Irmãos Amâncio | Digestivo Cultural

busca | avançada
49395 visitas/dia
1,9 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Bossa Nova Mall homenageia músicos brasileiros com a programação especial Cantos e Encantos do Brasi
>>> SESC CARMO REALIZA CICLO DE OFICINAS VIRTUAIS SOBRE DIREITOS SOCIAIS E PRIMEIRA INFÂNCIA
>>> Tiras da Niara viram livro
>>> “Relatos da Era Digital”: novo álbum celebra a cultura sound system
>>> Abertas as Inscrições para a Oficina Conteúdo Audiovisual Infantil e Infantojuvenil
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Olavo de Carvalho (1947-2022)
>>> Maradona, a série
>>> Eleições na quinta série
>>> Mãos de veludo: Toda terça, de Carola Saavedra
>>> A ostra, o Algarve e o vento
>>> O abalo sísmico de Luiz Vilela
>>> A poesia com outras palavras, Ana Martins Marques
>>> Lourival, Dorival, assim como você e eu
>>> O idiota do rebanho, romance de José Carlos Reis
>>> LSD 3 - uma entrevista com Bento Araujo
Colunistas
Últimos Posts
>>> O melhor da Deutsche Grammophon em 2021
>>> A história de Claudio Galeazzi
>>> Naval, Dixon e Ferriss sobre a Web3
>>> Max Chafkin sobre Peter Thiel
>>> Jimmy Page no Brasil
>>> Michael Dell on Play Nice But Win
>>> A história de José Galló
>>> Discoteca Básica por Ricardo Alexandre
>>> Marc Andreessen em 1995
>>> Cris Correa, empreendedores e empreendedorismo
Últimos Posts
>>> Brega Night Dance Club e o afrofuturismo amazônico
>>> Fazer o que?
>>> Olhar para longe
>>> Talvez assim
>>> Subversão da alma
>>> Bons e Maus
>>> Sempre há uma próxima vez
>>> Iguais sempre
>>> Entre outros
>>> Corpo e alma
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Suplemento Literário 50 anos
>>> Cegueira
>>> Blog da Petrobras como Napster
>>> Menos fé e mais razão
>>> Aluga-se um escritório
>>> Para gostar de ler
>>> A resistência é vermelha
>>> Wear Sunscreen
>>> Millôr no IMS Paulista
>>> Uma história da Chilli Beans
Mais Recentes
>>> Caminho Suave - Comunicação e Expressão - 4ª série de Branca Alves de Lima pela Caminho Suave (1990)
>>> São Paulo Visto de Cima de Cássio Vasconcelos pela World Publisher (2020)
>>> Rio Visto de Cima de Cássio Vasconcelos pela Estudio Logos (2020)
>>> Avaliações em educação: novas perspectivas de Albano Estrela e Antônio Nóvoa pela Porto (1993)
>>> Amazonas Pátria da Água de Thiago de Mello pela Boccato (2007)
>>> Retorno à Amazônia de Jean-Michel Cousteau pela Guascor
>>> Introdução ao Design Gráfico de Renata Krusser pela UnisulVirtual (2011)
>>> Todas as Copas de 1930 a 1998 de Vários autores pela Lance! (1999)
>>> Para Sempre: Amor e Tempo de Ana Maria Machado pela Record (2001)
>>> Casamento Blindado de Ranato & Cristiane Cardoso pela Thomas Nelson Brasil (2012)
>>> Análise das Demonstrações Financeiras de John N. Myer pela Atlas S.A (1972)
>>> Memórias das Trevas de João Carlos Teixeira Gomes pela Geração Editorial (2022)
>>> O Livro De São Cipriano: Tratado Completo Da Verdadeira Magia de Vários Autores pela Pallas (2013)
>>> Marketing de Guerra de Al Ries e Jack Trout pela Mcgrawhill (2009)
>>> Inocência de Visconde de Taunay pela Dcl (2013)
>>> Eles continuam entre nos de Zibia Gasparetto pela Vida E Consciencia (2008)
>>> Sara Says No! - Confira! de Norman Whitney pela Heinemann (1992)
>>> Comédia Em Pé - o Livro de Vários Autores pela Mirabolantre (2009)
>>> Miss Bronte de Juliet Gael pela Lafonte (2011)
>>> A dama da fé de Ester Bezerra pela Planeta Do Brasil (2016)
>>> O Poder da Esperança de Julián Melgosa pela Casa Publicadora Brasileira (2017)
>>> Reencarnação de Swami Tilak pela Feeu (1974)
>>> Andarilha de Núbia Feitosa pela Cbje (2011)
>>> Gestação: Tratamento Em Dose Única das Infecções Não Complicadas Das Vias Urinárias de Zambon Laboratórios Farmacêuticos S.A pela Zambon Laboratórios Farmacêuticos S.A (2022)
>>> Crimes Hediondos de Antonio Lopes Monteiro pela Saraiva (1997)
BLOG >>> Posts

Segunda-feira, 20/7/2015
Irmãos Amâncio

+ de 4200 Acessos

Atendendo a pedidos, publicamos pequenas entrevistas com os Blogueiros do Digestivo. (Até que a plataforma esteja 100% pronta e você conheça os blogs propriamente ditos...!) - JDB

1. Qual é a sua história com o Digestivo? (Como conheceu; há quanto tempo lê; por que acredita na iniciativa do Digestivo Blogs.)

