogo. Fumamos os dois, em silêncio, em mútuo entendimento, observando as pessoas que saem pela porta giratória. Olham pra gente e desviam, rápidas, o olhar. Seguramente nós dois estamos incomodando. Elas não fumam.


Postado por Guga Schultze
Em 18/2/2008 às 15h23


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Lançamento paulistano do Álbum de Ana Elisa Ribeiro
02. Amantes de velhas pedras de Eugenia Zerbini
03. 40 belas atrizes de Yuri Vieira
04. Bernardo Carvalho de Yuri Vieira
05. Fred Wilson e a 'morte' da Web de Julio Daio Borges


Mais Guga Schultze no Blog
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

ENVIAR POR E-MAIL
E-mail:
Observações:
COMENTÁRIO(S) DOS LEITORES
18/2/2008
19h07min
Talvez, ao passar, os que conseguem, pelo portal "porta giratória", entramos numa outra dimensão. Um lugar onde geralmente o decorrer das ações sejam para testar nossos nervos, como a pergunta chavão "Que calor né?" Onde seus habitantes naturais, os funcionários, que uma vez entraram lá, nunca mais sairam; fadados a trabalhar maquinalmente, fadados a LER. Felizes são os que têm internet !!!
[Leia outros Comentários de Lucas R. Bispo]
19/2/2008
10h00min
Cena cruel. Um banco e as pessoas. Essa cena se repete, dia após dia e ficamos à mercê dessa situação. O seu texto, embora recheado de humor, é um retrato fiel do que passamos e enfrentamos. Uma crônica bem feita e original. Parabéns. PS: Vou a um banco agora. O que será que me espera? Argh!!!
[Leia outros Comentários de Adriana Godoy]
COMENTE ESTE TEXTO
Nome:
E-mail:
Blog/Twitter:
* o Digestivo Cultural se reserva o direito de ignorar Comentários que se utilizem de linguagem chula, difamatória ou ilegal;

** mensagens com tamanho superior a 1000 toques, sem identificação ou postadas por e-mails inválidos serão igualmente descartadas;

*** tampouco serão admitidos os 10 tipos de Comentador de Forum.



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




O MUNDO PÓS-GUERRA FRIA
JAYME BRENER
SCIPIONE
(1996)
R$ 5,00



O ESCRAVO DOS ESCRAVOS
ROSA FREUA DE CARVALHO
FEESP
(2012)
R$ 29,00



OS GÊNIOS DOS NEGÓCIOS
PETER KRASS
ELSEVIER
(2004)
R$ 20,00



A ILHA DE GELO
EVAN HUNTER
EXPRESSÃO E CULTURA
(1973)
R$ 7,50



SENHORA
JOSÉ DE ALENCAR
CIRANDA
R$ 10,00



PASSAGEM PARA RAVENA
JOSE RICARDO MOREIRA
FORMATO
(2004)
R$ 12,00



CHAMBERLAND E O PARAÍSO PERDIDO
ALBERTO MESQUITA FILHO
ATENIENSE
(1991)
R$ 5,00



CONVERSACION 1 - CURSO DE ESPAÑOL
ORANDI MOMESSO / SKILL
SKILL
R$ 9,00



PARIS, QUARTIER SAINT-GERMAIN-DES-PRÉS
EROS GRAU
GLOBO
(2011)
R$ 6,99



TELEVISÃO A VIDA PELO VIDEO
CIRO MARCONDES FILHO
MODERNA
(1988)
R$ 8,00





busca | avançada
63075 visitas/dia
1,8 milhão/mês