O Valhalla em São Paulo | Digestivo Cultural

busca | avançada
75675 visitas/dia
1,7 milhão/mês
Mais Recentes
>>> “A Maçã” estreia dia 7 de março no SESC Copacabana
>>> Terreiros Nômades leva arte, história e saberes das culturas africanas e originárias a escolas
>>> Luarada Brasileira lança primeiro EP com participação especial de Santanna, O Cantador
>>> Quilombaque acolhe 'Ensaios Perversos' de fevereiro
>>> Espetáculo com Zora Santos traz a comida como arte e a arte como alimento no Sesc Avenida Paulista
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Garganta profunda_Dusty Springfield
>>> Susan Sontag em carne e osso
>>> Todas as artes: Jardel Dias Cavalcanti
>>> Soco no saco
>>> Xingando semáforos inocentes
>>> Os autômatos de Agnaldo Pinho
>>> Esporte de risco
>>> Tito Leite atravessa o deserto com poesia
>>> Sim, Thomas Bernhard
>>> The Nothingness Club e a mente noir de um poeta
Colunistas
Últimos Posts
>>> Bill Ackman no Lex Fridman (2024)
>>> Jensen Huang, o homem por trás da Nvidia (2023)
>>> Philip Glass tocando Opening (2024)
>>> Vision Pro, da Apple, no All-In (2024)
>>> Joel Spolsky, o fundador do Stack Overflow (2023)
>>> Pedro Cerize, o antigestor (2024)
>>> Andrej Karpathy, ex-Tesla, atual OpenAI (2022)
>>> Inteligência artificial em Davos (2024)
>>> Bill Gates entrevista Sam Altman, da OpenAI (2024)
>>> O maior programador do mundo? John Carmack (2022)
Últimos Posts
>>> Napoleão, de Ridley de Scott: nem todo poder basta
>>> Sem noção
>>> Ícaro e Satã
>>> Ser ou parecer
>>> O laticínio do demônio
>>> Um verdadeiro romântico nunca se cala
>>> Democracia acima de tudo
>>> Podemos pegar no bufê
>>> Desobituário
>>> E no comércio da vida...
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Os EEUU e o golpe de 64
>>> Primeiro Concerto by Bernstein
>>> Os 25 anos do SBT
>>> Tiramisù!
>>> Blogueiros versus Jornalistas, o falso embate
>>> Shomin-Geki, vidas comuns no cinema japonês
>>> Sopro de haicai em Flauta de Vento
>>> Declínio e Queda do Império dos Comentários
>>> Benedict Evans sobre inteligência artificial
>>> Dê notícias! 9º Encontro BH
Mais Recentes
>>> Eu Mexi No Seu Queijo de Darrel Bristow-bovey pela Bertrand (2006)
>>> Ferramentas de Qualidade: Aplicações na atividade florestal de Celso Trindade; José Luiz Pereira Rezende; Laércio A. Gonçalves Jacovine; Maria Luiza Sartório pela Ufv (2007)
>>> Família De Alta Performance: Conceitos Contemporâneos Na Educação de Içami Tiba pela Integrare (2009)
>>> Sei Quem Tem Seu Queijo, Eu: Como Obter Sucesso Na Vida Pessoal E Profissional de Montgomery Lee pela Ciranda Cultural (2008)
>>> Segurança Pública: Histórico, realidade e desafios de César Alberto Souza; Marinson Luiz Albuquerque pela Intersaberes (2017)
>>> Controle interno e externo na administração pública de Ely Célia Corbari; Joel de Jesus Macedo pela Intersaberes (2012)
>>> A Cabeça De Steve Jobs: As Lições Do Líder Da Empresa Mais Revolucionaria Do Mundo de Leander Kahney pela Harpercollins Brasil (2008)
>>> Contabilidade em processo: da escrituração à controladoria de Neusa Higa; Stella Maris Lima Altoé pela Intersaberes (2015)
>>> A empresa inteligente: O sucesso é humano de Elyseu Mardegan Jr. pela Gente (1995)
>>> Valorização da Marca de Silvana Goulart Machado Rosa pela Sebrae (2004)
>>> Sua empresa é competitiva? Diagnóstico de competitividade para as pequenas empresas industriais de Roberto L. Ruas; Ivan A. Pinheiro pela Sebrae (1995)
>>> Negociando para o Sucesso de Henrique Sérgio Gutierrez da Costa pela Intersaberes (2013)
>>> Logística dos canais de distribuição de Caroline Brasil; Roberto Pansonatgo pela Intersaberes (2018)
>>> Supply Chain: uma visão gerencial de Luiz Fernando Rodrigues Campos pela Intersaberes (2012)
>>> iTrends: uma análise de tendências e mercados de Achiles Batista Ferreira Junior; Marielle Rieping pela Intersaberes (2014)
>>> A Alma Encantadora Das Ruas de João do Rio pela Companhia De Bolso (2008)
>>> Desenhando com o Lado Direito do Cérebro de Betty Edwards pela Nversos (2023)
>>> Administração Aplicada na Enfermagem de Themis Maria Dresch da Silveira Dovera/ João Paulo Zimmermann Silva pela Ab (2011)
>>> Conversa Franca Sobre Depressão ( Pocket ) de Joyce Meyer pela Da autora (2005)
>>> O Médico e o Monstro de R.L. Stevenson pela Ática (1998)
>>> Conversa Franca Sobre Depressão ( Pocket ) de Joyce Meyer pela Da autora (2020)
>>> Sherlock Holmes - O Vale do Medo de Arthur Conan Doyle pela Principis (2019)
>>> Sherlock Holmes - Mais Aventuras de Sherlock Holmes de Arthur Conan Doyle pela Principis (2019)
>>> Se Eu Pudesse Viver Minha Vida Novamente... de Rubem Alves pela Verus (2004)
>>> Insustentavel Leveza Do Ser (ed De Bolso) - Linsou de Milan Kundera pela Companhia De Bolso (2024)
BLOG >>> Posts

Terça-feira, 22/10/2013
O Valhalla em São Paulo
+ de 2900 Acessos

Na mitologia nórdica, o Valhalla era o paraíso para onde a alma dos guerreiros mortos em combate eram levadas, conduzidas pelas Valkyrias. Nesse fim de semana, tal paraíso desceu aos palcos da Sala São Paulo para aqueles que foram ouvir a Orquestra Sinfônica Finlandesa de Lahti, em sua primeira apresentação no Brasil, e sua solista, a violinista Elina Vähälä.

