A Teoria de Tudo | Julio Daio Bl°g

busca | avançada
50081 visitas/dia
1,9 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Balé de repertório, D. Quixote estará no Teatro Alfa dia 27/1
>>> Show de Zé Guilherme no Teatro da Rotina marca lançamento do EP ZÉ
>>> Baianas da Vai-Vai são convidadas de roda de conversa no Teatro do Incêndio
>>> Airto Moreira e Flora Purim se despedem dos palcos em duas apresentações no Sesc Belenzinho
>>> Jurema Pessanha apresenta sambas clássicos e contemporâneos no teatro do Sesc Belenzinho
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Eleições na quinta série
>>> Mãos de veludo: Toda terça, de Carola Saavedra
>>> A ostra, o Algarve e o vento
>>> O abalo sísmico de Luiz Vilela
>>> A poesia com outras palavras, Ana Martins Marques
>>> Lourival, Dorival, assim como você e eu
>>> O idiota do rebanho, romance de José Carlos Reis
>>> LSD 3 - uma entrevista com Bento Araujo
>>> Errando por Nomadland
>>> É um brinquedo inofensivo...
Colunistas
Últimos Posts
>>> O melhor da Deutsche Grammophon em 2021
>>> A história de Claudio Galeazzi
>>> Naval, Dixon e Ferriss sobre a Web3
>>> Max Chafkin sobre Peter Thiel
>>> Jimmy Page no Brasil
>>> Michael Dell on Play Nice But Win
>>> A história de José Galló
>>> Discoteca Básica por Ricardo Alexandre
>>> Marc Andreessen em 1995
>>> Cris Correa, empreendedores e empreendedorismo
Últimos Posts
>>> Brega Night Dance Club e o afrofuturismo amazônico
>>> Fazer o que?
>>> Olhar para longe
>>> Talvez assim
>>> Subversão da alma
>>> Bons e Maus
>>> Sempre há uma próxima vez
>>> Iguais sempre
>>> Entre outros
>>> Corpo e alma
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Na minha opinião...
>>> Tempo vida poesia 4/5
>>> Torce, retorce, procuro, mas não vejo...
>>> Lambidinha
>>> Lambidinha
>>> 12 tipos de cliente do revisor de textos
>>> A Grande História da Evolução, de Richard Dawkins
>>> Reid Hoffman sobre Marketplaces
>>> Malcolm, jornalismo em quadrinhos
>>> PETITE FLEUR
Mais Recentes
>>> Jogos para a Estimulação das Múltiplas Inteligências de Celso Antunes pela Vozes (1999)
>>> Por Amor de Nossos Filhos - de Dietmar Rost pela Paulinas (1985)
>>> O jogo do anjo de Carlos Ruiz Zafón pela Objetiva (2011)
>>> Reflexões Sobre O Ensino Da Leitura E Da Escrita de Ana Teberosky e Beatriz Cardoso pela Unicamp (1991)
>>> Reflexões Sobre O Ensino Da Leitura E Da Escrita de Ana Teberosky e Beatriz Cardoso pela Unicamp (1991)
>>> Os 100 Segredos dos Bons Relacionamentos de Davd Niven pela Sextante (2003)
>>> Minha Vida de Walter Sandro pela Wgs Group (2004)
>>> Minha Vida de Walter Sandro pela Wgs Group (2004)
>>> Apologia de Sócrates-Banquete-Platão de Platão pela Martin Claret (2008)
>>> Manual de Direito Penal volume 3 de Julio Fabbrini Mirabete pela Atlas (1987)
>>> Motivação e Sucesso de Walter Sandro pela Wgs Group (1990)
>>> Manual de Direito Penal volume 2 de Julio Fabbrini Mirabete pela Atlas (1987)
>>> Cigarros Coleção Doutor Drauzio Varella de Drauzio Varella pela Gold (2009)
>>> Teoria Geral da Administração de Antonio Cesar Amaru Maximiano pela Atlas (2000)
>>> Matemática Financeira de João Carlos dos Santos pela Educacional (2015)
>>> Contabilidade de Gisele Zanardi P Wagner Luiz V Willian F dos Santos pela Educacional (2015)
>>> Elementos de Direito Constitucional de Michel Temer pela Revista Dos Tribunais (1983)
>>> Solanin 2 - Pocket de Inio Asano pela L&pm Pocket (2006)
>>> Niño y adolescentes creciente en contextos de pobreza de Irene Rizzini, Maria Helena Zamora e Ricardo Fletes Corona pela Puc (2006)
>>> Solanin 1 - Pocket de Inio Asano pela L&pm Pocket Manga (2006)
>>> 25 Anos do Menino Maluquinho - Já? Nem Parece! de Ziraldo pela Globinho (2006)
>>> Todos os Milhões do Tio Patinhas - Volume 1 de Vitaliano; Fausto pela Panini Comics (2020)
>>> Chavez Nuestro de Rosa Miriam Elizalde e Luis Báez pela Abril
>>> Nos labirintos da moral de Mario Sergio Cortella e Yves de La Taille pela Nos labirintos da moral (2005)
>>> Minha Imagem -Romance Espirita de Schellida / Eliana Machado Coelho pela Lumen (2013)
BLOGS >>> Posts

Quarta-feira, 16/9/2015
A Teoria de Tudo
Julio Daio Borges

+ de 2000 Acessos

Uma das primeiras vezes em que ouvi falar de "Uma Breve História do Tempo" foi em 1988, num "vestibulinho", do colégio Santa Cruz.

