Não aguenta mais política? | Digestivo Cultural

busca | avançada
114 mil/dia
2,3 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Zeca Camargo participa de webserie sobre produção sustentável de alimentos
>>> Valéria Chociai é uma das coautoras do novo livro Metamorfoses da Maturidade
>>> Edital seleciona 30 participantes do país para produção de vídeos sobre a infância
>>> Joca Andreazza dirige leitura de Auto da Barca de Camiri na série 8X HILDA
>>> Concerto Sinos da Primavera
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Um antigo romance de inverno
>>> O acerto de contas de Karl Ove Knausgård
>>> Assim como o desejo se acende com uma qualquer mão
>>> Faça você mesmo: a história de um livro
>>> Da fatalidade do desejo
>>> Cuba e O Direito de Amar (3)
>>> Isto é para quando você vier
>>> 2021, o ano da inveja
>>> Pobre rua do Vale Formoso
>>> O que fazer com este corpo?
Colunistas
Últimos Posts
>>> Queen na pandemia
>>> Introducing Baden Powell and His Guitar
>>> Elon Musk no Clubhouse
>>> Mehmari, Salmaso e Milton Nascimento
>>> Gente feliz não escreve humor?
>>> A profissão de fé de um Livreiro
>>> O ar de uma teimosia
>>> Zuza Homem de Mello no Supertônica
>>> Para Ouvir Sylvia Telles
>>> Van Halen ao vivo em 1991
Últimos Posts
>>> Janelário
>>> A vida é
>>> (...!)
>>> Notívagos
>>> Sou rosa do deserto
>>> Os Doidivanas: temporada começa com “O Protesto”
>>> Zé ninguém
>>> Também no Rio - Ao Pe. Júlio Lancellotti
>>> Sementinas
>>> Lima nova da velha fome
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Co-opting creative revolution
>>> Gigantes de Tecnologia na Bolsa dos EUA
>>> Daily Rituals - How Artists Work, by Mason Currey
>>> Quem é o abutre
>>> Uma História do Mercado Livre
>>> O computador de antigamente
>>> Privacidade
>>> A nova Casa da MPB em São Paulo
>>> Carnaval só ano que vem, da Orquestra Imperial
>>> Os tataravôs da filosofia
Mais Recentes
>>> Pro Teste Nº129/2013 (Sabões em pó e líquido) de Vários pela Proteste (2013)
>>> Em busca do tempo perdido Vol 3. Dic Porto Fr-Pt-Pt-Fr c/ CD. O Escafandro e a Borboleta de Marcel Proust / Porto / Jean-Dominique Bauby pela Globo
>>> Pro Teste nº67/2008 - nº48/2006 de Vários pela Proteste (2008)
>>> Pro Teste nº122/mar/2013 - nº49/Jul/2006 de Vários pela Proteste (2013)
>>> Pro Teste nº127 - nº123 de Vários pela Proteste (2013)
>>> Password English Dictionary For Speakers of Portuguese de Martins Fontes pela Martins Fontes (1998)
>>> Vidas Secas de Graciliano Ramos pela Record
>>> New Framework 4a de Richmond pela Richmond
>>> New Framework Student Book 2A de Rich pela Richmond
>>> Livro Salvador , Pinturas 2014/2015 de Salvador Dalí pela Salvador Dal (2014)
>>> Cidades Mortas de Monteiro Lobato pela Globo
>>> Dinheiro & direitos Nº 9 e Nº5 (CARTÕES DE LOJAS) (CARTÕES DE CRÉDITO) de Vários pela Proteste (2007)
>>> Noite Na Taverna de Álvares de Azevedo pela Martin Claret
>>> Rosaflor E A Moura Torta de Pedro Bandeira pela Melhoramentos
>>> Minidionário Espanhol de Michaelis pela Melhoramento (2002)
>>> História Da Civilização Ocidental de Antonio Pedro E Lizanias pela Ftd (2005)
>>> Liderança de Henry Mintzberg E Outros pela Biblioteca De Gestão
>>> Livro Quimica, Volume Unico de Urberco E Salvado pela Saraiva (2006)
>>> Aprender e Praticar Gramática - Edição Renovada de Mauro Ferreira pela Ftd (2007)
>>> Presença Pedagógica V.20 / N. 119 (Educação infantil) de Vários pela Dimensão (2014)
>>> História da Alimentção no Brasil de Luís da Câmara Cascudo pela Global (2011)
>>> O Desaparecimento de Josef Mengele de Olivier Guez pela Intrísseca (2019)
>>> Trilogia do Sol Sonetos de Maria Thereza Galvão Bueno pela Salesianas (1982)
>>> 1964 - o Último Ato de Wilson Figueiredo pela Gryphus (2015)
>>> Filosofia da Ciência de Rubem Alves pela Brasiliense (1995)
BLOG >>> Posts

Quinta-feira, 6/11/2014
Não aguenta mais política?

+ de 1700 Acessos

Para você que não aguenta mais ouvir falar em política...

Informo que a polarização veio para ficar. Ou a politização, se você preferir.

A última eleição mostrou que não dá mais para acompanhar só meses antes e se decidir na última hora.

