A Teoria de Tudo | Julio Daio Bløg

busca | avançada
61604 visitas/dia
1,8 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Centro em Concerto - Palestras
>>> Crônicas do Não Tempo – lançamento de livro sobre jovem que vê o passado ao tocar nos objetos
>>> 10º FRAPA divulga primeiras atrações
>>> Concerto cênico Realejo de vida e morte, de Jocy de Oliveira, estreia no teatro do Sesc Pompeia
>>> Seminário Trajetórias do Ambientalismo Brasileiro, parceria entre Sesc e Unifesp, no Sesc Belenzinho
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> As fezes da esperança
>>> Quem vem lá?
>>> 80 anos do Paul McCartney
>>> Gramática da reprodução sexual: uma crônica
>>> Sexo, cinema-verdade e Pasolini
>>> O canteiro de poesia de Adriano Menezes
>>> As maravilhas do modo avião
>>> A suíte melancólica de Joan Brossa
>>> Lá onde brotam grandes autores da literatura
>>> Ser e fenecer: poesia de Maurício Arruda Mendonça
Colunistas
Últimos Posts
>>> Oye Como Va com Carlos e Cindy Blackman Santana
>>> Villa candidato a deputado federal (2022)
>>> A história do Meli, por Stelleo Tolda (2022)
>>> Fabio Massari sobre Um Álbum Italiano
>>> The Number of the Beast by Sophie Burrell
>>> Terra... Luna... E o Bitcoin?
>>> 500 Maiores Álbuns Brasileiros
>>> Albert King e Stevie Ray Vaughan (1983)
>>> Rush (1984)
>>> Luiz Maurício da Silva, autor de Mercado de Opções
Últimos Posts
>>> Melhores filme da semana em Cartaz no Cinema
>>> Casa ou Hotel: Entenda qual a melhor opção
>>> A lantejoula
>>> Armas da Primeira Guerra Mundial.
>>> Você está em um loop e não pode escapar
>>> O Apocalipse segundo Seu Tião
>>> A vida depende do ambiente, o ambiente depende de
>>> Para não dizer que eu não disse
>>> Espírito criança
>>> Poeta é aquele que cala
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Aconselhamentos aos casais ― módulo I
>>> Violões do Brasil
>>> Heróis improváveis telefonam...
>>> A esquerda nunca foi popular no Brasil
>>> Na minha opinião...
>>> Amores & Arte de Amar, de Ovídio
>>> VOCÊS
>>> As sombras e os muros de José J. Veiga
>>> Entrevista com o poeta Júlio Castañon Guimarães
>>> 30 de Junho #digestivo10anos
Mais Recentes
>>> Água para Elefantes de Sara Gruen pela Arqueiro (2011)
>>> Introdução ao Pensar de Arcangelo R. Buzzi pela Vozes (2004)
>>> Desonrada de Mukhtar Mai; Marie Thérèse Cuny pela Best Seller (2007)
>>> Coisas do Mundo de Eric Nepomuceno pela Companhia das Letras (1994)
>>> Capitão América - O Soldado Invernal (A Coleção Oficial nº 45) de Ed Brubaker; Steve Epting pela Salvat / Panini (2014)
>>> Liderança e Motivaçao de Martius Vicente Rodriguez y Rodriguez pela Elsevier (2004)
>>> Como enfrentar os problemas da vida de Harida Chaudhuri pela Pensamento (1968)
>>> Pequenos Delítos de Anderson Petroni pela Patuá (2013)
>>> O Amor do Soldado de Jorge Amado pela Martins
>>> A águia e a Galinha de Leonardo Boff pela Vozes Nobilis (2017)
>>> How to Raise Successful People de Esther Wojcicki pela Hutchinson London (2019)
>>> Organizational Theory, Design, and Change de Gareth Jones pela Prentice Hall (2009)
>>> Tratamento Respiratório Intensivo de John M. Luce / David J. Pierson / Martha L. Tyler pela Revinter (1995)
>>> 1001 Maneiras de Premiar seus Colaboradores de Bob Nelson pela Sextante (2007)
>>> Psicomotricidade: Filogênese, Ontogênese e Retrogênese de Vitor da Fonseca pela Artes Medicas (1998)
>>> Sumulas da Agu Comentadas de Nilma de Castro Abe; Adriana Aghinoni Fantin pela Saraiva (2013)
>>> Temas Atuais de Direito Civil na Constituicao Federal de Rui Geraldo Camargo Viana pela Revista dos Tribunais (2000)
>>> O brasil por seus artistas / Brazil Through its artists de Walmir Ayala pela Abril (1601)
>>> Show Off - How to do Absolutely Everything de Sarah Hines Stephens ;bethany Mann pela Candlewick Press (2009)
>>> Auditoria: um Curso Completo e Moderno de Marcelo Cavalcanti Almeida pela Atlas (2007)
>>> A Cena Brasileira em Santo André de José Armando Pereira da Silva pela Secretaria de Cultura (2001)
>>> O Livro Secreto de Beleza das Divas de Hollywood de Kym Douglas e Cindy Pearlman pela Larousse (2011)
>>> Triple de Ken Follett pela Signet (1979)
>>> A Essência da Visualização a Arte de Viver de Não Indicado pela Martin Claret
>>> Confissões de Adolescente de Maria Mariana pela Relume Dumara
BLOGS >>> Posts

Quarta-feira, 16/9/2015
A Teoria de Tudo
Julio Daio Borges

+ de 6400 Acessos

Uma das primeiras vezes em que ouvi falar de "Uma Breve História do Tempo" foi em 1988, num "vestibulinho", do colégio Santa Cruz.

