Comentários de Francisco | Digestivo Cultural

busca | avançada
50081 visitas/dia
1,9 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Balé de repertório, D. Quixote estará no Teatro Alfa dia 27/1
>>> Show de Zé Guilherme no Teatro da Rotina marca lançamento do EP ZÉ
>>> Baianas da Vai-Vai são convidadas de roda de conversa no Teatro do Incêndio
>>> Airto Moreira e Flora Purim se despedem dos palcos em duas apresentações no Sesc Belenzinho
>>> Jurema Pessanha apresenta sambas clássicos e contemporâneos no teatro do Sesc Belenzinho
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Olavo de Carvalho (1947-2022)
>>> Maradona, a série
>>> Eleições na quinta série
>>> Mãos de veludo: Toda terça, de Carola Saavedra
>>> A ostra, o Algarve e o vento
>>> O abalo sísmico de Luiz Vilela
>>> A poesia com outras palavras, Ana Martins Marques
>>> Lourival, Dorival, assim como você e eu
>>> O idiota do rebanho, romance de José Carlos Reis
>>> LSD 3 - uma entrevista com Bento Araujo
Colunistas
Últimos Posts
>>> O melhor da Deutsche Grammophon em 2021
>>> A história de Claudio Galeazzi
>>> Naval, Dixon e Ferriss sobre a Web3
>>> Max Chafkin sobre Peter Thiel
>>> Jimmy Page no Brasil
>>> Michael Dell on Play Nice But Win
>>> A história de José Galló
>>> Discoteca Básica por Ricardo Alexandre
>>> Marc Andreessen em 1995
>>> Cris Correa, empreendedores e empreendedorismo
Últimos Posts
>>> Brega Night Dance Club e o afrofuturismo amazônico
>>> Fazer o que?
>>> Olhar para longe
>>> Talvez assim
>>> Subversão da alma
>>> Bons e Maus
>>> Sempre há uma próxima vez
>>> Iguais sempre
>>> Entre outros
>>> Corpo e alma
Blogueiros
Mais Recentes
>>> A revista Bizz
>>> O elogio da narrativa
>>> Daumier, um caricaturista contra o poder
>>> Na minha opinião...
>>> Tempo vida poesia 4/5
>>> Torce, retorce, procuro, mas não vejo...
>>> Lambidinha
>>> Lambidinha
>>> 12 tipos de cliente do revisor de textos
>>> A Grande História da Evolução, de Richard Dawkins
Mais Recentes
>>> Bíblia Sagrada Nova Versão Internacional de Bíblia pela Thomas Nelson (2022)
>>> Cidade de Vidro de Paul Auster pela Mistério Gráfico (1998)
>>> Terra Sagrada de Rose Tremain pela Rocco (1999)
>>> O Papai é Pop 2 de Piangers pela Belas Letras (2016)
>>> Mãos limpas, coração puro de Gregory Frizzell pela Aamp (2012)
>>> A Cidade e as Serras de Eça de Queirós pela Rideel (2000)
>>> Como ser Dirigido pelo Espírito de Deus. de Kenneth E. Hagin pela Graça
>>> Alice no País das Maravilhas de Lewis Carroll pela Martin Claret (2013)
>>> Faz Um Milagre em Mim de Regis Danese pela Universo dos Livros (2012)
>>> Nunca Pare de Lutar de Ludmila Ferber - Palavras de superação, fé es esperança para aquecer o coração pela Thomas Nelson (2012)
>>> Como Criar Meninas Felizes e Confiantes - 100 dicas para pais e professores de Elizabeth Hartley-Brewer pela Alegro (2004)
>>> O Evangelho Segundo o Espiritísmo. de Allan Kardec pela Ide (2009)
>>> Ekklesia - A revolução começa na igreja de Ed Silvoso pela Quatro Ventos (2019)
>>> Zé Carioca Nº 2113 de Walt Disney pela Abril (1998)
>>> Par ou Ímpar - Perguntas e repostas para quem quer (ou não) encontrar o amor da sua vida de Antônio Júnior pela Thomas Nelson (2017)
>>> O Livro dos Espíritos de Allan Kardec pela Ide (2002)
>>> Maria Montessori - Personagens que Mudaram o Mundo - Os Grandes Humanistas de Michael Pollard pela Globo (1990)
>>> Jornalistas Literários - Narrativas da vida real por novos autores brasileiros de Sergio Vilas Boas - organizador pela Summus Editorial (2007)
>>> One Day de David Nicholls pela Hodder (2009)
>>> Viagens de Gulliver de Jonathan Swift pela Objetivo
>>> Moderna Plus - Biologia 1- Biologia Das Células- Box Completo de Gilberto Rodrigues Martho pela Moderna (2015)
>>> O verso do espelho de Ligia Araújo pela Patuá (2015)
>>> Possible Side Effects de Augusten Burroughs pela Picador (2006)
>>> A Comunicação na Justiça Brasileira de Flávio Damiani e Edvânia Kátia pela Pandion (2009)
>>> O Guia Completo para Aprender Finanças: Dominando Finanças de Varios Autores pela Makron Books
COMENTÁRIOS >>> Comentadores

