CANAÃ - A Terra Prometida | Blog de Dinah dos Santos Monteiro

busca | avançada
57428 visitas/dia
2,1 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Zé Guilherme recebe o pianista Matheus Ferreira na série EntreMeios
>>> Chamada Vale recebe cadastro de cerca de 3 mil projetos
>>> Lançamento do Mini Doc Tempo dell'Anima
>>> Cinema in Concert com João Carlos Martins une o cinema à música sinfônica em espetáculo audiovisual
>>> Editora Unesp lança 20 livros para download gratuito
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> A redoma de vidro de Sylvia Plath
>>> Mas se não é um coração vivo essa linha
>>> Zuza Homem de Mello (1933-2020)
>>> Eddie Van Halen (1955-2020)
>>> Prêmio Nobel de Literatura para um brasileiro - II
>>> Vandalizar e destituir uma imagem de estátua
>>> Partilha do Enigma: poesia de Rodrigo Garcia Lopes
>>> Meu malvado favorito
>>> A pintura do caos, de Kate Manhães
>>> Nem morta!
Colunistas
Últimos Posts
>>> Zuza Homem de Mello no Supertônica
>>> Para Ouvir Sylvia Telles
>>> Van Halen ao vivo em 1991
>>> Metallica tocando Van Halen
>>> Van Halen ao vivo em 2015
>>> Van Halen ao vivo em 1984
>>> Chico Buarque em bate-papo com o MPB4
>>> Como elas publicavam?
>>> Van Halen no Rock 'n' Roll Hall of Fame
>>> A última performance gravada de Jimmi Hendrix
Últimos Posts
>>> Normal!
>>> Os bons companheiros, 30 anos
>>> Briga de foice no escuro
>>> Alma nua
>>> Perplexo!
>>> Orgulho da minha terra
>>> Assim ainda caminha a humanidade
>>> Três tempos
>>> Matéria subtil
>>> Poder & Tensão
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Hiperbóreo nos trópicos: a poesia de Oleg Almeida
>>> Imagens do Grande Sertão de Guimarães Rosa
>>> A derrota do Marketing Político
>>> Jorge Drexler, no Bourbon Street, em 2009
>>> Asia de volta ao mapa
>>> Eu me pergunto para onde vai a imprensa...
>>> Drummond: o mundo como provocação
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> Filmes de saiote
>>> Aerosmith no Morumbi
Mais Recentes
>>> A hora da estrela de Clarice Lispector pela Rocco (1977)
>>> Matrix - Bem Vindo ao Deserto do Real de William Irwin pela Madras (2003)
>>> O Terapeuta Como Companheiro Mítico: Ensaios de Psicologia Analítica de Walter Melo pela Espaço Artaud (2009)
>>> Pinball de Jerzy Kosinski pela Record (2000)
>>> Navegando de Rubem Alves pela Papirus (2004)
>>> Itinerários da Loucura Em Territorios Dogon de Denise Dias Barros pela Fiocruz (2004)
>>> Livro do mestre de Steve Winter pela Abril (1995)
>>> A obra em negro de Marguerite Youcenar pela Nova Fronteira (1968)
>>> Aspectos da Cultura Tukano - Cosmogonia e Mitologia de Marc Fulop pela Edua (2009)
>>> Epidemiologia da Imprecisão: Processo saúde / doença como objeto da epidemiologia de José Jackson Coelho Sampaio pela Fiocruz (1998)
>>> Contra Um Mundo Melhor: Ensaios do afeto de Luiz Felipe Ponde pela Leya (2010)
>>> Palavra e Verdade na Filosofia Antiga e na Psicanálise de Luiz Alfredo Garcia Roza pela Jorge Zahar Editor (1990)
>>> O Gigante Deitado de Jane Martins Vilela pela Clarim (1994)
>>> Psicologia do Desenvolvimento de Maria Aparecida Cória-Sabini pela Ática (1998)
>>> Psicologia – Das Raízes aos Movimentos Contemporâneos de Berenice Caspigiani pela Cengage Learning (2010)
>>> A Magia na Umbanda: da doença à desordem de Paula Montero pela Graal (1985)
