OS 50 TONS DE CINZA | Blog de Gilberto Antunes Godoi

busca | avançada
75720 visitas/dia
2,6 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Renato Morcatti transita entre o público e o íntimo na nova exposição “Ilê da Mona”
>>> Site WebTV publica conto de Maurício Limeira
>>> Nó na Garganta narra histórias das rodas de choro brasileiras
>>> TODAS AS CRIANÇAS NA RODA: CONVERSAS SOBRE O BRINCAR
>>> Receitas com carne suína para o Dia dos Pais
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Ao pai do meu amigo
>>> Paulo Mendes da Rocha (1929-2021)
>>> 20 contos sobre a pandemia de 2020
>>> Das construções todas do sentir
>>> Entrevista com o impostor Enrique Vila-Matas
>>> As alucinações do milênio: 30 e poucos anos e...
>>> Cosmogonia de uma pintura: Claudio Garcia
>>> Silêncio e grito
>>> Você é rico?
>>> Lisboa obscura
Colunistas
Últimos Posts
>>> Deep Purple em Nova York (1973)
>>> Blue Origin's First Human Flight
>>> As últimas do impeachment
>>> Uma Prévia de Get Back
>>> A São Paulo do 'Não Pode'
>>> Humberto Werneck por Pedro Herz
>>> Raquel Cozer por Pedro Herz
>>> Cidade Matarazzo por Raul Juste Lores
>>> Luiz Bonfa no Legião Estrangeira
>>> Sergio Abranches sobre Bolsonaro e a CPI
Últimos Posts
>>> O cheiro da terra
>>> Vivendo o meu viver
>>> Secundário, derradeiro
>>> Caminhemos
>>> GIRASSÓIS
>>> Biombos
>>> Renda Extra - Invenção de Vigaristas ou Resultado
>>> Triste, cruel e real
>>> Urgências
>>> Ao meu neto 1 ano: Samuel "Seu Nome é Deus"
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Três paredes e meia
>>> All That Jazz
>>> A proposta libertária
>>> It’s only rock’n’roll but I like it
>>> Maurice
>>> Diversões
>>> Fetiche por película
>>> Entrevista com o impostor Enrique Vila-Matas
>>> Literária, colorida, sonante, tropical
>>> O Gmail (e o E-mail)
Mais Recentes
>>> A Batalha das Rainhas de Jean Plaidy pela Record (1978)
>>> Um Certo Capitão Rodrigo de Erico Verissimo pela Círculo do Livro
>>> O Livro de San Michele de Axel Munthe pela Círculo do Livro
>>> O Espião Que Morreu de Tédio de George Mikes pela Círculo do Livro
>>> O Santo Inquérito - Coleção Prestígio de Dias Gomes pela Ediouro (2004)
>>> Confissões Eróticas de Iris e Steven Finz pela Record (2001)
>>> Diários do Vampiro Vol 1 Origens Ddiários de Stepan de L. J. Smith - Kevin Williamson - Julie Plec pela Galera Record (2011)
>>> Peão da Rainha de Victor Canning pela Record (1969)
>>> Paris - uma Agenda de Bons Endereços de Elisabeth Vanzolini pela Ediouro (1998)
>>> Obras Incompletas - Coleção Os Pensadores - 2 Volumes de Friedrich Nietzsche pela Nova Cultural (1991)
>>> Ensaios Escolhidos - Coleção Os Pensadores de Bertrand Russell pela Nova Cultural (1992)
>>> Diálogos - Coleção Os Pensadores de Platão pela Nova Cultural (1991)
>>> Ensaio Acerca do Entendimento Humano de John Locke pela Nova Cultural (1991)
>>> Do Contrato Social e outros textos - Coleção Os Pensadores de Rousseau pela Nova Cultural (1991)
>>> Tratado da Correção do Intelecto e outros textos - Coleção Os Pensadores de Espinosa pela Nova Cultural (1991)
>>> Os Pensadores - Galileu e Newton de Dois autores pela Nova Cultural (1991)
>>> Obras Escolhidas - Coleção Os Pensadores de Schelling pela Nova Cultural (1991)
>>> Ensaios Filosóficos - Coleção Os Pensadores de Montaigne pela Nova Cultural (1991)
>>> O Príncipe e Escritos Políticos - Coleção Os Pensadores de Maquiavel pela Nova Cultural (1991)
>>> Ayurveda: A Ciência da Autocura - Um Guia Prático de Dr. Vasant Lad pela Ground (2020)
>>> Rio de Assis: Imagens machadianas do Rio de Janeiro de Aline Carrer (concepção e design) pela Casa da Palavra (1999)
>>> Fala, Preto-Velho de Wanderley Oliveira & Pai João de Angola pela Dufaux (2018)
>>> Um Encontro Com Pai João de Wanderley Oliveira & Pai João de Angola pela Dufaux (2016)
>>> História do Espiritismo de Arthur Conan Doyle pela Pensamento (2015)
>>> Recursos Desumanos de Pierre Lemaitre pela Vestigio (2015)
BLOGS >>> Posts

