Há um corpo estendido no chão | Glória Fernandes | Digestivo Cultural

busca | avançada
78907 visitas/dia
2,2 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Teatro Sérgio Cardoso recebe As Conchambranças de Quaderna de Ariano Suassuna
>>> “Meus bichos do sertão”, da artista mineira Maria Lira, em exposição na AM Galeria
>>> Maurício Limeira fará parte do DICIONÁRIO DO PROFUNDO, da Ao Vento Editorial
>>> Longa documental retrata música e territorialidade quilombola
>>> De Priscila Prade, Exposição Corpo em Quarentena abre dia 4/10
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Eleições na quinta série
>>> Mãos de veludo: Toda terça, de Carola Saavedra
>>> A ostra, o Algarve e o vento
>>> O abalo sísmico de Luiz Vilela
>>> A poesia com outras palavras, Ana Martins Marques
>>> Lourival, Dorival, assim como você e eu
>>> O idiota do rebanho, romance de José Carlos Reis
>>> LSD 3 - uma entrevista com Bento Araujo
>>> Errando por Nomadland
>>> É um brinquedo inofensivo...
Colunistas
Últimos Posts
>>> Cris Correa, empreendedores e empreendedorismo
>>> Uma história do Mosaic
>>> Uma história da Chilli Beans
>>> Depeche Mode no Kazagastão
>>> Uma história da Sambatech
>>> Uma história da Petz
>>> A história de Chieko Aoki
>>> Uma história do Fogo de Chão
>>> BDRs, um guia
>>> Iggor Cavalera por André Barcinski
Últimos Posts
>>> Brasileira muda paisagens de Veneza com exposição
>>> Os inocentes do crepúsculo
>>> Inação
>>> Fuga em concerto
>>> Unindo retalhos
>>> Gente sem direção
>>> Além do ontem
>>> Indistinto
>>> Mais fácil? Talvez
>>> Riacho da cacimba
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Pronétaires, unissez-vous!
>>> O mapa da África
>>> Tem café?
>>> Dois anos de Cinema Independente
>>> O filme do Lula e os dois lados da arquibancada
>>> O comércio
>>> Isto é para quando você vier
>>> A vez dos veteranos
>>> A morte e a morte de jorge amado
>>> Solidão Moderna
Mais Recentes
>>> Assumindo o Controle do Seu Tempo de Hbr pela Elsevier (2007)
>>> Feliz Ano Novo de Rubem Fonseca pela Companhia das Letras (1990)
>>> Ai de Ti, Copacabana de Rubem Braga pela Record
>>> O Poder da Esposa Que Ora de Stormie Omartian pela Mundo Cristão (1998)
>>> Alexandre e Outros Heróis de Graciliano Ramos pela Record
>>> Nosso Lar de Chico Xavier pela Feb (1997)
>>> Pai Nosso de Francisco Cândido Xavier pela Feb
>>> Pai Nosso de Francisco Cândido Xavier pela Feb
>>> Maria, a Maior Educadora da História de Augusto Cury pela Planeta (2007)
>>> O Pequeno Príncipe de Antoine de Saint Exupéry pela Harper Collins Br (2006)
>>> Ação e Reação de Francisco Cândido Xavier pela Feb
>>> O Mestre dos Mestres Análise da Inteligência de Cristo Vol 1 de Augusto Cury pela Sextante (2006)
>>> Seara dos Médiuns de Francisco Cândido Xavier pela Feb
>>> Mantenha Seu Cérebro Vivo de Lawrence C Katz pela Sextante (2000)
>>> Terminologia Em Enfermagem de Maria Aparecida Modesto dos Santos pela Martinari (2006)
>>> Oração de São Francisco de Leonardo Boff pela Sextante (1999)
>>> Dom Quixote - Série Reencontro de Miguel de Cervantes / José Angeli pela Scipione (1985)
>>> Orixás, Caboclos e Guias de Edir Macedo pela Unipro (2007)
>>> A Suspeita de Friedrich Durrenmatt pela Circulo do Livro
>>> O Quinze de Rachel de Queiroz pela Salamandra
>>> O Que Você Precisa Saber Sobre Maçonaria de Elias Mansur Neto pela Universo dos Livros
>>> Filha da Noite de Marion Zimmer Bradley pela Imago
>>> A Rainha da Dança de Thalia Kalkipsakis pela Fundamento (2005)
>>> Ansiedade Como Enfrentar o Mal do Século de Augusto Cury pela Saraiva (2014)
>>> Ansiedade Como Enfrentar o Mal do Século de Augusto Cury pela Saraiva (2014)
COLUNAS

