Comentários do IP 200.249.25.12 | Digestivo Cultural

busca | avançada
62220 visitas/dia
1,6 milhão/mês
Mais Recentes
>>> FESTIVAL DE ORQUESTRAS JUVENIS
>>> XIII Festival de Cinema da Fronteira divulga Programação
>>> Centro em Concerto: ¡Navidad Nuestra!
>>> Edital Retomada Cultural apresenta Conexão Brasil-Portugal: podcast produzido pelo Coletivo Corpos p
>>> CANTORA E ATRIZ SANDRA PÊRA NO SESC BELENZINHO
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Home sweet... O retorno, de Dulce Maria Cardoso
>>> Menos que um, novo romance de Patrícia Melo
>>> Gal Costa (1945-2022)
>>> O segredo para não brigar por política
>>> Endereços antigos, enganos atuais
>>> Rodolfo Felipe Neder (1935-2022)
>>> A pior crônica do mundo
>>> O que lembro, tenho (Grande sertão: veredas)
>>> Neste Momento, poesia de André Dick
>>> Jô Soares (1938-2022)
Colunistas
Últimos Posts
>>> Lula de óculos ou Lula sem óculos?
>>> Uma história do Elo7
>>> Um convite a Xavier Zubiri
>>> Agnaldo Farias sobre Millôr Fernandes
>>> Marcelo Tripoli no TalksbyLeo
>>> Ivan Sant'Anna, o irmão de Sérgio Sant'Anna
>>> A Pathétique de Beethoven por Daniel Barenboim
>>> A história de Roberto Lee e da Avenue
>>> Canções Cruas, por Jacque Falcheti
>>> Running Up That Hill de Kate Bush por SingitLive
Últimos Posts
>>> Nosotros
>>> Berço de lembranças
>>> Não sou eterno, meus atos são
>>> Meu orgulho, brava gente
>>> Sem chance
>>> Imcomparável
>>> Saudade indomável
>>> Às avessas
>>> Amigo do tempo
>>> Desapega, só um pouquinho.
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Frases de Drummond
>>> Luciano do Valle (1947-2014)
>>> 28 de Junho #digestivo10anos
>>> 19 de Julho #digestivo10anos
>>> Citizen Kane
>>> Gal Costa (1945-2022)
>>> Vida conjugal
>>> Querem acabar com as livrarias
>>> Cisne Negro
>>> Avassalador
Mais Recentes
>>> Livro - Euzébia Zanza de Camila Fillinger / Suppa pela Girafinha (2006)
>>> Tao-Te King O Livro que revela Deus 346 de Lao-Tse pela Alvorada
>>> Livro - Bichos de Angela Lago; Ronaldo Simões Coelho pela Aletria (2009)
>>> Quando me descobri negra 346 de Bianca Santana pela Sesi-SP
>>> A Tartaruga E A Lebre de Jean de La Fontaine pela Melhoramentos (2006)
>>> Iracema 346 de José de Alencar pela Paulus (2005)
>>> O ano da morte de Ricardo Reis de José Saramago pela Companhia Das Letras (1988)
>>> Livro - Mini Larousse dos Bombeiros de Larousse Júnior pela Larousse Júnior (2005)
>>> Une Fois Dans Ma Vie de Gilles Lagardinier pela J'ai Lu (2018)
>>> Reiki Harmonia Universal 346 de Joel Cardoso pela Tipo
>>> Livro - Hollywood Dream Cars: Museu de Automóveis Clássicos e Antigos de Não Específicado pela Não Específicado
>>> Frases, Dicas e Histórias Maravilhosas 08 346 de Orlando Nussi pela Gravadora Anjos (2009)
>>> Fausto: uma tragédia I de Johann Wolfgang von Goethe pela 34 (2016)
>>> Livro - Onde Esta Wally? - Especial De Natal - Atividades, buscas e centenas de adesivos incríveis! de Martin Handford pela Martins Fontes (2013)
>>> A Mediunidade sem Lágrimas 346 de Eliseu Rigonatti pela Pensamento
>>> Minha Vida de Menina 346 de Helena Morley pela Companhia de Bolso (2017)
>>> Pilly Winks de Lauren I. Zinn pela Aristoplay (2022)
>>> Livro - Festa no Céu / Festa no Mar / Livro Vira-Vira - Conto Popular do Brasil / Conto Popular do Japão de Lúcia Hiratsuka pela Dcl (2007)
>>> Uma sensação estranha de Orhan Pamuk pela Companhia Das Letras (2017)
>>> Antologia Poética de Cecília Meireles pela Nova Fronteira (2001)
>>> Aliviando a Bagagem para Mães 346 de Max Lucado pela Cpad (2006)
>>> Charlotte street de Danny Wallace pela Novo Conceito (2012)
>>> Livro - Hollywood Dream Cars - Museu de Automóveis Clássicos e Antigos de Hollywood Dream Cars pela Não Especificada
>>> Diário de uma Jovem 346 de Anne Frank pela Itatiaia Limitada (1972)
>>> O menino que queria ser prefeito de Manuel Filho (Autor), Thais Linhares (Ilustrador) pela Do Brasil (2020)
COMENTÁRIOS >>> Comentadores

