Da vitrola ao microchip | Rodolfo Felipe Neder | Digestivo Cultural

busca | avançada
46024 visitas/dia
1,1 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
>>> Leminski, estações da poesia, por R. G. Lopes
>>> Crônica em sustenido
Colunistas
Últimos Posts
>>> Banco Inter É uma BOLHA???
>>> Não Aguento Mais a Empiricus
>>> Nubank na Hotmart
>>> O recente choque do petróleo
>>> Armínio comenta Paulo Guedes
>>> Jesus não era cristão
>>> Analisando o Amazon Prime
>>> Amazon Prime no Brasil
>>> Censura na Bienal do Rio 2019
>>> Tocalivros
Últimos Posts
>>> O céu sem o azul
>>> Ofendículos
>>> Grito primal V
>>> Grito primal IV
>>> Inequações de um travesseiro
>>> Caroço
>>> Serial Killer
>>> O jardim e as flores
>>> Agradecer antes, para pedir depois
>>> Esse é o meu vovô
Blogueiros
Mais Recentes
>>> De quantos modos um menino queima?
>>> Mastigar minhas relações
>>> Vaguidão específica
>>> As pedras de Estevão Azevedo
>>> Da Poesia Na Música de Vivaldi
>>> Festa na floresta
>>> A crítica musical
>>> 26 de Julho #digestivo10anos
>>> Por que escrevo
>>> História dos Estados Unidos
Mais Recentes
>>> Coleção para gostar de ler de Varios pela Atica (1985)
>>> Grande Enciclopédia de Modelismo - Cor e Pintura de Walquir Baptista de Moura - Produção pela Século Futuro
>>> Meu pequeno fim de Fabrício Marques pela Segrac (2002)
>>> Grande Enciclopédia de Modelismo - Materiais e Ferramentas de Walquir Baptista de Moura - Produção pela Século Futuro
>>> Livro Dicionário Enciclopédico Veja Larousse - Volume 1 de Eurípedes Alcântara , Diretor Editorial pela Abril (2006)
>>> O diário de Larissa de Larissa Manoela pela Harper Collins (2016)
>>> Corpo de delito de Patricia Cornwell pela Paralela (2000)
>>> A Arte da guerra de Sun Tzu pela Pé da letra (2016)
>>> O fio do bisturi de Tess Gerritsen pela Harper Collins (2016)
>>> A garota dinamarquesa de Davdid Ebershoff pela Fabrica 231 (2000)
>>> Uma auto biografia de Rita Lee pela Globo livros (2016)
>>> Songbook Caetano Veloso Volume 2 de Almir Chediak pela Lumiar
>>> A Sentinela de Lya Luft pela Record (2005)
>>> O teorema Katherine de John Green pela Intriseca (2006)
>>> Louco por viver de Roberto Shiyashiki pela Gente (2015)
>>> A ilha dos dissidentes de Barbara Morais pela Gutemberg (2013)
>>> Sentido e intertextualidade de Emanuel Cardoso Silva pela Unimarco (1997)
>>> Mistérios do Coração de Roberto Shinyashiki pela Gente (1990)
>>> Interrelacionamento das Ciências da Linguagem de Monica Rector Toledo Silva pela Edições Gernasa (1974)
>>> Sociologia e Desenvolvimento de Costa Pinto pela Civilização Brasileira (1963)
>>> O Coronel Chabert e Um Caso Tenebroso de Honoré de Balzac pela Otto Pierre Editores (1978)
>>> O golpe de 68 no Peru: Do caudilhismo ao nacionalismo? de Major Victor Villanueva pela Civilização Brasileira (1969)
>>> Recordações da casa dos mortos de Fiodor Dostoiévski pela Nova Alexandria (2006)
>>> Elric de Melniboné: a traição ao imperador de Michael Moorcock pela Generale (2015)
>>> O Príncipe de Nicolau Maquiavel pela Vozes de Bolso (2018)
>>> Deuses Americanos de Neil Gaiman pela Conrad (2002)
>>> Deus é inocente – a imprensa, não de Carlos Dorneles pela Globo (2003)
>>> Memórias do subsolo de Fiodor Dostoiévski pela 34 (2000)
>>> Songbook - Tom Jobim, Volume 3 de Almir Chediak pela Lumiar (1990)
>>> Comunicação e contra-hegemonia de Eduardo Granja Coutinho (org.) pela EdUFRJ (2008)
>>> Caetano Veloso Songbook V. 1 de Almir Chediak pela Lumiar
>>> Origami a Milenar Arte das Dobraduras de Carlos Genova pela Escrituras (2004)
>>> O vampiro Lestat de Anne Rice pela Rocco (1999)
>>> Nova enciclopédia ilustrada Folha volume 2 de Folha de São Paulo pela Publifolha (1996)
>>> Esperança para a família de Willie e Elaine Oliver pela Cpb (2018)
>>> Leituras do presente de Valdir Prigol pela Argos (2007)
>>> Insight de Daniel C. Luz pela Dvs (2001)
>>> Política e relações internacionais de Marcus Faro de Castro pela UnB (2005)
>>> Harry Potter e a Pedra Filosofal de J. K. Rowling pela Rocco (2000)
>>> Infinite Jest de David Foster Wallace pela Back Bay Books (1996)
>>> Nine Dragons de Michael Connelly pela Hieronymus (2009)
>>> The Innocent de Taylor Stevens pela Crown Publishers (2011)
>>> The Watchman de Robert Crais pela Simon & Schuster (2007)
>>> The Watchman de Robert Crais pela Simon & Schuster (2007)
>>> Filosofia Para Crianças e Adolescentes de Maria Luiza Silveira Teles pela Vozes (2008)
>>> O Caminho da Perfeição de A. C. Bhaktivedanta Swami pela The Bhaktivedanta (2012)
>>> O Caminho da Perfeição de A. C. Bhaktivedanta Swami pela The Bhaktivedanta (2012)
>>> Vida de São Francisco de Assis de Tomás de Celano pela Vozes (2018)
>>> Apóstolo Paulo de Sarah Ruden pela Benvirá (2013)
>>> Apóstolo Paulo de Sarah Ruden pela Benvirá (2013)
COLUNAS