Angélica Amâncio ― Um amigo me encaminhou um texto, anos atrás. Li outro, outro... E passei a acompanhar a página, que tem muitas contribuições interessantes, como a ideia do Digestivo Blogs!

Luís Fernando Amâncio ― A iniciativa do Digestivo Blogs é muito boa. O Digestivo se tornou um canal de confluência para pessoas que acompanham a produção cultural. Dar voz a esses leitores, que não por acaso acompanham o site, certamente ampliará o diálogo, potencializará as trocas de experiências.

2. Qual é o seu "background" (sua formação)? De onde vem; o que estudou; quais trabalhos seus citaria etc.

Angélica ― Eu nasci em Três Corações e passei a vida, até aqui, estudando Literatura: graduação, mestrado e doutorado... Pode parecer um tanto quanto "monocromático" a princípio, mas a gente sabe que, de monocromática, a literatura não tem nada. No meu caso, posso dizer que ela colore muito a minha vida.

Luís Fernando ― Minha formação é em História. Fiz a graduação e o mestrado na UFMG, com dissertação sobre o movimento de Cinema Novo e o conceito de culturas políticas. Paralelamente, me dedicava à produção literária, atividade à qual dou maior atenção agora.

3. Sobre quais temas vai falar/tratar no seu blog?

Angélica ― Sobre coisas que façam o coração pulsar diferente: filmes, livros, viagens, shows de rock, dias de chuva, partidas de futebol e ― por que não? ― política, desigualdade, dor.

Luís Fernando ― Estou com muita vontade de escrever crônicas, justamente por ser um gênero que nos permite, com o pretexto de tratar do cotidiano, flutuar entre vários temas.

4. Você já teve blog? Se sim, qual (ou quais), e com que repercussão?

Angélica ― Tenho um blog que, ultimamente, atualizo muito pouco. Foi criado com o intuito de domesticar um pouco a escrita, produzir semanalmente, disciplinadamente. Nos primeiros anos, o projeto foi eficaz e teve alguns leitores. Depois minha energia foi sendo sugada pela escrita acadêmica. Agora é hora de redirecioná-la para o "literário" outra vez.

Luís Fernando ― Também tenho um blog, forma que encontrei para compartilhar textos com amigos ou quem mais se aventurar a lê-los. De fato, ter um blog é um ótimo exercício ― não dá para deixar os textos empoeirando no HD do computador. Mas também tenho atualizado pouco meu blog...

5. Qual é sua relação com a escrita? Já escreveu em outros veículos/sites? Já publicou? Como foi a sua experiência nesse sentido (de colaborar e/ou publicar)?

Angélica ― Publiquei contos em coletâneas, poemas em revistas, textos em jornal, além de resenhas, artigos, ensaios acadêmicos. Estou com meu primeiro livro de poemas pronto, para ser lançado até o final deste ano.

Luís Fernando ― Participei de coletâneas de poemas, de crônicas e de contos. Recentemente, como premiação no "Prêmio LiteraCidade Jovem", publiquei meu primeiro livro, Contos de Autoajuda para Pessoas Excessivamente Otimistas, pela editora que nomeia o certame.

6. Como é se interessar por cultura, ou ter uma atividade intelectual, ou simplesmente ler o Digestivo, num país como o Brasil, ou sendo brasileiro? É uma profissão de fé? Ou é um desafio que te motiva (no dia a dia)?

Angélica ― Acredito que cultura seja uma questão de círculo social, de vontade, de oportunidade ― não exatamente de país. Há muita gente interessada em cultura no Brasil, assim como há muitos indivíduos nos países ditos "desenvolvidos" que passam as noites vidrados na programação paupérrima de certos canais de TV (e, sim, a programação também pode ser paupérrima por lá!). Ter uma atividade cultural, seja onde for, tem a ver com isso: ajudar a produzir a oportunidade ― que as pessoas são livres para apreciar ou refutar, é claro.

