Comentários de mari prol | Digestivo Cultural

busca | avançada
47547 visitas/dia
1,6 milhão/mês
Mais Recentes
>>> ABERTURA DA EXPOSIÇÃO “O CAMINHO DAS PEDRAS'
>>> Residência Artística FAAP São Paulo realiza Open Studio neste sábado
>>> CONHEÇA OS VENCEDORES DO PRÊMIO IMPACTOS POSITIVOS 2022
>>> Espetáculo 'Figural', direçãod e Antonio Nóbrega | Sesc Bom Retiro
>>> Escritas de SI(DA) - o HIV/Aids na literatura brasileira
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Home sweet... O retorno, de Dulce Maria Cardoso
>>> Menos que um, novo romance de Patrícia Melo
>>> Gal Costa (1945-2022)
>>> O segredo para não brigar por política
>>> Endereços antigos, enganos atuais
>>> Rodolfo Felipe Neder (1935-2022)
>>> A pior crônica do mundo
>>> O que lembro, tenho (Grande sertão: veredas)
>>> Neste Momento, poesia de André Dick
>>> Jô Soares (1938-2022)
Colunistas
Últimos Posts
>>> Lula de óculos ou Lula sem óculos?
>>> Uma história do Elo7
>>> Um convite a Xavier Zubiri
>>> Agnaldo Farias sobre Millôr Fernandes
>>> Marcelo Tripoli no TalksbyLeo
>>> Ivan Sant'Anna, o irmão de Sérgio Sant'Anna
>>> A Pathétique de Beethoven por Daniel Barenboim
>>> A história de Roberto Lee e da Avenue
>>> Canções Cruas, por Jacque Falcheti
>>> Running Up That Hill de Kate Bush por SingitLive
Últimos Posts
>>> Nosotros
>>> Berço de lembranças
>>> Não sou eterno, meus atos são
>>> Meu orgulho, brava gente
>>> Sem chance
>>> Imcomparável
>>> Saudade indomável
>>> Às avessas
>>> Amigo do tempo
>>> Desapega, só um pouquinho.
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Notas de um ignorante
>>> Alumbramento
>>> Por que o Lula Inflado incomoda tanto
>>> Rumos do cinema político brasileiro
>>> Black Sabbath 1970
>>> Leve um Livro e Sarau Leve
>>> Manual prático do ódio
>>> Rhyme and reason
>>> O segredo para não brigar por política
>>> Reinaldo Azevedo no Fórum CLP
Mais Recentes
>>> Reaprendendo o Português [Capa Dura] de Carlos Eduardo de Bruin Cavalheiro (org.) pela Edic (2010)
>>> Revista Conexão Geraes: Seguridade Social Ampliada n6 ano 4 de Taysa Silva Santos; Soraya Magalhães Pelegrini; Matheus Thomaz da Silva pela Crssmg (2015)
>>> Revista Conexão Geraes: A Dimensão Técnico-Operativa no Serviço Social n3 ano 2 de Kênia Augusta Figueiredo; Elaine Rossetti Behring; Ana Cristina Brito Arcoverde pela Crssmg (2013)
>>> Revista Conexão Geraes: Expressões socioculturais n5 ano 3 de Carlos Montano; Cézar Henrique Maranhão; Yolanda Demétrio Guerra pela Crssmg (2014)
>>> Revista Conexão Geraes: Relatório de Gestão n8 ano 6 de Luana Braga; Rosilene Tavares; Marisaura pela Crssmg (2017)
>>> Revista Conexão Geraes:30 Horas Lei é Para Cumprir n7 ano 5 de Ivanete Boschetti; Ricardo Antunes; Marisaura dos Santos Cardoso pela Crssmg (2016)
>>> Revista Conexão Geraes: Direito à Cidade n4 ano 3 de Maria Lúcia Martinelli; Duriguetto; Joviano Mayer pela Crssmg (2014)
>>> Saúde Mental no SUS: Os Centros de Atenção Psicossocial de Ministério da Saúde pela Sas (2004)
>>> Ensaios Ad Hominem 1: Tomo 3 - Política de J. Chasin pela Ad Hominem (2000)
>>> Revista Histórica de Contagem 102 Anos de Ciro Carpentieri Filho pela Fundac (2013)
>>> O Brasil Desempregado de Jorge Mattoso pela Perseu Abramo (1996)
>>> Caderno do Plano de Manejo Orgânico de Mapa pela Secretaria de Cooperativismo (2014)
>>> Manual de Arborização Capa Verde de Cemig pela Cemig
>>> Manual de Arborização de Cemig pela Cemig (1996)
>>> Mata Atlântica: Mapa da Área de Aplicação da Lei n 11.428 de Ibge pela Ibge
>>> MG Biota v. 11 n 1 de Biologia Floral; aposematismo pela Ief (2018)
>>> MG Biota v. 10 n. 2 de Anfíbios pela Ief (2017)
>>> MG Biota v. 10 n. 1 de Germinação; Capões de Mata pela Ief (2017)
>>> MG Biota v. 10 n. 3 de Recuperação de Áreas Degradadas pela Ief (2017)
>>> MG Biota v. 6 n. 1 de Cerrado; Vale do Jequitinhonha pela Ief (2017)
>>> Informe Agropecuário 244 de Áreas Degradadas pela Epamig (2008)
>>> Informe Agropecuário 285 de Déficit Hídrico pela Epamig (2015)
>>> Informe Agropecuário 287 de Agricultura Orgânica e Agroecologia pela Epamig (2015)
>>> Contos de Amor e Morte de Arthur Schnitzler; George Bernard Sperber (trad.); Wolfgang Bader (apr.) pela Companhia das Letras (1999)
>>> Um Jovem Americano de Edmund White; Augusto de Oliveira (trad.) pela Siciliano (1995)
COMENTÁRIOS >>> Comentadores