Segunda-feira, 2/1/2006
Da vitrola ao microchip
Rodolfo Felipe Neder

+ de 9100 Acessos

Farmacêutico de uma pequena cidade com uma vocação nata de bom ouvinte musical, ele não tocava instrumento algum, mas ouvia música como ninguém. Com ele, conheci Begnamino Gigli, Renata Tebaldi e Arturo Toscanini. Verdi e Puccini. Ele ouvia com reverência e concentração a música clássica e sentia um verdadeiro fastio e desagrado por músicas popularescas ou da moda. Conheci com ele, também, meu primeiro aparelho de som. De lá até hoje não parei de viajar pelo mundo dos diversos modelos e sistemas de som.

Um dia, quando o inverno se aproximava, lá pelo final dos anos 40, meu pai comprou um aparelho RCA Victor à manivela que se ligava por dois fios ao rádio da família. Na época, era um modelo modesto, pois já existia o que se chamava combinado, um móvel enorme e do qual faziam parte um rádio, um toca-discos e um som. Nosso rádio, um Philips à válvula com olho mágico, era um luxo, e eu podia, com meus dez anos, ter o direito ao comando e a troca de emissoras - claro, quando meu pai não estava em casa.

Junto com o aparelho RCA Victor, vieram os primeiros discos de pasta e de 78 rpm - Cuidado, dizia ele, podem quebrar. Foi nesse dia de 1948 que ouvi pela primeira vez a "Marcha Triunfal", de Aída. É muito difícil alguém imaginar o que significou para mim. Nesse dia, abriram-se as portas da minha curiosidade infinita pela música e comecei a bombardear com perguntas encadeadas. Arturo Toscanini regia a Orquestra Sinfônica da NBC, de Nova York, Renata Tebaldi era Aída, Gigli era o Radamés. Contou-me a história da Aída, de Verdi, e que foi uma ópera escrita por encomenda pelo governo Egípcio para a inauguração do Canal de Suez e que Reis, Príncipes e Governantes assistiram a estréia em Alexandria, me contou pacientemente a história de Radamés e Aída, uma história de amor e de guerra do povo escravo, nesse dia também conheci, pelo seu relato uma biografia de Verdi e que, mas tarde, confirmei e a enriqueci no famoso Tesouro da Juventude. Contou-me, também, da magnitude dos teatros líricos como o Metropolitam de NY, a Escala de Milão e o Colón.

Meu pai sentia um enorme respeito pela música que ouvia e exigia silêncio de todos. Sua paixão era a ópera Italiana.

Essa noite fui a dormir com um acúmulo de informações e conhecimentos fora do comum. Tudo era novo para mim: música, ópera, Verdi, cantantes e as histórias dos teatros líricos, há também a vitrola a manivela. Esse dia nunca esqueci. Foi maravilhoso, foi o ponto de partida do longo caminho do meu gosto musical.

Uma, entre as tantas curiosidades que ficaram sem satisfazer, foi saber o que o cachorro fazia aí no rótulo da RCA Victor, sentado atento ao lado da vitrola. Como era um novo dia de trabalho e não havia mais tempo para a longas histórias, acompanhei meu pai até a farmácia. Ele andava a passos rápidos e eu, a seu lado, tinha que dar pequenas corridas para ir ouvindo a história do atento cachorro que reconhecia a voz de seu patrão gravada num disco pela primeira vez. Era a voz de Thomas Edison, que tinha inventado o aparelho de reprodução conhecido com o nome de "vitrola" da marca RCA VICTOR.