Sexta-feira, 17/7/2009
Há um corpo estendido no chão
Glória Fernandes

+ de 6100 Acessos
+ 2 Comentário(s)

Durante a exposição da World Press Photo 2009, que acontece até o dia 19 de julho no Museu da Eletricidade, em Lisboa, uma das fotos chamou mais a atenção dos visitantes. Por coincidência, em meio a fotos do mundo inteiro, essa era brasileira. Um corpo estendido no chão. Em volta dele, crianças, risadas e conversa jogada fora. Como num bar, num encontro casual de amigos. Tudo normal. Como numa tarde qualquer, em que se sai para se divertir e distrair a cabeça. Porém, com um detalhe: há um corpo estendido no chão.

A foto em questão é de Eraldo Peres e ganhou menção honrosa na irônica categoria "Cotidiano". Foi tirada durante uma reportagem sobre violência em janeiro de 2008 para a agência de notícias The Associated Press (AP). Na imagem, é retratado o assassinato de Thiago Franklino de Lima, de 21 anos, morto na Favela do Coque, no Recife. Thiago permanece ali, sob a indiferença dos olhares dos moradores. O que antes chocava, agora é ignorado.

Até que ponto a violência se tornou normal para a população das grandes cidades brasileiras? O corpo, estendido e ensanguentado, passa a ser apenas mais um elemento que compõe a foto. Como um carro, um cachorro, uma bicicleta que passa. Ou até mesmo como uma pedra no chão. Honestamente, fotos que contrastam uma tragédia com a normalidade das pessoas já não são raras hoje em dia Infelizmente já vi muitas. Mas a risada farta da garota choca. O que será que levou a garota a uma risada tão aberta frente a um cenário tão ruim? Será que ela conhecia a pessoa que está ali caída? Será que era um vizinho? E as crianças, ainda de chupeta, o que fazem tão tranquilamente próximas a um cadáver? Tornou-se tão banal que nem mesmo as crianças ligam para a cena. Seus pais, então, se estiverem presentes, muito menos. A foto só conseguiria passar mais a sensação do quão banal esse tipo de cenário se tornou se, na composição, existisse um grupo jogando baralho, quem sabe dominó, ou até mesmo futebol.

A legenda explica para os estrangeiros que Recife é duas vezes mais violenta do que o Rio de Janeiro e possui uma média de 90 homicídios por 100 mil habitantes. Há anos a cidade vem se destacando nas linhas de estudo sobre criminalidade. E, pelo que parece, os moradores da favela onde Thiago morreu já consideram os fatos uma coisa normal.

Além da foto de Eraldo Peres, havia mais brasileiros se destacando no concurso. Na categoria "Notícias gerais" o fotógrafo Luiz Vasconcelos, do jornal A Crítica, levou o primeiro prêmio com a foto de uma indígena que carrega uma criança no colo e, ao mesmo tempo, tenta conter um batalhão da polícia durante uma invasão de terras em Manaus. A foto relata o desespero de uma mãe, que, ao se ver sem saída, enfrenta a dezena e talvez centena de polícias que tentam lhe tirar o pouco que tem. Numa categoria mais leve, André Vieira, da Focus Photo und Presse Agentur, ficou em terceiro lugar na categoria "Artes e Entretenimento" por um registro do estilista angolano Xhunos, feito em Luanda. Além dos brasileiros, várias fotos do fotógrafo mexicano Carlos Cazalis, que traziam mendigos dormindo em frente ao elitista Jóquei Club de São Paulo, se destacavam na exposição.

