Como detectar MAVs (e bloquear) | Julio Daio Borges | Digestivo Cultural

busca | avançada
29517 visitas/dia
891 mil/mês
Mais Recentes
>>> CRIANÇAS DE HELIÓPOLIS REALIZAM CONCERTO DE GENTE GRANDE
>>> Winter Fest agita Jurerê Internacional a partir deste final de semana
>>> Coletivo Roda Gigante inicia temporada no Jazz B a partir de 14 de julho
>>> Plataforma Shop Sui dança dois trabalhos no Centro de Referência da Dança
>>> Seminário 'Dança contemporânea, olhares plurais'
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
>>> Leminski, estações da poesia, por R. G. Lopes
>>> Crônica em sustenido
>>> Do inferno ao céu
>>> Meninos, eu vi o Bolsonaro aterrando
>>> Manual para revisores novatos
>>> A Copa, o Mundo, é das mulheres
>>> O espelho quebrado da aurora, poemas de Tito Leite
>>> Carta ao(à) escritor(a) em sua primeira edição
Colunistas
Últimos Posts
>>> Mirage, um livro gratuito
>>> Lançamento de livro
>>> Jornada Escrita por Mulheres
>>> Pensar Edição, Fazer Livro 3
>>> Juntos e Shallow Now
>>> Dicionário de Imprecisões
>>> Weezer & Tears for Fears
>>> Gryphus Editora
>>> Por que ler poesia?
>>> O Livro e o Mercado Editorial
Últimos Posts
>>> Pelagem de flor IV: AZUL
>>> Pelagem de flor IV: AZUL
>>> Pelagem de flor IV: AZUL
>>> É cena que segue...
>>> Imagens & Efeitos
>>> Segredos da alma
>>> O Mundo Nunca Foi Tão Intenso Nem Tão Frágil
>>> João Gilberto
>>> Retalhos ao pôr do sol
>>> Pelagem de flor III: AMARELO
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Palavras, muitas palavras
>>> Lula: sem condições nenhuma*
>>> Novos Melhores Blogs
>>> O primeiro Show do Milhão a gente nunca esquece
>>> Uma Receita de Bolo de Mel
>>> As pedras de Estevão Azevedo
>>> Meninos, eu vi o Bolsonaro aterrando
>>> Historia de Hotmail
>>> Maria Rita: música em estado febril
>>> Ser mãe
Mais Recentes
>>> Os Elementos - Capa Dura de Euclides pela Unesp (2009)
>>> Mauricio: A História Que Não Está No Gibi de Maurício De Sousa pela Sextante (2017)
>>> O Possuído - A besta toma posse de Tim LaHaye, Jerry B. Jenkins pela United Press (2010)
>>> Direita e Esquerda de Norberto Bobbio pela Unesp (2011)
>>> Sobre Educação, Política e Sindicalismo de Maurício Tragtenberg pela Unesp (2004)
>>> Mensagem do Outro Lado do Mundo de Marlo Morgan pela Rocco (2019)
>>> Dicionário de Políticas Públicas de Geraldo Di Giovanni/Marco Aurélio Nogueira (orgs) pela Unesp (2018)
>>> Zoom - Cinco Páginas Animadas de Chris Davis pela Ciranda Cultural (2010)
>>> Livro Nozes & Companhia - Um Livro de Receitas de Editora Lisma pela Lisma (2006)
>>> A Última Grande Lição - O Sentido da Vida de Mitch Albom pela Sextante (2010)
>>> A casa dos Bronzes de Ellery Queen pela Nova Fronteira
>>> Livro Coleção Fono na Escola de Márica Honora pela Ciranda Cultural (2009)
>>> Livro Irmãs vampiras - uma missão bem dentuça de Franziska Gehm pela V e R (2019)
>>> Infância dos Mortos de José Louzeiro pela Record (1981)
>>> Livro Dificuldades de Aprendizagem de Ana Maria Salgado Gómez pela Grupo Cultural (2018)
>>> O Misterioso Sr. Quin de Agatha Christie pela L&PM Pocket (2017)