Meu Deus, como foram tempos felizes esses dias, nem parecia que o inverno tinha chegado. A vitrola à manivela, que estava na sala, durou pouco dias, ela não quebrou, não.

A música tinha crescido em nossas vidas e ocupava um espaço na família e exigia um aparelho melhor. O rádio Philips voltou para seu lugar original na cozinha. Essa foi a primeira troca. Veio um aparelho maior e mais potente e que não precisava mais do auxílio do rádio nem da manivela, era totalmente elétrico, mas como todo aparelho da época requeria a troca da agulha que percorria os sulcos, a cada dois discos. Ouvir música exigia muita atenção e uma boa mão-de-obra.

O inverno estava no fim. Senti isso não porque o frio tinha diminuído, e, sim, pelos pessegueiros que via da minha janela do meu quarto, que começavam a brotar flores. Nunca deram um pêssego que valesse a pena, mas as flores eram muito bonitas e marcavam a entrada primavera na minha casa. Quanta coisa tinha aprendido e gostado nesse inverno, quanta coisa meu pai tinha me ensinado, até a história do cachorro e a voz do seu patrão. Foi assim que junto com Gigli, Tebaldi, Toscanini e Verdi, descobri, também, a primeira logomarca com uma história.

Um ano mais tarde, creio, demos as boas-vindas ao primeiro "combinado" montado especialmente para nossa família, era enorme e ocupava um grande espaço na sala, foi montado por dois engenheiros eletrônicos com o que havia de melhor na época: válvulas enormes de marca RCA, alto-falantes pesados de 14 polegadas e o toca-discos automático marca Webster. A sensação era um circuito especial que permitia ouvir em outros rádios da casa a música que saia do "combinado". Esse aparelho ficou muitos anos na minha casa e cresci a seu lado.

Por esses tempos o disco long play (LP) já era uma realidade e me tornei rapidamente um colecionador, formando a minha própria coleção musical. Nunca mais parei.

Hoje, depois de muitas décadas e de muitas historias passadas, passeio, pelas manhãs de São Paulo, acompanhado por Haydn, Beethoven, Villa-Lobos, Benny Goodman, Nelson Freire, a Cultura FM levando comigo a música e as recordações e todo o que mais deseje armazenar no meu pequeno aparelho de MP3, um belo presente, que penduro no meu pescoço enquanto a ciência não me permite, ainda, um microchip que possa inserir embaixo da minha pele com as duzentas melhores músicas da minha vida. Em matéria musical não preciso mais que isso.

Nota do Editor
Rodolfo Felipe Neder é diretor do site Millôr Online.


Rodolfo Felipe Neder
São Paulo, 2/1/2006


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Os Doze Trabalhos de Mónika. 4. Museu Paleológico de Heloisa Pait
02. Simone Weil no palco: pergunta em forma de vida de Heloisa Pait
03. O Trovador, romance de Rodrigo Garcia Lopes de Jardel Dias Cavalcanti
04. Não Vou Blogar Mais de Lisandro Gaertner
05. A Jornada de Literatura de Passo Fundo de Marcelo Spalding


Mais Rodolfo Felipe Neder
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




A FORTUNA DE GASPAR (LITERATURA INFANTO-JUVENIL)
CONDESSA DE SÉGUR
DO BRASIL
R$ 10,00



CYRANO DE BERGERAC
EDMOND ROSTAND
OBJETIVO
R$ 6,00



DE OLHO NA MORTE E ANTES
FERNANDO FORTES
ATELIÊ EDITORIAL
(2012)
R$ 22,00



OXFORD ADVANCED LEARNERS DICTIONARY
A. S. HORBNY
OXFORD
(2000)
R$ 30,00



ALICE PARA SEMPRE
ELTON LICKS
BESOUROBOX
R$ 26,00



FISIOLOGIA CELULAR
DAVID LANDOWNE
MCGRAW HILL ARTMED
(2006)
R$ 67,00



NEW ENGLISH 900 BOOK 1
COLLIER MACMILLAN INTERNACIONAL
ENGLISH LANGUAGE SERVICES
(1978)
R$ 15,00



IL NUOVO DOMANI
MAEVE BINCHY
SPERLING & KUPFER
(1998)
R$ 50,00
+ frete grátis



SÓ O AMOR É REAL
BRIAN L. WEISS
ALAMANDRA
(1996)
R$ 4,00



CRIME E CASTIGO
FIÓDOR DOSTOIÉVSKI
NOVA CULTURAL
(2002)
R$ 28,00





busca | avançada
46024 visitas/dia
1,1 milhão/mês