Lembro que saí de uma das provas e uma menina que sentava perto de mim, e com quem eu flertava, veio me dizer que a resposta para uma das questões era: "Uma Breve História do Tempo", de Stephen Hawking.

Confesso que achei "avançado" para a época. Imagine, um "vestibulinho" citando uma obra contemporânea, que tinha acabado de sair... E uma menina de 14 anos (bonita) sabendo do que se tratava...

A imagem que eu tinha dele, Hawking, era a do cientista entrevado, naquela cadeira de rodas - se comunicando eletronicamente, graças alguns parcos movimentos de um dos dedos...

Mas eu não imaginava que ele tivesse escrito *o livro inteiro* desse jeito... Me lembrou "O Escafandro e a Borboleta", em que ao protagonista só resta o "piscar" de um único olho. (E ele, também, escreve um livro inteiro desse jeito...)

"A Teoria de Tudo", o filme, é lindo (a Carol já havia me dito). E o contraste entre um cérebro tão poderoso e um corpo tão frágil é um drama humano e tanto.

Stephen Hawking não nasceu paralítico. Foi perdendo os movimentos progressivamente. Foi sentenciado a dois anos de vida, apenas. Mas vive, assim, há mais de cinquenta...

A mulher dele, Jane Hawking, também é um colosso. Sem ela, ele não teria sobrevivido. A força de vontade da mulher, em alguns momentos, é maior do que a dele. Maior do que a dos pais dele, do que a da própria família dele...

E o inusitado do filme é um triângulo que surge, quando um professor de música resolve "ajudar" Jane a cuidar de Stephen Hawking. Mas, como todo o triângulo amoroso, não é tão simples. E, aparentemente, Hawking "consente"...

Outro triângulo surge, mais pra frente. Quando aparece uma "cuidadora" (mulher) para o próprio Hawking. Aí a coisa se inverte. E é tocante quando ele confessa o "romance" para Jane, todo paralisado, através daquela voz robótica... (Acabam se separando, mas são amigos até hoje.)

Um dos aspectos mais impressionantes de Hawking, além do seu gênio, e da sua capacidade de adaptação, é o seu senso de humor. Que permanece intacto, à medida que a paralisia avança. E que permanece até hoje, em entrevistas que ele dá...

Até hoje não li "Uma Breve História do Tempo". Mas recebi, recentemente, a edição da Intrínseca - e fiquei com vontade de ler. No prefácio, Hawking brinca que vendeu mais livros sobre Física do que Madonna sobre sexo...

Não acho que ele vá chegar à sua "teoria de tudo". Hoje tem mais de 70 anos. Einstein, igualmente, procurou a sua, ao longo da vida. Mas morreu sem entender direito a física quântica. "Deus não joga dados" é sua frase célebre a respeito, citada, inclusive, no filme...

É aflitivo pensar que o tempo tem um "começo" e, mais ainda, um "fim". E que seremos "implodidos", em algum momento, como num buraco negro. Qual o sentido do que estamos fazendo agora? Sobra algum sentido?

Talvez por isso a questão do ateísmo de Hawking seja permanente. Porque a "vacuidade" de um universo que se expande e se contrai indefinidamente é algo para além da nossa capacidade... Pois temos consciência e não temos para onde "fugir"...

Acabei não passando no "vestibulinho" do Santa Cruz. E aquela menina acabou passando, acreditam? No ano do vestibular, avistei ela num evento musical do colégio... Devia ter perguntado: "Você leu mesmo aquele livro? Ou só estava tentando me impressionar com seus conhecimentos de Física?"

Para ir além
Compartilhar


Postado por Julio Daio Borges
Em 16/9/2015 às 11h07


Mais Julio Daio Bl°g
Mais Digestivo Blogs
Ative seu Blog no Digestivo Cultural!

* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




O reino de Campbell
Hammond Innes
Mérito



Entre Irmãs - 1ª Edição
Frances de Pontes Peebles
Arqueiro
(2017)



Planejamento e Estratégia Empresarial
Carlos Thomaz Guimarães Lopes
Saraiva
(1984)



Quatro Cenário para o Brasil 2005 - 2007
Claudio Porto - ( Org)
Do Autor
(2005)



America Latina - Historia, Crise e Movimento
Luiz Bernanrdo Pericás, Paulo Barsotti
Xamã
(1999)
+ frete grátis



Casa de Pedra
Vicente Ataide
H. D. V
(1985)



Domingo Dia de Cachimbo
Giselda Laporta Nicolelis
Vértice
(1974)



Diário de Rabiscos
Adriana Barbosa Ferreira
Ícone
(2008)



Capitalismo Climático
L. Huntere Lovins, Boyd Cohen
Cultrix
(2013)



Fetish: Fashion, Sex & Power
Valerie Steele
Oxford University Press,
(1997)
+ frete grátis





busca | avançada
50081 visitas/dia
1,9 milhão/mês