>>> Rimbaud da América e Outras Iluminações de Maurício Salles Vasconcelos(Autografado) pela Estação da Liberdade (2000)
>>> Rimbaud da América e Outras Iluminações de Maurício Salles Vasconcelos(Autografado) pela Estação da Liberdade (2000)
>>> O Siciliano de Mario Puzo pela Circulo do Livro (1984)
>>> Cid-10 - Vol. 1: Classificação Estatistica Internacional de Doenças de Oms pela Edusp (2010)
>>> O Espírito de Liberdade de Erich Fromm pela Zahar (1981)
>>> Conversa na Catedral de Mario Vargas Llosa pela Circulo do Livro (1969)
>>> Livro Nada a perder 2 de Edir Macedo pela Planeta (2013)
>>> Livro Mundo Afora de Mel Lisboa pela Globo (2007)
>>> A Nova Ordem Mundial e os Conflitos Armados - Bilingue/ Capa Dura de Daniel Amin Ferraz/ Denise Hauser Coord. pela Mandamentos/ Belo Horizonte (2002)
>>> Livro Maternidade Tardia. Mulheres Profissionais em Busca da Realização Plena de Sylvia Ann Hewlett pela Novo Século (2008)
>>> El Domador de Monstruos de Ana Maria Machado pela Sm (2007)
>>> Desafios do Trabalho de Ladislau Dowbor , Odair Furtado , leonardo Trevisan ,Hélio Silva pela Vozes (2004)
>>> Livro Bênção Diária 2 de Max Lucado pela Thomas Nelson (2014)
>>> Livro O grande livro das parlendas de Paulo F Netho pela Ciranda Cultural (2015)
>>> Sucessões - Teoria, Prática e Jurisprudência...Na Vigência do Código Civil 1916... de Wilson de Oliveira pela Del Rey/ Belo Horizonte (2004)
>>> A contagem dos sacis de Monteiro Lobato pela Globinho (2013)
>>> Os Crimes do Mosaico de Giulio Leoni pela Planeta (2006)
>>> Guadalupe e as Bruxas - Guia de Magia Católica de Márcia Frazão pela Planeta (2005)
>>> Família Notadez: Direito de Família e Sucessões de Sérgio Couto: Organização pela Notadez (2007)
>>> A ópera de Zito Baptista Filho pela Nova fronteira (2019)
>>> Damo Moral: Dano Moral Puro.- Protesto Indevido de Título... de João Roberto Parizatto/ Autografado pela Edipa: Ed. Parizatto (2001)
>>> Sem medo de viver de Zibia Gasparetto pela Vida e Consciência (1996)
>>> Quando A Vida Escolhe de Zibia Gasparetto pela Vida & Consciência (1992)
>>> Antropologia Cultural-Man and His Works/ Tomo II (2ª Parte) de Melville J. Herskovits pela Mestre Jou (1969)
>>> Antropologia Cultural-Man and His Works/ Tomo II (1ª Parte) de Melville J. Herskovits pela Mestre Jou (1969)
>>> Quando é Preciso Voltar de Zibia Gasparetto pela Vida e Consciência (2001)
>>> Antropologia Cultural-Man and His Works/ Tomo II (2ª Parte) de Melville J. Herskovits pela Mestre Jou (1973)
>>> Antropologia Cultural-Man and His Works/ Tomo II (1ª Parte) de Melville J. Herskovits pela Mestre Jou (1973)
>>> Destino Selado de Sandra Brown pela Atica (1998)
>>> Direitos Fundamentais P/ Concursos: Teoria Geral dos direitos...Art. 5 de Samuel sales Fonteles pela Jus Podivm/ Bahia (2014)
>>> O Jogo do Anjo de Carlos Ruiz Zafón pela Objetiva (2008)
>>> Procura-Se Lobo de Ana Maria Machado pela Editora Ática
>>> Monster High - V. 02 - O Monstro Mora Ao Lado de Lisi Harrison pela Id
>>> Monster High de Lisi Harrison pela Id
COLUNAS

