Jovens blogueiros, envelheçam | Rafael Rodrigues | Digestivo Cultural

busca | avançada
44238 visitas/dia
1,1 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Rinoceronte, poemas em prosa de Ronald Polito
>>> A forca de cascavel — Angústia (FUVEST 2020)
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
Colunistas
Últimos Posts
>>> Revisores de Texto em pauta
>>> Diogo Salles no podcast Guide
>>> Uma História do Mercado Livre
>>> Washington Olivetto no Day1
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> Karnal, Cortella e Pondé
>>> Canal Livre com FHC
>>> A história de cada livro
>>> Guia Crowdfunding de Livros
>>> Crise da Democracia
Últimos Posts
>>> Uma crônica de Cinema
>>> Visitação ao desenho de Jair Glass
>>> Desiguais
>>> Quanto às perdas I
>>> A caminho, caminhemos nós
>>> MEMÓRIA
>>> Inesquecíveis cinco dias de Julho
>>> Primavera
>>> Quando a Juventude Te Ferra Economicamente
>>> Bens de consumo
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Ser intelectual dói
>>> O Tigrão vai te ensinar
>>> O hiperconto e a literatura digital
>>> Aberta a temporada de caça
>>> Se for viajar de navio...
>>> Incompatibilidade...
>>> Alguns Jesus em 10 anos
>>> Blogues: uma (não tão) breve história (II)
>>> Picasso e As Senhoritas de Avignon (Parte I)
>>> Asia de volta ao mapa
Mais Recentes
>>> O Livro da moda de Alexandra Black pela Publifolha (2015)
>>> Rejuvelhecer a saude como prioridade de Sergio Abramoff pela Intrinseca (2017)
>>> O livro das evidencias de John Banville Tradução Fabio Bonillo pela Biblioteca Azul - globo (2018)
>>> O futebol explica o Brasil de Marcos Guterman pela Contexto (2014)
>>> O Macaco e a Essencia de Aldous Huxley pela Globo (2017)
>>> BATISTAS, Sua Trajetória em Santo Antônio de Jesus: o fim do monopólio da fé na Terra do Padre Mateus de Jorgevan Alves da Silva pela Fonte Editorial (2018)
>>> Playboy Bárbara Borges de Diversos pela Abril (2009)
>>> Sarah de Theresa Michaels pela Nova Cultural (1999)
>>> A Bela e o Barão de Deborah Hale pela Nova Cultural (2003)
>>> O estilo na História. Gibbon & Ranke & Macaulay & Burckhardt de Peter Gay pela Companhia das Letras (1990)
>>> Playboy Simony de Diversos pela Abril (1994)
>>> Invasão no Mundo da Superfície de Mark Cheverton pela Galera Junior (2015)
>>> José Lins Do Rego- Literatura Comentada de Benjamin Abdala Jr. pela Abril Educação (1982)
>>> A modernidade vienense e as crises de identidade de Jacques Le Rider pela Civilização Brasileira (1993)
>>> Machado De Assis - Literatura Comentada de Marisa Lajolo pela Abril Educação (1980)
>>> A Viena de Wittgenstein de Allan Janik & Stephen Toulmin pela Campus (1991)
>>> O Velho e o Mar de Ernest Hemingway pela Círculo do livro (1980)
>>> Veneno de Alan Scholefield pela Abril cultural (1984)
>>> O Livreiro de Cabul de Asne Seierstad pela Record (2007)
>>> Os Dragões do Éden de Carl Sagan pela Francisco Alves (1980)
>>> O Espião que sabia demais de John Le Carré pela Abril cultural (1984)
>>> Administração de Materiais de Jorge Sequeira de Araújo pela Atlas (1981)
>>> Introdução à Programação Linear de R. Stansbury Stockton pela Atlas (1975)
>>> Como lidar com Clientes Difíceis de Dave Anderson pela Sextante (2010)
>>> As 3 Leis do Desempenho de Steve Zaffron e Dave Logan pela Primavera (2009)
>>> Curso de Educação Mediúnica 1º Ano de Vários Autores pela Feesp (1996)
>>> Recursos para uma Vida Natural de Eliza M. S. Biazzi pela Casa Publicadora Brasileira (2001)
>>> Jesus enxuga minhas Lágrimas de Elza de Almeida pela Fotograma (1999)
>>> As Aventuras de Robinson Crusoé de Daniel Defoe pela LPM Pocket (1997)
>>> Bulunga o Rei Azul de Pedro Bloch pela Moderna (1991)
>>> Menino de Engenho de José Lins do Rego pela José Olympio (1982)
>>> Terra dos Homens de Antoine de Saint-Exupéry pela Nova Fronteira (1988)
>>> O Menino de Areia de Tahar Ben Jelloun pela Nova Fronteira (1985)
>>> Aspectos Endócrinos de Interesse à Estomatologia de Janete Dias Almeida pela Unesp (1999)
>>> Nociones de Historia Linguística y Estetica Literaria de Antonio Vilanova- Nestor Lujan pela Editorial Teide/ Barcelona (1950)
>>> El Estilo: El Problema y Su Solucion de Bennison Gray pela Editorial Castalia/ Madrid (1974)
>>> El Cuento y Sus Claves de Raúl A. Piérola/ Alba Omil (profs. Univ. Tucumán pela Editorial Nova, Buenos Aires (1955)
>>> Las Fuentes de La Creacion Literaria de Carmelo M. Bonet pela Libr. del Collegio/ B. Aires (1943)
>>> As Hortaliças na Medicina Doméstica/ Encadernado de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar (1976)
>>> A Flora Nacional na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Arlington Park de Rachel Cusk pela Companhia das Letras (2007)
>>> Muitas Vidas, Muitos Mestres de Brian L Weiss pela Salamandra (1991)
>>> As Frutas na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Coleção Agatha Christie - Box 8 de Agatha Christie; Sonia Coutinho; Archibaldo Figueira pela HarperCollins (2019)
>>> As Irmãs Aguero de Cristina García pela Record (1998)
>>> Não Faça Tempestade Em Copo Dágua no Amor de Richard Carlson pela Rocco (2001)
>>> Um Estudo Em Vermelho - Edição De Bolso de Arthur Conan Doyle pela Zahar (2013)
>>> Eu, Dommenique de Dommenique Luxor pela Leya (2011)
>>> Os Cavaleiros da Praga Divina de Marcos Rey pela Global (2015)
>>> O Futuro da Filosofia da Práxis de Leandro Konder pela ExpressãoPopular (2018)
COLUNAS >>> Especial Blogueiros e Jornalistas