Segunda-feira, 12/4/2010
Comentários
mari prol


O livro sempre existirá
O comentário vai atrasado, que seja. Achei muito instigante a discussão. Sou uma amante apaixonada pelos livros, pelo papel com que são feitos, pela tinta com que se se imprimem seus textos, pelo seu inebriante perfume. A cada vez que entro em uma livraria (e escondo-me cada vez mais dentro delas), saio de mim e do meu tempo, viajo por continentes inesperados e desconhecidos. E esse arrebatamento é comum a todos os que amam os livros, eu penso, porque advém das histórias que contam os livros. Não serei destituída de meu contentamento porque o papel mudou de forma e a leitura do que há no papel será feita mediante instrumentos outros, ou novas tecnologias e conceitos. O livro sempre existirá, enquanto existirem os homens, enquanto existirem histórias para contar ao redor do fogo, em noites claras de lua alta no céu, entre risos e espantos, depois de um longo e árduo dia de caça nas montanhas.

[Sobre "A Reinvenção da Leitura, na Época Negócios"]

por mari prol
http://contosefolhetins.blogspot.com
12/4/2010 às
22h54 189.60.117.68
 
Os antigos sabiam tudo
Não creio que a astrologia esteja relacionada a dinheiro ou coisa parecida. Nossos antepassados contemplavam o céu e estudavam as estrelas em busca de conhecimento e iluminação, não de riquezas, ou, pelo menos, sob o aspecto material. Porque o conhecimento, a meu ver, é a maior riqueza a que o homem pode aspirar. Essa depreciação da astrologia, entendida por muitos como mera arte divinatória, ou, até mesmo, como atividade ilícita, resulta, decerto, do desconhecimento de sua verdadeira natureza. Não cabe a mim julgar quem usa esse conhecimento como meio de vida, mas, sem dúvida, existem motivações muito maiores do que o dinheiro entre aqueles que estudam os caminhos do céu. Que o digam os antigos. Como eu já tive oportunidade de dizer aqui, em outro comentário, os antigos sabiam tudo. Por isso, queria uma máquina do tempo para deslocar-me até remotas eras e poder compartilhar o mundo daqueles que conheceram os segredos do Universo.