Luís Fernando ― Não consigo pensar em cultura por um viés que não seja o antropológico, ou seja, cultura como conjunto de práticas e representações que determinada coletividade tem em comum. E, nesse sentido, o Brasil tem uma cultura muito rica, diversa. Particularmente, acho que o maior desafio para a atividade intelectual é transformá-la em um diálogo amplo com o maior número possível de pessoas. Não basta ficar restrito a um pequeno círculo de pares, de iguais. Nem achar que só será ouvido: diálogo indica troca. O intelectual também precisa ouvir.

7. Você acha que, através da internet, podemos mudar esse cenário (de pouca cultura, pouco interesse pela vida intelectual, parca discussão de ideias etc.)?

Angélica ― A internet ajuda a difundir a cultura, isso é inegável. Mas a gente sabe que tem muito vídeo engraçado no YouTube, muita chamada sensacionalista na primeira página do Yahoo, muito famoso mostrando a boa forma na praia. Convenhamos: é difícil competir com tudo isso. Só que a gente insiste, sabendo que não dá para ganhar todas ― nem para perder também.

Luís Fernando ― Penso na internet como um oceano. Quantas possibilidades de trajetos e de descobertas um oceano guarda? Muitas. Mas as pessoas costumam seguir por caminhos que já conhecem, dia após dia, o mesmo trajeto: ou seja, mal utilizado, oceano é como um riacho, um caminho só. A internet tem muito potencial, já é uma revolução por agrupar pessoas por afinidades e não pela geografia. Mas, sem espírito desbravador, a internet não se efetiva em todo seu vigor.

8. Quais foram suas maiores influências? (Não precisa, necessariamente, ser alguém conhecido ou "famoso". Pode citar obras e/ou experiências também.) Quais "modelos" pretende seguir (ou te servem de referência)?

Angélica ― São muitas as influências. Professores, escritores, amigos, familiares, personagens. Meursault, Sal Paradise, Antoine Roquentin, e tantos outros, ensinaram-me um pouco a ser assim no mundo.

Luís Fernando ― Literatura beat, contemporânea, animes, rock, Hermes e Renato, o cinema menos domesticado... Há tanto para se experimentar que fico pouco pensando em quem realmente me influencia.

9. Mais alguma coisa que os Leitores precisam saber de você (mais alguma coisa que você gostaria de falar e eu não te perguntei)?

Angélica ― A ideia para o blog era escrevê-lo em parceria com o meu irmão e, por isso, chamá-lo Irmãos Amâncio - numa referência descarada aos Irmãos Coen, Campos ou Lumière, tanto faz. É um projeto antigo nosso e vimos na proposta do Digestivo Cultural uma oportunidade de colocá-lo em prática. Ele acabou sendo dividido (Luís Fernando e Angélica), para evitar confusões nas autorias, mas a ideia é a mesma. Afinal, sob o título de Digestivo Blogs, continuamos escrevendo juntos!

10. Onde mais a gente pode te encontrar? (Links ou referências, na internet, que você quiser/puder passar...)

Angélica ― Dá para ler textos antigos no blog fragellytee.blogspot.com.br

Luís Fernando ― E meu blog é o wwsuicide.blogspot.com

Nota do Editor
Angélica e Luís Fernando Amâncio compõem o grupo de blogueiros do Digestivo Cultural ;-)


Postado por Julio Daio Borges
Em 20/7/2015 às 18h57


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Andreessen Horowitz e o futuro dos Marketplaces de Julio Daio Borges
02. Pernambucanas e Polishop sobre a crise de Julio Daio Borges
03. Entrevista com Diogo Salles de Julio Daio Borges
04. Armínio comenta Paulo Guedes de Julio Daio Borges
05. Ed Catmull por Jason Calacanis de Julio Daio Borges


Mais Julio Daio Borges no Blog
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Arquitetura e Engenharia Consultiva no Brasil uma História Em Projetos e Obras
Sindicato da Arquitetura e da Engenharia
Bb
(2013)



Ame e Dê Vexame
Roberto Freire
Guanabara
(1990)



Cuca Fundida
Woody Allen
L&PM
(2006)



Genoma Empresarial
Ernesto Haberkorn; Fernando Cicero
Gente
(2001)



Resgatem o Titanic!
Clive Cussler
Círculo do Livro



De Malas Prontas
Danuza Leão; Filipe Jardim
Companhia das Letras
(2009)



Ensaios
Michel de Montaigne
Abril Cultural
(1972)



Fisiologia da Nutrição - Vol. 2
Rebeca C. de Angelis
Edusp
(1979)



Pense Grande
Multiplic
Multiplic
(1989)



Branco Neve, Vermelho Rússia
Dorota Maslowska
Record
(2007)





busca | avançada
49395 visitas/dia
1,9 milhão/mês