Domingo, 29/9/2002
Comentários
Francisco


não acreditem em tudo
Olha, sou aluno da GV e (in)felizmente não estive na dita festa. No entanto, acho um bom conselho o que vou passar agora: não acreditem em tudo o que lêem, seja na Internet, jornais e TV (ok, neste caso, vêem). Não estou defendendo nenhuma atitude, de um lado ou de outro, mas estou querendo dizer que da mesma forma que os fatos são distorcidos em notícias do cotidiano, este caso também sofreu distorções. Esse "Sorria, vc está sendo filmado" só apareceu recentemente, portanto, é bem pouco provável que seja verdade. Não aproveitem o momento para falar mal de uma faculdade que sequer conhecem, apenas ouvem falar. Na vida, pelo menos, tentem aprender que conhecer as coisas é melhor do que ouvir outros falando - a GV é uma excelente instituição de ensino, apesar de alguns alunos que estão dentro dela. Mas eles estão em diversos lugares, portanto, pouco se pode fazer. Outro detalhe é que nenhuma das jovens das fotos é da FGV, e nessas festas, por incrível que pareça, a presença externa é muito superior à da própria faculdade.

[Sobre "Hoje a festa é nossa"]

por Francisco
29/9/2002 às
23h20 200.190.0.185
 
entendo a polêmica
Eduardo, Bom texto... embora eu não tenha ido à festa (particularmente eu não gosto dessas bobagens), entendo a polêmica criada, e como disse um colega, foi uma ação de crianças. Crianças no pior sentido da palavra - são pessoas total e completamente isentas de massa cinzenta que bateram as fotos, e como aluno da própria faculdade, acho um mínimo de bom senso a expulsão do indivíduo imediatamente - embora ninguém "saiba" quem ele seja. Há mais coisa no assunto, mas muito deve ser descartado por ser mera especulação. Outra coisa que venho a perceber é o claro ódio que certas pessoas possuem da FGV. Ela é sim a melhor da AL, e quem acha que "nós" somos prepotentes é por que possui ou inveja ou não conhece a faculdade (eu acredito que sejam os 2) - pelo menos os professores aqui não entram em greve uma vez por mês, e assim não somos prejudicados por essas tolices. Pena que a formação de alguns seja melhor que a de outros por esses motivos.