Lembro que saí de uma das provas e uma menina que sentava perto de mim, e com quem eu flertava, veio me dizer que a resposta para uma das questões era: "Uma Breve História do Tempo", de Stephen Hawking.

Confesso que achei "avançado" para a época. Imagine, um "vestibulinho" citando uma obra contemporânea, que tinha acabado de sair... E uma menina de 14 anos (bonita) sabendo do que se tratava...

A imagem que eu tinha dele, Hawking, era a do cientista entrevado, naquela cadeira de rodas - se comunicando eletronicamente, graças alguns parcos movimentos de um dos dedos...

Mas eu não imaginava que ele tivesse escrito *o livro inteiro* desse jeito... Me lembrou "O Escafandro e a Borboleta", em que ao protagonista só resta o "piscar" de um único olho. (E ele, também, escreve um livro inteiro desse jeito...)

"A Teoria de Tudo", o filme, é lindo (a Carol já havia me dito). E o contraste entre um cérebro tão poderoso e um corpo tão frágil é um drama humano e tanto.

Stephen Hawking não nasceu paralítico. Foi perdendo os movimentos progressivamente. Foi sentenciado a dois anos de vida, apenas. Mas vive, assim, há mais de cinquenta...

A mulher dele, Jane Hawking, também é um colosso. Sem ela, ele não teria sobrevivido. A força de vontade da mulher, em alguns momentos, é maior do que a dele. Maior do que a dos pais dele, do que a da própria família dele...

E o inusitado do filme é um triângulo que surge, quando um professor de música resolve "ajudar" Jane a cuidar de Stephen Hawking. Mas, como todo o triângulo amoroso, não é tão simples. E, aparentemente, Hawking "consente"...

Outro triângulo surge, mais pra frente. Quando aparece uma "cuidadora" (mulher) para o próprio Hawking. Aí a coisa se inverte. E é tocante quando ele confessa o "romance" para Jane, todo paralisado, através daquela voz robótica... (Acabam se separando, mas são amigos até hoje.)

Um dos aspectos mais impressionantes de Hawking, além do seu gênio, e da sua capacidade de adaptação, é o seu senso de humor. Que permanece intacto, à medida que a paralisia avança. E que permanece até hoje, em entrevistas que ele dá...

Até hoje não li "Uma Breve História do Tempo". Mas recebi, recentemente, a edição da Intrínseca - e fiquei com vontade de ler. No prefácio, Hawking brinca que vendeu mais livros sobre Física do que Madonna sobre sexo...

Não acho que ele vá chegar à sua "teoria de tudo". Hoje tem mais de 70 anos. Einstein, igualmente, procurou a sua, ao longo da vida. Mas morreu sem entender direito a física quântica. "Deus não joga dados" é sua frase célebre a respeito, citada, inclusive, no filme...

É aflitivo pensar que o tempo tem um "começo" e, mais ainda, um "fim". E que seremos "implodidos", em algum momento, como num buraco negro. Qual o sentido do que estamos fazendo agora? Sobra algum sentido?

Talvez por isso a questão do ateísmo de Hawking seja permanente. Porque a "vacuidade" de um universo que se expande e se contrai indefinidamente é algo para além da nossa capacidade... Pois temos consciência e não temos para onde "fugir"...

Acabei não passando no "vestibulinho" do Santa Cruz. E aquela menina acabou passando, acreditam? No ano do vestibular, avistei ela num evento musical do colégio... Devia ter perguntado: "Você leu mesmo aquele livro? Ou só estava tentando me impressionar com seus conhecimentos de Física?"

Para ir além
Compartilhar


Postado por Julio Daio Borges
Em 16/9/2015 às 11h07


Mais Julio Daio Bløg
Mais Digestivo Blogs
Ative seu Blog no Digestivo Cultural!

* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Estudos Econômicos Vol 11 Número Especial -1981
Ipe
Ipe
(1981)



1984
George Orwell
Principis
(2021)



A Oeste Nada de Novo
Erich Maria Remarque
Europa-américa
(1954)



Goiás - Cozinha Regional Brasileira - Vol. 15
Abril Coleções
Abril Coleções
(2012)



Não Se Apega, Não
Isabela Freitas
Intrinseca
(2014)



Historia e Memoria, V. 4
Marlene Marchiori
Senac
(2014)



Cidadania e loucura: políticas de saúde mental no Brasil
Silvério Almeida Nilson do Rosário
Vozes
(1992)



Mar Morto
Jorge Amado
Livraria Martins
(1970)



O Que Esperam de Mim na Gestão Escolar Volume I
Douglas Menslin
Mm
(2012)



O Anjo, A Pérola e o Pequeno Deus
Wiston Graham
Círculo do Livro
(1979)





busca | avançada
61604 visitas/dia
1,8 milhão/mês