Comentários do IP 200.189.2.163 | Digestivo Cultural

busca | avançada
62879 visitas/dia
1,9 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Um Recital para Ariano - com Antônio Nóbrega
>>> Coletiva de Arte Naïf | Galeria Jacques Ardies
>>> Cia O Grito evoca os fantasmas do teatro em nova peça
>>> Meu Reino por um Cavalo faz temporada online a partir de 2 de dezembro
>>> Rosas Periféricas apresenta espetáculos sobre memórias e histórias do Parque São Rafael
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Eleições na quinta série
>>> Mãos de veludo: Toda terça, de Carola Saavedra
>>> A ostra, o Algarve e o vento
>>> O abalo sísmico de Luiz Vilela
>>> A poesia com outras palavras, Ana Martins Marques
>>> Lourival, Dorival, assim como você e eu
>>> O idiota do rebanho, romance de José Carlos Reis
>>> LSD 3 - uma entrevista com Bento Araujo
>>> Errando por Nomadland
>>> É um brinquedo inofensivo...
Colunistas
Últimos Posts
>>> A história de Claudio Galeazzi
>>> Naval, Dixon e Ferriss sobre a Web3
>>> Max Chafkin sobre Peter Thiel
>>> Jimmy Page no Brasil
>>> Michael Dell on Play Nice But Win
>>> A história de José Galló
>>> Discoteca Básica por Ricardo Alexandre
>>> Marc Andreessen em 1995
>>> Cris Correa, empreendedores e empreendedorismo
>>> Uma história do Mosaic
Últimos Posts
>>> A cor da tarja é de livre escolha
>>> Desigualdades
>>> Novembro está no fim...
>>> Indizível
>>> Programador - Trabalho Remoto que Paga Bem
>>> Oficinas Culturais no Fly Maria, em Campinas
>>> A Lei de Murici
>>> Três apitos
>>> World Drag Show estará em Bragança Paulista
>>> Na dúvida com as palavras
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Aforismos com juízo
>>> Encontros (e desencontros) com Daniel Piza
>>> Quando uma moto se apaixona
>>> Super-heróis ou vilões?
>>> A Serbian Film: Indefensável?
>>> Uma década no rastro de Paulo Francis
>>> Uma década no rastro de Paulo Francis
>>> Digestivo Cultural na ABL
>>> Seis anos em seis meses
>>> Valeu a espera
Mais Recentes
>>> O Brasil é feito por nós? de Ricardo Soares pela Atual (2009)
>>> Inside Light Wave 3d de Dan Ablan pela New Riders Pub (1998)
>>> Missa do galo e outros contos de Machado De Assis pela L&PM pocket (2012)
>>> Cahiers de Droit Fiscal International - Vol. 99a - 1938-2014 de International Fiscal Association pela International Fiscal Association (2014)
>>> Mudança do Clima no Brasil .. de Ronaldo Seroa da Motta e Outos. pela Ipea (2011)
>>> O Homem Moderno e a Imagem Bíblica do Homem de Leo Scheffczyk pela Paulinas (1976)
>>> O Centenário do Imortal Roberto Lyra - Coletânea Em Homenagem de Andréa Ferreira e Morgado - Editores pela Autor (2002)
>>> O Novo Inglês sem Esforço de Anthony Bulger pela Epu (1987)
>>> A sociedade pós industrial de Domenico de Masi pela Senac (2003)
>>> Medicina Alternativa de A a Z de Carlos Nascimento Spethmann pela Natureza
>>> O Tipo Penal, a Teoria Finalista e a Nova Legislação Penal de Luiz Luisi pela Sergio Antonio Fabris Editor (1987)
>>> Comidas de Santo e Oferendas de José Ribeiro pela Eco
>>> Campos de Invisibilidade de Aba Lovelace pela Sesc (2018)
>>> O Dr. Fausto e Seu Pacto Com o Demônio: o Fausto Histórico, o Fausto. de Jayme Mason pela Objetiva (1989)
>>> As Crônicas de Narnia: a última Batalha de C. S. Lewis pela Martins Fontes (2003)
>>> Empowerment and Innovation de Martin Beirne pela Edward Elgar (2006)
>>> O Que é Método Paulo Freire - Coleção Primeiros Passos - Nº 38 de Carlos Rodrigues Brandão pela Brasiliense (1984)
>>> World Tax 2015 de Vários Autores pela Euromoney (2015)
>>> Castelo da Mina de Carlos Antero Ferreira pela Horizonte (2007)
>>> Notas do Subsolo de Fiodor Dostoievski pela L&pm (2018)
>>> A Esperança de Suzanne Collins pela Rocco (2011)
>>> O último Caso da Colecionadora de Livros de John Dunning pela Cia das Letras (2009)
>>> Petróleo, Energia Elétrica e Siderúrgica: a Luta pela Emancipação de Medeiros Lima pela Paz e Terra (1975)
>>> Ser Protagonista Biologia 2 Manual do Professor de Fernando Santiago dos Santos pela Sm (2010)
>>> Cirurgia da Obesidade de Arthur B. Garrido Júnior pela Atheneu (2006)
COMENTÁRIOS >>> Comentadores