A foto principal de que trato no texto é brasileira, e talvez tenha me chamado mais a atenção por isso. Mas havia outras com o mesmo tema, mostrando que esse tipo de situação não é exclusiva do Brasil. No primeiro prêmio da categoria "Cotidiano", a foto de Lissete Lemos, do El Diário De Hoy, mostra crianças dentro de uma van escolar que observam o corpo de Petrona Rivas, mãe de dois alunos e morta a 200 metros do portão da escola, em El Salvador.

São adultos e crianças expostos à violência diariamente, o que os leva a tratar fatos como esses com normalidade. Na exposição, também não há limite de idade. No meio disso tudo, uma criança aparentando cinco anos pergunta para o pai: "Papai, o que é aquilo?". E o pai responde, sem cerimônia: "É uma pessoa morta, boiando". Ele se refere à foto de Olivier Laban-Mattei, sobre o ciclone que devastou Mianmar, em maio de 2008.

Durante o tempo que se leva para percorrer a exposição, também nota-se que a violência não é novidade nem mesmo para aqueles que estão ali só a olhar. Entre fotos com temas como natureza, esportes, retratos, política, desastres e mortes, as duas últimas são as que mais atraem as atenções e onde as pessoas parecem demorar mais a ir embora.

Desde 1955, a missão da fundação holandesa que organiza o World Press Photo é encorajar o fotojornalismo. A competição recebeu este ano o número recorde de 5.019 candidatos, de mais de 125 países. No total, 96.268 fotografias foram avaliadas pela comissão julgadora. Os prêmios para os vitoriosos foram entregues em Amsterdã no dia dois de maio. As fotos seguirão em exposição, chegando ao Rio de Janeiro no dia 29 de julho, onde ficará até 23 de agosto. Para conferir essas e outras fotos vencedoras do prêmio deste ano basta acessar o site oficial do evento.

Nota do Editor
Glória Fernandes mantém o blog Museu de Grandes Novidades.


Glória Fernandes
Lisboa, 17/7/2009


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Quase cinquenta de Marta Barcellos


Mais Glória Fernandes
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

ENVIAR POR E-MAIL
E-mail:
Observações:
COMENTÁRIO(S) DOS LEITORES
17/7/2009
03h04min
Prezada Glória, é a partir destas barbáries que se confirma uma das teses da ilustre filósofa alemã Hannah Arendt, na qual se afirma a fragilidade das ditas democracias modernas, as quais podem vir a servir de base para a construção de novos regimes políticos totalitários, novos horrores, novos holocaustos...
[Leia outros Comentários de Sílvio Medeiros]
18/7/2009
12h01min
A foto da índia versus a polícia é, sem dúvidas, a mais impressionante e bonita. A outra, virou clichê, neste país onde a carne humana, na maioria dos casos, é mais barata do que a de um bovino.
[Leia outros Comentários de Julio Corrêa]
COMENTE ESTE TEXTO
Nome:
E-mail:
Blog/Twitter:
* o Digestivo Cultural se reserva o direito de ignorar Comentários que se utilizem de linguagem chula, difamatória ou ilegal;

** mensagens com tamanho superior a 1000 toques, sem identificação ou postadas por e-mails inválidos serão igualmente descartadas;

*** tampouco serão admitidos os 10 tipos de Comentador de Forum.




Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Noite de Autógrafos
Reinaldo
Desiderata
(2010)



Muito além da loucura
Marcelo Simões
Geração
(2013)



Empreendedorismo Na Veia
Rogerio Chér
Elsevier
(2014)



Aos Quatro Ventos
Ana Maria Machado
Nova Fronteira
(1993)



Concreto Armado - Eu Te Amo - Vol. 2 - 4ª Edição
Manoel Henrique Campos Botelho & Osvaldemar M. ...
Blucher
(2015)



Complete Cae Students Book Without Answers With Cd Row
Guy Brook Hart and Simon Haines
Cambridge
(2012)



Poesia Visual - Vídeo Poesia - 1ª Edição
Ricardo Araújo
Perspectiva
(2012)



Onde a Religiao Termina?
Marcelo da Luz
Editares
(2011)



Manual de Ioga
Georg Feuerstein
Cultrix
(1975)



Imunizações Em Pediatria Serie Atualizações Pediatricas
Helena Keico Sato e Outros
Atheneu
(2013)





busca | avançada
78907 visitas/dia
2,2 milhões/mês