Na noite de sábado, o programa iniciou com a abertura Manfredo, de Robert Schumann (1810-1856), música incidental sobre obra homônima de Lord Byron (1788-1824). De acordo com o programa, Schumann - filho de um livreiro que traduziu Byron para o alemão - chorou e passou noites em claro depois de ler Manfredo, peça escrita por Byron após a crise de seu casamento com Annabelle Milbanke, sob acusações de incesto com sua meio-irmã, Augusta Leigh. No texto byroniano, Manfredo, por coincidência, arde de amores por sua meio-irmã... Mad, bad and dangerous to know (Louco, mau e perigoso de conhecer), como a pessoa de Byron foi sintetizada por uma de suas amantes, Lady Caroline Lamb. A sonoridade da orquestra mostrou-se à altura do romantismo exasperado que inspirou a partitura.

Dando continuidade ao programa, o concerto para violino nº 1 em sol menor, op. 26, do compositor alemão Max Bruch (1838-1920). Só a poesia de Lord Byron é que estaria à altura para descrever a solista, Elina Vähälä, no palco da Sala São Paulo:She walks in beauty, like the night/Of cloudless climes and starry skies (Ela caminha em beleza, como a noite/De clima sem nuvens e céu estrelado). Linda e elegante, Vähälä trouxe consigo o paraíso - o nórdico Valhalla -, com sua interpretação magistral, carregada de expressão. Cada compasso com seus músculos, nervos e tendões. E a beleza edênica da música, da grande sala de concerto e da bela solista que se encarregou da interpretação.

Após o intervalo, a Sinfonia nº 5 em mi bemol maior, op. 82, de Jean Sibelius (1865-1957), o mais festejado compositor da Finlândia. Porém, por mais correta que estivesse a orquestra, em alguns ouvidos ainda ecoavam as notas do concerto de Bruch, com seus solos enérgicos de violino e o som da orquestra em tutti.

Fundada em 1910, apenas na década de 1990 a Orquestra Sinfônica Finlandesa de Lahti (cidadezinha a menos de uma hora de Helsinque) começou a excursionar de forma sistemática nos palcos internacionais. Atualmente, com mais de 60 CDs gravados, além de premiada, é um sucesso de crítica.

Por sua vez, a carreira de Elina Vähälä - nascida nos Estados Unidos, mas criada na Finlândia - está intimamente ligada à trajetória da orquestra. Tendo iniciado seus estudos aos três anos, aos 12 com ela tocou pela primeira vez. Pouco depois, foi chamada para ser sua jovem solista, dando início a uma parceria que dura até o presente.

A Orquestra Sinfônica Finlandesa de Lahti apresentou-se duas vezes na Sala São Paulo (sábado e domingo passados), como penúltima atração da série de concertos da Sociedade de Cultura Artística, temporada de 2013. Os concertos de encerramento, nos dias 2 e 6 de novembro, irão contar com a apresentação do grupo Combattimento Consort Amsterdam. No programa, obras do período clássico e barroco (Mozart, Rameau e Haydn).

A seguir, a gravação de trecho do concerto para violino nº 1 de Max Bruch (opus 26), na interpretação da Orquestra Sinfônica Finlandesa de Lahti, sob a regência de Okko Kamu, tendo como solista a mais que talentosa Elina Vähälä, que levou platéia paulistana às alturas. A gravação do trecho, disponibilizada pela própria orquestra, infelizmente é cortada de modo abrupto antes do final.





Postado por Eugenia Zerbini
Em 22/10/2013 à 00h03

Quem leu este, também leu esse(s):
01. Kevin Rose by Jason Calacanis de Julio Daio Borges
02. Andreessen Horowitz e o futuro dos Marketplaces de Julio Daio Borges
03. Leve um Livro e Sarau Leve de Ana Elisa Ribeiro
04. A ideologia que faltava de Julio Daio Borges
05. FHC fala de Julio Daio Borges


Mais Eugenia Zerbini no Blog
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Clarice Na Cabeceira
Clarice Lispector
Rocco
(2012)



Para Conhecer Chica da Silva
Keila Grinberg- Anita C. Almeida-lucia Grinberg
Zahar
(2007)



Nunca E Tarde Demais - Late Bloomers Revolution
Anny Cohen
Best Seller
(2009)



A Obra dos Seis Dias
João de Passos
Scortecci
(2004)



Socorro Quero Ser Mãe
Denise Rodrigues
Peirópolis
(1999)



Livro Humor Guia do Pão-duro Feche o Bolso e Abra Sorrisos
Gustavo Nagib
Matrix
(2004)



/Pato Donald Nº 2167
Walt Disney
Abril
(1999)



Azeitonas: vida e saga de um nobre fruto
Mort Rosenblum
Rocco
(1999)



Manual de Sobrevivência do Menino Maluquinho
Ziraldo
L&pm
(2000)



Os Heroicos Inventores e Suas Audazes Maquinas Voadoras 1873-1973
Alberto Santos Dumont
Painel





busca | avançada
75675 visitas/dia
1,7 milhão/mês