Irmãos Amâncio | Digestivo Cultural

busca | avançada
73783 visitas/dia
2,7 milhões/mês
Mais Recentes
>>> “Bella Cenci” Estreia em formato virtual com a atriz Thais Patez
>>> Espetáculo teatral conta a história de menina que sonha em ser astronauta
>>> Exposição virtual 'Linha de voo', de Antônio Augusto Bueno e Bebeto Alves
>>> MAB FAAP seleciona artista para exposição de 2022
>>> MIRADAS AGROECOLÓGICAS - COMIDA MANIFESTO
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> 20 contos sobre a pandemia de 2020
>>> Das construções todas do sentir
>>> Entrevista com o impostor Enrique Vila-Matas
>>> As alucinações do milênio: 30 e poucos anos e...
>>> Cosmogonia de uma pintura: Claudio Garcia
>>> Silêncio e grito
>>> Você é rico?
>>> Lisboa obscura
>>> Cem encontros ilustrados de Dirce Waltrick
>>> Poética e política no Pântano de Dolhnikoff
Colunistas
Últimos Posts
>>> Cidade Matarazzo por Raul Juste Lores
>>> Luiz Bonfa no Legião Estrangeira
>>> Sergio Abranches sobre Bolsonaro e a CPI
>>> Fernando Cirne sobre o e-commerce no pós-pandemia
>>> André Barcinski por Gastão Moreira
>>> Massari no Music Thunder Vision
>>> 1984 por Fabio Massari
>>> André Jakurski sobre o pós-pandemia
>>> Carteiros do Condado
>>> Max, Iggor e Gastão
Últimos Posts
>>> A lei natural da vida
>>> Sem voz, sem vez
>>> Entre viver e morrer
>>> Desnudo
>>> Perfume
>>> Maio Cultural recebe “Uma História para Elise”
>>> Ninguém merece estar num Grupo de WhatsApp
>>> Izilda e Zoroastro enfrentam o postinho de saúde
>>> Acentuado
>>> Mãe, na luz dos olhos teus
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Crise dos 40
>>> Marcelotas
>>> Para ler no botequim
>>> O blog da Bundas
>>> Introdução à lógica do talento literário
>>> O hiperconto e a literatura digital
>>> Nada a comemorar
>>> Washington Olivetto no Day1
>>> O desafio de formar leitores
>>> O Tigrão vai te ensinar
Mais Recentes
>>> Jornalista Edilson Cid Varela de Adirson Vasconcelos Junior pela Correio Braziliense (2003)
>>> Jornal Pasquim Ano XI 70/80 Encadernados de Jornalistas pela Codecri (1970)
>>> A Deusa de Jade e Outros Contos Chineses Famosos de Lin Yutang pela Irmãos Pongetti (1959)
>>> A Barca de Gleyre 2º tomo de Monteiro Lobato pela Brasiliense (1948)
>>> Jornal Pasquim IX -1977 (vários números) de Jornalistas pela Codecri (1970)
>>> A cidade e a serra de Eça de Queiroz pela Lello & Irmão (1944)
>>> O pensamento vivo de Rui Barbosa de Américo Jacobina Lacombe pela Livraria Martins (1944)
>>> Jornal Pasquim ANO X de 1979- Encadernados de Jornalistas pela Codecri (1979)
>>> Memórias inacabadas de Humberto de Campos pela José Olympio (1935)
>>> O cortiço de Aluis Azevedo pela Circulo do Livro (1991)
>>> Ressurreição de Machado de Assis pela Sociedade Gráfica (1962)
>>> O leopardo de Giuseppe Tomasi Di Lampedusa pela Abril Cultural (1974)
>>> O amigo fritz de Erckmann Chatrian pela Saraiva (1955)
>>> Não Posso Deixar-te de Luciana Peverelii pela Vecchi (1961)
>>> O País das uvas de Fialho D Almeida pela Livraria Clássica (1946)
>>> Literatura Comentada Oswald de Andrade de (Oswald de Andrade) pela Nova Cultural (1988)
>>> Os Dez Dias Que Abalaram o Mundo de John Reed pela Circulo do Livro (1986)
>>> Compêndio da Cambridge sobre Voltaire de Nicholas Cronk (Editor) pela Madras (2010)
>>> O Jornal da Noite de Arthur Hailey pela Record (1990)
>>> As meninas de Lygia Fagundes Telles pela Circulo do Livro (1979)
>>> Um estranho no espelho de Sidney Sheldon pela Circulo do Livro (1976)
>>> O Universo Das Comunicaçoes Humanas - Comunicação de Eneas Machado de Assis pela Mageart (1997)
>>> Literatura Comentada Guimarães Rosa de (Guimarães Rosa) pela Nova Cultural (1988)
>>> O Peregrino de John Bunyan pela Publicações Pão Diário (2020)
>>> O livro de san michele de Axel Munthe pela Círculo Do Livro (1985)
BLOG >>> Posts

Segunda-feira, 20/7/2015
Irmãos Amâncio

+ de 3400 Acessos

Atendendo a pedidos, publicamos pequenas entrevistas com os Blogueiros do Digestivo. (Até que a plataforma esteja 100% pronta e você conheça os blogs propriamente ditos...!) - JDB

1. Qual é a sua história com o Digestivo? (Como conheceu; há quanto tempo lê; por que acredita na iniciativa do Digestivo Blogs.)