>>> Educação Social de Rua: as Bases Políticas e Pedagógicas para uma educação popular de Walter Ferreira de Oliveira pela Artmed (2004)
>>> John Dewey – Uma Filosofia Para Educadores em Sala de Aula de Marcus Vinícius da Cunha pela Vozes (1999)
>>> Sobre a Construção do Sentido – O Pensar e o Agir Entre a Vida e a Filosofia de Ricardo Timm de Souza pela Perspectiva (2003)
>>> Infância e Ilusão (Psico)Pedagogia – Escritos de Psicanálise e Educação de Leandro de Lajonquière pela Vozes (2000)
>>> O Círculo dos Fogos Feitos e Ditos dos índios Yanomami de Jacques Lizot pela Martins Fontes (1988)
>>> Desdobrando o Avesso da Psicanálise: Relações Com a Educação de Maria Nestrovsky Folberg (Org.) pela Ufrgs / Evangraf (2002)
>>> Soma: uma Terapia Anarquista (3volumes) de Roberto Freire pela Guanabara (1988)
>>> Estilo e Modernidade em Psicanálise de Joel Briman pela Trinta e Quatro (1997)
>>> Hospício é deus e O sofredor do ver (Box) de Maura Lopes Cançado pela Autêntica (2015)
>>> Urihi A: A Terra-Floresta Yanomami de Albert Bruce; William Milliken pela Isa (2019)
>>> Índio do Brasil de Julio Cezar Melatti pela Hucitec (1993)
>>> Na Mata do Sabiá: contribuições sobre a presença indígena no Ceará de Estevao Martins Palitot pela Imopec (2009)
>>> Psicologia e Povos Indígenas de Conselho Regional de Psicologia SP pela Conselho Reginal de Psicologia (2010)
>>> A Pílula Vermelha: Questões de Ciência, Filosofia e Religião em Matrix de Glenn Yeffeth pela Publifolha (2003)
>>> Cenas da Vida de Rubem Alves pela Papirus (2004)
>>> A cabeça bem-feita: Repensar a reforma. Reformar o pensamento de Edgar Morin pela Bertrand Brasil (2000)
>>> Os portais da felicidade de J. S. Godinho pela Holus Publicações (2004)
>>> Orçamento Público - contém orçamento por resultados de James Giacomoni pela Atlas (2018)
>>> Almanaque para garotas calientes de Jo Hallack / Nina Lemos / Raq Affonso pela Conrad Livros (1999)
>>> Almanaque para garotas calientes de Jo Hallack / Nina Lemos / Raq Affonso pela Conrad Livros (1999)
>>> Manual para moças em fúria de Jo Hallack / Nina Lemos / Raq Affonso pela Record (2003)
>>> Henri Wallon – Uma Concepção Dialética do Desenvolvimento Infantil de Izabel Galvão pela Vozes (1999)
>>> O senhor dos anéis de J. R. R. Tolkien pela Martins Fontes (2001)
>>> No Friend But the Mountains: Writing from Manus Prison de Behrouz Boochani pela Anansi International (2019)
>>> Voz Lusíada - Revista da Academia Lusíada de ciências, letras e artes de Vários Autores pela Fundação Calouste Gulbenkian (2001)
>>> Amor é Prosa - Sexo é Poesia de Arnaldo Jabor pela Objetiva (2004)
>>> Conceitos da Psicanálise – Depressão de Jeremy Holmes pela Relume Dumará / Ediouro (2005)
>>> Freud, pensador da cultura de Renato Mezan pela Companhia das letras (2005)
>>> Psicanálise e Desenvolvimento Infantil de Alfredo Jerusalinsky e Colaboradores pela Artes e Ofícios (1999)
>>> Pais Brilhantes - Professores Fascinantes de Augusto Cury pela Sextante (2003)
>>> O Primeiro Ano de Vida de René A. Spitz pela Martins Fontes (1987)
>>> Coleção folha grandes vozes Carlos Gardel nº3 de Folha de São Paulo pela Mediafashion (2012)
>>> E. PSI. B. A. Nº 9 – La Psicopedagogía Explorando Espacios Para/Con Sus Intervenciones de Vários Autores pela Escuela Psicopedagógica de Buenos Aires
>>> Mentiras no divã de Irvin D. Yalom pela Ediouro (1996)
BLOGS >>> Posts