Sexta-feira, 18/4/2008
Jovens blogueiros, envelheçam
Rafael Rodrigues

+ de 6800 Acessos
+ 18 Comentário(s)

A blogosfera brasileira é, abrindo poucas exceções, irrelevante. Não adianta espernear, tentar argumentar. Esta é a realidade: a grande maioria dos blogs brasileiros não tem importância nenhuma. São bobos, cheios de conteúdo descartável e, o que é pior, muito mal escritos. Basta ver a lista dos 100 blogs mais acessados do Brasil, segundo o Technorati. Há, sim, endereços com bom conteúdo. Mas o que vemos entre os 20 primeiros colocados são blogs de humor e de cultura pop ou trash, todos descartáveis. Dentro das exceções, de conteúdo relevante, estão alguns blogs sobre informática e tecnologia, e um coletivo.

Se continuarmos a observar a lista, veremos blogs de jornalistas (Ricardo Noblat, Reinaldo Azevedo e outros) que, na minha opinião, são os espaços que realmente valem ser visitados. Além de informar, eles apuram as notícias que divulgam, têm fontes. Ou seja: fazem jornalismo. Nada contra os blogueiros que escrevem diários, de forma alguma. Diversos amigos meus têm blogs, os visito com alguma regularidade (mesmo que pouca) e gosto de lê-los. Minha crítica é dirigida àqueles blogs com uma série de posts vazios, que não provocam nenhum tipo de reflexão. Você lê, tem alguns acessos de riso, lembra de alguns fatos da sua infância e só. Sem contar o fato de alguns deles serem tremendamente mal escritos.