Angélica Amâncio ― Um amigo me encaminhou um texto, anos atrás. Li outro, outro... E passei a acompanhar a página, que tem muitas contribuições interessantes, como a ideia do Digestivo Blogs!

Luís Fernando Amâncio ― A iniciativa do Digestivo Blogs é muito boa. O Digestivo se tornou um canal de confluência para pessoas que acompanham a produção cultural. Dar voz a esses leitores, que não por acaso acompanham o site, certamente ampliará o diálogo, potencializará as trocas de experiências.

2. Qual é o seu "background" (sua formação)? De onde vem; o que estudou; quais trabalhos seus citaria etc.

Angélica ― Eu nasci em Três Corações e passei a vida, até aqui, estudando Literatura: graduação, mestrado e doutorado... Pode parecer um tanto quanto "monocromático" a princípio, mas a gente sabe que, de monocromática, a literatura não tem nada. No meu caso, posso dizer que ela colore muito a minha vida.

Luís Fernando ― Minha formação é em História. Fiz a graduação e o mestrado na UFMG, com dissertação sobre o movimento de Cinema Novo e o conceito de culturas políticas. Paralelamente, me dedicava à produção literária, atividade à qual dou maior atenção agora.

3. Sobre quais temas vai falar/tratar no seu blog?

Angélica ― Sobre coisas que façam o coração pulsar diferente: filmes, livros, viagens, shows de rock, dias de chuva, partidas de futebol e ― por que não? ― política, desigualdade, dor.

Luís Fernando ― Estou com muita vontade de escrever crônicas, justamente por ser um gênero que nos permite, com o pretexto de tratar do cotidiano, flutuar entre vários temas.

4. Você já teve blog? Se sim, qual (ou quais), e com que repercussão?

Angélica ― Tenho um blog que, ultimamente, atualizo muito pouco. Foi criado com o intuito de domesticar um pouco a escrita, produzir semanalmente, disciplinadamente. Nos primeiros anos, o projeto foi eficaz e teve alguns leitores. Depois minha energia foi sendo sugada pela escrita acadêmica. Agora é hora de redirecioná-la para o "literário" outra vez.

Luís Fernando ― Também tenho um blog, forma que encontrei para compartilhar textos com amigos ou quem mais se aventurar a lê-los. De fato, ter um blog é um ótimo exercício ― não dá para deixar os textos empoeirando no HD do computador. Mas também tenho atualizado pouco meu blog...

5. Qual é sua relação com a escrita? Já escreveu em outros veículos/sites? Já publicou? Como foi a sua experiência nesse sentido (de colaborar e/ou publicar)?

Angélica ― Publiquei contos em coletâneas, poemas em revistas, textos em jornal, além de resenhas, artigos, ensaios acadêmicos. Estou com meu primeiro livro de poemas pronto, para ser lançado até o final deste ano.

Luís Fernando ― Participei de coletâneas de poemas, de crônicas e de contos. Recentemente, como premiação no "Prêmio LiteraCidade Jovem", publiquei meu primeiro livro, Contos de Autoajuda para Pessoas Excessivamente Otimistas, pela editora que nomeia o certame.

6. Como é se interessar por cultura, ou ter uma atividade intelectual, ou simplesmente ler o Digestivo, num país como o Brasil, ou sendo brasileiro? É uma profissão de fé? Ou é um desafio que te motiva (no dia a dia)?

Angélica ― Acredito que cultura seja uma questão de círculo social, de vontade, de oportunidade ― não exatamente de país. Há muita gente interessada em cultura no Brasil, assim como há muitos indivíduos nos países ditos "desenvolvidos" que passam as noites vidrados na programação paupérrima de certos canais de TV (e, sim, a programação também pode ser paupérrima por lá!). Ter uma atividade cultural, seja onde for, tem a ver com isso: ajudar a produzir a oportunidade ― que as pessoas são livres para apreciar ou refutar, é claro.

