Comentários de Miguel Accacio | Digestivo Cultural

busca | avançada
74431 visitas/dia
2,7 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Castelo realiza piqueniques com contemplação do pôr do sol ao ar livre
>>> A bailarina Ana Paula Oliveira dança com pássaro em videoinstalação de Eder Santos
>>> Festival junino online celebra 143 da cidade de Joanópolis
>>> Nova Exposição no Sesc Santos tem abertura online nessa quinta, 17/06
>>> Arte dentro de casa: museus e eventos culturais com exposições virtuais
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Ao pai do meu amigo
>>> Paulo Mendes da Rocha (1929-2021)
>>> 20 contos sobre a pandemia de 2020
>>> Das construções todas do sentir
>>> Entrevista com o impostor Enrique Vila-Matas
>>> As alucinações do milênio: 30 e poucos anos e...
>>> Cosmogonia de uma pintura: Claudio Garcia
>>> Silêncio e grito
>>> Você é rico?
>>> Lisboa obscura
Colunistas
Últimos Posts
>>> Cidade Matarazzo por Raul Juste Lores
>>> Luiz Bonfa no Legião Estrangeira
>>> Sergio Abranches sobre Bolsonaro e a CPI
>>> Fernando Cirne sobre o e-commerce no pós-pandemia
>>> André Barcinski por Gastão Moreira
>>> Massari no Music Thunder Vision
>>> 1984 por Fabio Massari
>>> André Jakurski sobre o pós-pandemia
>>> Carteiros do Condado
>>> Max, Iggor e Gastão
Últimos Posts
>>> Virtual: Conselheiro do Sertão estreia quinta, 24
>>> A lei natural da vida
>>> Sem voz, sem vez
>>> Entre viver e morrer
>>> Desnudo
>>> Perfume
>>> Maio Cultural recebe “Uma História para Elise”
>>> Ninguém merece estar num Grupo de WhatsApp
>>> Izilda e Zoroastro enfrentam o postinho de saúde
>>> Acentuado
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Um Daumier no MASP
>>> O elogio da ignorância
>>> Dicas para a criação de personagens na ficção
>>> A social-democracia e o Brasil
>>> Minha pátria é a língua portuguesa
>>> A pomba gíria
>>> Budapeste, o filme
>>> O gancho
>>> Barenboim, Yo-Yo Ma & Perlman
>>> Colin Wilson (1931 - ...)
Mais Recentes
>>> Las Carreteras Modernas de Ing Erwin Neumann Dr pela Labor S/a (1955)
>>> Exploração de Pedreiras de Rufino de Almeida Pizarro pela Rodovia (1957)
>>> Introdução à contabilidade do revendedor de Instituto ford de marketing pela Instituto ford de marketing (1970)
>>> Business investment policy de George Terborgh pela Livraria kosmos (1958)
>>> Calculo de Las Estructuras Porticadas Hiperestaticas - Tomo 2 de A. Kleinlogel pela Editorial Labor (1944)
>>> Teoria Microeconômica Vol 3 de Mario Henrique Simonsen pela Fgv (1969)
>>> Introduction to the Theory of Games de J. C. C. Mckinsey pela Dover (2003)
>>> Declaração Dominus Iesus Sobre a Unicidade e Universalidade Salvífica de Congregação para a doutrina da fé pela Paulinas (2001)
>>> O poder americano e os novos mandarins de Noam Chomsky pela Record (2006)
>>> Homem-aranha entre trovões. de Christopher L. Bennett pela Novo Século (2015)
>>> Thesouro da Juventude - Vol. 8 de Vários Autores pela W. M. Jackson
>>> A vantagem competitiva das nações. de Michael E. Porter pela Campus (1989)
>>> Mc Call S Book of Modern Houses de Editor of Mccalls Mary Davis Gillies pela Simon and Schuster (1951)
>>> Guardiões da Galáxia Novíssimos X-men. O julgamento de Jean Grey. de Brian Michael Bendis pela Panini (2017)
>>> Convite à filosofia de Mariela Chaui pela Ática (2011)
>>> Pert/Cpm de David M. Stires and Maurice M. Murphy pela Materials management institute (1951)
>>> O Marquez de Caxias de José de Alencar pela In-fólio (2013)
>>> Mestre Da Pintura de Coubert pela Abril Cultural (1978)
>>> Memórias Póstumas de Brás Cubas. de Machado de Assis pela Klick
>>> Macunaíma de Mário de Andrade pela Garnier
>>> Pintores Italianos no Brasil de Augusto Carlos F. Velloso pela Governo do Estado de SP (1982)
>>> Memórias Póstumas de Brás Cubas de Machado de Assis pela Expressão e Cultura
>>> Modigliani - Imagens de uma Vida de Christian Parisot e Outros pela Museu Ceu Aberto (2012)
>>> Um lápis nas mãos de Deus de pela
>>> Três Momentos da Doutrina Social da Igreja de pela
COMENTÁRIOS >>> Comentadores