Os jornalistas, tanto faz se em jornais, revistas ou blogs, ao menos escrevem bem. É certo que alguns deles escrevem pior que blogueiros, mas não se trata da maioria, e sim de uma minoria.

Não vale aqui dizer que "blog é entretenimento" e "jornalismo é informação". Afinal, uma das razões deste Especial é refletir sobre o fato de a blogosfera brasileira estar incomodada com o descaso que a imprensa tradicional faz (?) dela. Mas como não "ignorar" os blogs brasileiros, se a maioria deles é mal escrita, vazia de conteúdo e descartável?

Blogueiros brasileiros não fazem notícia, não apuram dados. Os que fazem isso são poucos. E, no meio desses poucos, estão muitos jornalistas com anos e anos de estrada. Trocando em miúdos: o que há de conteúdo relevante nos blogs brasileiros é produzido, em grande parte, por jornalistas.

É bom deixar claro que eu tenho um blog. E admito que não há nada de muito relevante nele, nem nenhuma novidade. No mais das vezes, escrevo sobre livros ou sobre o meu dia-a-dia, que nada tem de interessante. Mas não tenho nenhuma pretensão com ele, ao menos por enquanto. Então, não vejo mal nenhum em reconhecer que o meu blog é só mais um entre milhares de outros por aí. É por isso que não consigo entender toda essa birra, essa briga boba entre blogueiros e jornalistas.

Aliás, acho que entendo. A audiência na rede tem aumentado, e muito. Até alguns anos atrás os blogs eram dominados por jovens que escreviam seus diários virtuais ou por profissionais especializados. Havia concorrência, competição, entre os próprios blogueiros, mas nada semelhante ao que vemos agora, com os jornalistas. Parece que, depois que a grande imprensa acordou e viu na internet uma oportunidade de atrair leitores para os veículos impressos, a competição se tornou uma questão de orgulho, de honra, de respeito.

Mas, seja sincero comigo, por favor. Como respeitar um blog que, entre os 10 últimos posts, 08 são vídeos engraçadinhos encontrados no YouTube? Ou um outro que faz propaganda de sites pornográficos? Não dá pra respeitar.

Isso não significa, de maneira alguma, que a blogosfera brasileira inteira não mereça respeito. Os blogs são de extrema importância, hoje. Não só aqui no Brasil, mas em qualquer país do mundo. Há algumas décadas os intelectuais brasileiros criavam suplementos literários ou revistas irreverentes para expressar suas opiniões e fazer oposição aos governos vigentes. Isso exigia uma boa quantia de dinheiro, e quase todas essas manifestações intelectuais foram ceifadas pela falta dele. Além de esses veículos ficarem restritos a geralmente apenas uma cidade. Hoje um coletivo de blogs desempenha o mesmo papel que essas iniciativas do passado, com muito menos gastos e com um alcance bem maior. Sem a mesma contundência, é verdade, mas ainda assim com sua devida importância.

Também não podemos dizer que os jornalistas, todos eles, são corretos, íntegros e responsáveis. Basta ver a quantidade de matérias parciais e pessoais publicadas todos os dias, todas as semanas. Muito do que falta à maioria dos blogueiros, falta também a um considerável número de jornalistas: critério, honestidade e bom senso, para ser bastante breve e superficial. E maturidade, é claro, para aceitar as críticas e aprender com elas.

Seria injusto terminar este texto sem citar o principal personagem desta "briga": nós, leitores. Afinal, somos nós que compramos os jornais e revistas, e acessamos os blogs. Nós é que decidimos quem são os "melhores". Precisamos ter também um pouco mais de maturidade, critério e bom senso, separar o que é importante do que não é, saber a diferença entre um comentário mais longo e uma matéria bem feita, distinguir um blog de um site de entretenimento em formato de blog.