Quarta-feira, 22/10/2014
Como detectar MAVs (e bloquear)
Julio Daio Borges

+ de 28300 Acessos

Como detectar MAVs (e bloquear antes que seja tarde...):

MAV é a sigla para Militância em Ambiente Virtual. E MAVs, com "s", é uma sigla associada aos *militantes* (às "pessoas"). Todo mundo conhece essa gente. Eles infestam as caixas de comentários em portais, sites, blogs e no Facebook. Também as "timelines" do Twitter. Isso quando não fazem spam, via e-mail, ou enviam SMS "não solicitado".

Todo mundo conhece a ideologia dos MAVs. Não preciso nem dizer para qual partido eles trabalham.

"Por que então um 'manual' para detectar MAVs?", você pode me perguntar. Porque talvez um internauta mais desavisado tome um MAV por uma pessoa normal, e resolva "conversar" com ele...

Meu conselho é detectar e bloquear logo. Abaixo, enumero minhas razões para tal:

* "MAVs não são pessoas": Por isso coloquei "pessoas", entre aspas, no primeiro parágrafo. Já visitou o "perfil" de um MAV? Só tem as informações básicas - porque o perfil acaba de ser criado. MAVs se aproveitam do anonimato que grassa na internet, a fim de promover ataques "apócrifos". Você olha a foto do MAV e se sente atacado por uma pessoa. A foto é, justamente, para fazer você se sentir mal - só que não há uma pessoa "de verdade" por trás. Bloqueie. E não se sinta mal.

* "Por não serem humanos, MAVs não vão te respeitar": Sabe aquela história de respeito, que te ensinaram em casa? Então: não vale para MAVs. Eles vão invadir sua casa - sua página, seu post, sua timeline - e vão te atacar sem cerimônia. Eles não são como um "convidado trapalhão" do qual você acha graça. No mínimo, no mínimo, eles vão rir da sua cara logo na entrada. Tentarão te desqualificar. Se puderem soar ofensivos, *vão* soar. Trabalham com terapia de choque. Para, quando você for se lembrar do que publicou, ficar com um gosto amargo na boca. Não fique. Bloqueie o MAV.

* "MAVs não tem sentimentos": Imagine um atendente de telemarketing acessando uma longa lista de telefones e discando o primeiro número. Qual a relação do atendente com a pessoa para a qual ele telefona? Nenhuma. Para o atendente, aquela pessoa é apenas um número de telefone. Mesma coisa os MAVs. É como se cada MAV recebesse uma lista de links para visitar - e pichar ("pichar" no sentido de pichador; e, não, no de grafiteiro, antes que me ataquem...). A analogia com a pichação é boa. A lógica do MAV é a seguinte: "Como é que eu posso arruinar aquele post, aquela timeline - de modo que fique imprestável?". Entendeu? Então bloqueie logo.

* "MAVs são à prova de argumentos": Você já sofreu algum assalto? Você, que já foi assaltado, acha que dá para discutir com o assaltante? Dá para argumentar com ele? Mesmo você que nunca foi assaltado, pense... Não dá, né? O assaltante não vai querer ouvir você. Ele não quer saber das *suas* razões. Você simplesmente deu azar de cruzar com ele. E ele vai te agredir e passar para o próximo, sem ressentimentos. A imagem do assaltante pode parecer um pouco forte, mas muitos MAVs, se pudessem, te deletavam (para usar uma metáfora light). Você, que já discutiu com MAV: é ou não é verdade? É ou não é para bloquear?

* "MAVs são autômatos": MAVs trabalham com palavras-chave. Pense no corretor ortográfico. Agora pense no corretor ortográfico do seu celular, cujo teclado é menor e as letras são mais apertadas: para digitar uma palavra errada e ele te sugerir outra mais errada ainda é um pulinho, ou uma escorregadela. A "inteligência" dos MAVs é mais ou menos como a desses corretores ortográficos: para uma determinada palavra-chave, eles vêm com outra pronta, "pressetada". Assim como os atendentes de telemarketing (coitados), trabalham com um "roteiro" pré-fabricado. Você pode até achar que está "argumentando" com eles, mas não está. A "aparência" humana só serve para te atordoar, trata-se de um robô, no duro. Bloqueie com a mesma sem-cerimônia com que você desliga na cara de um operador de telemarketing (coitado; mas quem mandou trabalhar com telemarketing?).