Segunda-feira, 28/9/2015
CANAÃ - A Terra Prometida
Dinah dos Santos Monteiro

+ de 1700 Acessos

Nestes últimos meses tenho acompanhado pela TV uma novela que muito me tem levado a pensar sobre os nossos líderes religiosos atuais e as respostas para as minhas indagações eu as tenho encontrado na Bíblia Sagrada. Entre os povos antigos a religião tinha uma grande importância. A maioria deles acreditava na existência de seres superiores aos humanos, os deuses. Esses povos representavam seus deuses sob forma humana, animal ou antropozoomórfica (seres com uma parte humana e outra animal ). O desenvolvimento do monoteísmo entre os hebreus relacionou-se com um longo processo de mudanças no modo de vida desse povo. Na base da crença em um único deus estava a ideia de que os hebreus eram o povo escolhido por seu deus, que teria prometido a eles o domínio sobre a Terra de Canaã (Canaã, Terra baixa. Nome que se deu à parte baixa da costa Palestina para distingui-la da parte montanhosa do país), região hoje chamada de Oriente Médio.

Os arqueólogos acreditam que os hebreus eram originários da Mesopotâmia e que, entre 2.000 e 1.200 a. C. eram um povo nômade, que teria se deslocado por diferentes regiões da Ásia e da África. Organizavam-se em grupos de grandes famílias, cada uma delas comandada por um ancião, tal período foi denominado Patriarcal.

Na Bíblia Sagrada, no livro de Gênesis, os capítulos 12 a 50 delineiam as origens do povo de Israel. São relatos que falam de todo um ideal de salvação através de um único Deus, que se desenvolve sistematicamente na história religiosa da vida daqueles homens que colocaram tudo o que eram e tinham à disposição desse Deus. Quem nunca ouviu falar, contar ou leu sobre Abraão, Isaque e Jacó. Estes foram homens exemplos clássicos de obediência a um Deus no qual acreditavam existir. No livro de Gênesis, capítulo 12, versículo 1, lemos que esse Deus dá uma ordem específica a Abrão: "Sai-te da tua terra e da tua parentela". Abrão deveria renunciar a vida que construira, a sua comodidade e a muitas outras coisas as quais ele muito valorizava. No Novo Testamento Jesus disse: "Se alguém quer vir após mim, negue-se a si mesmo...". Isto foi o que Abrão fez. Ele deixou a sua terra e a sua parentela para seguir a Deus. A história de Abrão faz parte do Velho Testamento, mas no Novo Testamento essa velha história continua.

Deus faz três promessas a Abrão. Primeiro promete-lhe uma terra, mas esta deveria ser vista também na sua dimensão espiritual, pois seria um centro de difusão da salvação para o mundo inteiro. Que maravilha saber que eu já estava nos planos de Deus. Em segundo lugar Deus promete-lhe uma descendência. A sua descendência se tornaria uma grande nação. A terceira promessa é que através dele todas as famílias da terra seriam benditas. As duas primeiras promessas logo se cumpriram, mas a promessa de benção sobre as nações só viria a se cumprir num futuro bem distante. Isto aconteceu com a chegada do Messias, na pessoa de Jesus Cristo.

Abrão era uma pessoa comum, com uma história cheia de momentos maus e bons. Aos olhos de quem o conhecia ele não era ninguém especial. Mas porque então Deus o escolheu? A resposta está na fé de Abrão em um Deus que não podia ser visto ou tocado. Isto fez com que Deus o escolhesse como o alicerce de uma nova humanidade.

Abrão, conforme a vontade de Deus teria que deixar sua casa e parentela para ir para uma terra longínqua e estranha. Então, ele abandona sua nação e começa indo de um lugar para o outro com sua família e rebanhos, tendo muitas vezes que se desviar de povos hostis que encontrava pelo caminho.

Deus promete a Abrão a terra de Canaã e lhe concede uma visão do prometido. "Ergue os olhos e olha desde onde estás para o norte, para o sul, para o oriente e para o ocidente; porque toda essa terra que vês, Eu te darei, a ti e a tua descendência, para sempre." Deus diz a Abrão: "Anda em minha presença e sê perfeito — para que a terra de Canaã não vos vomite". A conduta errada o levaria a ser "vomitado" da Terra Prometida. Deus lhe garante que a terra é boa. Ela "mana leite e mel". A hipérbole mostra que Canaã era terra de fartura.

Abrão e Sarai sua esposa, já bem avançados em idade, não esperavam mais ter filhos, a que descendência estaria então Deus se referindo? Era obrigação da época quando a esposa não concedia filhos ao marido ela, a esposa, podia oferecer uma serva ao marido para que ela concebesse em seu lugar. Assim, nasce Ismael, o primeiro descendente de Abrão.