[Sobre "Sobre astrologia e astrólogos"]

por mari prol
http://contosefolhetins.blogspot.com
9/3/2010 às
19h11 189.60.122.53
 
Recursos bárbaros!
Interessante ter lido a respeito do assunto aqui. Sempre tive aquele sonho (quase delírio) de ser escritora e, recentemente, resolvi colocar parte desse projeto em prática, começando, justamente, pela internet. Criei um blog para publicar uma história que escrevi, que vou atualizando por capítulos, semanalmente, como um folhetim (daí o nome do blog). Nesse processo, terminei conhecendo muitas pessoas geniais, inteligentes e, sobretudo, generosas, que fizeram divulgação do meu livro (a história é, de fato, um livro) em seus próprios blogs, no Facebook, no Orkut, enfim. Tanto que até já tenho alguns seguidores, o que muito me surpreendeu, porque era, de início, um projeto despretensioso, quase um exercício. Estou muito feliz com os resultados e, cada vez mais, decidida a levar meu projeto adiante. A história do Frederico, personagem principal da trama, está a todo vapor. Por isso, como nem podia deixar de ser, virei fã desses novos recursos de comunicação. Simplesmente bárbaros!

[Sobre "Entrevista ao CampiDigital"]

por mari prol
http://contosefolhetins.blogspot.com
9/3/2010 às
18h44 189.60.122.53
 
Somos parte da criação
A saga "Crepúsculo". Até então, eu nunca gostei de histórias de vampiros. E só recentemente vim a ler os livros, apesar da insistência dos amigos. Gosto da saga porque, à parte a história de amor impossível de que trata a trama, a autora fala de temas importantes: o preconceito, a intolerância, a aceitação do outro, sacrifícios, superação. A história mostra que vampiro, humano, lobisomem, o que seja, todos compartilhamos este mundo, somos parte da criação, carregamos o bem e o mal, que são inerentes a toda criatura que habita o solo da terra. [Rio de Janeiro - RJ]

[Sobre "Promoção: O Ano do Vampiro"]

por mari prol
5/3/2010 às
09h03 189.60.190.8
 
De Lemúria a Atlântida
Eu voltaria para um período bem anterior ao grande cataclismo que se supõe ter modificado o eixo da Terra, quando teriam existido as grandes civilizações desaparecidas, como a Lemúria, e acompanhar a evolução da história até o surgimento da Atlântida, seu apogeu e declínio, o destino dos sobreviventes. Por quê? Queria poder conhecer os antigos e entrar em contato com todo aquele conhecimento fabuloso, desvendar os segredos perdidos no tempo. Porque os antigos sabiam tudo. [Rio de Janeiro - RJ]

[Sobre "Promoção Máquina do Tempo"]

por mari prol
26/2/2010 às
14h30 189.60.190.8
 
Amphitryon
Porque tudo é surpreendente. O início, o desdobramento e sobretudo o desenlace. Genial. [Rio de Janeiro - RJ]

[Sobre "Promoção: O Véu"]

por mari prol
23/2/2010 às
09h21 189.60.190.8
 
Os polos e o oco
O segredo dos polos e da terra oca. [Rio de Janeiro - RJ]

[Sobre "Promoção: Segredos de O Símbolo Perdido"]

por mari prol
22/2/2010 às
13h36 189.60.190.8
 
Julio Daio Borges
Editor

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Amor na boca do túnel
Edilberto coutinho
tempo brasileiro
(1992)



Metadologia da Pesquisa Juridica
Eduardo C B Bittar
Saraiva
(2002)



Consolidação das Leis do Trabalho Constituição Federal e Legislação
Rideel
Rideel
(2011)



Antologia Poética de Lêdo Ivp - Coleção Prestigio
Walmir Ayala
Ediouro
(1991)



Formaturas Infernais
Meg Cabot
Galera
(2009)



Amar é Servir
Isabel Lins
Construir
(2003)



Administração
Peter F Drucker
Pioneira
(1975)



Terra Espetacular
Seleções do Readers Digest
Readers Digest
(1997)



As Fúrias Invisíveis
Ricardo Ramos
Círculo do Livro



Galileu - Pensamento, Vida e Obra
Vários Autores
Ct
(2011)





busca | avançada
47547 visitas/dia
1,6 milhão/mês