Walter Hugo Khouri | Digestivo Cultural

busca | avançada
83119 visitas/dia
1,8 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Terreiros Nômades leva arte, história e saberes das culturas africanas e originárias a escolas
>>> Luarada Brasileira lança primeiro EP com participação especial de Santanna, O Cantador
>>> Quilombaque acolhe 'Ensaios Perversos' de fevereiro
>>> Espetáculo com Zora Santos traz a comida como arte e a arte como alimento no Sesc Avenida Paulista
>>> Kura retoma Grand Bazaar em curta temporada
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Garganta profunda_Dusty Springfield
>>> Susan Sontag em carne e osso
>>> Todas as artes: Jardel Dias Cavalcanti
>>> Soco no saco
>>> Xingando semáforos inocentes
>>> Os autômatos de Agnaldo Pinho
>>> Esporte de risco
>>> Tito Leite atravessa o deserto com poesia
>>> Sim, Thomas Bernhard
>>> The Nothingness Club e a mente noir de um poeta
Colunistas
Últimos Posts
>>> Bill Ackman no Lex Fridman (2024)
>>> Jensen Huang, o homem por trás da Nvidia (2023)
>>> Philip Glass tocando Opening (2024)
>>> Vision Pro, da Apple, no All-In (2024)
>>> Joel Spolsky, o fundador do Stack Overflow (2023)
>>> Pedro Cerize, o antigestor (2024)
>>> Andrej Karpathy, ex-Tesla, atual OpenAI (2022)
>>> Inteligência artificial em Davos (2024)
>>> Bill Gates entrevista Sam Altman, da OpenAI (2024)
>>> O maior programador do mundo? John Carmack (2022)
Últimos Posts
>>> Napoleão, de Ridley de Scott: nem todo poder basta
>>> Sem noção
>>> Ícaro e Satã
>>> Ser ou parecer
>>> O laticínio do demônio
>>> Um verdadeiro romântico nunca se cala
>>> Democracia acima de tudo
>>> Podemos pegar no bufê
>>> Desobituário
>>> E no comércio da vida...
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Tiro de Letra
>>> Ler muito e as posições do Kama Sutra
>>> Lockdown Sessions No. 3
>>> Mundo negro, branco na capa
>>> Puro Guapos no Tom Jazz
>>> Google Music Search
>>> Nostalgia do país inventado
>>> Manifesto Infeliz
>>> Bill Gates entrevista Sam Altman, da OpenAI (2024)
>>> Tito Leite atravessa o deserto com poesia
Mais Recentes
>>> Sonhos Elétricos de Philip K. Dick pela Aleph (2020)
>>> Um pai para Vinícius de Maria Dinorah pela Ftd (1996)
>>> Livro Turismo Nova York Agora o Guia de Viagem sem Lugares Comuns de Abril pela Abril (2006)
>>> O Reizinho Mandao de Ruth Rocha pela Salamandra (2001)
>>> Nossa Senhora De Kibeho de Immaculée Ilibagiza pela Ecclesiae (2011)
>>> Ética Para Viver Melhor de C. S. Lewis pela Pórtico (2017)
>>> A Divina Comédia Volume Único de Dante Alighieri pela Abril Cultural (1979)
>>> O Mistério da Fábrica de Livros de Pedro Bandeira pela Hamburg (1988)
>>> Livro Literatura Estrangeira A Máquina de Fazer Espanhóis de Valter Hugo Mae pela Cosac & Naify (2011)
>>> Livro História Geral Deuses ,Tumulos e Sabios de C. W. Ceram pela Melhoramentos (2024)
>>> O coelhinho que queria dormir de Carl-Johan Forssén Ehrlin pela Companhia das Letrinhas (2015)
>>> O carrosel do tempo de Luciano Pontes pela Paulinas (2007)
>>> Dom Pedro I - A Luta pela Liberdade no Brasil e em Portugual de Neill Macaulay pela Rcecord (1993)
>>> Abra Seu Coração Para O Amor de Anselm Grün pela Vozes (2010)
>>> O Menino do Dedo Verde de Maurice Druon pela José Olympio (2021)
>>> Livro Biografias A última Mensagem de Hiroshima de Takashi Morita pela Universo Dos Livros (2017)
>>> O Poder Da Aprendizagem Pela Ação de Michael J. Marquardt pela Senac Rio (2005)
>>> Os olhos de celi de Flávia Rocha Dutra pela Prazer de Ler (2017)
>>> Coleção Completa ABC Meus Primeiros Passos na Leitura e na Aprendizagem 15 Livros de Malgorzata Strzalkowska; Laura Vaqué pela Salvat (2011)
>>> Livro História do Brasil Geral e Regional 3 Bahia de Ernani Silva Bruno pela Cultrix
>>> Uma ideia moderna de Literatura de Roberto Acízelo de Souza pela Argos da Unochapecó (2011)
>>> O Ratinho Do Violão de Marta Reis pela Geracao Editorial (2014)
>>> Tato de Mandy Suhr pela Scipione (1998)
>>> Era dos Extremos o Breve Século XX 1914-1991 de Eric Hobsbawm pela Companhia Das Letras (2001)
>>> Nos bastidores do automobilismo Brasileiro de Jan Balder pela Tempo & Memória (2004)
BLOG >>> Posts