[Sobre "Hoje a festa é nossa"]

por Francisco
26/9/2002 às
12h01 200.153.112.50
 
Ao Helion
Bom, primeira coisa, incorreção gramatical não é apelação. Não é qualquer um que pode criar neologismos (ou que se sinta no direito de). No caso de extudantes (de minha autoria), foi um erro proposital, que, caso não tenha compreendido, recomendo que leia um pouco mais de livros para criar um conceito chamado "entrelinhas", que infelizmente me parece ausente em você. Não é problema, pois nem todos conseguem desenvolvê-lo total e completamente, mas quando se lê um texto e faz-se um comentário dele, é de se supor que a pessoa tenha um mínimo de conhecimento disso, ou humildade para admitir a falha. Outra coisa, não direcionada ao titular de meu comentário - acho que falar que o paulistano teima em ignorar uma realidade é jogar a culpa sobre outras pessoas, que tem outra realidade para resolver. Que tal ao invés de falar que nós os paulistanos "do mal" não olhamos para vocês, tentar não vender a imagem de "como sou coitada" e lutar para conquistar o lugar no mundo? A vida não é fácil para ninguém, e o mundo não pára para olhar cada ser humano, um a um. Desculpe, mas acho absurdo esse tipo de comentário. Uma última coisa - pelo que percebo, não é o cunho (entende essa palavra, helion? ou quer que eu te explique?) do texto do autor que atrai polêmica, ou pretende atrair. É o autor - é normal que, quando algo é bem escrito e revela as feridas que não devem ser reveladas, alguns vermes saiam dela e apareçam, e esse é o caso, mas especificamente, me parece que alguns "vermes" (sem desrespeito - é uma METÁFORA) esperam determinadas feridas serem reveladas. Pensem nisso, ok? Não quero gerar polêmica, muito menos mais Kilobites para o site (o que deveria ser bom), e concordo que os comentários deveriam ser sobre o texto - mas nesse caso, senti uma indireta para mim que achei cabível responder. Repito - qualquer comentário referente a minha pessoa, mande para o meu e-mail, não use para agredir o autor. Obrigado. Abraços Chico

[Sobre "Festa na floresta"]

por Chico
17/9/2002 às
13h30 200.153.112.50
 
em resposta ao e-mail 28
desculpe, mas não posso deixar de comentar isso. Primeiro lugar não tenho nada contra a sua pessoa, mas eu discordo total e completamente do que falou nas últimas linhas de seu texto. Não acredito que, sendo aluno de uma universidade de tão alto escalão como a USP, você considere que simplesmente "doar sangue" ou "fazer parte de uma ONG" lhe dá possibilidade de falar. Como ousa falar de "falta de conhecimento sobre a vida" quando, não se está defendendo os EUA, mas criticando os atentados. Certamente, você não aprendeu muito sobre o que quer dizer "vida". Ao que o seu texto deu a entender, e isso é algo que eu tenho infelizmente ouvido muito, é que os americanos são culpados do que aconteceu lá, e "bem feito" para eles. Isso é um absurdo incorrigível - o lugar não se chamava WORLD trade center à toa - pense na quantidade de turistas, de pessoas de outros países trabalhando lá. Veja bem, não quero dizer que o americano valha mais ou menos que qualquer outra pessoa, mas estou tentando mostrar que, apesar do seu (e de outros) aparente ódio pelos americanos (que na minha opinião é um mero reflexo da ingenuidade e inveja que todos que estão "abaixo" sentem), não foi um atentado contra os EUA, mas contra a liberdade em si - parece discurso de americano, mas é verdade - não foram americanos que morreram lá, foram pessoas. E vocês, todos, chamam isso de uma ação contra o "imperialismo" (ainda não engulo essa palavra) norte-americano... O ponto forte do texto foi retratar exatamente o que vocês confirmam com e-mails... que a FFLCH da USP está em decadência sim. Houve uma perda de valores e de capacidade argumentativa muito grande nos alunos de lá. Não se atenha a termos ingênuos e banais como "imperialismo", "Adolf Hitler" e "carnificina contra aqueles que discordam do imperialismo". Caso não saiba, há um acordo entre países que permite certo grau de intervenção bélica de outro país, para evitar outro "Hitler". Claro que você sabia disso... Também, lembre-se de que ninguém pode mandar você fazer uma coisa - você só a faz se quiser. Os EUA sempre lutaram por isso, e se houvesse qualquer coisa do tipo intervencionista, pense em levar para um tribunal lá para ver o resultado. Acho que você se impressionaria. Não quero gerar mais confusão, mas é que me irritei com as útimas linhas do texto, e desandei na escrita. Todo o escrito acima é de minha autoria e opinião, portanto, quem discordar, mande um e-mail para mim, não para o autor, ok? Abraços Chico

