Comentários de mari prol | Digestivo Cultural

busca | avançada
63094 visitas/dia
2,3 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Série Brasil Visual tem pré-estreia neste sábado no RJ e estreia dia 25/6, no canal Curta!
>>> Thiago Monteiro apresenta seu primeiro álbum autoral “Despretensioso”, em Rib. Preto - 25/06
>>> DIADORIM | NONADA SP
>>> Porto Blue Sound, festival de música gratuito chega a Belo Horizonte em julho
>>> Projeto Memória leva legado de Lélia Gonzalez ao CCBB BH
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> A pulsão Oblómov
>>> O Big Brother e a legião de Trumans
>>> Garganta profunda_Dusty Springfield
>>> Susan Sontag em carne e osso
>>> Todas as artes: Jardel Dias Cavalcanti
>>> Soco no saco
>>> Xingando semáforos inocentes
>>> Os autômatos de Agnaldo Pinho
>>> Esporte de risco
>>> Tito Leite atravessa o deserto com poesia
Colunistas
Últimos Posts
>>> Jensen Huang, da Nvidia, na Computex
>>> André Barcinski no YouTube
>>> Inteligência Artificial Física
>>> Rodrigão Campos e a dura realidade do mercado
>>> Comfortably Numb por Jéssica di Falchi
>>> Scott Galloway e as Previsões para 2024
>>> O novo GPT-4o
>>> Scott Galloway sobre o futuro dos jovens (2024)
>>> Fernando Ulrich e O Economista Sincero (2024)
>>> The Piper's Call de David Gilmour (2024)
Últimos Posts
>>> O mais longo dos dias, 80 anos do Dia D
>>> Paes Loureiro, poesia é quando a linguagem sonha
>>> O Cachorro e a maleta
>>> A ESTAGIÁRIA
>>> A insanidade tem regras
>>> Uma coisa não é a outra
>>> AUSÊNCIA
>>> Mestres do ar, a esperança nos céus da II Guerra
>>> O Mal necessário
>>> Guerra. Estupidez e desvario.
Blogueiros
Mais Recentes
>>> O fim das coisas
>>> Crônica de Aniversário
>>> Oiti
>>> Uma certa inocência
>>> A TV é uma droga
>>> Arroz com rapa
>>> No TV
>>> A Onda de Protestos e o Erro de Jabor
>>> São Francisco Xavier I
>>> O Código de Defesa do Consumidor e Maradona
Mais Recentes
>>> A Sangue Frio - Grandes Sucessos de Truman Capote pela Abril (1980)
>>> Análise Do Caráter - Volume 4 de Wilhelm Reich pela Martins Fontes (1998)
>>> Curral Novo (Romance) de Adalberon Cavalcanti Lins pela São José (1958)
>>> Biodisponibilidade De Nutrientes de Silvia Maria Franciscato Cozzolino pela Manole (2005)
>>> Halo: Um Amor Que Ultrapassa As Barreiras Do Ceu E de Alexandra Adornetto pela Agir (2010)
>>> Principles of the theory of solids de J. M. Ziman pela Cambridge University Press (1969)
>>> 1968 O Ano Que Não Terminou: Aventura De Uma Geracão de Zuenir Ventura pela Objetiva (2013)
>>> Dinheiro: Os segredos de quem tem de Gustavo Cerbasi pela Sextante (2024)
>>> Nuclear Physics de Irving Kaplan pela Addison-Wesley (1964)
>>> Coisas Maiores de Steven Furtick pela Inspire (2021)
>>> Oscar Wilde: A Biography de Richard Ellmann pela Penguin Canada (1988)
>>> Ordem e Progresso de Philip Murdoch pela Lan (2018)
>>> A Importância Do Ato Ler de Paulo Freire pela Cortez (1998)
>>> A Revolução Dos Bichos de George Orwell pela Companhia Das Letras (2007)
>>> Autoridade na Oração de Dutch Sheets pela Lan (2018)
>>> Profetas Modernos de Shawn Bolz pela Chara (2018)
>>> Peregrinos da eternidade de A.W.Tozer pela Hagnos (2021)
>>> A Vida Crucificada de A.W.Tozer pela Vida (2021)
>>> Honrando ao Senhor com nossos bens de Luciano Subirá pela Orvalho (2005)
>>> Descobrindo Crianças: Abordagem Gestáltica Com Crianças E Adolescentes de Violet Oaklander pela Summus (1980)
>>> Físico Química. Para As Ciências Químicas E Biológicas - Volume 1 de Raymond Chang pela Mc Graw Hill (2008)
>>> Laikos de Dag Heward-Mills pela Parchment House (2006)
>>> Mundos Invisíveis de Marcelo Gleiser / Frederico neves pela Globo (2024)
>>> Sinais E Sistemas Lineares de B.p. Lathi pela Bookman (2024)
>>> A Alma Do Líder de Ken Blanchard pela Garimpo (2009)
COMENTÁRIOS >>> Comentadores

Segunda-feira, 12/4/2010
Comentários
mari prol

O livro sempre existirá
O comentário vai atrasado, que seja. Achei muito instigante a discussão. Sou uma amante apaixonada pelos livros, pelo papel com que são feitos, pela tinta com que se se imprimem seus textos, pelo seu inebriante perfume. A cada vez que entro em uma livraria (e escondo-me cada vez mais dentro delas), saio de mim e do meu tempo, viajo por continentes inesperados e desconhecidos. E esse arrebatamento é comum a todos os que amam os livros, eu penso, porque advém das histórias que contam os livros. Não serei destituída de meu contentamento porque o papel mudou de forma e a leitura do que há no papel será feita mediante instrumentos outros, ou novas tecnologias e conceitos. O livro sempre existirá, enquanto existirem os homens, enquanto existirem histórias para contar ao redor do fogo, em noites claras de lua alta no céu, entre risos e espantos, depois de um longo e árduo dia de caça nas montanhas.