A única certeza que temos é que a blogosfera brasileira ainda tem muito para aprender e crescer. É bem provável que daqui a alguns anos os blogs realmente assumam o papel ― sem trocadilho ― dos veículos de imprensa tradicionais. Mas, daqui até lá, os blogueiros têm muito que aprender com os jornalistas. E, em menor escala, vice-versa.


Rafael Rodrigues
Feira de Santana, 18/4/2008


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Luz sob ossos e sucata: a poesia de Tarso de Melo de Jardel Dias Cavalcanti
02. O que vai ser das minhas fotos? de Ana Elisa Ribeiro
03. A Garota do Livro: uma resenha de Heloisa Pait
04. Viagem a 1968: Tropeços e Desventuras de Marilia Mota Silva
05. O Brasil não é a Seleção Brasileira de Diogo Salles


Mais Rafael Rodrigues
Mais Acessadas de Rafael Rodrigues em 2008
01. Caio Fernando Abreu, um perfil - 28/10/2008
02. Meus melhores filmes de 2008 - 30/12/2008
03. As horas podres, de Jerônimo Teixeira - 21/3/2008
04. Jovens blogueiros, envelheçam - 18/4/2008
05. A literatura e seus efeitos - 29/2/2008


Mais Especial Blogueiros e Jornalistas
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