* "MAVs são mercenários": Não adianta apelar para os "bons sentimentos" dos MAVs. Eles não têm alma. Eu falei de ideologia (no segundo parágrafo), mas nem ideologia eles têm. Seus ataques são orquestrados. Como grandes coreografias em estádios olímpicos. Sabe aquele ponto, naquela "formação" que você admirou? Aquele pontinho colorido - aquela pessoa - quase nunca é o autor da coreografia. Ele (o ponto) recebe a parte dele, ele treina, e ele pode até executar com maestria, mas, normalmente, não foi ele quem concebeu "o todo". Se você tiver alguma questão, sobre o todo, não é com ele que você vai conversar, é com o coreógrafo. Os MAVs também decoraram a "parte" deles, mas não estão aptos a discutir nada. Bloqueie sumariamente.

* "MAVs são mal remunerados": Os atendentes de telemarketing, pelo menos, são sindicalizados, já os MAVs... Sabe aqueles desocupados que você encontra dando sopa na internet? Geralmente, desempregados - são ótimos candidatos a MAV. Quanto mais desiludidos da vida, melhor. Fracassados? Melhor ainda. Revoltados contra o sistema? Vão dar excelentes MAVs! Tipo aqueles touros bravos, que são incitados, antes de enfrentar o toureiro: quanto pior a vida do MAV, quanto mais "sem saída" ele estiver, mais ele vai funcionar nos ataques coordenados. Ele nem precisa ter raiva do alvo "a priori". Basta canalizar toda a sua frustração e... voilà! Agora imagina um sujeito desses - sem perspectivas - vindo pra cima de você? Bloqueie sem pensar duas vezes.

Sabe aquele "bode" que todo mundo sente das redes sociais? São os MAVs que provocam. Os MAVs são os "black blocks" da internet. Assim como os vândalos esvaziaram as manifestações de rua, para que as pessoas não protestassem mais, os MAVs estão invadindo a internet para interromper as "conversações" (no sentido que o Manifesto Cluetrain dá ao termo).

Os MAVs estão preparando o terreno para a ditadura do partido único. Uma única verdade... que deve ser imposta. Jamais questionada. Os contestadores devem ser combatidos... até a morte.

Felizmente nós ainda podemos bloquear os MAVs.

E votar.


Julio Daio Borges
São Paulo, 22/10/2014


Mais Julio Daio Borges
Mais Acessadas de Julio Daio Borges em 2014
01. Como detectar MAVs (e bloquear) - 22/10/2014
02. Sobre o caso Idelber Avelar - 8/12/2014
03. 40 - 29/1/2014
04. Meu Primeiro Livro - 18/6/2014
05. Mamãe - 19/1/2014


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




A DESORIENTAÇÃO NO ACOMPANHAMENTO TERAPÊUTICO
CRISTIANA KEHDI GERAB
NOVAS EDIÇÕES ACADÊMICAS
R$ 349,00



REVISTA FLAP INTERNACIONAL Nº291-ANO34-2ªQUINZ. NOV / 1ªQUINZ. DEZ....
CARLOS ANDRÉ SPAGAT DIRETOR
EDITORIAL SPAGAT
(1996)
R$ 7,00



AMOR É VIDA
FREI ANSELMO
CONVENTO DE SANTO ANTÔNIO PARI
(1968)
R$ 10,00



INTRODUÇAO AO MARKETING - TEORIA E PRATICA
ADRIAN PALMER
ATICA
(2007)
R$ 14,90



FRENCH, DIAGNÓSTICO DIFERENCIAL DE A A Z
MARK KINIRONS / HAROLD ELLIS
GUANABARA KOOGAN RIO DE JANEIRO
(2007)
R$ 180,00



CONSTRUINDO UMA VIDA
ROBERTO JUSTUS
LAROUSSE
(2006)
R$ 10,00



UM DESTINO IGNORADO
AGATHA CHRISTIE
NOVA FRONTEIRA
(1982)
R$ 17,91
+ frete grátis



SELEÇÕES DO READERS DIGEST DE MAIO DE 1968
TITO LEITE REDATOR CHEFE
YPIRANGA
(1968)
R$ 7,00



160 SÉCULOS DE CIÊNCIA - VOLUME 7 - GUIA DA ATUALIDADE
EDITORA DUETTO
DUETTO
(2010)
R$ 11,00



O QUE É MARKETING
RAIMAR RICHERS
BRASILIENSE
R$ 8,00





busca | avançada
29517 visitas/dia
891 mil/mês