Sábado, 8/11/2008
Comentários
200.249.25.12


Confessionário high-tech
Somos ti­picamentes ocidentais! Parabéns ao Digestivo Cultural pela modernização do confessionário. Nunca pensaram em informatizar as igrejas, boa idéia. [Vitória - PE]

[Sobre "Promoção Contos Indiscretos"]

por Pablo
8/11/2008 às
10h46 200.249.25.12
(+) Pablo no Digestivo...
 
Novas Observações 06
Uma das coisas que também se falava muito em relação à película era a velocidade de gravação. Além disso, enquanto a película fazia 24 fotogramas por segundo, as câmeras digitais semi-profissionais (e até mesmo alguns modelos digitais) gravavam de modo entrelaçado, ou seja, toda a resolução que tinham era de, no máximo, 1080 linhas entrelaçadas em 29,97 frames por segundo (não eram fotogramas). Chama-se 1080i, os formatos de gravação das conhecidas HDV. Hoje esse modo de gravação já estava superado pela Panasonic, que lançou uma camera HDV que gravava em 24 progressivo (e não entrelaçado, como nas outras digitais). Com a RED também não é diferente, podendo filmar em 24, 30, 60 e outros.

[Sobre "Fetiche por película"]

por Déborah Guaraná
http://postodegasolina.blogspot.com
9/10/2007 às
20h16 200.249.25.12
(+) Déborah Guaraná no Digestivo...
 
Novas observações 05
Pesquisando encontrei uma empresa super legal! Imagine que você quer montar uma sala de cinema digital e alguém lhe oferece um computador (conectado à empresa distribuidora via satélite), projetor e tela. Faz um investimento inicial e depois paga apenas por sessão exibida! A empresa chama-se RAIN Network e, por incrível que pareça, é brasileira! Gente, o único entrave para que o cinema não se transforme é o dinheiro que as grandes empresas norte-americanas vão perder com essa conversão. Imagine todas aquelas câmeras da Panavision sendo jogadas no lixo. Imagine que as distribuidoras iriam lucrar BEM menos com o cinema digital. Imagine se elas vão deixar isso acontecer? Imagine se a gente tem poder pra fazer alguma coisa com o pensamento retrógrado da maioria dos cineastas cheios de fetiche burro...

[Sobre "Fetiche por película"]

por Déborah Guaraná
http://postodegasolina.blogspot.com
9/10/2007 às
20h12 200.249.25.12
(+) Déborah Guaraná no Digestivo...
 
Novas observações 04
E ainda tem quem diga que vídeo não é cinema. Ou seria o contrário? Uma vez fiz uma matéria, no Cine-Pe, festival de cinema aqui em Recife, sobre a empresa que possui um projetor móvel de película e exibe os filmes nos festivais brasileiros. Não lembro agora o nome da empresa, mas ia combinar de entrevistar o pessoal no intervalo e o técnico puxou uma cadeira e disse para conversarmos no meio da exibição do primeiro longa da noite. Fiquei com o coração na mão e perguntei se ele não ia ver o filme. O cara deu uma risada e disse que já tinha visto mils vezes. Fiquei curiosa e sentei: "Como assim?". Pergunta à qual ele respondeu com muita calma e naturalidade mais ou menos assim: só tem a gente com esse projetor no Brasil, a gente acaba indo pra todos os festivais e vendo esses filmes milhões de vezes.

[Sobre "Fetiche por película"]

por Déborah Guaraná
http://postodegasolina.blogspot.com
9/10/2007 às
20h11 200.249.25.12
(+) Déborah Guaraná no Digestivo...
 
Novas observações 03
A empresa define a camera como Ultra High Definition. Onde editar? No Final Cut Pro 2, que já oferece suporte para edição em 4K. Claro que isso tudo vai aumentar um pouco o orçamento de qualquer produção digital, mas ainda assim, nunca chegará aos pés do preço da película.