ENVIAR POR E-MAIL
E-mail:
Observações:
COMENTÁRIO(S) DOS LEITORES
17/4/2008
12h06min
Rafael, tem uma coisa crucial que vc trouxe no rodapé do seu artigo: leitores. Acho que, na atual dispersão da informação, não há mais os "top" da vida, os "melhores", os "grandes campeões", porque, justamente, esses julgamentos estão caindo por terra. O que é bom para jornalista pode ser péssimo para blogueiro, e vice-versa. O que é perfeito para um escritor pode ser incompreensível para uma dona-de-casa. Acho que a vida é um aprendizado, mas não sei se, no futuro, teremos os mesmos MELHORES para todos... Porém, haverá melhores para seus respectivos públicos.
[Leia outros Comentários de Ceila Santos]
17/4/2008
13h56min
Rafael, qdo vc diz que grande parte dos blogueiros não "corre atrás" da notícia, me sinto forçada a concordar com vc. Eu mesma, qdo comento algum fato noticioso em meu blog, costuma garimpá-los no Weblog, do Pedro Dória, e no blog da revista Época, O Filtro. Apenas discordo qdo vc diz que os blogs de entretenimento não são relevantes, um pouco de risada sempre faz bem, senão o que seria das revistas em quadrinhos, por exemplo?
[Leia outros Comentários de Gelsa Mara]
17/4/2008
14h26min
O blog em si pode veicular o conteúdo que quiser, é só uma ferramenta. Não se pode julgar a ferramenta em relação aos produtos que ela propicia. Existem hoje blogs altamente profissionalizados, e de conteúdo de qualidade, blogs pessoais de conteúdo relevante somente para pequenos grupos e também blogs oportunistas que se entopem de lixo pra ganhar alguns trocados com Adsense (talvez esse tenha sido o propósito do seu artigo). A ferramenta blog é revolucionária, fica e ganha respeito quem faz bom uso da mesma.
[Leia outros Comentários de Diego Gomes]
17/4/2008
19h35min
Xará, larga mão de ser trouxa. Agora conteúdo relevante é aquele que você JULGA? Complicado isso, hein? Existem diversos blogs por aí, conhecidos e desconhecidos, que para mim são muito relevantes. Mas nem por isso saio dizendo que só eles têm relevância. Daqui a pouco volta aquela discussão de "blog de qualidade", sendo que qualidade é subjetivo. Mas tenho certeza que para mudar um pouco o pessoal vai usar palavras como Efetivo, Eficaz e Eficiente. De qualquer forma, todo ano faço aniversário. Nem precisava pedir para envelhecer.
[Leia outros Comentários de Rafael Slonik]
18/4/2008
11h31min
Muito bem colocada a questão dos posts vazios, porque é o que mais existe, hoje. O interesse maior, sempre, será o sobre a vida privada. O post mais visitado é pessoal e, não, "patrocinado", na maior parte dos blogs que necessitam de mais de 5 segundos para serem lidos...
[Leia outros Comentários de Daniel Bastos]
18/4/2008
14h10min
Bem, não deixa de ser polêmico. Só posso dizer que o blog é do autor e lê quem quer. É uma questão de opção. Bj
[Leia outros Comentários de Adriana Godoy]
18/4/2008
14h48min
"Blogueiros brasileiros não fazem notícia, não apuram dados. (...) Trocando em miúdos: o que há de conteúdo relevante nos blogs brasileiros é produzido, em grande parte, por jornalistas." Para escrever ou ter um blog é preciso ser jornalista? É preciso ter fontes? Conteúdo relevante para quem? Para um júri de jornalistas? Respeito sua opinião e tenho a minha. Sendo assim, prefiro permanecer jovem para sempre a escrever da forma chata e cansativa de um Reinaldo Azevedo... O interessante dos blogs é o fato de eles serem tão diferentes, essa diversidade é que dá vida, e não aqueles textos formatados e até cansativos. A Adriana Godoy disse o certo: "lê quem quer".
[Leia outros Comentários de Evandro Cesar]
18/4/2008
20h06min
Concordo com seu texto. E sou muito sincero em dizer que meu blog é bem fraquinho. Acho que importante é reconhecer isso. Mas como a Internet democratizou a informação, tenho todo o direito de expor algumas idéias como quaisquer outros blogueiros. Mas nada que uma boa dose de treino, estudo e vontade ajude melhorar. Outro ponto é: se o blog é ruim, ninguém acessa, e pronto. Ele some por si só (que é o meu caso!!). Mas continuo a fazer meus posts, sem pretensão, e assim vou treinando. Não quero brigar com jornalistas ou blogueiros, apenas ter meu espacinho para digitar algumas idéias, exercitar minha escrita e, quem sabe, melhorar a ponto de fazer algum sucesso. Se der certo, ótimo. Sinceramente, toda essa briga que vem surgindo me parece mais o ego afetado do que qualquer outro motivo racional. Se todos ficassem "na sua" e ajudassem em vez de criticar, talvez tivéssemos conteúdos bem melhores.
[Leia outros Comentários de René]
18/4/2008
20h55min
Concordo com você. Muitos blogs não se preocupam com a informação publicada. Ao fazer o meu blog preocupei-me justamente com essa questão, apurar os dados, ir às ruas atrás de mais informações, procurar respostas de especialistas nos fatos etc. Geralmente, quando há atenção a esse caso, os blogs são gerenciados por jornalistas. O que está acontecendo hoje é justamente uma nova geração de blogs, feitos por jornalistas.
[Leia outros Comentários de Thaiza Murray]
18/4/2008
23h14min
Concordo fortemente com você, Rafael. Sou jornalista e blogueiro e fico impressionado com a falta de qualidade da grande maioria dos blogs. Só discordo quando menospreza os blogs de humor. Eu não sou o público desse tipo de proposta e acredito que nem você o seja, mas acho que tem seu mérito quem tem talento para o humor, escrachado, fino, inglês, seja qual for sua vertente. Não podemos esquecer o papel inquestionável que o humor teve na história da imprensa brasileira. Quanto à associação entre envelhecer e ganhar qualidade, não sei se é uma questão de idade. A idade nem sempre traz qualidade ou credibilidade aos textos, vide o próprio Reinaldo Azevedo, da Veja. Existem casos e casos. Conheço muitos blogs feitos por gente nova que dá banho em blogs de muitos marmanjos. A tempo: se puderem, leitores do Digestivo Cultural, visitem o meu blog, pois gostaria da opinião de todos.