Agora não é mais uma votação, um candidato ou até um partido político que está em jogo - é o futuro do Brasil. É o nosso futuro. O nosso e *dos nossos*.

Política será um assunto cotidiano. Não podemos mais nos furtar a participar. É o nosso País. É a nossa vida.

Minha geração aprendeu, com o Plano Real, que a economia, por exemplo, é como uma "plataforma", como o Windows, sobre a qual "rodam" tantos "programas"...

Fiz meu primeiro estágio numa empresa nos primeiros anos do Real. Participei de um programa de trainee. Arranjei meus primeiros empregos no meio da euforia do final dos anos 90. Então, eu sei muito bem o que é um país funcionando com a economia "nos eixos".

E a economia é só um exemplo de como as nossas escolhas políticas podem influenciar nas nossas vidas nos anos subsequentes ao da eleição.

O Brasil votou em Fernando Henrique Cardoso em 1994 e em 1998, porque, instintivamente, sentiu que o Real revolucionou a nossa economia, e as nossas vidas. E votou em Lula, em 2002 e em 2006, porque a bonança continuou. E, inclusive, votou em Dilma, em 2010, por causa de tudo isso.

Agora a nossa economia saiu dos eixos - muita gente, até do PT, concorda - e estamos pagando caro por isso. De certa forma, estamos pagando por nossas escolhas políticas. Seja em 2010, seja agora, em 2014.

Nunca votei no PT e, consequentemente, nem no Lula, nem na Dilma, mas falo em nome do Brasil "no plural", porque respeito a soberania da escolha que todos fizeram, nas urnas. Embora reafirme que vamos pagar caro pelas consequências das últimas escolhas políticas, reconheço que estamos todos no mesmo barco. Ou seja: se juntos escolhemos, juntos vamos ter de corrigir o rumo.

Para tanto, não dá para ser eternamente refém do marketing político em época de eleição. É preciso conhecer os políticos. Saber de onde vieram, quais são suas ideias, o que andaram fazendo por aí. O que executaram em seus mandatos, quais projetos votaram, quem apoiam. Onde acertaram e, igualmente, onde erraram.

Acompanhar a política é o único jeito de se obter esse tipo de conhecimento. Não digo que é para ficar sintonizado na TV Senado e na TV Câmara, basta acompanhar minimamente pela internet mesmo, ler, se informar, discutir, opinar.

As redes sociais - ora demonizadas, ora santificadas - se mostraram um instrumento, efetivo, de participação, nestas eleições e até depois delas. E até antes: foram as "redes sociais" que catalisaram as manifestações de 2013. Sem as "redes sociais", o pedido de auditoria, destas eleições, não teria ocorrido. Sem as tais "redes sociais", a Folha não teria corrigido aquela matéria que causou tanta polêmica...

Como eleitores, como usuários das redes sociais, mas principalmente como brasileiros, precisamos reconhecer nosso protagonismo na vida política do País. Os políticos, que antes nos pareciam distantes, lá em Brasília, precisam de nós, não apenas na hora do voto, mas porque podemos acompanhar o que estão fazendo, questionar seus movimentos, fiscalizar e cobrar de nossos representantes. Isso em todas as esferas do poder. Aliás: quanto mais alta a esfera, maior deve ser a nossa participação.

Assim, se você não aguenta mais ouvir falar em política, se hoje até repele "posts" sobre o assunto, e, inclusive, deixou de seguir algumas pessoas por causa disso, reconsidere sua decisão. Abdicar da política, em nossas vidas, resultou no presente cenário de inflação alta, baixo crescimento, desindustrialização, comércio parado, volta do desemprego, ameaça de apagão, queda nos investimentos, endividamento, corrupção...

Nós, que já conhecemos um Brasil melhor, temos a obrigação de legar, no mínimo, o Brasil que tivemos, para as futuras gerações.

E esta missão passa pela política. Nunca deixe de participar.

Para ir além
Compartilhar


Postado por Julio Daio Borges
Em 6/11/2014 às 12h52


Mais Julio Daio Borges no Blog
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




True 39 Clubes - na Calada da Noite 3
Peter Lerangis
Ática
R$ 19,00



Anuário Ii: Curso para Diplomatas Sul-americanos
Fundação Alexandre de Gusmão (2ª Edição)
Funag
(2010)
R$ 26,00



Retrato de um artista quando jovem
James Joyce
Abril Cultural
(1971)
R$ 9,80



Vida Real Mundo Virtual - Col. Quem Tem Razão?
Ana Paula Corradini
Escala Educacional
(2007)
R$ 7,00



Dragon Ball Edição Definitiva Vol 5
Akira Toriyama
Panini Comics
(2019)
R$ 44,90



Uma Família Imperial
Rosa Freua de Carvalho
Feesp
(2001)
R$ 5,12



A metamorfose
Franz Kafka
Saraiva De Bolso
(2011)
R$ 15,00



A Nova era um Guia para Viver Em um Novo Tempo
Lorna St. Aubyn
Roca
(1992)
R$ 12,00



Falando de Amor
Flávio Gikovate
Mg editores associados
(1976)
R$ 6,90



A Flauta do Sótão
Lúcia Pimentel Góes
Paulus
(2003)
R$ 20,00





busca | avançada
114 mil/dia
2,3 milhões/mês