Segunda-feira, 20/5/2002
Comentários
200.189.2.163


Sobre a Igreja
Assuncao, Nasci em familia catolica, ja frequentei os cultos dominicais, estudei 3 anos em escola catolica e desde tenra idade ja apresentava intensa resistencia quanto a engolir a doutrinacao religiosa que virtualmente todos ao meu redor ate hoje tentam me aplicar. Caso nao saiba, a esmagadora maioria da populacao e adepta de alguma religiao, sendo que aqui no Brazil (e nao venha me encher pelo "Z", e proposital), a predominante e a Catolica. Julgo inclusive que so poderia deixar de conhece-la se me isolasse completamente de qualquer contato social, visto que todos ao meu redor falam nela e nessa tal figura mitologica conhecida como "Deus" como se fosse uma verdade absoluta. Ja me cansei dos olhares assustados e reprovadores que me lancam todas as vezes que cometo o crime de dizer que nao acredito em uma so palavra daquele livro escrito por barbaros ignorantes a cerca de 2 milenios que eles veneram e que nao creio na super entidade que eles julgam estar por ai espionando e interferindo em tudo sem deixar qualquer vestigio. Ja pude assistir aos cultos e o veredicto que minha mente lancou sobre os mesmos foi o seguinte: "Nonsense em sua mais pura e absoluta forma". Ja tive aulas de "catecismo" na infancia e minha professora parecia me odiar pois era sempre eu quem lancava as perguntas que a desarmavam, enquanto os outros ze-manes engoliam todos aqueles absurdos sem dizer uma palavra. Ja li alguma coisa escrita por religiosos sim, mas confesso que nao muito e nao inteiramente, visto que o que eu cheguei a ler nao me compeliu em absoluto a buscar mais material relacionado. Afinal de contas, havia todos aqueles livros de Fisica, Biologia, Quimica e Cosmologia me aguardando e a ideia de perder tempo com nonsense nao me parecia atraente. Tudo isso lhe digo para rebatar sua nocao absurda de que nao ouvi os dois lados da questao. Na verdade, so poderia deixar de conhecer a religiao se nao fosse humano nem pertencesse a nenhuma sociedade, porque os esforcos de sua organizacao em nos doutrinar desde que nascemos sao deveras impressionantes. Uma das questoes que mais me enojavam era o tratamento que sua tao querida Biblia dava as criaturas que nao possuem DNA humano em suas celulas. "Deus criou todo o Universo unica e exclusivamente para atender aos interesses dos semideuses arianos Homo Sapiens, feitos a imagem e semelhanca do Criador "fodao" e que, por algum motivo estranho, tambem precisam comer, respirar, reproduzir-se e ate mesmo ir ao banheiro soltar montes de fluidos mal-cheirosos e asquerosos, exatamente como todas as formas de vida conhecidas. Quanto as outras criaturas, foram feitas apenas para servir a especie humana. Facam bom proveito!" Eu tenho que tirar meu chapeu para quem quer que tenha escrito essa tal Biblia, pois acho que nem Hitler faria melhor. Como o Alexandre mesmo demonstrou, o seu pessoal se sente ultrajado quando comparamos os humanos aos OUTROS animais, ignorando completamente as evidencias gritantes e percebiveis a qualquer observador isento. Se uma pessoa nao e sequer capaz de perceber que diversas criaturas nao humanas sao entidades conscientes, entao creio nao ser eu o monstro aqui afinal. Quanto a vasectomia e outras operacoes de esterilizacao, nao as considero convenientes devido a seu carater permanente e mutilatorio. Eu nao posso dizer com certeza que nao desejarei ter filhos daqui a 10 anos, por exemplo. A ideia de que o aborto substitui os metodos anticoncepcionais e erronea, uma vez que ele nada faz contra as doencas venereas. O aborto deve ser encarado como uma medida ultima, usado quando todas as outras falharem (sim, porque engana-se quem cre que esta 100% protegido usando os metodos contraceptivos atuais), da mesma forma que voce se trataria de gonorreia, ainda que a tivesse contraido em uma relacao protegida. Mas voce nao respondeu minha pergunta. Mesmo no caso em que descrevi (aonde me usei meramente como exemplo, ja que tenho sido um ima da antipatia alheia aqui ;) ), voce cre que seria melhor para a crianca nascer nas maos de pais que nao a querem nem sentem por ela qualquer empatia a permitir que os mesmos abortem? Oh, bonitinho da sua parte ficar apontando todos os meus typos(erros de digitacao), que modestia a parte, nao sao muitos. Sabe que quando eu cursava a terceira serie do primeiro grau eu fazia a mesma coisa com meus coleguinhas? Muito maduro de sua parte, de fato. E depois sou eu quem encaro o debate como um duelo entre inimigos... *ahem* ;) Bom, quando aos jargoes que voce insiste em usar, nao vou comentar. "Ficar na superficie e nao aprofundar" pra mim e algo que eu diria acerca de um individuo com problemas de potencia, me perdoe. ;) Mas brincadeiras a parte, se voce acha que minhas ideias nao abordam toda a complexidade da equacao, ha uma solucao muito simples: Mostrar quais aspectos eu ignorei, que, de acordo com voce, sao cruciais a questao. Mas e mais facil atirar insultos genericos ao meu raciocionio que demonstrar sua inadequacao, certo? Respondendo a sua pergunta acerca de em que voce e ignorante: Um requisito primordial para que uma pessoa aceite o processo de doutrinacao religiosa sem ser imediatamente acometida por crises de nausea e/ou riso incontrolavel e estar acometida por ignorancia generalizada em uma ou mais dessas areas: Fisica, Biologia, Quimica ou Matematica. Porque os mais leves conhecimentos que sejam acerca dessas ciencias seriam suficientes para que o individuo detectasse mais furos nas "teorias" religiosas expostas que em qualquer pedaco de queijo suico. Voce defende que uma gravidez nao pode ser comparada a uma infestacao por parasitas, visto que a primeira nao causa danos ao organismo, mas voce se esquece dos danos psicologicos. Ou voce vai me dizer que uma crianca indesejada na vida de um casal que tinha outros planos muito diferentes para suas vidas, planos que certamente nao incluiam sustentar um filho ate os 21 anos; nao causa qualquer tipo de transtorno psicologico? Honestamente, preferia ter que conviver com minhas lombrigas ate o ultimo dos meus dias a tal fardo! Quanto a comparar homosexualismo com pedofilia, sem comentarios. Isso e o mesmo que comparar estupro com relacao sexual. E nao me venha com essa ideia estapafurdia de que "um tras o outro". Liberar um item nao implica necessariamente em liberar tudo, assim como liberar a pecuaria nao implica em permitir pena de morte, que nao implica em permitir assassinatos isolados, que nao implica em permitir genocidios. Pelo seu raciocinio deveria ser assim, ja que matar frangos e bois aos montes e diariamente "amolece a moral e abre terreno para o resto", nao e? Novoa: Suponho que voce abrace como profissao alguma area biologica, ja que foi capaz de se expressar com maior proficiencia acerca da natureza dos embrioes e fetos jovens. Concordo com voce que a partir do ponto em que o feto possui seu sistema neurologico desenvolvido e operacional, ja pode ser tratado como entidade consciente. Tiro meu chapeu para voce. :)

[Sobre "Regras da Morte"]

por Gustavo Alckmin
20/5/2002 às
19h43 200.189.2.163
(+) Gustavo Alckmin no Digestivo...
 
Julio Daio Borges
Editor

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Heróis de Verdade
Roberto Shinyashiki
Gente
(2005)



Branca de Neve
Henrique Simas
Imago
(1999)



Abandonado
Vinícius Pinheiro
Geração
(2015)



O Egito secreto
Paul Brunton
Pensamento
(1991)



História do Corpo Vol. 1
Vários
Vozes
(2008)



Minha Razão de Viver - Memórias de um Repórter
Samuel Wainer
Record
(1988)



O Dom das Línguas
Maria Lúcia Vianna
Com Deus
(1998)



Como Cuidar da Nossa Água
Vários Autores
Beí
(2014)



The Watercolorists Complete Guide to Color 5ªimp(2002)(inglês)
Tom Hill
North Light Books
(2002)



O mito individual do neurótico
Jacques Lacan
Zahar
(2008)





busca | avançada
62879 visitas/dia
1,9 milhão/mês