O dia em que não conheci Chico Buarque | Elisa Andrade Buzzo | Digestivo Cultural

busca | avançada
51542 visitas/dia
1,8 milhão/mês
Mais Recentes
>>> “É Hora de Arte” realiza oficinas gratuitas de circo, grafite, teatro e dança
>>> MOSTRA DO MAB FAAP GANHA NOVAS OBRAS A PARTIR DE JUNHO
>>> Ibevar e Fia-Labfin.Provar realizam uma live sobre Oportunidades de Carreira no Mercado de Capitais
>>> PAULUS Editora promove a 6º edição do Simpósio de Catequese
>>> Victor Arruda, Marcus Lontra, Daniela Bousso e Francisco Hurtz em conversa na BELIZARIO Galeria
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> As maravilhas do modo avião
>>> A suíte melancólica de Joan Brossa
>>> Lá onde brotam grandes autores da literatura
>>> Ser e fenecer: poesia de Maurício Arruda Mendonça
>>> A compra do Twitter por Elon Musk
>>> Epitáfio do que não partiu
>>> Efeitos periféricos da tempestade de areia do Sara
>>> Mamãe falhei
>>> Sobre a literatura de Evando Nascimento
>>> Velha amiga, ainda tão menina em minha cabeça...
Colunistas
Últimos Posts
>>> Fabio Massari sobre Um Álbum Italiano
>>> The Number of the Beast by Sophie Burrell
>>> Terra... Luna... E o Bitcoin?
>>> 500 Maiores Álbuns Brasileiros
>>> Albert King e Stevie Ray Vaughan (1983)
>>> Rush (1984)
>>> Luiz Maurício da Silva, autor de Mercado de Opções
>>> Trader, investidor ou buy and hold?
>>> Slayer no Monsters of Rock (1998)
>>> Por que investir no Twitter (TWTR34)
Últimos Posts
>>> Parei de fumar
>>> Asas de Ícaro
>>> Auto estima
>>> Jazz: 10 músicas para começar
>>> THE END
>>> Somos todos venturosos
>>> Por que eu?
>>> Dizer, não é ser
>>> A Caixa de Brinquedos
>>> Nosferatu 100 anos e o infamiliar em nós*
Blogueiros
Mais Recentes
>>> teu filho, teu brilho
>>> O Medium e o retorno do conteúdo
>>> A Poli... - 10 anos (e algumas reflexões) depois
>>> Web-based Finance Application
>>> Pensando sozinho
>>> Aventuras pelo discurso de Foucault
>>> Chega de Escola
>>> Hipermediocridade
>>> A luta mais vã
>>> História da leitura (I): as tábuas da lei e o rolo
Mais Recentes
>>> 12 Meses para Enriquecer - o Plano da Virada de Marcos Silvestre pela Lua de Papel (2010)
>>> A Filha do Restaurador de Ossos de Amy Tan pela Rocco (2002)
>>> Outsiders: Vidas sem Rumo de Susan E. Hinton pela Brasiliense (1985)
>>> Repensando uma Cultura de Paz e Liberdade de Carlos Góes / Acácio Alvarenga / Átila da Veiga pela Unb (2010)
>>> Míni Aurélio de Marina Baird Ferreira pela Positivo (2006)
>>> Vaticano de Edizioni Musei Vatican pela Portoghese
>>> Konig de Ana Rita Petraroli pela Scortecci (2012)
>>> Comentários ao Código Tributário Nacional, Vol. II de Hugo de Brito Machado pela Atlas (2004)
>>> Chic Homen: Manual de Moda e Estilo de Gloria Kalil pela Senac (2004)
>>> O Ciclo das Aguas de Moacyr Scliar pela L&pm (2010)
>>> Contos de Lugares Distantes de Shaun Tan pela Cosac Naify (2008)
>>> B is For Burglar: Intermediate (macmillan Readers) de Sue Grafton pela Macmillan Education (2005)
>>> Sucessão: Charges no Jornal do Brasil de Barcímio Amaral e Outros pela Jornal do Brasil (1983)
>>> Os cientistas e seus experimento de arromba de Dr. Mike Goldsmith pela Seguinte (2007)
>>> Ninguém Pode Saber de Karin Slaughter pela Harper Collins (2019)
>>> Aqui e Agora de Saul Bellow pela Bloch (1967)
>>> Innovation - the Attackers Advantage de Richard Foster pela vSummit Books (1986)
>>> Tudo o Que Você Precisa Saber Sobre Filosofia de Paul Kleinman pela Gente (2014)
>>> Ana Terra de Erico Verissimo pela Globo (1979)
>>> Quando é Preciso Ser Forte Autobriografia de De Rose pela Egrégora (2012)
>>> The Bat Scientists de Mary Kay Carson pela Desconhecida
>>> Poesia Completa de Alberto Caeiro (de Bolso) de Fernando Pessoa pela Companhia das Letras (2005)
>>> Estrelas Fritas com Açúcar de Leticia Wierzchowski pela Planeta (2020)
>>> Derivatives in Financial Markets With Stochastic Volatility de Jean-pierre Fouque; George Papanicolaou pela Cambridge University Press (2000)
>>> Contos de Voltaire pela Abril (1972)
COLUNAS