Sábado, 20/6/2015
OS 50 TONS DE CINZA
Gilberto Antunes Godoi

+ de 1100 Acessos

50 Tons de Cinza parece o nome ou frase ou titulo que no momento se equivale de se saber responder como se perguntasse como que é arroz ou feijão?qualquer um sabe.E estes(arroz e feijão tão comuns) quebrariam o clima(Risos).Teria que ser um alimento quente ou de queimar,apimentado.Um romance erótico que teve a atenção na capa das principais revistas e programa de tv.Um best seller sem qualquer dúvida.O Código da Vinci outro fenômeno de venda vendeu em 5 anos 90 milhões de cópias.50 tons de cinza já chegou a isso em mais um ano.Por que todo esse sucesso?Por que fala de sexo?Ou porque a erotização dos relacionamentos ainda deixa a desejar?Depois de um libero geral,restou tabus que o livro oportunamente trouxe à tona?Com certeza trouxe um apelo naquilo que desde os homens das cavernas está em nós:Sexo.Para chegar mais perto sexualidade.Que vai além de genitalidade.Ah,as mulheres foram as que mais compraram...e para elas esta questão é muito mais complicado que para os homens.O homem para se excitar é simples.Basta a imagem do corpo nu da mulher.As mulheres de um ritual que chega quase criptogramas,nem se falando em neuroses, em consequência da falta de harmonia por essa exigência... No romance 50 Tons de cinza e de retumbante sucesso que virou filme e de estrondoso sucesso nas telonas.A história de um casal com os esteorótipos apelativos.E,no caso desse casal se admite práticas de submissão as quais não se toleraria nestes tempos libertos...Ou algo não resolvido nas fantasias tão restringido pela cultura...entrando no tipo de Wood allen:"Tudo o que você quis saber sobre sexo ou nunca teve a coragem de perguntar..."(risos).Ou preenchendo uma lacuna que se por hora se pensava estar esgotado...?Por que desde os anos 60 houve tantas manifestação pelo por um sexo mais livre e sem vergonha ou preconceito?E,assim supostamente o tema estaria saturado.Ainda muito pudor e conflitos.E,por isso 50 Tons de Cinza vem como porta-voz dos desejos carnais ainda remanescentes ou não devidamente assumidos.(Risos).Ainda se sentindo como impulsos anormais...E, chega 50 Tons de Cinza com mais de 50 tons e multiplas variações de fantasias e desejos aparentemente reprimidos e talvez proibidos,ou mais correto dizer autoproibidos por uma moral ainda condenatória... As mulheres compraram muiiito o livro.E abertamente lendo.No ônibus antes de descer na parada.Com ele a mão na frente da casa conversando sobre o mesmo com as amigas.Creio que a história dos amantes envolva mas fica dificil separar suas quentes cenas ou palavras que apimentam da mesma história.O atrativo mesmo para a obra virar bestseller é o sexo que mesmo num tempo avançado libertam as mulheres nem que seja simbolicamente do ainda papai e mamãe na cama...de certa forma por tantos tabus que resistem sair Então, nenhuma apreciação como literatura?(Podemos dizer que tanto o Código da Vinte como os 50 Tons de Cinza são excepcionalmente envoltes pelo tema).Mas quem que disse que sexo não faz parte da literatura?Muito antes pelo contrário...faz parte mesmo que disfarçado,ou mascarado,ou ainda indireto,todavia,dando sentido a tudo,pois está na essência da natureza homem/mulher.Bastante compreensivel porquê tanta sucesso com as leitoras femininas,Pois, elas são maravilhosamente mais complexas, e por que não mais estéticas?Homems com sua tesão fácil e simples.(Risos). Entretanto,mesmo com suas explicações ou justificativas o romance Os 50 Tons de Cinza teve quase uma unaminidade na procura por um apelo sexual ou puxado unicamente por um instinto.E, não correspondentes procuras por outros romances com a mesma ávidez, bem longe disto.Autores como PHilip Roth com romances memoráveis(O Complexo de POrtnoy)e eterno candidato ao Nobel de literatura um tanto esquecido dos leitores mesmo com recentes lançamentos.O meu amigo e irreverente,como celebridade por onde passa igual um Pop Star o romancista inglês Martin Amis.Mesmo um bestseller, seu último romance Zona de Interesse uma abordagem inusitada de personagens do campos de concentração Auschwitz o horror do holocausto promovido pelos Nazistas,destacado pela critica,nem perto da procura se compararado com Os 50 Tons de Cinza.E um escritor novo suiço Joel Dicker.Seu romance policial A Verdade Sobre o Caso Harry Quebert,com 575 páginas têm leitores incrivelmente lendo em apenas um dia...a explicação é que a curiosidade(devido a condução da trama pela narrativa),dá mais e mais vontade de ler e sem parar até que chegue a última página...Ah, já vendeu no mundo todo 2 milhões de cópias.Injustamente também muito atrás das vendas do 50 Tons de Cinza.Assim como tantos autores, romancistas sofrendo está injustiça vindo da parte dos leitores,se deixassem a indiferença de lado se envolveriam com a leitura e ao mesmo tempo que se deliciassem iriam reparar a tal injustiça com os romancistas...(Risos).

Postado por Gilberto Antunes Godoi
Em 20/6/2015 às 22h02


Mais Blog de Gilberto Antunes Godoi
Mais Digestivo Blogs
Ative seu Blog no Digestivo Cultural!

* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Participação nos Lucros Ou Resultados Sua Obrigatoriedade
Marcia Oliveira Silva
Ltr
(2013)



Quatro
Marlio Silveira da Silva
Cbje
(2008)



Direito Penal Especial Processo Penal e Direitos Fundamentais
Jose de Faria Costa
Quartier Latin
(2006)



Os Credores do Mundo
Anthony Sampson
Record
(1981)



Descobrindo a Geometria Fractal: para a Sala de Aula - 3ª Edição
Ruy Madsen Barbosa
Autêntica
(2005)



O Caramuru
Cecília Casas
Landy
(2003)



O Sol Entre Nós
Maria de Lourdes Franceschini Tcharles Siqueira
Do Autor
(2007)



Desvendando os segredos da Linguagem Corporal
Allan & Barbara Pease
Sextante
(2005)



Tríade Poética
Ary Albuquerque
Topbooks
(2003)



Español Sin Fronteras - Esf 1
Jesus Sanches Lobato
Sgel
(2007)





busca | avançada
75720 visitas/dia
2,6 milhões/mês