ATENAS/GRECIA e um pouco da sua história | Blog de Dinah dos Santos Monteiro

busca | avançada
37685 visitas/dia
1,3 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Rinoceronte, poemas em prosa de Ronald Polito
>>> A forca de cascavel — Angústia (FUVEST 2020)
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
Colunistas
Últimos Posts
>>> Revisores de Texto em pauta
>>> Diogo Salles no podcast Guide
>>> Uma História do Mercado Livre
>>> Washington Olivetto no Day1
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> Karnal, Cortella e Pondé
>>> Canal Livre com FHC
>>> A história de cada livro
>>> Guia Crowdfunding de Livros
>>> Crise da Democracia
Últimos Posts
>>> Uma crônica de Cinema
>>> Visitação ao desenho de Jair Glass
>>> Desiguais
>>> Quanto às perdas I
>>> A caminho, caminhemos nós
>>> MEMÓRIA
>>> Inesquecíveis cinco dias de Julho
>>> Primavera
>>> Quando a Juventude Te Ferra Economicamente
>>> Bens de consumo
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Ser intelectual dói
>>> O Tigrão vai te ensinar
>>> O hiperconto e a literatura digital
>>> Aberta a temporada de caça
>>> Se for viajar de navio...
>>> Incompatibilidade...
>>> Alguns Jesus em 10 anos
>>> Blogues: uma (não tão) breve história (II)
>>> Picasso e As Senhoritas de Avignon (Parte I)
>>> Asia de volta ao mapa
Mais Recentes
>>> O Livro da moda de Alexandra Black pela Publifolha (2015)
>>> Rejuvelhecer a saude como prioridade de Sergio Abramoff pela Intrinseca (2017)
>>> O livro das evidencias de John Banville Tradução Fabio Bonillo pela Biblioteca Azul - globo (2018)
>>> O futebol explica o Brasil de Marcos Guterman pela Contexto (2014)
>>> O Macaco e a Essencia de Aldous Huxley pela Globo (2017)
>>> BATISTAS, Sua Trajetória em Santo Antônio de Jesus: o fim do monopólio da fé na Terra do Padre Mateus de Jorgevan Alves da Silva pela Fonte Editorial (2018)
>>> Playboy Bárbara Borges de Diversos pela Abril (2009)
>>> Sarah de Theresa Michaels pela Nova Cultural (1999)
>>> A Bela e o Barão de Deborah Hale pela Nova Cultural (2003)
>>> O estilo na História. Gibbon & Ranke & Macaulay & Burckhardt de Peter Gay pela Companhia das Letras (1990)
>>> Playboy Simony de Diversos pela Abril (1994)
>>> Invasão no Mundo da Superfície de Mark Cheverton pela Galera Junior (2015)
>>> José Lins Do Rego- Literatura Comentada de Benjamin Abdala Jr. pela Abril Educação (1982)
>>> A modernidade vienense e as crises de identidade de Jacques Le Rider pela Civilização Brasileira (1993)
>>> Machado De Assis - Literatura Comentada de Marisa Lajolo pela Abril Educação (1980)
>>> A Viena de Wittgenstein de Allan Janik & Stephen Toulmin pela Campus (1991)
>>> O Velho e o Mar de Ernest Hemingway pela Círculo do livro (1980)
>>> Veneno de Alan Scholefield pela Abril cultural (1984)
>>> O Livreiro de Cabul de Asne Seierstad pela Record (2007)
>>> Os Dragões do Éden de Carl Sagan pela Francisco Alves (1980)
>>> O Espião que sabia demais de John Le Carré pela Abril cultural (1984)
>>> Administração de Materiais de Jorge Sequeira de Araújo pela Atlas (1981)
>>> Introdução à Programação Linear de R. Stansbury Stockton pela Atlas (1975)
>>> Como lidar com Clientes Difíceis de Dave Anderson pela Sextante (2010)
>>> As 3 Leis do Desempenho de Steve Zaffron e Dave Logan pela Primavera (2009)
>>> Curso de Educação Mediúnica 1º Ano de Vários Autores pela Feesp (1996)
>>> Recursos para uma Vida Natural de Eliza M. S. Biazzi pela Casa Publicadora Brasileira (2001)
>>> Jesus enxuga minhas Lágrimas de Elza de Almeida pela Fotograma (1999)
>>> As Aventuras de Robinson Crusoé de Daniel Defoe pela LPM Pocket (1997)
>>> Bulunga o Rei Azul de Pedro Bloch pela Moderna (1991)
>>> Menino de Engenho de José Lins do Rego pela José Olympio (1982)
>>> Terra dos Homens de Antoine de Saint-Exupéry pela Nova Fronteira (1988)
>>> O Menino de Areia de Tahar Ben Jelloun pela Nova Fronteira (1985)
>>> Aspectos Endócrinos de Interesse à Estomatologia de Janete Dias Almeida pela Unesp (1999)
>>> Nociones de Historia Linguística y Estetica Literaria de Antonio Vilanova- Nestor Lujan pela Editorial Teide/ Barcelona (1950)
>>> El Estilo: El Problema y Su Solucion de Bennison Gray pela Editorial Castalia/ Madrid (1974)
>>> El Cuento y Sus Claves de Raúl A. Piérola/ Alba Omil (profs. Univ. Tucumán pela Editorial Nova, Buenos Aires (1955)
>>> Las Fuentes de La Creacion Literaria de Carmelo M. Bonet pela Libr. del Collegio/ B. Aires (1943)
>>> As Hortaliças na Medicina Doméstica/ Encadernado de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar (1976)
>>> A Flora Nacional na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Arlington Park de Rachel Cusk pela Companhia das Letras (2007)
>>> Muitas Vidas, Muitos Mestres de Brian L Weiss pela Salamandra (1991)
>>> As Frutas na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Coleção Agatha Christie - Box 8 de Agatha Christie; Sonia Coutinho; Archibaldo Figueira pela HarperCollins (2019)
>>> As Irmãs Aguero de Cristina García pela Record (1998)
>>> Não Faça Tempestade Em Copo Dágua no Amor de Richard Carlson pela Rocco (2001)
>>> Um Estudo Em Vermelho - Edição De Bolso de Arthur Conan Doyle pela Zahar (2013)
>>> Eu, Dommenique de Dommenique Luxor pela Leya (2011)
>>> Os Cavaleiros da Praga Divina de Marcos Rey pela Global (2015)
>>> O Futuro da Filosofia da Práxis de Leandro Konder pela ExpressãoPopular (2018)
BLOGS >>> Posts