Quarta-feira, 17/6/2009
Comentários
Miguel Accacio


Minha própria cozinha
A culinária que prefiro é a minha própria. Porque minha cozinha é uma espécie de laboratório onde experimento, adapto e traço (literalmente) ingredientes de variadas cozinhas, inclusive de outras culturas. Foi assim, por exemplo, que descobri que posso fazer sopa de inhame batendo-o, ainda cru, no liquidificador. Após colocá-lo para ferver ele encorpa rapidinho, pois, é a base de amido; daí­ é só temperar e pronto. Adaptei também um prato da culinária do Camboja chamado "Arnok", também uma espécie de sopa. E mais mil combinações. Abraço a todos... [Nova Iguaçu - RJ]

[Sobre "Promoção Gourmet"]

por Miguel Accacio
17/6/2009 às
10h43 187.14.138.239
 
Talvez Gerald Thomas
Além de mim, polemista radical que vive em crise consigo mesmo, tudo em razão da tendência para discordar das próprias decisões, talvez Gerald Thomas tenha vez. Outro não vejo, pois, no Brasil de hoje, acho que por covardia, prefere-se o politicamente correto. Sim, claro, apenas para inglês ver, que por debaixo dos panos o bicho pega. [Nova Iguaçu - RJ]

[Sobre "Promoção Dentes do Dragão"]

por Miguel Accacio
12/2/2009 às
09h10 189.106.31.237
 
Gatos e lebres
Não vi o filme. Mas comento o texto pelo que contém, que é uma opinião divergente de outra, estando esta outra apresentada como geral. A mídia, essa coisa necessária, porém altamente suspeita, fabrica mitos. É certo que lá dentro de nós fica algo remexendo quando alguma coisa nos é apresentada como especial e aquilo nos parece coisa comum. Mas nosso poder só pode ser manifestado pela nossa preferência, traduzida na nossa presença lá, assistindo, quando for para assistir ou lendo quando for para ler, para ficar só nesses casos. Correto? Nem tanto. Os métodos científico-massificantes criados por experts de comunicação, muitas vezes com base em certas teorias antigas, permitem vender um gato, perfeitamente gato e fazendo miau, afirmando que é lebre...

[Sobre "Ensaio sobre a Cegueira, por Fernando Meirelles"]

por Miguel Accacio
http://www.cmtmondale.blogspot.com
9/2/2009 às
20h27 189.106.60.94
 
Michael Jackson: um mistério
É, amigo. Dá até um nó na garganta. Um dia eu vi Michael Jackson. Na minha frente. Tinha um espécie de lenço que lhe protegia o rosto, mas deu pra ver. Um corpo franzino e um olhar assustado. Estávamos no Rio de Janeiro e eu fazia parte da segurança. Incumbiram-me de permanecer no acesso ao hotel por onde ele realmente passaria, enquanto os fãs e a imprensa aguardavam em outro acesso. Uma observação: Sempre considerei e acho ainda que ele é o maior astro deste século. Apoiado, claro, conforme dito, por uma equipe de alto nível. No palco, seu brilho é grande. Tem um mistério, esse rapaz. Quem o viu como eu vi não terá palavras para explicar. Tem alguma coisa de estranho nele...

[Sobre "Michael Jackson: a lenda viva"]

por Miguel Accacio
http://www.cmtmondale.blogspot.com
21/1/2009 às
19h37 189.106.32.72
 
como são misteriosas as coisas
Então dá pra ver como são misteriosas as coisas. Sou leigo em tudo. Isso me dá liberdade para dizer qualquer bobagem e me sentir, com licença da palavra, inimputável. Uma vez, na adolescência, quase cometi um namoradicídio depois de saber que "minha garota" tinha namorado um outro cara da minha rua. E não adiantava ela dizer que "não se lembrava mais dele". Como não se lembrava?, eu dizia, pronto pra matar... Você é maluca? Alguém pode esquecer um beijo? um cheiro? um abraço? E lá ia eu desfilando toda a minha paranóia de garoto do interior, aculturado de aldeia, onde mulher tem dono. Falei tudo isso para me reportar ao início do texto. "Existem garotas certinhas... existem garotas que não são certinhas..." Quando os políticos falam que a solução está na educação, provavelmente não estão falando da educação integral, essa que impediria que existissem garotas certinhas e não certinhas e ex-trogloditas como eu. Gostaria de mais falar, mas meu limite é menor do que o este espaço.

