Casa do Saber: Cinema Clássico | Digestivo Cultural

busca | avançada
78047 visitas/dia
2,7 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Castelo realiza piqueniques com contemplação do pôr do sol ao ar livre
>>> A bailarina Ana Paula Oliveira dança com pássaro em videoinstalação de Eder Santos
>>> Festival junino online celebra 143 da cidade de Joanópolis
>>> Nova Exposição no Sesc Santos tem abertura online nessa quinta, 17/06
>>> Arte dentro de casa: museus e eventos culturais com exposições virtuais
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Ao pai do meu amigo
>>> Paulo Mendes da Rocha (1929-2021)
>>> 20 contos sobre a pandemia de 2020
>>> Das construções todas do sentir
>>> Entrevista com o impostor Enrique Vila-Matas
>>> As alucinações do milênio: 30 e poucos anos e...
>>> Cosmogonia de uma pintura: Claudio Garcia
>>> Silêncio e grito
>>> Você é rico?
>>> Lisboa obscura
Colunistas
Últimos Posts
>>> Cidade Matarazzo por Raul Juste Lores
>>> Luiz Bonfa no Legião Estrangeira
>>> Sergio Abranches sobre Bolsonaro e a CPI
>>> Fernando Cirne sobre o e-commerce no pós-pandemia
>>> André Barcinski por Gastão Moreira
>>> Massari no Music Thunder Vision
>>> 1984 por Fabio Massari
>>> André Jakurski sobre o pós-pandemia
>>> Carteiros do Condado
>>> Max, Iggor e Gastão
Últimos Posts
>>> Virtual: Conselheiro do Sertão estreia quinta, 24
>>> A lei natural da vida
>>> Sem voz, sem vez
>>> Entre viver e morrer
>>> Desnudo
>>> Perfume
>>> Maio Cultural recebe “Uma História para Elise”
>>> Ninguém merece estar num Grupo de WhatsApp
>>> Izilda e Zoroastro enfrentam o postinho de saúde
>>> Acentuado
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Trilogia Evil Dead
>>> Joaquim Roriz
>>> A internet e a arte marginal
>>> As redes sociais como filtros
>>> Aberta a temporada de caça
>>> As várias faces de Al Pacino
>>> Quando o autor é protagonista do próprio romance
>>> Minha finada TV analógica
>>> Ser intelectual dói
>>> Entrevista com Ron Bumblefoot Thal
Mais Recentes
>>> Turismo. Princípios, práticas e filosofias. de Charles R. Goeldner, J.R. Brent Ritchie e Robert W. McIntosh pela Bookman (2002)
>>> Brasil : uma história. Cinco séculos de um País em contrução. de Eduardo Bueno pela Leya (2010)
>>> Historia da aeronáutica de Courtlandt Canby pela Morais (1965)
>>> História da marinha de Courtlandt Canby pela Morais (1965)
>>> História do armamento de Courtlandt Canby pela Morais (1965)
>>> Classicos Inesqueciveis - O Rei Leão de Disney pela Pixel (2021)
>>> Las Aventuras de Tom Sawyer de Mark Twain pela Never Land (2016)
>>> O Gene Egoísta de Richard Dawkins pela Itatiaia (2001)
>>> Branca de neve e os setes anões de Disney pela Pixel (2021)
>>> Cuentos de Pio Baroja pela Alianza (1978)
>>> 3 Palavrinhas: Brincando, aprendendo e cantando de Pixel pela Pixel (2021)
>>> Uma aventura na era dos dinossauros de Picolé pela Picolé (2021)
>>> 100 Viagens Que Toda Mulher Precisa Fazer de Stephanie Elizondo Griest pela Novo Conceito (2011)
>>> Aqueles que me desejam a morte de Michael Koryta pela Trama (2021)
>>> A cor da pele de John Vercher pela Trama (2021)
>>> Tempo: o de dentro e o de fora de Luiz Arraes pela Cepe (2007)
>>> Contos africanos dos países de língua portuguesa de Vários autores pela Ática (2009)
>>> Into the Wild (Na Natureza Selvagem) de Jon Krakauer pela Anchor Books (1996)
>>> A Cidade do Sol de Khaled Hosseini pela Agir (2012)
>>> Contos Brasileiros I de Vários autores pela Ática (2008)
>>> A Hora da Estrela de Clarice Lispector pela Francisco Alves (1997)
>>> Enciclopédie pratique du batiment et des travaux publics vol. 1, 2 e 3 de Vários Autores pela Quillet (1970)
>>> Dicionário Internacional de Biografias vol. 1, 2, 3 e 4 de George Thompson Antunes pela Nobel (1998)
>>> Nariz de Angelo Machado, Lor & Thalma pela Nova Fronteira (2021)
>>> Dicionário Contemporâneo da Língua Portuguesa vol. 1, 2 e 3 de Caldas Aulete pela Delta (1964)
BLOG >>> Posts