Alguns anos depois do nascimento de Ismael lemos no Livro de Gênesis, capítulo 17, versículo 5, que Deus muda o nome de Abrão para Abraão. Porque a mudança? Também Sarai deixou de se chamar Sarai e passou a ser Sara. Bem, o fato aqui é que Deus anuncia que o pacto firmado com Abrão (a nova aliança da Promessa) diz respeito a toda uma descendência tipificada por Sara e Isaque, mas e Isaque?

Anos depois do nascimento de Ismael Deus concede a Sara a graça de ser mãe, nasce Isaque, o herdeiro da Promessa: "... Sara, tua mulher, te dará um filho, e lhe chamarás Isaque; estabelecerei com ele a minha aliança, aliança perpétua para a sua descendência. Quanto a Ismael, Eu te ouvi: abençoá-lo-ei, fá-lo-ei fecundo e o multiplicarei extraordinariamente; gerará doze príncipes, e dele farei uma grande nação." Embora os descendentes de Ismael não pertençam a linhagem da Promessa, Deus não os deixou de fora. "As leis da época, reveladas nos Tabletes de Nuzi, indicam não só o fato de que o filho da esposa tinha precedência sobre o filho da escrava no caso de herança, mas também que o filho da serva não podia ser expulso depois do nascimento do filho da esposa. Deus desfez os receios de Abraão, asseverando-lhe que Isaque era, realmente, o continuador da linha genealógica da benção prometida." (Rodapé pág. 26 — Bíblia Shedd)

O resultado de Sarai prover uma serva para dar filho ao seu marido Abrão deu origem ao surgimento, através de séculos, da discórdia na política do Oriente Médio, mediante a descendência de Ismael. Todos os árabes que aceitam a doutrina maometana alegam descender de Ismael.



Aqui vimos, em síntese, a essência da Aliança que Deus fez com Abraão e sua descendência. Os israelitas (povo escolhido de Deus), ao sairem do Egito, sonhavam chegar à terra que manava leite e mel, a Terra Prometida, mas sua desobediência destruiu este sonho. Tanto no passado como no presente, para chegarmos a Canaã, a Terra Prometida, devemos pautar a nossa vida conforme as exigências divina. "Ao longo dos séculos, Deus escolheu diversas maneiras de se revelar ao homem: a criação, os profetas e os escritos do Antigo Testamento. Mas sua autoexpressão completa e final culminou em seu filho, Jesus. A obra de Cristo coloca Deus, pela fé, ao alcance de todos os que Nele creem. ... nós somos sua habitação e sua obra de arte." (Bíblia Sagrada — comentário, pg. 1226).


Postado por Dinah dos Santos Monteiro
Em 28/9/2015 à 00h22


Mais Blog de Dinah dos Santos Monteiro
Mais Digestivo Blogs
Ative seu Blog no Digestivo Cultural!

* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




MODULAÇÃO EM MATÉRIA TRIBUTÁRIA (AUTOGRAFADO) - 5552
FÁBIO MARTINS DE ANDRADE
QAURTIER LATIN
(2011)
R$ 80,00



A ORTODOXIA DA IGREJA
WATCHMAN NEE
ÁRVORE DA VIDA
(1993)
R$ 50,00



DICIONÁRIO DA LINGUA PORTUGUESA- EDIÇÃO ESPECIAL
AURÉLIO BUARQUE
POSITIVO
(2007)
R$ 31,92



A REVOLUÇÃO CHINESA
HOLIEN GONÇALVES BEZERRA
ED. ATUAL
(1986)
R$ 7,90



RODERICK - VOL.386 - ARGONAUTA
JOHN SLADEK
LIVROS DO BRASIL
(1989)
R$ 28,38



OS INDIGENTES ENTRE A ASSISTÊNCIA E A REPRESSÃO A OUTRA LISBOA NO 1...
MARIA DE FÁTIMA PINTO
HORIZONTE
(1999)
R$ 31,72



FILOSOFIA ELEMENTAR DA ROSACRUZ MODERNA.
J. VAN RIJCKENBORGH
LECTORIUM ROSICRUCIANUM
R$ 16,00



O LIVRE ARBÍTRIO : LIVRO 1
SANTO AGOSTINHO / RICARDO TAURISANO
FILOCALIA
(2019)
R$ 149,00



UM MÉDICO DIFERENTE
FRANK G SLAUGHTER
RECORD
(1966)
R$ 29,00



CRÍTICA III SÉRIE
HUMBERTO DE CAMPOS
JACKSON
(1954)
R$ 6,90





busca | avançada
57428 visitas/dia
2,1 milhões/mês