[Sobre "Pelo que sempre serei lembrado"]

por Miguel Accacio
1/12/2008 às
17h36 189.106.149.122
 
Foi a glória!
Na verdade, faz pouco tempo que vim compreender o que são situações-limite. Foi quando busquei saber o que é a superação. Essa palavra, assim escrita, diz pouco. Não nos conscientizamos de que ela envolve algo grandioso, além, em princípio, da nossa capacidade: é uma super-ação. Penso que situações-limite são as que exigem superação. Me lembro de um momento particularmente terrí­vel. Eu era soldado e estava fazendo curso para cabo. Era uma pista de aplicação militar e o obstáculo era o temido "comando crawl". Atravessar de uma torre a outra, sobre uma corda, totalmente equipado e armado de FAL. O sargento comandou: "Vou subir na torre 'A' e vou dar um apito. A cada apito que eu der, sobe um de vocês, aborda a corda e faz a travessia para a torre 'B'". Falou e subiu. Mais de 20 metros de altura. Entre as torres, um riacho lá embaixo, cheio de pedras. Eu olhei para a cara de meus companheiros e vi o medo de cada um. Quando soou o apito eu fui o primeiro. Caminhei para a torre. Alguma força dentro de mim fez com que eu superasse o medo e caminhasse na direção daquela torre, daqueles degraus que me levariam para cima. Subi a escada segurando dos lados, quase sem sentir os braços e as mãos. Sentia meu coração bater forte, não estava disparado, apenas batia forte. Cheguei ao topo, olhei para o sargento e ele: "Tá me olhando por quê, animal? Vá em frente..." Lembrei-me da técnica, abordei a corda, soltei a perna esquerda para equilibrar-me e dei duas puxadas firmes, uma com cada braço. Foi a glória! Quando me vi equilibrado, só pensei na chegada à torre "B". Devo ter levado um minuto no percurso. Cheguei ao outro lado e percebi no outro sargento um olhar de admiração. Desci a escada, vi­ o segundo companheiro subindo. Peguei meu cantil e bebi um bom gole de água. Essa foi uma situação-limite porque eu não podia me recusar a fazer o exercício e, ao fazer, não podia errar. Enfim, primeiro vencer o medo e, segundo, controlar os nervos para aplicar a técnica. E sair vitorioso. Inesquecí­vel! [Nova Iguaçu - RJ]

[Sobre "Promoção André de Leones"]

por José Accacio
19/11/2008 às
10h39 189.106.73.209
 
Lott: um verdadeiro líder
Emocionante! Uma pequena mas valiosa resenha que nos estimula a ler o livro. O Marechal Lott, de quem eu ouvia falar quando criança, sempre me despertou admiração por conta da atitude de todos em minha casa, que o idolatravam. Depois, lendo a biografia de outros grandes homens, pude ver o respeito com que a ele se referiam, mesmo os que lhe eram contrários. O Brasil sente falta de um líder assim.

[Sobre "O soldado absoluto"]

por Miguel Accacio
http://www.cmtmondale.blogspot.com/
17/11/2008 às
21h54 189.104.243.66
 
Julio Daio Borges
Editor

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Mundo Angelical
Maria Tereza Franchi
Berkana
(1994)



Audiencia de Instruçao e Julgamento e Audiencias Preliminares
Athos Gusmao Carneiro
Forense
(2007)



A Ditadura Encurralada
Elio Gaspari
Companhia das Letras
(2004)



Novos Contornos no Espaço Social: Gênero, Geração e Etinia
Dayse de Paula Marques da Silva
Eduerj Sr3
(1999)



Da Prostituição À Liberdade: Diário de Michele
Edições Paulinas
Paulinas
(1976)



Anteprojeto da Parte Especial do Código Penal
Luiz Flávio Borges Durso
Abrac
(1999)



O Parnaso de Viçosa
Francisco de Morais Sardinha, Cristopher Lund
H P Comunicações
(2003)



O Livro dos Amuletos
Gabriela Erbetta e Michelle Seddig Jorge
Publifolha
(2004)



Consagração e Glória: Cartas a João Lyra Filho
Roberto da Silva (dedicatória)
Do Autor (natal Rn)
(2006)



Superdicas para Comprar Bem e Defender Seus Direitos de Consumidor
Rizzatto Nunes
Saraiva
(2008)





busca | avançada
74431 visitas/dia
2,7 milhões/mês