[Leia outros Comentários de Guilherme Amado]
19/4/2008
08h24min
Você disse que sua "crítica é dirigida àqueles blogs com uma série de posts vazios, que não provocam nenhum tipo de reflexão". Não gosta? Não entra, amigão. É simples. Vai e procura algum outro blog que a linha seja de publicação de textos. Existem muitos bons, tenha fé. Muitos que escrevem até melhor que jornalistas. E já adianto, não tenho nada contra jornalista, estou estudando para ser um. E o que você me diz daquelas revistas e sites de fofoca. O que acrescentam? Aquilo tem credibilidade? Pelo que eu julgo, nenhuma. Então posso dizer que uma boa parte dos jornalistas não merecem atenção, pois publicam coisas irrelevantes... Acho que não perceber o potencial de certas coisas é coisa de velho. Não que envelhecer seja ruim, mas só estou analisando um fato corriqueiro. Tudo bem, acontece. Pelo menos eu vou saber envelhecer já sabendo, de antemão, o potencial de certas coisas e a hipocrisia que há em outras...
[Leia outros Comentários de Jovas]
19/4/2008
13h44min
Pois eh, como disse q faria, voltei (agora vou marcar a opção d publicar o comentário; soh reparei q tinha q ter feito isso qd apareceu a msgm do Julio Daio Borges -eh isso?-.). Am... Pois eh, os "top" (um milhão, q seja) nunca satisfazem. Fui ao seu blog e visitei 2 dos blogs do seu "blog roll" e parei por aih: realmente eh mt difícil achar algum blog relevante, "ngm pode negar"... Mas eles são tds relevantes p/ os seus autores (putz, isso eu realmente espero q sim!!!!!!!!!!) e isso dah mérito a eles;acho q eh isso.
[Leia outros Comentários de Gabriela Galvão]
19/4/2008
13. Rixa?
14h56min
Sugeriram que eu me juntasse a essa mesa redonda bloguista. Vai ver e' porque eu nao entendo do assunto. Surrealista isso, quer dizer que entre blogueiros e jornalistas existe rixa, pe' de guerra e similares? Achei que blogosferas eram espacos diversos, onde 90% dos bloguistas escrevem para se expressar e relatar vivencias diarias, e 10% fazendo outra coisa. Isso de ser balde de opinioes eu achava ja' ha' muito tempo que era identidade do jornalismo brasileiro. Vai ver que e' porisso que eu nao estou entendendo essa historia de briga. Talvez eu esteja ficando uma velharia e deva me rejuvenescer. Ah dei uma olhada na lista dos 100 blogs brasileiros e entendo a sua frustracao, mas desde quando maior popularidade significa mais interessante e/ou relevante? Sobre os blogs que encontram coisas no youtube, eles estao apenas, e tao somente, cumprindo o esquema de marketing viral do youtube. Sao blogs bastante obedientes, sao um "buscador" alternativo para navegar o youtube e fazer o youtube ficar (mais) rico...
[Leia outros Comentários de tati]
19/4/2008
22h05min
Optar entre a reta e a curva? Escrever coisas relevantes ou não, fomentar uma possível crise de egos ou não, todas são escolhas. Prefiro a curva à reta, e a diversidade à classificação do que é melhor ou pior. Prefiro o erro à estandardização e entendo que o processo de criação, não raro, é melhor que a própria coisa criada. Que cada qual crie em seu espaço o que entender. Os leitores, mais ou menos qualificados, dirão de suas preferências. Muito presos a esquemas cartesianos, a estéticas normativas e normalizadoras, nos esquecemos de como é imensamente construtivo simplesmente vagar. Somos irrelevantes ou somos relevantes? A que nos obrigamos para sermos uma ou outra coisa? A que renunciamos para escrever deste ou daquele modo, para termos uma ou outra etiqueta de referência em nós mesmos? E, ao fim e ao cabo, valerá a pena?
[Leia outros Comentários de Hilton Besnos]
20/4/2008
02h40min
Se eu não conseguir ser imortal até o fim da vida, prefiro não morrer! O que seria do marrom, não fossem os daltônicos? Em terra de cego quem "diz" que tem um olho é o rei... Por outro lado, usar óculos significa enxergar mais? Dê-me um link e te direi quem és... Alguém tem um conteúdo pra emprestar???
[Leia outros Comentários de Guto Maia]
20/4/2008
11h40min
Bons blogs é coisa pra velhos, prefiro continuar jovem!
[Leia outros Comentários de Guto Maia]
23/9/2008
10h51min
agora vc falou besteira. jornalistas devem ir para jornais. texto de jornalista É CHATO PRA CACETE. o blog tem que ser livre mesmo. se existir 1 em um milhão que valha a pena, já tá valendo, pois os blogs são o único meio de expressão realmente livre. enfim, rafael, defenda o jornalista no jornal. na internerd, o jornalista é só mais um profissional corporativo chato.
[Leia outros Comentários de mão branca]
3/3/2010
18h50min
Rafael, temos duas verdades inexoráveis. O formato de blog vai se multiplicar cada vez mais, até mesmo para ser utilizado como recurso jornalístico. E o palco irá permanecer aceso, gigante, louco por plateias. Cabe a cada um de nós utilizá-lo como janela para apreciações mais profundas, mais pautadas em conteúdo. Se há nos homens a consciência do Espetáculo, fica muito mais fácil avaliar quando estamos sendo engolidos pelo jogo narcísico das vitrines. E não se pode agir com pessimismo, neste caso - devemos iluminar o lado bom. Quantos músicos, quantos escritores, quantos pintores nossos olhos poderão conhecer, com a democracia virtual? A ideia de que a nossa sociedade é a primeira capaz de superar a ditadura dos meios artísticos é maravilhosa. Eu também sonhei um dia em ser um livro. E utilizei o blog como ferramenta para me levar ao encontro dos meus leitores. Deu certo!
[Leia outros Comentários de Mariana Portela]
COMENTE ESTE TEXTO
Nome:
E-mail:
Blog/Twitter:
* o Digestivo Cultural se reserva o direito de ignorar Comentários que se utilizem de linguagem chula, difamatória ou ilegal;