Quinta-feira, 21/6/2018
O dia em que não conheci Chico Buarque
Elisa Andrade Buzzo

+ de 9600 Acessos

Não estamos mais assistindo a aqueles tempos ao vivo, embora partes do passado encontrem-se acessíveis em recortes; de todos os modos, tudo isso talvez tenha sido uma tentativa inconsciente e frustrada de esgarçar o tempo. Como se possível fosse subi-lo, tal qual lençol, tal qual lona de circo, e nessa transparência se embrenhar como quem evade um louco território disponível embora adormecido.

Os ídolos já estão velhos, mas enxutos, mumificados numa coisa indescritível, uma gosma de juventude, uma casca eterna de relevância paira sobre eles; haja o que houver, sempre haverá um palco negro e cortinas pesadas a separar ficção e realidade e sobre ele se incidirá uma luz tremeluzente. Envelhecida sou eu, indo a cada vez mais para o futuro e deles me distanciando, pois quero aquilo mesmo que tardiamente possa fazer alguma vez parte; seja como for, ainda há esta ou aquela antiga plateia com paredes descascadas e teto mofado, na qual o veludo roça no mais íntimo sintoma do agora.

Antes de Toquinho aparecer, já se escuta a intensidade de sua batida forte nas cordas: as primeiras notas, das quais o público demora a se aperceber, claras, pesadas, metálicas, ásperas. Os integrantes do Queen têm uma vitalidade, uma presença sempre nova no palco. Brian May é um espectacular pássaro gigante de asas e penacho prateados, Roger Taylor um senhor rock and roll tilintando com fúria em sua cozinha estrondosa. E Chico Buarque tem olhos tão claros, cegos; o que eles afinal veem através daquela multidão pungente, sangrada? Alguns acordes fazem seu rosto retorcer, numa espontaneidade particular ainda que diante de seus adoradores.

Se não tenho o passado desses homens, suas impossíveis notas vibrantes e frescas, também não sou proprietária do hoje. O contato foi passageiro, uma sorte de comunhão coletiva, possível pelo entendimento de que precisam da plateia para sua arte viver. Ou seria a plateia que para sobreviver precisa da arte dos homens? Aquela precisa reiterar para si a existência daqueles que estão continuamente a cantar, há décadas, antes mesmo de termos nascido.

E o que eles me trazem talvez seja uma característica minha e não deles. Artistas de primeira linha que são, fazem reverberar algo fantástico em cada um de nós, e que não sabem, nem querem, nem podem saber. Nós também não sabemos ao certo o que é. Se calhar vem daí essa tristeza melancólica: Solta, nada pertencer, a nada me unir estreitamente.


Elisa Andrade Buzzo
São Paulo, 21/6/2018


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Clube de Leitura Cult de Eugenia Zerbini
02. 11 de Setembro e a Era do Terror de Jardel Dias Cavalcanti
03. Fetiche por película de Yuri Vieira
04. O melhor de 2005: não ter uma lista de Ram Rajagopal
05. Vanguarda e Ditadura Militar de Jardel Dias Cavalcanti


Mais Elisa Andrade Buzzo
Mais Acessadas de Elisa Andrade Buzzo em 2018
01. Mais outro cais - 7/6/2018
02. O dia em que não conheci Chico Buarque - 21/6/2018
03. As palmeiras da Politécnica - 6/12/2018
04. Minha plantinha de estimação - 15/3/2018
05. Primavera para iniciantes - 3/5/2018


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Escravidão no Brasil: Trabalho e Resistência
Júlio Quevedo
Ftd
(1996)



Estude e Viva
Chico Xavier
Federação Espírita Brasileira
(2008)



Tudo Pode Dar Certo
Paulo Henrique Durci
Intelítera
(2013)



L'arte Des Origines A Nos Jours Tomo 1 - Leon Deshairs
Leon Deshairs
Larousse
(1932)



Seu Horóscopo Chines para 2014
Neil Somerville
Best Seller
(2013)



The Last Sherlock Holmes Story
Michael Dibdin
Oxford BookWorms
(2003)



Marcel and the White Star
Stephen Rabley
Penguin Readers
(1999)



À Prova de Fogo
Consuelo de Castro
Hucitec
(1977)



7 de Setembro Independência Até Onde Se Chegou?
Alfredo Boulos Júnior
Ftd
(1997)



Ria da Minha Vida Antes Que Eu Ria da Sua
Evandro Augusto Daolio
Arx
(2006)





busca | avançada
51542 visitas/dia
1,8 milhão/mês