Terça-feira, 18/9/2012
Walter Hugo Khouri
+ de 2700 Acessos

Walter Hugo Khouri é nosso grande diretor-autor. Teve uma longa e produtiva carreira, sempre fiel a si mesmo e às suas obsessões. Ninguém melhor do que ele para narrar a trajetória daquele que, contaminado pelo mais nefando niilismo, entrega-se ao vórtice hedonista do sexo até atingir as profundidades do abismo. (E dizer isso me lembra o olhar demoníaco de Tarcísio Meira ao final do filme Eu, de 1987.)

Há alguns anos, num festival de cinema qualquer, eu e Cássia Queiroz tivemos uma conversa interessante com o crítico Rubens Ewald Filho. Havíamos acabado de assistir a um desses filmes supostamente mais brasileiros que todos os outros, supostamente mais realista, mais artístico e assim por diante. Claro, o filme era um porre, tinha aquele discurso político que faria Hugo Chávez bater palmas e estava coalhado de gente feia - feia em todos os sentidos. Até os atores bonitos foram enfeiados para parecerem mais "reais". (Porque, você sabe, para esse tipo de "artista" o ser humano é um vírus que ataca a Terra, é feio por natureza.) Rubens Ewald nos disse mais ou menos assim: "Não sei por que esse diretor gosta tanto do feio. O cinema sempre teve uma grande preocupação com a beleza da imagem, sempre preferiu os protagonistas bonitos, e isso porque as pessoas gostam de sair do comum, gostam de apreciar o belo. Mesmo os atores feios, quando protagonistas, ou quando expressavam um valor maior, tornavam-se belos nos filmes clássicos. Mas aqui há esses cineastas que gostam de fazer o contrário, dizendo que assim retratam mais fielmente a 'realidade'. Mas um filme não é a 'realidade'. É um filme, uma obra de arte. Os espectadores querem a beleza, mesmo que ela esteja perdida em meio ao sórdido".

Quem assiste aos filmes de Walter Hugo Khouri sabe que ele mostrou alguns dos mais feios e obscuros segredos da personalidade humana mediante belas imagens. E com belíssimas mulheres.

Abertura do filme Eros, o deus do amor (1981), na qual vemos as mais belas atrizes da época e uma das melhores descrições da cidade de São Paulo:



Cena do filme Palácio dos anjos (1970), um filme sobre prostituição mil vezes mais impactante que um Bruna Surfistinha (moral do filme Bruna Surfistinha: "Seja puta, porque é ótimo, mas não ponha tudo a perder cheirando cocaína!"):



E até Rita Lee, junto aos Mutantes, iluminou um de seus filmes: As Amorosas (1968):



Walter Hugo Khouri (1929-2003): o melhor diretor-autor brasileiro de todos os tempos.


Postado por Yuri Vieira
Em 18/9/2012 à 00h40

Mais Yuri Vieira no Blog
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




A Noite das Bruxas
Agatha Christie
Nova Fronteira
(2006)



Redação
Universitário
Garilli



Dicionario Pratico Energia Eletrica - Port/ingles - Ingles/port
Duke Energy
Duke Energy
(2002)



A man without a country
Kurt Vonnegut
Random House
(2007)



Que queres que eu faça?
Pedro Santiago pelo espírito Dizzi Akibah
Eme
(2019)



Livro Informática Microsoft Office Access 2003
Microsoft
Bookman Companhia Ed
(2007)



Tabela de Composição de Alimentos: Suporte para Decisão Nutricional
Sonia Tucunduva Philippi
Sem
(2002)



/Criatividade Hoje
José Predebon
Atlas
(1999)



Spider-man / Deadpool - Isnt It Bromantic?
Joe Kelly / Ed Mcguinness
Marvel
(2016)



Inferno
Dan Brown
Arqueiro
(2013)





busca | avançada
83119 visitas/dia
1,8 milhão/mês