** mensagens com tamanho superior a 1000 toques, sem identificação ou postadas por e-mails inválidos serão igualmente descartadas;

*** tampouco serão admitidos os 10 tipos de Comentador de Forum.




Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




ESTATÍSTICA PARA ECONOMISTAS
RODOLFO HOFFMANN
PIONEIRA THOMSON LEARNING
(2002)
R$ 15,00



TUDO O QUE VOCÊ NUNCA QUIS SABER SOBRE YÔGA
DE ROSE
MARTIN CLARET
(2003)
R$ 4,00



AS REGRAS DO METODO SOCIOLOGICO
EMILE DURKHEIN
AFILIADA
(2004)
R$ 15,00



NINOTCHKA - A HEROÍNA DAS ESTEPES
HEINZ G. KONSALIK
RECORD
R$ 4,00



O BUDISMO NA CHINA
DAISAKU IKEDA
RECORD
(1973)
R$ 110,00



NEOLIBERAL NAO, LIBERAL
SARDENBERG
GLOBO CBN
R$ 15,00



INTRODUÇÃO À ECONOMIA: PRINCÍPIOS DE MICRO E MACROECONOMIA - 2ª EDIÇÃO
NICHOLAS GREGORY MANKIW
CAMPUS
(2001)
R$ 135,95



THE PLAYBOY CARTOON ALBUM (HARDCOVER)
HUGH HEFNER
CROWN PUBLISHERS - NY
(1959)
R$ 600,00



O PROCESSO DA COMUNICAÇÃO
DAVID K. BERLO
FUNDO DE CULTURA
(1972)
R$ 12,00



AMÉRICA EM CHAMAS DA MESMA AUTORA DE O FIM DE ALICE E TERRA...
A. M. HOMES
NOTÍCIAS EDITORIAL
(2000)
R$ 74,70





busca | avançada
44238 visitas/dia
1,1 milhão/mês