Minha plantinha de estimação | Elisa Andrade Buzzo | Digestivo Cultural

busca | avançada
41871 visitas/dia
1,4 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Namíbia, Não! curtíssima temporada no Sesc Bom Retiro
>>> Ceumar no Sesc Bom Retiro
>>> Mestrinho no Sesc Bom Retiro
>>> Edições Sesc promove bate-papo com Willi Bolle sobre o livro Boca do Amazonas no Sesc Pinheiros
>>> SÁBADO É DIA DE AULÃO GRATUITO DE GINÁSTICA DA SMART FIT NO GRAND PLAZA
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Modernismo e além
>>> Pelé (1940-2022)
>>> Obra traz autores do século XIX como personagens
>>> As turbulentas memórias de Mark Lanegan
>>> Gatos mudos, dorminhocos ou bisbilhoteiros
>>> Guignard, retratos de Elias Layon
>>> Entre Dois Silêncios, de Adolfo Montejo Navas
>>> Home sweet... O retorno, de Dulce Maria Cardoso
>>> Menos que um, novo romance de Patrícia Melo
>>> Gal Costa (1945-2022)
Colunistas
Últimos Posts
>>> Lula de óculos ou Lula sem óculos?
>>> Uma história do Elo7
>>> Um convite a Xavier Zubiri
>>> Agnaldo Farias sobre Millôr Fernandes
>>> Marcelo Tripoli no TalksbyLeo
>>> Ivan Sant'Anna, o irmão de Sérgio Sant'Anna
>>> A Pathétique de Beethoven por Daniel Barenboim
>>> A história de Roberto Lee e da Avenue
>>> Canções Cruas, por Jacque Falcheti
>>> Running Up That Hill de Kate Bush por SingitLive
Últimos Posts
>>> A moça do cachorro da casa ao lado
>>> A relação entre Barbie e Stanley Kubrick
>>> Um canhão? Ou é meu coração? Casablanca 80 anos
>>> Saudades, lembranças
>>> Promessa da terra
>>> Atos não necessários
>>> Alma nordestina, admirável gênio
>>> Estrada do tempo
>>> A culpa é dele
>>> Nosotros
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Freud segundo Zweig
>>> Informação, Redes Sociais e a Revolução
>>> Raul Gil e sua usina de cantores
>>> Os Rolling Stones deveriam ser tombados
>>> Manual prático do ódio
>>> Por que Faraco é a favor da mudança ortográfica
>>> Modernismo e Modernidade
>>> A favor do voto obrigatório
>>> O último estudante-soldado na rota Lisboa-Cabul
>>> Sobre o Ronaldo gordo
Mais Recentes
>>> Como Administrar Pequenas Empresas: Série Gestão Empresarial de Hélvio T. Cury Prazeres pela Centro de Produções Técnicas
>>> De Dores Somos: Para Todas as Mães que Perderam seus Filhos de Lauricy Belletti Rodrigues pela São José (2016)
>>> A História de Águida de Águida Duarte Perdigão pela Do Autor (2004)
>>> O Ouro e o Altar de Edir Macedo pela Unipro (2018)
>>> Nascido da Luz de Marcelo Drumond Furtado pela Código (2011)
>>> Degraus de Glória de Antônio E. S. Moreira pela Do Autor
>>> O Tempo Nosso de Cada Dia de Ruibran Januário dos Reis pela Tcs (2014)
>>> De Volta à Essência de José Moreira Guedes Filho pela Sinai (2009)
>>> Esquizofrenia: Dois Enfoques Complementares de Mário Rodrigues Louzã; Luiz Barros; Itiro Shirakawa pela Lemos (1999)
>>> Work in Progress de Michael Eisner; Tony Schwartz pela First Paperback (1999)
>>> 150 Maneiras de Enlouquecer um Homem na Cama de Jennifer Keller pela Ediouro (2005)
>>> Chi Prega Si Salva de Joseph Ratzinger pela 3Ogiorni (2005)
>>> Donum Vitae: Istruzione e Commenti: Congregazione per La Dotrina Della Fedde de Joseph Ratzinger pela Vaticana (1990)
>>> Il Calice di don Mario de Associazone Amici di Mario Gerlin pela Edizioni (2004)
>>> Per l Opera di un Altro: Vita de Don Virgilio Resi de Gianfranco Lauretano pela Raffaelli (2012)
>>> Cristo Speranza dell Umanità de Don Mario Pieracci pela Pro Sanctitate (2007)
>>> Che Cosa Cercate? de Comunione e Liberazione pela Tracce Quaderni (2008)
>>> Un Metro Lungo Cinque de Lorenzo Vecchio pela Editrice (2005)
>>> Il Tesoro Nascosto e La Perla Preziosa de Tarcisio Bertone pela Fassicomo (2004)
>>> Apertura Dell Anno Della Fede de Cappella Papale pela Vaticana (2012)
>>> La Giustizia è Uguale per Tutti, ma... de Franco Coppi pela 3Ogiorni (2004)
>>> Sono Stanco di Subire! Soltanto Io? de Tommaso Calculli pela Omaggio Dell Autore (2015)
>>> Riscoprire l Eucaristia de Laici Oggi: Pontificium Consilium Pro Laicis pela Vaticana (2004)
>>> Redescubrir la Eucaristia de Laicos Hoy: Pontificium Consilium Pro Laicis pela Vaticana (2005)
>>> Un Prete di Montagna: Gli Anni Bellunesi di Albino Luciani de Patrizia Luciani pela Messagero (2003)
COLUNAS

Quinta-feira, 15/3/2018
Minha plantinha de estimação
Elisa Andrade Buzzo
+ de 5000 Acessos

Quando aqui cheguei, ela já era moradora com raízes fincadas, situadas num pequeno vaso dentro de um aquário de vidro. Dele, saíam-lhe galhinhos de um leve verde, de estrias engraçadas e felpudas como patas dóceis de uma aranha vegetal. E havia folhas, estas verde-escuras, planas, alisadas, amoldando-se ao cruel formato de boca arredondada e estreita de sua limitada morada. Uma vareta sustentava o caule, preso por uma pequena piranha de cabelo, que eu ajustava periodicamente para que ela não pendesse totalmente ao peso de seu crescimento.