[Sobre "Fetiche por película"]

por Déborah Guaraná
http://postodegasolina.blogspot.com
9/10/2007 às
20h11 200.249.25.12
(+) Déborah Guaraná no Digestivo...
 
Novas observações 02
Uma das coisas que também se falava muito em relação à película era a velocidade de gravação. Além disso, enquanto a película fazia 24 fotogramas por segundo, as câmeras digitais semi-profissionais (e até mesmo alguns modelos digitais) gravavam de modo entrelaçado, ou seja, toda a resolução que tinham era de, no máximo, 1080 linhas entrelaçadas em 29,97 frames por segundo (não eram fotogramas). Chama-se 1080i, os formatos de gravação das conhecidas HDV. Hoje esse modo de gravação já estava superado pela Panasonic, que lançou uma câmera HDV que gravava em 24 progressivo (e não entrelaçado, como nas outras digitais). Com a Red também não é diferente, podendo filmar em 24, 30, 60 e outros.

[Sobre "Fetiche por película"]

por Déborah Guaraná
http://postodegasolina.blogspot.com
9/10/2007 às
20h10 200.249.25.12
(+) Déborah Guaraná no Digestivo...
 
Novas observações 01
Bem, não exagerei não! Vocês provavelmente não entraram no site Red. Ela trabalha com uma configuração duas vezes melhor que a película, a começar pela quantidade de informação que ela grava. A película tem uma resolução que convenientemente chamamos de 2K. Isso significa que a película grava em 2024x1080 linhas numa janela nativa 16:9. Diz-se que o olho humano nem consegue enxergar toda essa resolução, pois, ao passar de duas mil linhas, não é possível perceber. Essa qualidade é boa, porque, para quem fotografa, quanto maior a resolução, melhor a latitude de gravação. Essa qualidade da película, era, até o começo do ano, insuperável, e em vista disso, ainda se valia a pena filmar em película. Entretanto, hoje em dia, com o lançamento das câmeras da empresa Red, o formato de gravação e as convenções cinematográficas terão de mudar. Ela filma com 4K. São 4520 X 2540 pixels de resolução! Isso aumenta e melhora a latitude, tornando o vídeo superior à película.

[Sobre "Fetiche por película"]

por Déborah Guaraná
http://postodegasolina.blogspot.com
9/10/2007 às
20h05 200.249.25.12
(+) Déborah Guaraná no Digestivo...
 
Digital superou a película
Hahahahaha! Realmente, muita gente ainda não acredita na capacidade do vídeo sem saber que o vídeo já ultrapassou a pelicula em TODOS os aspectos: janela, latitude, qualidade, lente, etc etc etc... A Red One é a prova de que muitos dos argumentos dos fetichitas são puro e simplesmente fetiche. Uma câmera que custa U$17 mil nunca poderá ser tão boa quanto a película, cujo aluguel custa um preço absurdo. Em Pernambuco, onde moro, há apenas uma câmera 35 mm para locação. Película está no passado do cinema. O solução agora é capacitar as pessoas para que possam fazer vídeos de qualidade. Democratizar é preciso!!!

[Sobre "Fetiche por película"]

por Deborah Guarana
http://postodegasolina.blogspot.com
3/10/2007 às
18h18 200.249.25.12
(+) Deborah Guarana no Digestivo...
 
Julio Daio Borges
Editor

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Dicionario Websters Ingles Portugues
Folha
Folha
(1997)



Vivo e Conto
Varios
Vivo e Conto
(2002)



A Dieta de South Beach
Arthur Agatston
sextante
(2003)



Educação Corporativa em Xeque
Claudio Starec
Senac
(2009)



O Sequestro
Isolina Bresolin Vianna
Oclarim
(2000)



The Wholehearted Marriage
Dr. Greg Smalley and Dr. Shawn Stoever
Howard Books
(2009)



A Vaca e o Hipogrifo - Coleção Folha Grandes Escritores Brasileiros 19
Mario Quintana - Capa Dura / 1ª Ed
Folha de São Paulo
(2008)



O Lado Bom da Vida
Matthew Quick
Intrínseca
(2012)



The Little Monster
Sue Arengo
Oxford
(1996)



Inverno Em Biquíni Cronicas
Henrique Pongetti
Record
(1964)





busca | avançada
62220 visitas/dia
1,6 milhão/mês