Terça-feira, 21/7/2015
ATENAS/GRECIA e um pouco da sua história
Dinah dos Santos Monteiro

+ de 1300 Acessos

A Grécia é dotada de uma beleza natural muito particular, com um clima maravilhoso, um céu luminoso e azul. Conhecer algumas das suas ruínas e um pouco da história dos Gregos é um processo atraente. Desembarcar em Atenas ao anoitecer é algo que mexe com o emocional de qualquer ser humano. A visão que se tem da Acrópole, toda iluminada, é fantástica.

No ano de 1828 restabeleceu-se a independência da Grécia, e desde 1834 que Atenas é a sua capital. Atenas tem templos e edifícios estatais belíssimos, mas casas particulares bastante pobres. A história da Grécia está de tal modo misturada com a lenda que é difícil separar a verdade do mito.

No período micênico (Relativo à civilização que se irradiou a partir de Micenas, Grécia), a colina de Acrópole foi fortificada com as muralhas ciclópicas que protegiam o palácio soberano e as casas dos dignatários. "Cerca de oitocentos anos a. C., Atenas apenas era constituída por algumas aldeias à sombra da Acrópole, e até no tempo das guerras persas não passava de uma pequena cidade." (Grandes Impérios e Civilizações, Grécia, Vol. II, edições delPrado)

A história autêntica da Grécia data da primeira olimpíada no ano 776 a. C., a começar com os primeiros monumentos escritos. "O período histórico mais remoto, desde 776 a 500 a. C., pode considerar-se como o período do desenvolvimento de cada um dos estados de que se formou a nação. Os estados eram teoricamente independentes entre si, porém unidos pela linguagem, pela literatura, pelos jogos e pelo desenvolvimento nacional." (Dicionário da Bíblia, pag. 255)

No ano 490 a. C. os atenienses, ajudados pelos habitantes de Platéia, conseguiram a grande vitória de Maratona contra os generais de Dario Histaspes, rei da Pérsia. Logo depois no ano 479 a. C. os santuários da Acrópole e também toda a cidade de Atenas foram queimados pelos persas. Foi Péricles, com o seu colaborador Fídias, que reconstruiu os santuários da Acrópole. Dos edifícios restantes que decoravam a colina no período clássico se salvam somente ruínas ou vestígios.

A cidade de Atenas foi o centro luminoso da ciência, da literatura e da arte do antigo mundo. Os artistas de Atenas eram insuperáveis em oratória, literatura e escultura. Em filosofia, Sócrates, Platão e Aristóteles, Zenão e Epicuro, desempenharam um papel importante que se perpetua até aos dias de hoje.

No tempo de Cristo a língua grega era falada em todo o mundo civilizado. Nesta ocasião o Antigo Testamento foi traduzido para o grego. Em Atenas havia muitos altares erguidos a diversos deuses, até a um "Deus Desconhecido". O apóstolo Paulo estando nesta cidade aproveitou-se da ocasião e proferiu um discurso no Monte Marte, que ficava a uma curta distância a oeste da Acrópole, pregando Jesus como sendo esse "Deus Desconhecido".

O Pártenon, construído em 447-438 a. C. não só para honrar a deusa de Atenas, mas também para celebrar o papel que a cidade desempenhou como líder da Grécia na luta contra os Persas. Suas colunas ainda são admiráveis. As esculturas sobreviventes são poucas e estão um tanto danificadas, mas vale a pena observar as decorações escultóricas retratadas nos frisos, como: Cavaleiros em idade militar durante procissão da Acrópole, no dia do festival de Atena; O nascimento de Atenas visto pelos habitantes de Olimpo; Jovens conduzindo gado ao sacrifício; Jovens combatendo os centauros que haviam interrompido a festa de casamento do seu rei; O deus Dionisio e tantos outros. O Pártenon é o mais sublime de todos os monumentos de Atenas. As suas colunas podem ser vistas à distância. Foi construído, sob a direção de Fídias, para impressionar pelo "tamanho, peso e riqueza".