Estávamos sozinhas e juntas. Não sabia eu como alimentá-la da melhor forma. Também não quis perguntar, não busquei orientações, nem lhe sabia o nome, nada. Apenas dois seres vivos incomunicáveis respirando do mesmo ar, tomando do mesmo sol, sorvendo a mesma umidade, bebendo da mesma água, seivando ao nosso modo silencioso e discreto. À noite, nossas respirações se uniam num compasso de espera da manhã próxima, em que eu furtivamente e com dificuldade a abandonava rumo a aventuras próximas, enquanto ela iniciava a fotossíntese, maravilhoso processo do qual eu permanecia alijada. Escondida de mim ela o fazia, talvez para não me fazer sentir inferior diante de seus admiráveis dotes de sobrevivência no planeta.

Mentiria se dissesse que nela prestasse muita atenção de início. Quantas vezes quando dela me lembrava o fundo do aquário se entrava completamente seco, marcado por manchas de água evaporada ou mesmo sugada. Ainda, mudei-a de lugar; por quê? Não tenho uma resposta consciente, julguei apenas que ela não se sentisse cômoda o suficiente em cima da mesa, que eu e ela necessitávamos de outros espaços, mudanças quaisquer de ângulo, acesso diverso ao mundo lá fora. Então foi deixada no chão, mas não de qualquer jeito, ajeitosamente disposta ao lado da parede de vidro, podendo observar o sul do bairro, estender suas células prescrutadoras ao amanhecer, entardecer e anoitecer, quem sabe os únicos eventos que lhe façam sentido.

Talvez ainda sentisse que ela merecesse estar o mais perto possível de onde deveria estar: o chão, a terra, garras fincadas na natureza. Alguns de seus pequenos galhos secaram complemente, sugerindo uma contraposição entre os tenros galhos aracnídeos e a palha de bicho-pau desses membros mortos. Estaria ela prestes a morrer, já teria ela morrido, sendo aos poucos transformada em secura? Seria um crime irresponsável matar uma planta por falta de cuidados. O contrário aconteceu, alguma forma de vida milagrosa, de continuidade de frescura trabalhava oculta no entrelaçado compacto de raízes dentro do vaso. Eu a levava até a pia da cozinha, e respingava água em suas folhas simulando um chuvisco brincalhão.

Inesperadamente surgiram bolinhas, várias, pendendo pesadas de dois galhos. Túrgidas, gordas, como mãos e pés delicados e aveludados de bebês. Nem vermelhos, nem vinhos, num tom de magenta imprevisível, compacta floração, tombando charmosas de seus pedúnculos lisos e limpos, prestes a explodir o gradativo segredo de articuláveis pétalas. Forma de vida, como a minha, aqui encontrada, terráquea, à minha entretecida; pois cuidado chama cuidado, vida chama vida, com surpresa em poucos dias, talvez em poucas horas, quem sabe em minutos, ou agora mesmo, ao deixar este texto e ao me prender nela e contemplar com olhos de lagarto este pedaço vegetal, como eu retirado de sua mãe-floresta, eu adivinhe suas partes encarnadas abertas, expectantes, trêmulas no ar parado da casa, com seus olhos recém-nascidos.


Elisa Andrade Buzzo
Lisboa, 15/3/2018

Quem leu este, também leu esse(s):
01. Leminski, estações da poesia, por R. G. Lopes de Jardel Dias Cavalcanti
02. Raio-X do imperialismo de Celso A. Uequed Pitol
03. Nós que aqui estamos pela ópera esperamos de Renato Alessandro dos Santos
04. A memória vegetal de Gian Danton
05. Demorou de Eduardo Carvalho


Mais Elisa Andrade Buzzo
Mais Acessadas de Elisa Andrade Buzzo em 2018
01. Mais outro cais - 7/6/2018
02. O dia em que não conheci Chico Buarque - 21/6/2018
03. As palmeiras da Politécnica - 6/12/2018
04. Minha plantinha de estimação - 15/3/2018
05. Primavera para iniciantes - 3/5/2018


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Em Minas
Carlos de Laet
Globo
(1993)



Povos do Passado - Aventuras do Conhecimento
Nicola Baxter
Stampley
(1997)



Poderosa - Volume 2
Sergio Klein
Fundamento
(2006)



Tomie: Cerejeiras na Noite
Ana Miranda
Companhia das Letrinhas
(2011)



A última Musica
Nicholas Sparks
Novo Conceito
(2010)



Glossolalia - Voz e Poesia
Vários Autores
Vide)
(1993)



Anais do I Congresso Brasileiro de Mecânica dos Solos Volume Iii
Associação Brasileira de Mecânica dos Solos
Associação Brasileira de Mecân
(1954)



O Voo da Gaivota
Vera Lucia Marinzeck de Carvalho
Petit
(1996)



Give Me Five! 2: Activaty Book
Joanne Ramsden e Donna Sha
Macmillan Education
(2018)



Crianças Índigo: uma Geração de Ponte Com Outras Dimensões... No
Tereza Guerra
Madras
(2007)





busca | avançada
41871 visitas/dia
1,4 milhão/mês