[Sobre "Festa na floresta"]

por Chico
16/9/2002 às
09h16 200.153.112.50
 
Absurdo!
Sinceramente, eu tinha que comentar o texto... é um completo e total absurdo que em uma universidade de alto (aparentemente nem tão) nível como a USP tem a capacidade de produzir mentes tão ingênuas como a desses extudantes... com X mesmo. Desculpe, mas não dá para aguentar ler que "...a vida de uns 5000 americanos não vale a de milhares..." - é um absurdo sequer considerar escrever isso. A vida não é objeto para ser negociada ou trocada, ou sequer desconsiderada. Eu nunca senti tamanha revolta ao ouvir de uma festa - e você me conhece bem. Estou impressionado que pessoas com um suposto nível cultural (também, aparentemente não tão) alto "elogiem" um assassino. Acho que as pessoas estão perdendo muito tempo lendo e ouvindo bobagens (bobagens MESMO)de "conspiração norte-americana", ou mesmo ouvindo músicas que falem de "como somos coitados, e portanto matamos para viver". Por acaso eles conheciam alguém que trabalhava lá? ou sequer passearam por lá? como se sentiriam se conhecessem alguém de lá? Discordo com o que você disse, no entanto, de que chegam a ser risíveis as opiniões nos e-mails... não acho risível. Nem um pouco - acho preocupante. Tenho que medir minhas palavras agora para evitar uma chuva de respostas agressivas à mim, mas é um absurdo total e completo... desculpe as repetições, mas estou abalado. Tremendamente abalado. Agradeço, no entanto, você ter citado isso em um site público, pois agora muitos saberão desse absurdo, e serão contra. Abraço

[Sobre "Festa na floresta"]

por Chico
9/9/2002 às
11h19 200.153.112.50
 

Eduardo, devo concordar com o último comentário - como sempre, seus textos estão impecáveis tanto na escrita (não encontro - obviamente - erros de português), quanto no conteúdo. Quem sabe em breve eu visite essa cidade? Parabéns. Abração Chico

[Sobre "Bernard Shaw on the lake"]

por Chico
4/9/2002 às
11h25 200.230.35.2
 
Julio Daio Borges
Editor

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Escravo da Ilusão: pelo Espirito Jose Antonio
Ana Cristina Vargas
Boa Nova
(2002)



Anjos... Fantasia Ou Realidade
Frei Severino R. Gisder
Louva-a-deus



Textos Escolhidos
Condillac
Abril Cultural
(1973)



O Caminho para o Vale Perdido
Patricia Engel Secco
Boa Companhia
(2007)



Lavoura Arcaica
Raduan Nassar
Jose Olympio
(1975)



Segredos do Toque Amoroso. Carinhos Que Trazem Felicidade, Saúde
Franz Benedikter
Pallas
(2002)



O Caçador de Noivas - Harlequin Desejo
Ann Major
Harlequin Books
(2009)



Estilos de Comunicação Pais-bebé
Sátya Sousa
Climepsi
(2004)



O dia em que a verdade sumiu
Pierre-Yves Bourdil
34
(2001)
+ frete grátis



Novo Manual Nova Cultural - Matemática
Harold H. N. Zöld; Sérgio Côrrea
Nova Cultural
(1993)





busca | avançada
50081 visitas/dia
1,9 milhão/mês