[Sobre "A Reinvenção da Leitura, na Época Negócios"]

por mari prol
http://contosefolhetins.blogspot.com
12/4/2010 às
22h54 189.60.117.68
 
Os antigos sabiam tudo
Não creio que a astrologia esteja relacionada a dinheiro ou coisa parecida. Nossos antepassados contemplavam o céu e estudavam as estrelas em busca de conhecimento e iluminação, não de riquezas, ou, pelo menos, sob o aspecto material. Porque o conhecimento, a meu ver, é a maior riqueza a que o homem pode aspirar. Essa depreciação da astrologia, entendida por muitos como mera arte divinatória, ou, até mesmo, como atividade ilícita, resulta, decerto, do desconhecimento de sua verdadeira natureza. Não cabe a mim julgar quem usa esse conhecimento como meio de vida, mas, sem dúvida, existem motivações muito maiores do que o dinheiro entre aqueles que estudam os caminhos do céu. Que o digam os antigos. Como eu já tive oportunidade de dizer aqui, em outro comentário, os antigos sabiam tudo. Por isso, queria uma máquina do tempo para deslocar-me até remotas eras e poder compartilhar o mundo daqueles que conheceram os segredos do Universo.

[Sobre "Sobre astrologia e astrólogos"]

por mari prol
http://contosefolhetins.blogspot.com
9/3/2010 às
19h11 189.60.122.53
 
Recursos bárbaros!
Interessante ter lido a respeito do assunto aqui. Sempre tive aquele sonho (quase delírio) de ser escritora e, recentemente, resolvi colocar parte desse projeto em prática, começando, justamente, pela internet. Criei um blog para publicar uma história que escrevi, que vou atualizando por capítulos, semanalmente, como um folhetim (daí o nome do blog). Nesse processo, terminei conhecendo muitas pessoas geniais, inteligentes e, sobretudo, generosas, que fizeram divulgação do meu livro (a história é, de fato, um livro) em seus próprios blogs, no Facebook, no Orkut, enfim. Tanto que até já tenho alguns seguidores, o que muito me surpreendeu, porque era, de início, um projeto despretensioso, quase um exercício. Estou muito feliz com os resultados e, cada vez mais, decidida a levar meu projeto adiante. A história do Frederico, personagem principal da trama, está a todo vapor. Por isso, como nem podia deixar de ser, virei fã desses novos recursos de comunicação. Simplesmente bárbaros!

[Sobre "Entrevista ao CampiDigital"]

por mari prol
http://contosefolhetins.blogspot.com
9/3/2010 às
18h44 189.60.122.53
 
Somos parte da criação
A saga "Crepúsculo". Até então, eu nunca gostei de histórias de vampiros. E só recentemente vim a ler os livros, apesar da insistência dos amigos. Gosto da saga porque, à parte a história de amor impossível de que trata a trama, a autora fala de temas importantes: o preconceito, a intolerância, a aceitação do outro, sacrifícios, superação. A história mostra que vampiro, humano, lobisomem, o que seja, todos compartilhamos este mundo, somos parte da criação, carregamos o bem e o mal, que são inerentes a toda criatura que habita o solo da terra. [Rio de Janeiro - RJ]

[Sobre "Promoção: O Ano do Vampiro"]

por mari prol
5/3/2010 às
09h03 189.60.190.8
 
De Lemúria a Atlântida
Eu voltaria para um período bem anterior ao grande cataclismo que se supõe ter modificado o eixo da Terra, quando teriam existido as grandes civilizações desaparecidas, como a Lemúria, e acompanhar a evolução da história até o surgimento da Atlântida, seu apogeu e declínio, o destino dos sobreviventes. Por quê? Queria poder conhecer os antigos e entrar em contato com todo aquele conhecimento fabuloso, desvendar os segredos perdidos no tempo. Porque os antigos sabiam tudo. [Rio de Janeiro - RJ]

[Sobre "Promoção Máquina do Tempo"]

por mari prol
26/2/2010 às
14h30 189.60.190.8
 
Amphitryon
Porque tudo é surpreendente. O início, o desdobramento e sobretudo o desenlace. Genial. [Rio de Janeiro - RJ]

[Sobre "Promoção: O Véu"]

por mari prol
23/2/2010 às
09h21 189.60.190.8
 
Os polos e o oco
O segredo dos polos e da terra oca. [Rio de Janeiro - RJ]

[Sobre "Promoção: Segredos de O Símbolo Perdido"]

por mari prol
22/2/2010 às
13h36 189.60.190.8
 
Julio Daio Borges
Editor

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Livro História do Brasil Guia Politicamente Incorreto da História do Brasil
Leandro Narloch
Leya
(2009)



Ultimate Marvel
Roy Thomas
Dk
(2017)



Nunca Fui Primeira Dama
Wendy Guerra
Benvira
(2008)



O Prazer de Pensar - 10º Ano de Filosofia
João Amado; Joaõ Gama; Artur Morão
Edições 70
(1987)



La Vie Amoureuse de Richard Wagner
Louis Barthou
Americ



A Boa Politica
Renato Janine Ribeiro
Companhia Das Letras
(2017)



Líderes religiosos
Ruth Guimarães
Cultrix
(1961)



Pride and Prejudice
Jane Austen
StandFor
(2018)



Democracia nos Meios de Comunicação (lacrado)
Enzo Bello, Samantha Moura Ribeiro
Lumen Juris
(2016)



A Ilusão de Scorpio
Robert Ludlum
Rocco
(1995)





busca | avançada
63094 visitas/dia
2,3 milhões/mês