Luís Fernando ― Não consigo pensar em cultura por um viés que não seja o antropológico, ou seja, cultura como conjunto de práticas e representações que determinada coletividade tem em comum. E, nesse sentido, o Brasil tem uma cultura muito rica, diversa. Particularmente, acho que o maior desafio para a atividade intelectual é transformá-la em um diálogo amplo com o maior número possível de pessoas. Não basta ficar restrito a um pequeno círculo de pares, de iguais. Nem achar que só será ouvido: diálogo indica troca. O intelectual também precisa ouvir.

7. Você acha que, através da internet, podemos mudar esse cenário (de pouca cultura, pouco interesse pela vida intelectual, parca discussão de ideias etc.)?

Angélica ― A internet ajuda a difundir a cultura, isso é inegável. Mas a gente sabe que tem muito vídeo engraçado no YouTube, muita chamada sensacionalista na primeira página do Yahoo, muito famoso mostrando a boa forma na praia. Convenhamos: é difícil competir com tudo isso. Só que a gente insiste, sabendo que não dá para ganhar todas ― nem para perder também.

Luís Fernando ― Penso na internet como um oceano. Quantas possibilidades de trajetos e de descobertas um oceano guarda? Muitas. Mas as pessoas costumam seguir por caminhos que já conhecem, dia após dia, o mesmo trajeto: ou seja, mal utilizado, oceano é como um riacho, um caminho só. A internet tem muito potencial, já é uma revolução por agrupar pessoas por afinidades e não pela geografia. Mas, sem espírito desbravador, a internet não se efetiva em todo seu vigor.

8. Quais foram suas maiores influências? (Não precisa, necessariamente, ser alguém conhecido ou "famoso". Pode citar obras e/ou experiências também.) Quais "modelos" pretende seguir (ou te servem de referência)?

Angélica ― São muitas as influências. Professores, escritores, amigos, familiares, personagens. Meursault, Sal Paradise, Antoine Roquentin, e tantos outros, ensinaram-me um pouco a ser assim no mundo.

Luís Fernando ― Literatura beat, contemporânea, animes, rock, Hermes e Renato, o cinema menos domesticado... Há tanto para se experimentar que fico pouco pensando em quem realmente me influencia.

9. Mais alguma coisa que os Leitores precisam saber de você (mais alguma coisa que você gostaria de falar e eu não te perguntei)?

Angélica ― A ideia para o blog era escrevê-lo em parceria com o meu irmão e, por isso, chamá-lo Irmãos Amâncio - numa referência descarada aos Irmãos Coen, Campos ou Lumière, tanto faz. É um projeto antigo nosso e vimos na proposta do Digestivo Cultural uma oportunidade de colocá-lo em prática. Ele acabou sendo dividido (Luís Fernando e Angélica), para evitar confusões nas autorias, mas a ideia é a mesma. Afinal, sob o título de Digestivo Blogs, continuamos escrevendo juntos!

10. Onde mais a gente pode te encontrar? (Links ou referências, na internet, que você quiser/puder passar...)

Angélica ― Dá para ler textos antigos no blog fragellytee.blogspot.com.br

Luís Fernando ― E meu blog é o wwsuicide.blogspot.com

Nota do Editor
Angélica e Luís Fernando Amâncio compõem o grupo de blogueiros do Digestivo Cultural ;-)


Postado por Julio Daio Borges
Em 20/7/2015 às 18h57


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Introducing Baden Powell and His Guitar de Julio Daio Borges
02. Metallica tocando Van Halen de Julio Daio Borges
03. Van Halen ao vivo em 2015 de Julio Daio Borges
04. Van Halen ao vivo em 1984 de Julio Daio Borges
05. Chico Buarque em bate-papo com o MPB4 de Julio Daio Borges


Mais Julio Daio Borges no Blog
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




O Homem do Chapéu Vermelho
Hervé Guibert
José Olympio
(1996)



Segunda Guerra Mundial - História Fotográfica do Grande Conflito
Charles Herridge
Círculo do Livro



Frommers - Guia Completo de Viagem - Orlando
Rena Bulkin
Julio Louzada
(1995)



Equações Trigonométricas
Herbert F. Pinto
Científica
(1970)



Estações do Ano Inverno
Todolivro
Todolivro
(2010)



A Quarta Onda: os Negócios no Século Xxi
Herman Bryant Maynard Jr e Susan e Mehrtens
Cultrixamana
(1995)



Estes Homens Fizeram o Judaísmo
Marcos Margulies
Documentário
(1974)



Elétrico
Eduardo Ferrari
Literare Books International
(2019)



Refrações no Tempo
Maria José de Queiroz
Topbooks
(1996)



A Suspeita da Imperfeição
Alex de Andrade
Luziletras
(2002)





busca | avançada
73783 visitas/dia
2,7 milhões/mês