Terça-feira, 27/9/2005
Casa do Saber: Cinema Clássico

+ de 6000 Acessos

Nas últimas seis semanas, além de atuar como crítico de cinema da Folha de S.Paulo e da TV UOL, Sérgio Rizzo tem ministrado o curso "Para Conhecer os Clássicos: dos primórdios ao Cinema Moderno", na Casa do Saber. E o que à primeira vista parecia complicado em 17 de agosto (data de início das aulas) agora não poderia fazer mais sentido. Em outras palavras, o professor Sérgio Rizzo deu conta, em cinco aulas (a sexta e última será nesta quarta-feira, 28, às 12h30), dos primeiros movimentos, lá com os irmãos Lumière e com Georges Meliès, até a Época de Ouro do cinema norte-americano, com David Selznick e E o Vento Levou.

Da forma como está escrito pode parecer que a tarefa foi simples para Rizzo. Afinal, como jornalista e crítico de cinema, ele precisa dominar o assunto como ninguém. Este raciocínio procede, mas não é tão comum assim encontrar especialistas que consigam transmitir de maneira tão clara o desenvolvimento de um meio de expressão artística tão peculiar e abrangente como o Cinema. A razão para isso, aprende-se depois, é que Sérgio Rizzo não entende apenas da sétima arte. Pois, ainda que esta seja sua especialidade, ao logo do curso ele trouxe para os alunos comparações fundamentais para o entendimento da evolução do cinema. Exemplo disso foram as conexões entre a produção cinematográfica e a produção industrial, elemento que foi um dos responsáveis pela supremacia americana em relação aos franceses já nas primeiras décadas do século XX. Ou então como o cinema americano, em certa medida, espelha os ideais do individualismo, o que é diferente, por exemplo, do cinema soviético, quando a experiência coletiva também obedece a um raciocínio (também) ideológico.

Já do ponto de vista teórico, Sergio Rizzo conseguiu explicar ainda o que era a linguagem cinematográfica (câmera e montagem). E a partir disso enveredou para a interpretação de cada marco cinematográfico, pela ordem: O Nascimento de uma Nação, de D.W.Griffith (o marco inicial do cinema narrativo clássico); A General, de Buster Keaton ("eminentemente cinematográfico, graças ao movimento"); Encouraçado Potenkim, do russo Serguei Einsenstei (com a surpreendente organização de imagens e a mudança do estilo narrativo americano) e M, o Vampiro de Düsseldorf, de Fritz Lang ("o expressionismo alemão e a leitura enviesada da realidade"). Poderia citar tantos outros, cujos trechos foram passados em sala, mas a lista ficaria cansativa.

Em síntese, é correto afirmar que, a partir do curso, se os clássicos do cinema, como O Picolino (estrelado por Fred Astaire e Ginger Rogers [imagem acima]), não ficaram mais clássicos, ao menos agora os alunos podem compreender o motivo de toda essa distinção e reverência feitas a esses filmes.


Postado por Fabio Silvestre Cardoso
Em 27/9/2005 às 10h45


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Meirelles salvaria Dilma? de Julio Daio Borges
02. Jou Jou Balangandans de Julio Daio Borges
03. Você sabe quem é a Dilma? de Julio Daio Borges
04. Isabel Allende na Flip 2010 de Julio Daio Borges
05. Fórmula mágica de Julio Daio Borges


Mais Fabio Silvestre Cardoso no Blog
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Die Bodenreform in Der Britischen Zone 1945-1949
Gunter J. Trittel
Deutsche Verlags-anstalt
(1975)



Sap Interface Programming
Michael Wegelin/michael Englbrecht
Galileo Press
(2008)



Changer En Douceur: a La Recherche de Léquilibre
Alain Rochon
Les Editions de Lhomme
(1995)



Reumato Volume 2 - as Colagenoses
Equipe Medcurso
Medcurso
(2012)



Memórias Inacabadas - Obra Póstuma
Humberto de Campos
W. M. Jackson
(1945)



História Viva Mitologia 2 - as Leis do Olimpo
Thomas Bulfinch
Duetto



Depois do Silêncio
Raul Marques
7 Letras
(2009)



Doenças Infecciosas e Parasitárias
Ricardo Veronesi
Guanabara Koogan
(1962)



Legends of the Ferengi (star Trek: Deep Space Nine)
Ira Steven Behr, Robert Hewitt Wolfe
Pocket Books
(1997)



Você Meu Filho
Jean Bothorel
Brasiliense
(1986)





busca | avançada
78047 visitas/dia
2,7 milhões/mês