O Erectéion está construído no lugar em que ficava o templo antigo de Atena e do Posêidon. Trata-se de uma obra prima jônica. O pórtico sul — sustentado por mulheres de pedra ou caríatides — é o sítio onde algo sagrado era exibido ao público. Muito bonito, apesar de parcialmente destruído.

O Propileu, construído entre 437 e 432 a. C., era a entrada para a Acrópole. Na sua torre formada ao sul encontra-se o elegante templo jônico de Atena Nique (Atena da Vitória). A grandeza monumental do Propileu contrastava com a elegância de Atena Nique. Ambos podem ser admirados.

A Torre dos Ventos Octagonal foi construída no século I antes de Cristo. Era relógio de sol, de água e cata-ventos. Os relevos na parte de cima da torre representam os oito ventos. Encontra-se em bom estado de conservação. Fica do lado de fora da ágora romana.

A Porta de Adriano indicava o limite da cidade antiga de Atenas. A pessoa atravessando a Porta se encontrava no bairro novo que se chamava Nea Atenas (Atenas Nova). Foi fundado pelo Imperador Adriano no começo do século 2º d. C., neste mesmo século também teve sua construção completada pelo imperador Adriano O Templo de Zeus Olimpio. Era um templo com duas ordens de colunas a sua volta, construído com mármore do monte Pentélico (Grécia).

A grande porta de Atenas para Elêusis é considerada uma grande obra de engenharia. A estrada que liga Elêusis a Esparta ainda se conserva ladeada de muitos de seus monumentos aos mortos, como era costume da época, alguns em bom estado de conservação.

O Teséion, exemplo mais completo de um templo dórico hexagonal. Encontra-se em muito bom estado de conservação. Foi o primeiro grande edifício construído a seguir ás Guerras Pérsicas.

O Teatro de Herodes Ático, data do Império Romano. Foi um dos últimos edifícios a ser construído em Atenas nos tempos antigos. Vale a visita. O Areópago se encontra na parte noroeste da Acrópole. Aí reunia-se o Parlamento do Areópago, o corpo cível e judicial mais antigo de Atenas.

Stoa de Átalo, atualmente funciona como Museu. Exibe principalmente os achados das escavações do local da Ágora (mercado). Existem inscrições, estátuas, esculturas em relevo, vasos, moedas, joias, objetos de cobre, os primeiros tipos de pesos e medidas dos Atenienses (uma clepsidra de barro) etc.

No Museu Arqueológico Nacional estão expostos achados de todos os locais do Mundo Grego antigo, desde aqueles que datam da Época Neolítica até os últimos anos romanos.

Existem ainda na Grécia muitos outros Museus, como o Bizantino, Benáki, também alguns Mosteiros, Sítios Arqueológicos e muitas outras ruínas que eu gostaria de mencionar, mas vou ficando por aqui, depois conto mais.


Postado por Dinah dos Santos Monteiro
Em 21/7/2015 às 21h57


Mais Blog de Dinah dos Santos Monteiro
Mais Digestivo Blogs
Ative seu Blog no Digestivo Cultural!

* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




HISTÓRIAS APAIXONADAS
PEDRO BANDEIRA
ÁTICA
(2006)
R$ 24,00



NAS PELE DA CEBOLA
GUNTER GRASS
RECORD
(2007)
R$ 15,00



PAULO E A LUTA PELA LIBERDADE - COLEÇÃO BÍBLIA E CULTURA POPULAR
ANA FLORA ANDERSON E GILBERTO DA SILVA GORGULHO
CEPE
R$ 13,00



LES BERBERES (HISTOIRE ET INSTITUTIONS)
G. H. BOUSQUET
PUF (PARIS)
(1957)
R$ 18,28



MUNDO SEM FRONTEIRAS
KENICHI OHMAE
MAKRON BOOKS
(1974)
R$ 5,50



IMPERIALISMO, FASE SUPERIOR DO CAPITALISMO
LÊNIN
GLOBO LIVROS
(1987)
R$ 50,00



TIENDAS: TOP SHOPS 2
EDUARD BROTO
CHINCHILLA MINGUET
(2007)
R$ 92,70
+ frete grátis



PARA GOSTAR DE LER VOL 15 A CADEIRA DO DENTISTA
CARLOS EDUARDO NOVAES
ATICA
(1995)
R$ 6,00



LOUVEMOS O SENHOR EDIÇÃO 91
NÃO INFORMADO
LOYOLA
R$ 6,00



REUMATISMO: A CAMINHO DA CURA
EVELIN GOLDENBERG
SEGMENTO FARMA
(2011)
R$ 34,69
+ frete grátis





busca | avançada
37685 visitas/dia
1,3 milhão/mês